FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

45. Não importa o que aconteça


Fic: Rebeldes 3 temporada - Eu quero tudo!


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

45o capitulo - Não importa o que aconteça

-Aqui...Aqui...Levem ele.

-Não podem fazer nada...

-Cuidado!

-Cuidem da garota...

-Ela está desmaiada.

-Levem o senhor Malfoy para a cirurgia.

-Precisamos sedá-la senhor Weasley. Ela estava muito nervosa.

-Ele vai ficar bem?

-Ainda não sabemos Narcisa.


-Eu quero ver ele!

-Você tem que ficar deitada.

-DRACO! DRACO!

-Foi um pesadelo.

-Tiveram que dar outro remédio. Para que ela pudesse dormir.


-Ele está saindo da cirurgia.

-Sem seqüelas até o momento. Estamos pensando positivo.


-Ele vai morrer?

-Não fala besteira.

-Eu quero ver ele!


***

Narcisa e Willian estavam em uma sala particular. Ela chorava copiosamente enquanto ele a abraçava. Em uma outra sala todos os outros estavam. Esperavam ansiosamente notícias de Draco...E Gina.

-Eu quero ver a Gina - Nátysi falou preocupada. Olhando para Trey – Eu estou preocupada com ela – ele apertou a mão dela gentilmente, transmitindo na mesma hora faíscas de conforto.

-Ela entrou em colapso - Tifanny falou, escorada na parede - Começou a gritar sem parar, a se debater. Tiveram que sedar ela – ela olhou Matt e respirou fundo várias vezes. Tentando não chorar no meio de tantas notícias ruins ao mesmo tempo.

-O que será que está acontecendo com ele? - Dean perguntou para Monique assim que ela voltou do banheiro e sentou do lado dele, parecendo cansada e frágil. Dean a abraçou e ela não falou nada. Apenas fechou os olhos e deixou que várias lágrimas descessem de seus olhos.

-Espero que eles estejam bem - Logan falou seriamente preocupado. Não esperava estar tão preocupado com Draco, mas estava. Definitivamente.

Marie chorava em uma poltrona. Não queria falar com ninguém no momento. Culpa, culpa, culpa...Ela, de uma forma ou de outra, tinha feito tudo aquilo. Eles tinham terminado por ela, mais uma vez. Só que não tinha sido planejado. Ela se arrependeu de todas as idiotices em Hogwarts.

-Ele saiu da operação - Kelly falou enquanto entrava na sala. Seguida de Stephen – O médico acabou de falar comigo.

-E está tudo bem - Stephen falou.

-Com a Gina também - Kelly acrescentou - Tiveram que dar alguns remédios pra ela. Só isso. Ela vai dormir até amanhã.

-Não suporto mais esse hospital - Rony falou enquanto levantava da poltrona e começava a andar meio que em círculos.

-Nem eu - Harry confessou. Seguindo Rony pelo corredor fortemente iluminado – Vamos dar um jeito de ver a Gina – falou decidido.

-Eu estou tão preocupada - Hermione soluçou - O que será que está acontecendo?

***

Você já sentiu seu mundo todo parando lentamente? Como se toneladas de neve começassem a surgir do chão, prensando seus pés. Como se todo o seu ar tivesse sido sugado enquanto dormia...E você sabia, simplesmente sabia, que a realidade ia te machucar mais do que imaginava.
Sabia que para poder voltar um minuto da sua vida teria feito tudo. É uma estranha sensação de vazio. E ao mesmo tempo você se vê inundada por lágrimas e mais lágrimas. Não sabe de onde elas estão vindo, mas não podem ser de você. Elas são tantas...São tão intensas. Como se cada uma deslizasse em chamas, queimando tudo no caminho...Elas estavam me queimando.


Abri meus olhos lentamente. A luz que entrava pela janela os fazia doer. Foi então que alguns flashes voltaram e meus olhos se encheram de água.

-Draco...

-Acordada? - olhei para o lado e vi minha mãe e meu pai, em pés do lado da cama. Me olhando do mesmo jeito que olhavam quando eu era uma criança apenas e vivia me machucando - Estávamos preocupados filha. O que houve?

-Draco - comecei a chorar compulsivamente, e agora que tinha começado sabia que não tinha mais como parar - Como ele está? – perguntei, minha voz saindo esganiçada.

-Não sabemos ainda - meu pai falou enquanto segurava minha mão, minha mãe me olhava com um sorriso de preocupação - Mas os médicos estão confiantes. Não se preocupe mais com isso, certo? Vá dormir.

