FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

2. Capitulo 2


Fic: Amante por acaso- Uma historia de pura seduçao, onde só um ganhara


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Já era quase uma da manhã quando hermione foi abrindo os olhos lentamente, em quanto se sentava ia prendendo seus cabelos castanhos. Levantou-se e com passos macios foi subindo as escadas, depois de garantir que seu filho já estava dormindo foi ate seu quarto onde não encontrou ninguém deitado, logo se perguntou onde drago estaria.

-#-#-

Uma e meia da manhã, draco foi abrindo a porta sem causar nenhum tipo de barulho, não podia nem imaginar se encontrasse hermione acordada, antes de ir para o quarto ele resolveu ir logo à cozinha tirar aquele bafo de vinho. Na ponta do pé, e sem acender nenhuma luz, chegou a geladeira e ao abrir fez com que a cozinha se clareasse toda e assim dando para ver dois grandes olhos castanhos os olhando, hermione estava sentada em cima da espaçosa pia de mármore.

- Que susto hermione! – ele exclamou tentando não gritar

- Onde vc tava? – ela perguntou seriamente

- O que vc ta fazendo acordada essa hora? – tentou fugir do assunto
- Não responda uma pergunta com outra... – ela disse saltando e andando em sua direção

- Eu acabei ficando mais tempo no trabalho e...

- Vc não estava lá, eu liguei pra lá e sua secretaria disse que ela era a ultima pessoa que estava acabando de sair, e isso foi a quase uma hora atrás, eu quero a verdade malfoy! – ela o olhava nos olhos

- Ta bom, eu fui à casa da minha...

Hermione gargalhou alto...

- Da pra fazer menos zoada? – ele pediu susurando

- Eu to rindo malfoy, rindo da sua desculpa IDIOTA, dês de quando vc volta da casa da sua mãe com esse bafo de álcool?! Da pra mim contar a verdade? Ou vc esta com medo dela... – ela fez a ultima pergunta com uma das sobrancelhas erguidas

- Olha só, eu não estava fazendo nada de errado, se quiser acreditar em mim acredite, se não quiser não posso fazer nada, agora eu vou dormi, por que amanha eu pretendo ir a um jogo que eu promete ao Daniel... – draco disse dando as costas a ela

-#-#-

Sábado, nove da manhã...

Hermione vinha em passos largos e firmes pelo corredor do segundo andar da sua mansão, em suas mãos uma revista aberta na segunda pagina. Ao chegar em frente ao seu quarto em um chute raivoso abriu a porta, fazendo quem estivesse acordado desperta , draco rapidamente se virou para ela ainda com a metade dos olhos abertos.

“... Draco malfoy, o bilionário que toda mulher desejaria que estivesse toda noite a sua cama resolveu curti a noite em uma badalada boate de Londres, ele e mais três amigos chegaram ao local animados e sem tirar a taça de vinho da mão dançou a noite toda, e vale lembrar que ele não estava acompanhado da Sra. Malfoy e sim de uma loira onde ele não desgrudava, hermione que semanas atrás também apareceu na balada com sua amiga inseparável Gina, será que os dois agora resolveram tomar vidas de solteiros, ou então um divorcio a vista, com certeza os marmanjos e a mulherada de plantam vão os receber de braços abertos.” – gritava hermione o máximo que podia

- Gosto dessa draco malfoy, gosto? Vida de solteiro... – hermione continuava a gritar

- Hermione me deixa dormi só mais dez minutos, depois disso eu posso esclarecer o que vc quiser – ele pedia piedosamente.

- Não draco malfoy, eu quero que vc levante agora e de uma olhada na janela – draco tentou justificas – AGORA MALFOY!

Draco apenas de cueca foi ate a janela, onde ao olhar pra baixo deu de cara com vários fotógrafos, reportes, colunistas...

- Ta bom pra vc? Vc conseguiu me deixar irritada malfoy, vc saiu ontem à noite, ficou de trela com uma loira, que eu sei bem quem e, volto pra casa no dia seguinte, mentiu pra mim, bebeu, e ainda enche a entrada da minha casa de fofoqueiros...

Durante sua reclamação o telefone tocou, “salvo pelo telefone” draco sorriu por dentro.

Depois de dez minutos no telefone hermione o desligou sorridente.

- Tenho uma noticia pra vc, hoje as oito da noite nos temos uma festa para ir, a e antes que eu esqueça – ela foi ate ele, e depois de puxar seu cabelo para baixo fazendo com que seus olhos encontrasse o dela – o harry ta vivo.

Draco viu hermione sai do quarto e sem reação foi ligando as informações, “Não, todos os ex’s dela, MENOS o potter...”

Draco pegou seu roupão, e desceu com velocidade ate a mesa do café da manhã, onde já se encontrava hermione e Daniel, olhando de um para o outro draco perguntou.

