FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

7. P. D. M. P. B. V.


Fic: 2ne1 - o começo


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Capitulo 7 – P. D. M. P. B. V.
- Chuveiro, chuveirinho, você me molha tooooodinho! Chuveiro, meu queridinho, tira toda essa sujeira do meu corpinho. – James cantava – Chuveiro e banheira, só não pode ser água de geladeira. – ele acabou o banho e se vestia – Cueca, cueca... Cadê minhas cuecas? – James abriu seu malão, mas não havia nenhuma roupa dentro – O quê? - ele disse vendo um suéter verde tricotado com vários ursinhos verde claro e atrás escrito: “Netinho da vovó Molly!” de vermelho – Eu não acredito. – disse pegando um bilhete em cima de sua cama e ao lado do suéter.
Pretty boy,
Isso é para você aprender a não pegar o que não é seu. Saiba que isso é só o começo. Eu só vou parar no dia que eu ouvir saindo da sua boca, e com grande estilo, um belo: “me desculpe por roubar a coisa mais importe pra você!”
Espero que você seja esperto pretty boy!
Jalgayo, [adeus]
Park Bom.
~~~~
Bom se encontrava deitada em sua cama com a mão na barriga de tanto rir com Anne rindo ao seu lado e Minzy, CL e Dara deitadas no chão de tanto rir.
- Imagina só... A cara dele... Quando... Quando ele ver que a gente tirou todas as roupas do malão dele e deixou aquele vestido pra ele usar! – Anne. Faltava ar até para falar uma frase, de tanto que elas riam.
- Eu ainda não acredito que vocês fizeram isso. – Minzy disse parando de rir.
- E, quer saber? Vai ter muito mais se ele não se desculpar. Antes ele só tinha que dizer um simples “Me desculpe!”, agora ele vai ter que se virar pra eu desculpar ele.
- Sua má! – Dara disse abraçando a amiga.
- Vocês acham que ele já acabou de tomar banho? – CL perguntou.
- Ele deve estar saindo do dormitório agora. – Bom disse olhando para o rosto das outras.
~~~~
Meia hora mais cedo...
CL, Dara e Minzy, estavam escondidas no armário de vassouras para ninguém saber do “plano incrível”.
- Muito bem, hoje, no almoço, tem o banquete de dia das bruxas, e, Merlin nos ajude, nos vamos comer. Eu só preciso de mais 5 minutinhos e P. D. M. P. B. V. – CL alertou a Minzy e Dara.
- O que é P. D. M. P. B. V.? – Minzy perguntou.
- Plano: Distrair os Meninos Pra Bom se Vingar. – CL explicou.
- Entendi. – Minzy. – Mas onde estão os meninos?
- Indo para o grande banquete do almoço de dia das bruxas. – Dara respondeu. Elas saíram do armário e correram para o salão principal.
- LOGAN! – Minzy chamou. Os meninos se viraram e elas alcançaram eles.
- Anh... Er... A gente... A gente queria saber se vocês não gostariam de...
- De ajudar a levar a CL para a enfermaria? Olha, ela esta quase desmaiado! – Minzy empurrou CL e ela caiu pro lado e se apoiou em Dara.
- O quê? Eu não...
- Ela ta até delirando de febre, olha! – Minzy deu um tapa na testa de CL. – Viu? Fervendo! – Ela disse tirando a mão da testa dela. Dara concordava com a cabeça e CL fazia cara de desentendida.
- Sério? Ela me parece bem e... – Austin começou mas Minzy beliscou CL por trás.
- Ai! – CL gritou.
- Ela está até gritando de dor, a pobre da Dara não vai conseguir levar ela se ela desmaiar. – Minzy.
- Mas eu não... – CL começou.
- Colabora. – Dara sussurrou pra ela e CL finalmente entendeu.
- Ai minha cabeça... – CL disse se dependurando de Dara e fingindo um desmaio em cima de Austin que quase caiu e Hugo foi ajudar a carregar CL.
- Nossa, ela não parece bem. – Logan disse olhando para CL que estava com os olhos fechados ainda fingindo que estava desmaiada.