***

-Gina está acordada - Kristin falou para todos - E já pode receber visitas.

***

-Eu quero ver ele agora! - falei irritada enquanto varria o quarto com os olhos, procurando roupas descentes pra vestir - Agora! – eu estava em pé e não me deixavam sair do quarto.

-Você tomou vários sedativos - a enfermeira me falava sem parar, um enfermeiro estava parado na porta. Dizendo claramente que eu não sairia dali nem com uma varinha - Vai acabar desmaiando.

-Eu não me importo. Quero ver ele agora – fechei os olhos com força, depois os abri numa explosão de raiva – Já disse!

Todos estavam na sala de visitas esperando para ter noticias dele. Mas eu não podia esperar mais. Eles precisavam entender isso de alguma forma.

Seu coração está tão rasgado que você imagina que jamais será o mesmo novamente. É como sangrar silenciosamente, morrendo de amor. Ou culpa. Não importa mais. Nada importa.

-Thor? O que você faz aqui? – olhei pra ele. Só então vendo que estávamos sozinho no quarto. A enfermeira e o enfermeiro tinham ido embora.

-Preciso te falar uma coisa Gina - ele falou sério, andando até mim. Tinham uma voz confusa, como se estivesse com medo de dizer algo.

-Pode falar – senti o chão tremer e vi que realmente precisava deitar de novo. Por mais que odiasse admitir isso. Eu deitei na cama de novo e ele sentou do meu lado.

-Draco não te enganou. Eu coloquei a Marie lá – falou tão direto como pode. Seus olhos pretos não estavam frios. Ele parecia realmente...Ele estava falando sério?

-Como é? - olhei incrédula pra ele. As palavras saltando da minha boca sem controle algum. Mas não emitiam som. Eu estava muda pelo choque.

-Isso mesmo. Ele é inocente – ele segurou minha mão entre as suas e as apertou gentilmente. Eu não tinha reação alguma.

-Inocente no que Thor? – perguntei, completamente confusa. Ou talvez as palavras estivessem entrando desordenadamente em minha cabeça. Eu não saberia dizer naquela hora.

-Inocente. Ele não fez nada com a Marie. Eu a coloquei ali na cama dele. Ele estava bêbado e não percebeu nada – ele fez uma pausa, suspirando pesadamente enquanto seus olhos pousavam em mim.

-Porque você fez isso? - perguntei chocada. Finalmente entendendo. Puxei minha mãe apressadamente. Horrorizada demais com aquilo que ele tinha dito.

-Eu estava com raiva de você. Por ter me feito de bobo por todo aquele tempo – ele me olhou sério, falando apressadamente – Estava com raiva Gina.

-Eu nunca disse que amava você Thor e agora o Draco está internado aqui – falei infeliz. Não seria capaz de brigar com ninguém naquele momento – E não posso deixar de pensar que a culpa é sua, mesmo que indiretamente. De uma forma ou de outra você fez isso – falei fraca.

Culpa...Você nunca vai realmente entende-la até o dia em que ela chegar até você. Pode ignora-la no começo, fechar a porta. Mas mesmo que passem-se milênios, assim que abrir a porta vai encontra-la ali. No mesmo lugar que a enterrou.

-Você me perdoa? - ele me olhou – Eu estou arrependido Gina. De verdade. Eu não queria que tudo isso tivesse acontecido.

-Perdoou, pode não ser agora. Mas eu sei que também errei quando começamos a sair. Eu só estava magoada com ele, e acabei magoando você - falei enquanto levantava da cama, ainda atordoada com tudo aquilo. Me sentindo culpada...Deprimida - Mas eu preciso falar com ele. Agora mesmo.

Provavelmente só o perdoando por ver que ele estava realmente arrependido. Mas ao mesmo tempo sabendo que se alguma coisa com Draco acontecesse...
O odiaria pelo resto da vida.

-Você não pode levantar - ele me disse, segurando minha mão e me guiando para a cama – Você tomou vários remédios.

-Claro que posso...E eu quero falar com ele. Agora! – gritei pra ele. Tentando empurra-lo. Por mais que fosse inútil.

***

-Vamos pra casa - Harry falou enquanto se aproximava de Hermione - As visitas só vão ser liberadas amanhã agora. Parece que o Thor foi falar com a Gina e ela não está mais passando mesmo.

-O que será que aconteceu? – Hermione perguntou preocupada. Seus olhos inchados depois de tanto chorar.