- Como assim o potter ta vivo? – draco perguntou atropelando as palavras

- O tio harry ta vivo mãe? – Daniel também perguntou animado

- Sim meu amor, o tio harry esta vivo! – ela disse alisando os cabelos do filho, que tinha o mesmo sorriso aberto da mãe – E hoje as oito quero vc bem arrumado pra festa que o lupim esta fazendo.

- A gina vai?

- Que festa a gina perde meu amor?!

Draco ainda se mantinha parado ali, ao lado da mesa, sem reação e não tinha a mínima idéia do que falar.

- Criou raiz ai? – hermione perguntou sem o olhar

- E que poderia ser todos, ate o próprio valdemort, menos o potter, poderia ser todos os seus ex’s seu, MENOS o potter... – ele dizia indo se sentar

- Medo de alguma coisa malfoy? – hermione perguntou cortando um pedaço de bolo

- Não vou mentir pra vc hermione, mais eu sinto sim, medo, medo de te perde... – ele disse a olhando

Draco a olhava atrás dos seus olhos que se encontravam baixo, viu uma lagrima percorrer seu rosto macio, e sem querer que ninguém reparar ela a limpou rapidamente e levantou seu olhar pra malfoy.

- Não se preocupe enquanto a isso, agora não fasa por onde eu pedir o divorcio. – ela disse o olhando friamente

- Suco Sr. Malfoy? – Alfred perguntou cortando o olhar dos dois

- Sim Alfred.

O resto da manhã foi sem novidades, Daniel e draco foram a um jogo de basquete e demoraram quase a tarde toda hermione evitou sair de casa, não queria seu rosto na primeira pagina de mais uma revista, e muito menos atendeu telefonemas de revistas, preferiu um cessão de massagens em casa. Às oito horas, hermione terminava de se arrumar no banheiro, e ao sair encontrou um draco sentado na cama com a cabeça baixa e as duas mãos por dentro do cabelo, ele ao reparar a presença se levantou rapidamente e foi a direção de hermione, depois de a olhar de cima a baixo ele foi se aproximando dela lentamente, ate a ponta dos seus narizes se tocarem, os lábios dele macios tocaram os dela primeiro ele a deu um selinho, e depois dela da espaço para que ele aprofundasse o beijo ele pos sua língua que logo entrou em contato com a dela, e assim as duas entraram em sintonia, causando um diguino beijo de novela.

- Diz que me ama, por favor – pediu o loiro ainda com centímetros dos lábios dela.

- Vc não esta merecendo...

- Por favor!

Ela com um sorriso nos lábios, chegou ao ouvido dele e pronuncio as palavras que ele tanto desejava ouvir dela. Ele a pegou pela nuca e a beijou novamente, só que dessa vez a levando ate a parede mais próxima, suas mãos passeavam pelo corpo da morena, ate chegar a sua cocha – que ele tanto adorava – por debaixo do vestido preto dela.

- Draco, nos temos que ir. – ela disse ofegante

- A hermione, agente aparece por lá mais tarde – ele pediu com um tom de emploramento.

- Malfoy eu garanti minha presença lá, então, por favor, vamos – ela se aproximo do ouvido dele, seu ponto fraco – quando vc voltar vc será compensado – ela disse e depois dando uma piscadinha para ele

Ao sair draco a deu um leve tapa na bunda de hermione, que fez ela se vira e da uma piscadinha para ele.


- Há, antes de irmos, vc esta linda!

- Vc mais ainda...

- Desculpa interromper o clima, mais já são oito e meia... – Daniel disse batendo na porta que estava aberta

- Vamos sim meu amor, vc também esta muito elegante. – hermione disse endireitando alguns fios do seu cabelo

- Obrigada mãe.

Os três foram ate a sala onde aparataram pra casa de lupim.

Os três estavam em frente à casa de lupim, Daniel vestia uma blusa de manga cumprida social preta, com uma calca jeans e um tênis preto, hermione vestia um vestido preto de costa nua, e para dá um maior tom na roupa ela tinha algumas correntes de ouro, draco vestia uma blusa social azul clara, com um palito preto esporte, os dois primeiros botões da blusa estavam abertos para mostrar a corrente de prata. Daniel foi ate a porta onde apertou a campainha, do lado de fora dava pra ouvir vários barulhos de conversas, risadas e algumas musicas. Lupim abriu a porta e ao ver os novos convidados, abriu um grande sorriso e deu espaço para os três passarem, apois cumprimentar lupim eles foram entrando no salão.

- Hermione! – gina gritou do outro lado do salão

- Festa sem a gina não tem graça – Daniel disse um pouco mais alto para a própria ruiva ouvir

- Daniel meu gato, vc esta muito lindo. – gina disse dando um grande abraço no garoto – Olá draco, vc também esta muito bonito – ela disse dando dos beijinhos em cada lado do rosto do loiro – Vc eu não preciso nem falar que esta mais que perfeita ne?! – a ruiva disse se referindo a hermione.

- Hermione... – uma voz que hermione conhecia há anos

“Ele esta lindo” hermione pensou o admirando vindo ate ela. Harry estava com uma calca social preta, uma blusa rosa de manga, e um palito preto.