- Por isso a gente queria que vocês ajudassem a levar ela para a enfermaria. – Minzy chegou perto de CL e passou a mão na cabeça dela – Ela esta muito pesada, acho que ela engordou uns quilinhos e eu... Ai! – CL havia dado um beliscão despistadamente em Minzy.
- O que foi? – Hugo perguntou.
- Ah, nada. Eu só... Eu... – Minzy tentou pensar em uma desculpa.
- Vamos rápido, ela vai acabar morrendo se a gente continuar parados aqui. – Dara despistou e eles seguiram para a enfermaria.
~~~~
Anne andava apressadamente até o salão principal da Grifinória.
- Deseja algo querida? – o quadro da mulher gorda a encarava.
- Só estou esperando alguém. – Anne respondeu. Alguns segundos depois o quadro se abriu e Bom saiu de lá apressadamente, as duas se entreolharam e começaram a correr. Elas pararam quando chegaram em uma sala de aula vazia.
- Então, o que você queria falar comigo? – Bom perguntou.
- Você disse que queria se vingar do James por ele ter feito o que fez, certo? – Anne.
- Certo. – Bom.
- Eu vou te ajudar. – Anne.
- Serio? – Bom.
- Sim. Então a gente precisa de um plano. – Anne.
- Hum... E se a gente for até o dormitório dos meninos da Sonserina... – Bom.
- Mexer nas coisas dele e... – Anne.
- Pegar o algo do James, alguma coisa importante, tipo... – Bom.
- As roupas dele? – Anne.
- Pode ser! – Bom.
- Legal, vamos. – Anne.
- Como assim? Agora? – Bom.
- É, eu acho que não tem ninguém lá no dormitório dos meninos. – Anne.
- Ok. – Bom. Elas correram até as masmorras e Anne pediu para Bom esperar um pouco pra ela ver se o caminho estava livre.
- Pode vir. – Anne chamou e disse a senha para o quadro.
- Pra onde fica o dormitório dos meninos? – Bom perguntou.
- Pra cá. – ela disse puxando Bom para subir as escadas. Anne abriu a porta do dormitório lentamente. – Não tem ninguém. – as duas entraram correndo – Espera, to ouvindo barulho de alguém, se esconde.
- Todo mundo cantando: eu estou no chuveiro e estou tomando banho. Oh, chuveiro, chuveiro, que fica no banheiro, me limpa todinho! – alguém cantava no banheiro, logo depois era possível ouvir o barulho do chuveiro sendo aberto.
- Hahaha! Eu acho que é o James. – Bom sussurrou para Anne que segurava o riso.
- Vamos logo com isso. – Anne sussurrou de volta. As duas se agacharam e foram engatinhando até o malão com as iniciais J.P.
- É esse aqui. – Anne apontou o malão. Bom o abriu e Anne abriu uma bolsa grande e vazia.
- Espera, o que é aquilo? – Bom disse apontando para debaixo da cama. Anne foi até lá e pegou algo que parecia ser um ursinho de pelúcia azul com um nome costurado – Sr. Biscoito? – Bom leu o escrito na barriga do ursinho e segurou a risada.
- Vamos levar ele também? – Anne olhou Bom, cúmplice.
- Com certeza. – Bom disse olhando o ursinho. Ela começaram a abrir o malão e antes mesmo da Bom pegar a primeira roupa Anne interrompeu.
- Espera! A gente deveria deixar algo pra ele vestir. – Anne.
- Tipo o que? – Bom.
- Sei lá! Vamos deixar a roupa mais ridícula que a gente achar. – Anne. Elas foram passando as roupas e olhando para ver se acha alguma roupa ridícula.
- Hey. Olha. – Bom tirou um suéter verde tricotado com vários ursinhos verde claro e atrás escrito: “Netinho da vovó Molly!” de vermelho. Apesar de ser um suéter com cara de criança de 3 anos, poderia facilmente caber Bom e Anne dentro dele, sem problemas.
- Parece que achamos algo. – Anne disse olhando o suéter.