-Ninguém sabe ainda – Rony falou, parecendo mais deprimido do que Kristin jamais tinha visto – Mas ela está dormindo agora e meus pais vão ficar aqui. Eu só preciso sair desse hospital.

-Tudo bem – Kristin falou gentilmente, segurando a mão de Rony. Tentando dar algum tipo de apoio para ele – Vocês souberam mais alguma coisa sobre o Malfoy? A mãe dele não está mais ali na sala.

-Eu falei com uma enfermeira – Harry falou – Ele foi transferido de lugar porque agora está melhor.

-Então vamos – Hermione falou, um pouco contrariada – Mas amanhã cedo mesmo vão estar aqui.

***

It's been a while since you last saw me
One breaks down and the other ones fade
These eyes can see the days break
Too late for the other's mistakes
Já faz um tempo desde a última vez que você me viu,
Um sucumbe e o outro some.
Esses olhos não podem ver os dias raiarem,
Tarde demais para os outros erros.

Corri pelo corredor com aquela ridícula camisola. Meus pés descalços pareciam não gostar do frio do piso. Tinha desistido de procurar por roupas descentes naquele quarto. Minhas roupas tinham desaparecido.
Eu só pensava em abraçar e beijar ele...E esquecer de tudo aquilo. Agora era o momento...Agora ou nunca!

-Volte aqui! - ouvi um enfermeiro gritar enquanto eu passava correndo por ele - Volte aqui senhorita Weasley!

Continuei correndo. No fim do corredor, dizia a mim mesma. No fim do corredor.

***

-Ele está bem - Trey falou aliviado, Nátysi o abraçou e depois foi sentar com Kelly - Acabei de falar com a mãe dele, Narcisa. Está tudo bem.

-Ótimo - Dean falou sorrindo, abraçando uma adormecida Monique - Eu não ia me perdoar se alguma coisa mais grave acontecesse.

-Não é impressionante? - Nátysi falou para Kelly, sussurrando - Nós ficamos tão ligados uns com os outros. Quer dizer, todos aqui no hospital. Passando a noite juntos. Isso não teria acontecido há um tempo atrás.

-Eu sei o que você quer dizer – Kelly falou enquanto encostava a cabeça no encosto branco do sofá.

-Nós crescemos sem perceber...Criamos vínculos. Formamos amizades – Nátysi falou, parecendo agradavelmente surpresa com aquilo. Era verdade, não era? – Não somos mais as crianças de Hogwarts.

Sit down laugh thinking what have we done
Let me inside
Is it all over before it's begun
Please give me sometime
Sente agora pensando no que nós fizemos,
Me deixe entrar.
Está tudo acabado antes mesmo de começar?
Por favor me de um pouco de tempo.

-Os anos passaram não é mesmo? – Kelly sorriu.

-É...Eu espero que nada de ruim aconteça sabe? – ela falou. Um grande peso tinha saído de seu coração agora que ela sabia que os dois estavam bem. Estavam inteiros e prontos para outra.

-Eu também.

As duas se abraçaram, enquanto choravam silenciosamente. Uma mistura de alívio e preocupação. E horas sem dormir.

***

Ele estava com vários curativos pelo rosto. Parecia tão doente e tão indefeso que eu não conseguia parar de chorar.

-Thor falou comigo - disse.

Draco continuou em silêncio.

-Foi uma armação - disse por fim - Thor colocou a Marie no seu quarto. Foi só uma grande mentira.

-Aquele desgraçado! – ele gritou. Mas ainda assim sem se mexer uma vez sequer – Eu vou matar ele.

Cause we are running into the sun
Getting close to something into the sun
You know that we're falling
We're falling back into the sun
Porque estamos correndo (para dentro do sol)
Chegando perto de algo agora (para dentro do sol)
Você sabe que estamos caindo
Dentro do sol

-Não - olhei pra ele, assustada - Já conversamos. Ele está arrependido. Acredita em mim Draco. Está tudo bem agora?

-Você me perdoa? - ele me olhou.

-Você que tem que me perdoar - comecei a chorar – Eu errei com você. Não acreditei nas coisas que você me disse.

-Agora é tarde demais Gina – ele murmurou enquanto segurava a minha mão. Seus lábios estavam pálidos e rachados, como se ele não bebesse água há dias – Agora é tarde demais.

-O que você quer dizer com isso? – perguntei assustada, vendo ele soltar a minha mão e fechando os olhos.