- Olá harry, vc esta lindo – ela disse o abraçando.

- Nada comparando a vc hermione – harry disse no pé do ouvido da morena

- Potter, como o mundo da voltas em?! – draco disse apertando a mão do moreno

- Concordo quem diria que vc casaria com a hermione. E vc Daniel, como esta?

- Ótimo tio harry, e vc? – disse o garoto sorridente

- Agora que vcs estão aqui melhor ainda.

- E a gina, já chegou? – hermione perguntou sorridente

- Perguntando por mim? – aparecia uma ruiva sorridente atrás do ombro de harry – Sabe que sou muito pontual

- Só quando vc quer ne gina – reprovava draco, lembrando da enumeras vezes que já fico junto à hermione a esperando.

- Isso é! – ela respondeu rindo

- O que vcs acham de uma bebida? – pergunto harry educadamente

- Ótima idéia!

Harry saiu educadamente da pequena roda de amigos para ir ate um dos garçons para pedir algumas taças de chappang.

Em quanto isso uma mulher admirava draco de longe, com os longos cabelos pretos preso em um rabo de cavalo frouxo e com todas as medexas brilhantes sobre seu ombro batendo as pontas no final dos seus seios, com um vestido longo vermelho, onde tinha um grande corte ate a metade da sua torneada cocha. Foi se aproximando lentamente com um copo de chappang na mão, e com um belo sorriso nos lábios.

- Draco malfoy! – ela disse com a maior voz sedutora que podia.

O loiro se virou rapidamente e dando de cara com a bela morena.

- Parvate... Quanto tempo – o dizia tentando não observa o grande decote da mulher

- Muito tempo, vc já esta ate casado, com filhos...

“Quem e essa mãe?” perguntava Daniel ao sururu, admirado.

“E uma vagabunda ai...” respondeu hermione sem tirar os olhos da mulher.

Gina apenas esperava a troca de farpas...

- E sempre bom ter uma família? E vc, casada? – draco perguntou a olhando

- Não, estou livre como o vento, apenas atrás da pessoa certa – ela falou se aproximando do loiro.

- Parvate! – hermione se aproximou dos dois, com um grande sorriso falso no rosto.

- Olá, hermione – a morena respondeu com cara de poucos amigos.

- Como vc esta? Já ta comprometida ou vai continuar ficando pra titia? – a castanha perguntou a alfinetando

- Ficando? Pelo que eu me lembre eu não era a cdf com cabelo de vassoura de hogwarts, pelo contrario, sempre tive vários namorados. – parvate a respondeu na mesma moeda

Hermione riu por um tempo – Eu nunca precisei transar com os meus namorados para o te-los, podia não ter muitos na aquela época, mais hoje em dia estou muito bem acompanhada, já ao contrario de vc – ela olhou para os lados – que pelo que vejo esta sem ninguém. – hermione disse a ultima palavra gostosamente

- Errr, gina, vê onde o harry esta com as bebidas – pediu draco rapidamente, para corta aquele clima.

Gina o olhou com desprezo, em quanto à castanha e a morena ainda se encaravam.

- Parvate, vc ainda não me contou onde estar trabalhando. – disse o loiro

- Ia falar só que sua mulher não me deixou...

Antes que hermione a desce uma resposta que estava na ponta da língua, draco a olhou friamente a fazendo se calar, e dando apenas um pequeno sorriso para parvate que a correspondeu.

- Estou trabalhando como jornalista de uma revista de moda, a stylo.

- Há stylo, e uma das varias que sempre publicam ótimas criticas sobre minha beleza e meu ótimo modo de mim vestir.

- Concerteza não sou eu que cuido dessa área, e algumas desqualificadas que não tem nem o curso todo formado. – ela disse a ultima frase um pouco mais baixo, mais o casal tinha ouvido muito bem

- Então mais de 20 revistas tem desqualificadas nessa área, por que todas falam da mesma forma – hermione a respondeu ironicamente.

- Err, hermione vamos ali rapidinho?! Licença parvate, já voltamos... – draco disse levando hermione com ele ate um lugar da casa pouco movimentado

- Da pra parar, ou ta difícil? – draco a perguntou furioso

- Manda ELA parar!

- Por favor, hermione estamos em uma festa delicada e eu não vou querer ter que te levar para casa arastada – o loiro disse no tom que hermione mais odiava nele, o de “não posso pagar mico, se comporte”.

- Por que vc não vai reclamar com ela também? Ou ela e perfeita de mais? – ela pergunto bravamente

Draco a olhou com um olhar reprovador em quanto passava as mãos em suas ameixas claras. Hermione esperava a resposta sem nenhuma calma, só que não a teve, pois o homem a deu as costas, a deixando mais furiosa ainda. A castanha então saiu do local pelo lado contrario do loiro.

N/A: Oi pessoal, postei mais um capitulo, e bem longo, espero que apareca novos comentarios, pois se n eu n vou postar mais ok, eu preciso saber se vc estao gostando mesmo! Bjs

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.