FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

9. A última festa do ano


Fic: FLASHBACK: além das palavras...AVISO IMPORTANTE


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

N/A: oláá, pessoal! Aqui está o capítulo completo, espero que vcs gostem! As músicas usadas são do ‘los hermanos’! ahh, o cap ficou beeem grandinho! =]
ah, as definições eu coloco depois, ok?! To cansada de ficar na frente do pc, lendo e relendo... vcs não imaginam como esse cap deu trabalho! Heheh.. =]
mas valeu a pena, pq eu gostei bastante!;)
me desculpem se tiver algum erro de digitação, oualgo assim, mas eu to realmente cansada pra ficar revisando o cap...
Mais uma coisinha, eu mudei essa imagem do início! =]


*********************************************

Photobucket


***************************************

Capítulo 09 – A última festa do ano


Quem é mais sentimental que eu?
Eu disse e nem assim se pôde evitar.



Não falei nada para Sirius, nem Tiago, nem Pedrinho naquele dia em que havia terminado meu namoro com Melissa. No outro dia, no entanto, todos acabaram descobrindo e, obviamente, os marotos me abordaram sobre o assunto, assim que chegamos ao dormitório masculino.

_ Pode explicar essa história, Aluado! – disse Sirius. Tiago e Pedrinho concordaram.

Não disse a eles o verdadeiro motivo que me levara a terminar com Melissa. Disse apenas que ‘não estava dando certo’. Sirius insistiu, mas continuei sem dizer nada.

_ Remo, pode contar... – Sirius ia dizendo...

_ Talvez seja melhor conversarmos em outro momento. – Tiago o interrompeu, talvez porque percebera o meu transtorno – O Aluado precisa ficar sozinho...

Tiago não imaginava o quanto eu fiquei agradecido. Eu não queria explicar nada naquele momento. Eu não poderia explicar nada.


“Quem sabe o que é ter e perder alguém
Sente a dor que senti...
Faz tanta falta o teu amor...”



*******************************


Desde sua chegada em Hogwarts, as francesas estavam visivelmente interessadas nos marotos. No início, eu tivera a impressão de que elas tinham interesse apenas em Sirius e Tiago; mas depois que souberam que eu estava ‘livre’, desviaram suas atenções para mim.

A ultima coisa que eu queria era me envolver com alguém, mas pensei que se saísse algumas vezes com uma das francesas, a história que eu tinha inventado para Melissa pareceria mais real. E isso era necessário.

Rébecca conversava comigo... Na verdade, eu não estava ouvindo uma única palavra do que ela dizia.

_ ... e então, Remo?! Vamos juntos para a Festa do Dia das Bruxas?

_ Ãh? Sim... Claro.

E foi assim que eu realmente aceitei acompanhar Rébecca a uma festa.


*********************************


Não te dizer o que eu penso
já é pensar em dizer



Nos dias que se seguiram, Melissa nem olhava para mim, tamanha era a sua mágoa. Ela andava realmente irritada, dando amostras da sua personalidade ‘um tanto explosiva’ a quem quer que fosse.

Lílian também estava chateada comigo; e com razão. Ela devia achar que eu era um idiota por ‘trocar’ Melissa por Rébecca. É. Eu também me achava um idiota...

Na noite do dia das Bruxas, Sirius foi até as escadarias que levavam até à sala comunal da Sonserina, onde se encontraria com Evelyn.

Tiago, Pedrinho e eu ficamos na sala comunal da Grifinória.

_ Tiago! – Lílian chamou – Venha aqui, por favor.

Ela não queria que escutássemos a conversa... Rébecca e Camille desceram as escadarias do dormitório, parecendo um tanto irritadas.

_ Sim, ruivinha?

_ Pode ir para o Salão Principal. Mais tarde, encontro você...

_ Por quê?! Aconteceu alguma coisa?

_ Tenho que acalmar Melissa. Ela acabou de discutir com Rébecca, no dormitório feminino... Você a conhece, sabe como ela é ‘explosiva’!

_ Como você quiser, Lily... – disse Tiago dando um rápido beijo na ruiva – E... como a Mel está?

_ Mal. Bastante desanimada. – respondeu Lílian, preocupada. – Ah, Tiago nem sei se ela vai à festa... Ainda tenho que convencê-la...

_ Há algo que eu possa fazer?

_ Creio que não... Vou conversar com ela... e encontro você depois!


***************************************

Rébecca e eu já estavamos caminhando em direção ao Salão Principal. Pedrinho, Camille e Tiago nos acompanhavam.