-É tarde demais... – ele disse abrindo os olhos levemente - Eu estou morrendo e você não pode fazer nada sobre isso.

-NÃO! - gritei desesperada - Não fala isso – olhei para a porta – Preciso de ajuda! – gritei – Eu precisa de ajuda!

-É a verdade...Eu estou sentindo meu corpo tão leve...Só pode ser isso. Estou morrendo Gina. Morrendo – ele estava ficando cada vez mais gelado. Sua mão parecia mergulhada em água fria.

-Para! - solucei - Você é meu Draco.

O puxei com força e o abracei.

-Eu amo você tanto Gina. Prometa que você vai lembrar de mim.

Olhei pra ele, seus olhos estavam abertos, mas ele não se mexia. Comecei a chacoalhar seu corpo. Uma expressão serena, os olhos abertos de um jeito calmo. Um jeito que ele nunca tinha dito.

-DRACO! - gritei - DRACO!

Senti alguém me puxar. Continuei berrando histericamente enquanto um enfermeiro me tirava dali. Me segurando enquanto eu tentava me livrar desesperadamente, empurrando-o com força.

-DRACOOOOOOOOOOOO...

I never meant to let you go
Why did I leave maybe we'll never know
But I'm a man now broken on the ground
I'm in need and I think that it shows
Eu nunca pretendi deixar você ir,
Por que eu abandonei? Talvez nós nunca saibamos.
Mas eu sou um homem agora quebrado no chão,
Eu estou necessitado e eu acho que isso é visível

Acordei assustada. Era só um sonho. Sentei chorando na cama do hospital. Minha mãe apareceu e me abraçou. Eu não estava entendo nada. Tinha sido tudo tão real. Parecia que eu ainda o sentia perto de mim.

-O que foi? – minha mãe perguntou enquanto mexia devagar nos meus cabelos. Assim como fazia quando eu estava doente ou quando tinha um pesadelo e acordava no meio da noite gritando.

-Draco – falei e comecei a chorar. Mais uma vez. As lágrimas nunca iam embora - O que houve com ele? Eu quero com falar com ele mãe. Agora.

Olhei pra ela. Ela tinha que me ajudar a ver ele. Eu precisava fazer isso, falar tudo. Antes que fosse tarde demais.

-Não pode. Ele está em observação, mas os médicos disseram que está fora de perigo. Não precisa mais se preocupar – ela falou calma. Mas eu não conseguia acreditar naquilo. E se ele estivesse morrendo?

-A culpa é minha – falei, chorando cada vez mais – A culpa é toda minha. Se não fosse por mim ele não teria bebido...Ele não estaria aqui no hospital correndo risco de vida, é minha culpa.

-E porque seria? – minha mãe perguntou calmamente.

-Eu achei que ele tivesse me traído. Se eu não fosse tão egoísta nada disso teria acontecido. Nada...Ele teria ficado comigo e tudo estaria bem – solucei – Ele não estaria aqui nesse hospital.

-Gina calma...Eu já disse que ele está bem. Amanhã você sai do hospital – minha mãe continuava me abraçando.

Mas ao contrário de quando eu era criança, aquele abraço não me deixava calma ou me fazia esquecer dos medos e problemas. Eu só me sentia cada vez mais angustiada. Queria ver ele.

-Ah mãe – disse assim que ela se afastou um pouco de mim. Ela me olhou em silêncio, era bom poder estar com ela naquele momento - Eu fiz tudo errado não foi? Tudo errado.

-Não Gina...Essas coisas acontecem – ela disse calma.

Mas eu sabia. Tinha feito tudo errado.

(Musica - Lifehouse - Into The Sun)


N/A - Cap postado com muuutia demora. eu sei, me desculpem meninas. o proximo compensa, eu juuuuuuuuuuuuuuuuro. O proximo cap compensa mesmo. muito feliz com todos os coments. Amo vc meninas. e viram soh? ateh parece q eu ia matar o Draco neh? Nunquinhaaaaaaaaaaaaaa
beijinhussssssssssssssssssssssssssssssssssssss


Barb Black – Eu sei, sou uma mancoooooooona. Desculpa Barb. Beijus

Amanda Romanov Potter – Calmaaaaaaa. Rsssssssssssssssss. Ele num morre não viuy? Espero q goste do cap Amanda. O próximo tem muitas emoções. Beijus

Lady V – Postado. Espero q goste viu? Beijus

Cindy Nolte – Postaaaaaaaaado. Desculpa a demora.