- Eu queria que as meninas estivessem fazendo parte disso. – Bom disse olhando para Anne.
- Elas estão. – Anne respondeu sorrindo.
- Como assim? – Bom perguntou sem entender.
- Digamos que, antes de vir pra cá, eu chamei reforços e as meninas estão distraindo os meninos. – Anne abriu um sorriso maior ainda.
- Mas Anne... – Bom começou mas se interrompeu pensando melhor. – Ruivas são complicadas! – Bom concluiu.
- Obrigada!
Flashback da Anne...
Anne corria pelos corredores de Hogwarts a procura de CL, Minzy e Dara, quando avistou as três indo para o salão comunal da Grifinória.
- MENINAS! – Anne chamou e foi até elas.
- O que foi Anne? Você parece cansada! – Minzy.
- Eu estou bem. – disse puxando ar para os pulmões. – O que vocês acham de dar uma pequena ajuda?
- Pode falar! – CL.
- Eu preciso que vocês distraiam os meninos por umas meia hora. É que eu e a Bom vamos aprontar com o James e os meninos poderiam atrapalhar.
- Nem precisa continuar, estamos dentro. Mas o que vai acontecer? – CL confirmou.
- Não sei direito, mas vocês vão descobrir daqui a uns 30 ou 40 minutos. – Anne disse com o rosto pensativo.
...Flashback da Anne Off.
- É, ruivas devem ter tipo um sexto sentido ou sei lá o quê! – Bom sussurrou. O Barulho do chuveiro parou. Bom abriu uma gaveta do criado mudo e pegou um pedaço de pergaminho, uma pena e um tinteiro e começou a escrever.
- O que você tá fazendo ele vai sair do banheiro a qualquer momento. – Anne disse e Bom terminou de escrever.
- Vou deixar um bilhete pra ele saber que esse é só o começo da minha vingança e que, se ele quiser que eu pare, ele vai ter que me pedir desculpas. – Bom disse.
- Você é má! – Anne sussurrou.
- Só com quem é mal comigo primeiro. – Bom respondeu.
- Chuveiro, chuveirinho, você me molha tooooodinho! Chuveiro, meu queridinho, tira toda essa sujeira do meu corpinho. – James cantava – Chuveiro e banheira, só não pode ser água de geladeira.
- É o James! – Bom sussurrou.
- Vamos sair daqui. – Anne respondeu. Elas se levantaram e correram até a porta do dormitório, porta do banheiro se abriu a meninas haviam acabado de fechar a porta do dormitório.
- Cueca, cueca... Cadê minhas cuecas? – James abriu seu malão, mas não havia nenhuma roupa dentro, tinha apenas aquele suéter horroroso jogado em cima da cama. - Eu não acredito! – James disse olhando incrédulo para o malão e para o suéter, ele viu um pedaço de pergaminho e leu.
Pretty boy,
Isso é para você aprender a não pegar o que não é seu. Saiba que isso é só o começo. Eu só vou parar no dia que eu ouvir saindo da sua boca, e com grande estilo, um belo: “me desculpe por roubar a coisa mais importe pra você!”
Espero que você seja esperto pretty boy!
Jalgayo, [adeus]
Bom Park.
- Ah, Bom! Você me paga! – James disse com raiva amassando o recado e pegando o suéter, logo, se vestindo.
~~~~
Bom se encontrava deitada em sua cama com a mão na barriga de tanto rir com Anne rindo ao seu lado e Minzy, CL e Dara deitadas no chão de tanto rir.
- Imagina só... A cara dele... Quando... Quando ele ver que a gente tirou todas as roupas do malão dele e deixou aquele vestido pra ele usar! – Anne. Faltava ar até para falar uma frase, de tanto que elas riam.
- Eu ainda não acredito que vocês fizeram isso. – Minzy disse parando de rir.
- E, quer saber? Vai ter muito mais se ele não se desculpar. Antes ele só tinha que dizer um simples “Me desculpe!”, agora ele vai ter que se virar pra eu desculpar ele.
- Sua má! – Dara disse abraçando a amiga.
- Vocês acham que ele já acabou de tomar banho? – CL perguntou.