A decoração típica do Dia das Bruxas surpreendeu a todos. Nem mesmo as francesas encontraram algo para reclamar. Várias mesinhas ocupavam o espaço do salão, ao invés das mesas das quatro Casas.

Sirius e Evelyn já estavam sentados, conversando. Evelyn olhou para mim por alguns instantes, tinha a expressão impassível. Rébecca falava compulsivamente; e eu ‘fingia’ que estava escutando... Camille também ‘tentava’ falar com Tiago; ele parecia estar bastante aborrecido. Pedrinho esperava por Tess, a garota da Sonserina com quem ele estava saindo.

Deixei Rébecca sozinha por alguns instantes, e fui falar com Sirius e Evelyn. Evelyn parecia estar me ‘analisando’, enquanto eu me aproximava. Ao encarar aqueles olhos tão azuis, tive a nítida impressão de que ela me compreendia...

_ Olá, Remo. – ela disse em tom casual.

Acenei com a cabeça, pensando que seria bom se eu demorasse alguns minutos conversando com Sirius e Evelyn... Enquanto isso, eu estaria livre de Rébecca. A companhia da garota francesa era quase insuportável para mim.

_ Você não precisava ter feito isso, Remo. Creio que ela não se importava... – comentou Evelyn, referindo-se ao fato de Melissa ter me aceitado como lobisomem desde o início.

Eu não queria relembrar tudo aquilo. Já havia tomado minha decisão. Fiquei em silêncio por alguns instantes, e depois mudei de assunto, como se não tivesse entendido sobre o quê Evelyn estava falando.

Mas ela sabia que eu havia entendido. Indiscutivelmente, ela sabia.


**************************


Tiago parecia estar entediado escutando Camille falar... E nem com todos os sinais de desinteresse por parte de Pontas, a francesa desistia de conversar sobre banalidades.

_ ... é... desta vez eu gostei da decorrraçao da festa. O Salão está bonito... Beauxbatons também tem uma festa esplêndida!

E, como Tiago não disse nada, ela continuou:

_ Estou com sede... Vou pegar uma bebida. Quer que eu pegue uma para você?

_ Quero sim... – respondeu, rapidamente. Provavelmente, ele queria se livrar de Camille antes que Lily chegasse.

Entretanto, Camille não desistiu de conversar com Pontas e, alguns instantes depois, voltou com as bebidas.

_ Aqui está. Uma cerveja amanteigada para você.

_ Obrigado. – disse Tiago a contragosto.

_ O que você acha de sairmos daqui? Poderíamos andar pelos jardins...

O garoto sorriu, concordando com a ‘maravilhosa’ sugestão:

_ Claro! Vamos!

Saíram de mãos dadas e ao passarem pela entrada do Salão Principal, saindo das vistas dos outros alunos, Camille o puxou, beijando-o...

Lílian e Melissa chegavam ao salão Principal nesse momento e presenciaram a cena. Foi um choque grande demais para a ruiva.

_ Tiago?

Camille e ele se afastaram, observando as recém-chegadas. Melissa também estava em estado de choque.

_ Tiago, você é um IMBECIL! Por que você está fazendo isso com a Lily?

O garoto não respondeu. Lílian mostrava uma decepção tão intensa que ficou sem reação por alguns instantes.

_ Vamos para outro lugar, Mel. – disse ela, evidenciando amargura e desprezo em seu tom de voz – Quanto mais distante desses patéticos , melhor...

Melissa concordou imediatamente, pois percebeu que algumas lágrimas caíam pelo rosto da ruiva. Elas voltaram para a sala comunal da Grifinória. Nem sequer apareceram para a Festa do Dia das Bruxas.

_ Querrr que eu beije você de novo? – perguntou Camille de um modo ‘irritantemente’ meloso, depois que Lílian e Melissa se afastaram.

_ Sim, sim... É isso que eu quero! – respondeu Tiago, sorrindo.

Tiago Potter e Camille Delacour... juntos. Claro que isso não fazia o menor sentido.

Tiago estava sob efeito de uma fortíssima Poção do Amor.


*******************************


Cinco minutos. Foi o tempo que Tiago ficou sob o efeito da poção. Quando voltou a si, estava nos jardins com Camille, bastante transtornado... Até que compreendeu o que tinha acontecido. E, então, nem os encantos de veela que a francesa possuía conseguiram acalmar seus impulsos...

_ SUA LOUCA! Como é que você conseguiu me arrastar até aqui?

_ Tiago, não grite!