Jéssica Gomes – Se ele e a Gina vão ficar juntos a gente não sabe. Mas eu garanto q ele não morre viu? Espero q goste do cap. Beijus

Juliana Malfoy – Postado, postado postadp; descuuuuulpa a demora gracinha. Beijus

Fernanda C. – Postado viu? E lógico q eu num ia matar o Draco neh? Nunca messsssmo. E viu soh? A Gina jah começou a se arrepender. Espero q goste do cap. Beijus

Annitcha! – Eh isso q eu mais amo em Rebeldes. O jeito como o Draco se transformou de idiota pra garoto apaixonado. Ah brigada pelo elogio. Cap postado. Espero q goste viu? Beijus

Mawe Malfoy – Ih, não eh nem escrever bem. Eh tudo pratica. Eu escrevo há cinco anos e soh comecei a postar na net há dois. Mas aposto q vc tb escreve muitíssimo bem. Cap postado, espero q goste. Beijus

MATTY MALFOY – Ah brigada gracinha, que bom q vc gostou de todas as minhas fics. Eu demoro pra escrever, mas quando começo com uma idéia amo mesmo. Draco não morre não viu? Nem se preocupe. Espero q goste do cap. Beijus

Anne Mafs Potter – Postado Anne, espero que goste do cap viu? Beijus

lovedanerupert – Ele não morre não, agora ele e Gina nunca se sabe. Já que ele deve estar bem chateado com ela né? Mas quem não estaria. Espero q goste do cap. Beijus

Cordy W. Malfoy – Que ela vai perdoar a gente nem duvida, mas vamos ver agora o que ele vai fazer né? Eu sei, esse fim de cap foi realmente uma maldade com vcs. Mas os próximos compensam, você vai ver. Espero q goste. Beijus

ana parisi – Eu demorei um pouquinho, mas jah postei viu? Nossa, eu amei escrever esse fim de cap. Bem chocante né? Espero que goste do cap. Beijus

Mah Malfoy – Draco não morre não viu? É mesmo, a fic jah tah super no finzinho. Mas eu não vejo a hora de postar o epílogo, porque acho q vcs vão simplesmente amar. Espero q goste do cap. Beijus

Luisa K. Malfoy – Postado Lu. Espero que goste do cap. Beijus

Livia Renata – Postado Lívia. Tenho uma prima com esse nome...Bom, espero q goste do cap. Beijus

Baby – Pode deixar que eu num mato ele não viu? Pq eu já vi q se fizer isso vou ser perseguida por leitoras...Rsssssssssssssss. Já passou na minha outra fic? Like I Like That? D/G tb. Bom, espero q vc esteja gostando de Rebeldes. O próximo cap vai estar ótimo. Beijus.

Lê _weasley – Pode deixar, o Thor é totalmente seu. Porque acho q ninguém mais gosta dele além de vc. Viu só? Eu salvei mesmo o Draco, se acha q eu ia fazer uma maldade dessas? Nunca nunquinha, espero q goste do cap. Beijus

Danny Malfoy – Rssssssssssssssssss. Agora eh que eu num sou doida de matar o Draco mesmo. Agora a gente só tem que ver eh se ele vai perdoar ela hein? E será que ela merece ele??? Tudo no próximo cap. Comenta hein? Beijus

Nanda Black – Meu Deus! Ta na cara que vc num gosta da Hermione hein? Rssssssssssssss. Se acha que eu vou matar o Draco? Não mesmo. Acho q o povo q me matava se depois de três temporadas ele morresse. Espero q goste do cap. Beijus

Edilma Morais – Calma, o Draco já fica bom. Se acha que eu vou fazer uma maldade tão grande dessas com você. Rony e Kristin, finalmente né? Já estávamos na cap 44...Tava mais que na hora e eu adorei escrever sobre eles. Bom, espero que goste do cap. Beijus

aninha potter – Ah, quem colocou tudo pra mim foi a Mah Crubelatti. É só pedir que ela ajuda viu? Que bom que você gostou das minhas fics. Eu amo muito escrever D/G, agora H/H só comecei a gostar na segunda temp. de Rebeldes. Espero que goste do cap viu? Beijus

Cindy Nolte – Ah, mas nem vai acontecer nada de grave não viu? Nada de deformações e come, como já me disseram. E eu achei muito engraçado. O próximo cap vai estar ótimo, prometo. Ótimo mesmo. Beijus