- Ele deve estar saindo do dormitório agora. – Bom disse olhando para o rosto das outras.
- Vamos? – Anne perguntou e todas confirmaram com a cabeça. As cinco correram até os jardins.
- Por que a gente tá aqui? O salão comunal da Sonserina fica lá em baixo. – Anne disse confusa.
- Eu sei. Mas ele vai me procurar e eu quero estar em um lugar onde todos irão poder ver.
- E que lugar melhor do que... O jardim cheio de gente aproveitando o belo dia de hoje? – CL perguntou. Todas começaram a rir e se sentaram em baixo de uma árvore que ficava na beira do lago. Pouco tempo depois o Austin, Logan e Hugo se juntaram as meninas debaixo da árvore. Não demorou muito, talvez uns cinco ou dez minutos para aparecer um certo moreno com o cabelo molhado e com apenas um suéter que mais parecia um vestido, para se cobrir.
- Meninas, olhem quem chegou. – Minzy apontou James e todas seguravam a risada. Todas as pessoas que estava no jardim se aproximaram para ver aquela cena melhor e todos, obviamente, começaram a rir.
- O que vocês fizeram com o James? – Austin perguntou olhando para as meninas.
- O que te faz pensar que foi a gente? – Dara perguntou encarando Austin. Mas, nem deu tempo dele responder.
- BOM! – James gritou no meio do caminho para chegar a árvore.
- Parece que é comigo. – Bom se levantou e caminhou em direção a ele.
- Essa eu não quero perder! – Anne se levantou e foi seguida pelos outros.
- Sim, James. Algum problema? – Bom perguntou.
- O que você acha? Não, claro que não tem problema. É que eu gosto de sair por ai usando só um suéter tamanho família.
- Ah, até que você fica bonitinho nesse suéter. – Bom o olhou de cima a baixo. – Ele valoriza as suas pernas. – ela disse sarcástica e todos que estavam assistindo a cena riram ainda mais.
- Ta bom, já chega. Onde estão as minhas roupas? – James disse raivoso.
- Olha, isso depende de você. Se você for uma boa pessoa e se desculpar agora, eu posso te poupar e te dizer onde estão as suas roupas. Caso ao contrário, você vai receber uma peça de roupa por dia. E se você for mais malvado ainda e, mesmo assim, não se desculpar, pode dizer adeus ao Sr. Biscoito. – Bom disse desafiadora. E James fez aquela cara de patricinha que acabou de descobrir que sua bolsa da Prada era falsa.
- Você, definitivamente não pegou o Sr. Biscoito! – ele contrariou.
- Acredite no que quiser mas... – ela deu um passo para trás – Se você não se desculpar até o Natal, você não vai gostar do presente que vai receber. Enquanto isso, toma! – ela jogou uma cueca azul bebê para ele e ele a pegou no ar. – Essa é sua peça de roupa de hoje, até o dia em que você me pedir desculpas. Ah, e pode procurar, eu não vou te entregar sua roupas nessa facilidade todos os dias. – Bom disse e saiu dos jardins junto com Dara, CL, Anne e Minzy, deixando um moreno de queixo caído para trás e vários alunos fazendo piadinhas.
- Cara, nunca vou deixar a Bom com raiva. – Austin disse se aproximando de James.
- A Bom é completamente maluca! – James disse incrédulo.
- Todas são, James, todas são. – Logan deu um tapinha de consolação no ombro de James e ele saiu correndo atrás de Bom.
- BOM, ESPERA! – James disse quando avistou elas andando em direção a biblioteca. Ela se virou para ele.
- Sim?
- Me desculpa? – James perguntou encarando ela. Ela deu uma risadinha.
- Pelo o quê? – ela se aproximou dele.
- Me desculpa por ter roubado seu diário? – ele deu um sorriso amarelo. Bom seu aproximou mais dele.
- Você vai ter que se esforçar mais do que isso. – ela disse dando dois leves tapinhas na bochecha dele, se virando e indo embora. James bufou e andou com passos pesados em direção as masmorras.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2023
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.