_ Ah, já sei! Deve ter sido alguma coisa que você colocou naquela maldita bebida não é mesmo?

A garota não respondeu. Tiago interpretou seu silêncio como uma confirmação.

_ Ora sua... – respirou fundo buscando o que restava de seu controle – Estúpida.

Virou as costas e deixou-a.


***************************


Depois que Tiago contou aos marotos o que havia de fato acontecido, não sei o que o deixou mais nervoso. 1) as risadas escandalosas de Sirius. 2) pensar que Lílian devia estar com muita raiva dele ou 3) se foi a própria poção do amor de Camille.

Devo dizer que o fato de Lílian não ter saído do dormitório para falar com ele quando ele a chamou no Salão Comunal favoreceu a segunda opção: a ruiva estava realmente furiosa! E Tiago também. E isso, definitivamente, não era uma boa combinação.

No outro dia, ao descer para o café da manhã, Lily se deparou com um Tiago desesperado (quase histérico, eu diria!) nas escadarias para o dormitório feminino da Grifinória.

_ Lily, eu preciso falar com você.

_ O que você teria para me dizer, Potter ?

_ Lily, eu tenho que explicar o que aconteceu...

_ NÃO HÁ NADA QUE VOCÊ POSSA ME EXPLICAR! Eu vi tudo! – ela disse, soltando faíscas pelos olhos, e depois virando as costas.

_ Mas é claro que há, ruiva! E você vai me ouvir! Eu estava sob efeito de uma poção do amor! Aquela louca preparou para mim!

_ Ah... claro! – respondeu Lílian com evidente sarcasmo - ... e você espera que eu acredite nisso? Muito cômodo para você, não é?! Agora que você já “se explicou”, com licença, vou tomar o meu café da manhã, por incrível que pareça essa sua ‘historinha’ não me tirou o apetite, Potter .

Dessa vez, Tiago não a impediu de sair. Uma tênue expressão de irritação franziu seu rosto, e ele pensou o quanto aquela ruivinha poderia ser cabeça dura!


Senta aqui, espera que eu não terminei
Pra onde é que você foi
Que eu não te vejo mais?



***************************


Uma semana havia se passado e a situação entre Lílian e Tiago ainda não se resolvera. Na verdade, Tiago havia tentado falar com a ruiva, mas ela não dava atenção. A única coisa que Tiago havia conseguido era ouvir uma boa quantidade de insultos.

_ Ah, pra mim já chega!

_ O que aconteceu, Pontas?! – Sirius perguntou, mas provavelmente já estava adivinhando a resposta.

_ Eu já tentei falar com a Lily várias vezes, mas ela não quer me escutar.

_ OK. Isso eu já sei. Aliás, Hogwarts inteira sabe!

_ Ah, dá um tempo, Almofadinhas! O que eu quero dizer é que c-a-n-s-e-i! Se a Lily não acredita em mim, eu não posso fazer mais nada!

Bem, depois de tudo que tínhamos visto Tiago fazer para conquistar a ruiva, era, no mínimo, impossível acreditar que pudesse desistir... Mas ele parecia irritado pelo fato de Lílian não acreditar em sua palavra. Ou melhor, estava... determinado.

A situação era tensa.


Acalma essa tormenta
E se agüenta, que eu vou pro meu lugar...



***************************


Os dias foram passando e a estadia dos estrangeiros em Hogwarts ia chegando ao fim. Para a nossa surpresa, as francesas estavam um pouco afastadas. Camille não ousava falar com Tiago e Rébecca, percebendo que eu não estava interessado nela, passou a me ignorar.

Tiago e Lílian discutiam constantemente. E... Melissa e eu parecíamos dois estranhos. Eu sabia que ela ainda estava muito magoada comigo, e isso me deixava transtornado. A última coisa que eu queria era vê-la sofrendo, mas era necessário. Era melhor que Melissa ficasse longe de mim...


Sei que a tua solidão me dói
E que é difícil ser feliz...



***************************


Para quem não acreditava que um namoro entre um grifinório e uma Sonserina pudesse dar certo, bastava observar Sirius e Evelyn para mudar completamente de opinião. Evelyn compreendia Sirius tão bem, que chegava a parecer sobrenatural (e por um lado era, considerando-se o dom da garota Sonserina). Aliás, Evelyn compreendia a todos nós muito bem...

_ Remo, não queria me intrometer mas... – ela me disse, certo dia, na sala dos monitores.

_ Mas? O que foi, Evelyn?

_ Bem... você já sabe a resposta, Remo. Você não tem motivos para fazer o que está fazendo.