Mah Crubelatti – tah, to assustado. Vc praticamente decifrou todo o cap. Tirando o final, mas falando serio? Estou me sentindo a garota mais previsível do planeta Mah. Mas sinceramente, ateh parece que eu sou doida de matar o Draco. Acho q não posso mais viver sem ele e as brigas com a Gina. Viu? Vc nem precisa me matar. Adoro vc. Beijus

Karina Krum – Eh, mas eu não acho q vai ter outra temp. Num vou matar o Draco não viu? Nem se preocupa. Se acha? Espero q goste do cap viu? Beijus

nysmaella – Não vai ter 4 temporada não viu? Porque os últimos caps dessa temp jah são mesmo o fim. Ai brigada viu? Espero ter sucesso agora com as minhas outras fics neh? Eu tb amo a Monique e acho que ela veio numa hora boa. Pra dar um animada né? Na verdade, pra animar o Dean. Rssssssssss. Espero q goste. Beijus

MF’s Slytherin – Ih, nem vai ter 4 temporada não. Acho q Rebeldes vai acabar de um jeito bem legal no cap 51 e ainda tem o epílogo depois. Esses últimos caps andaram bem tensos mesmo, e o 45 então né? Mas o próximo jah vai estar bem melhor. É só esperar mais um pouquinho. Acho ateh q vou postar um duplo. Espero q goste do cap. Beijus

Juliana Malfoy – Deformado? Em coma? Novela demais pra mim. Melhor, drama demais pra mim. Q bom q vc gostou de todas as temporadas. E eu comecei a primeira sem nem ter idéia do segundo cap. Rssssssssss. Sim, a Narcisa surtou hein? Espero q goste. Beijus

Lala Malfoy – Ah não, musica do Titanic com esse final de cap soh pode dar em choro mesmo. E a Gina ficou bem arrependida de ter maltratado ele tanto hein? Vamos ver o q acontece agora neh? Espero q goste do cap. Beijus

Dyone Smith – Que final de cap né? Eu sei q demorei um pouco pra postar, mas eh final de fic (como vc mesma disse) e tudo seempre se resolve. Espero q goste do cap viu? Beijus

A Nah Malfoy – Falando em Do Jeito Que eu Gosto, não vejo a hora de sair o GG 8. To fazendo coleção. E tb vou comprar o livro da Jenny, agora falando da fic. Não, Draco morto? Jamaaaaaais. Maldade demais hein? Muitas inspirações pra mim? To precisando viu? To acrescentando um monte de coisa pros caps. Mas eh assim mesmo. Agora acho q num vai ter 4 temp não viu? Quando essa acabar vc vai me entender. Espero q goste do cap Naaah. Beijus

Barb Black – Meu Deus! Como vc eh má, quando escrever uma fic vou ficar com medo. Matar o Draco? Meu Draco????? Não mesmo! Ia ser muuuuuuito triste Barb. Eu? No lugar da J.K...Quem sabe um dia né? Ia ser com certeza um sonho, principalmente se eu ganhasse como ela. Rsssssss. Espero q goste do cap. Beijus

bruna – Que bom q vc tah gostando do cap, fic jah ta no finalzinho. E agora eh fim mesmo neh? Beijus

Lol No Fate – Ah q gracinha o q vc falou. Bom, fim de cap parecendo final de temporada de seriado né? Tipo...O q aconteceu???? Cap postado e ateh q tah grandinho. Agora o próximo não demora e a fic tb está super no fim. Provavelmente cap duplo o próximo. Espero q goste do cap. Beijus

MionePotter_cm – Eu tb, batia...Mas só depois da reconciliação. Pelo menos agora ela já sabe de tudo né? Tem q ver se o Draco vai querer ela de volta depois de ser tão cabeçuda. Eu sei q demorei pra caramba, mas acabei me enrolando com um monte de coisa. Bom, espero q goste do cap viu? As coisas tão melhorando né? Beijus

Laly Lestrange – Eh, o final da fic está chegando e eu simplesmente amei escrever o epílogo. Quando vc ler vai ver que foi o melhor final possível pra Rebeldes. Tb acho q se tiver mais perde a magia. Esse acidente tb foi chato, mas a Gina precisa de um pequeno castigo por ser tão má com ele. Pq eu sim teria acredito no Draco. Mas é isso. Espero q goste. Beijus

acllessa – Ebaaaa, adoro leitoras novas. Que bom q vc tah gostando da fic. Vc já leu as outras temporadas tb? Ou começou dessa temporada? Espero q goste viu? Beijus

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.