Olhei para aqueles olhos demasiadamente azuis, e o que eu imaginava estava sendo confirmado. Evelyn sabia de tudo.

_ Por favor, me escute. – ela continuou, segurando minha mão – Você não está ajudando em nada se afastando da Melissa.

_ Evy, você não entende...

_ Você não a prejudica com suas transformações! – ela disse, de forma direta.

Eu sabia que Evelyn estava tentando ajudar, mas não podia acreditar no que ela dizia...


E se eu fosse o primeiro
A voltar pra mudar o que eu fiz.
Quem então agora eu seria?
Ah tanto faz! E o que não foi não é...

***********************


Estávamos todos reunidos no Salão Principal para o jantar. Dumbledore chamou a atenção de todos, iniciando um discurso, entusiasmadamente:

_ ... como vocês já sabem, o dia em que os alunos estrangeiros voltarão para suas respectivas escolas está se aproximando, infelizmente... então, para que o desfecho desse intercâmbio entre as escolas seja o melhor possível, resolvi que teremos uma festa na primeira semana de dezembro! Será uma festa a fantasia: uma festa ao estilo trouxa! – o diretor fez uma pausa para esperar que cessassem os comentários entre os alunos – Há várias fantasias disponíveis em uma nova lojinha em Hogsmeade; vocês poderão ir até lá no próximo fim de semana. Obviamente, me refiro aos alunos dos 3° ano ao 7° ano.

A primeira coisa que pensei depois de ouvir esse aviso: que a última coisa que eu precisava era de mais uma festa!

O clima de alegria das pessoas não combinava com o meu estado de espírito. Afinal, eu era um solitário. Um lobisomem solitário.

E me senti infinitamente pior quando vi que David Walters havia convidado Melissa para ir com ele a Hogsmeade. Uma parte de mim sabia que isso era melhor para ela, e que eu deveria ficar satisfeito. Mas, a outra parte... ah!... a outra parte gostaria de espancar Walters até que ele ficasse inconsciente!


“Eu só aceito a condição de ter você só pra mim.
Eu sei, não é assim, mas deixa...”



**********************************************************


N/A: gente, não me matem, por favor! Eu sou uma pobre sádica que se diverte um pouquinho por aqui... hehe...

------------------

SPOILLER!!! Sobre o livro 7:
As únicas coisas que gostei foram as partes do snape, ele é meu personagem preferido! :D alguém por favor, me diz que epílogo foi aquele?! Onde é que a J K tava com a cabeça?! E agora que vcs leram o livro, podem entender pq tive um ‘bloqueio’ com essa fic: é que eu sempre pensei em escrever até partes pós-hogwarts etc... mas a J. k.iller simplesmente matou o Remo! Como que eu escrevo se meu narrador morreu?! Eu aceito sugestões! Hehehe... :)

-------------------

************************************************************

Capítulo 9 – PARTE 2.


Durante aquela semana, a maioria dos alunos comentava sobre a magnífica idéia de Dumbledore sobre a Festa a Fantasia. Claro que eu não me enquadrava a esse grupo. Se fosse em outros tempos... Melissa e eu estaríamos compartilhando idéias para escolher nossas fantasias... Mas... eu precisava eliminar esses pensamentos da minha cabeça. Provavelmente ela iria com David Walters. Eu deveria estar feliz por ela ter seguido em frente. É claro que eu deveria.

Então por que eu me sentia tão mal, como se eu tivesse sido vítima de uma longa e sofrida tortura..?!

Mas vai, razão, me diz por quê?
Por quê razão? Porque nenhum...
Pois não, razão, me diz que não...



A essa altura, Tiago e Sirius, obviamente, já haviam me questionado sobre os motivos que haviam me levado a fazer “tamanha estupidez”, mas eu continuei dizendo que o meu namoro com Melissa não estava dando certo, e por mais que insistissem, foi a única coisa que disse a eles.

_ Eu não sei o que te faz pensar que nós vamos acreditar numa bobagem dessas, Aluado, mas saiba que ainda vamos descobrir a verdade...

_ Não há nada para descobrir, Almofadinhas! – menti, descaradamente.

_ Então por que você está com essa cara de “lobinho abandonado”?

_ E por que você olhou para o Walters com ímpetos assassinos quando ele convidou a Melissa para ir a Hogsmeade? – acrescentou Tiago.

_ É... é... isso, Pontas, temos que ir a Hogsmeade hoje e já estamos atrasados! A Evelyn deve estar esperando você, Almofadinhas. Sirius levantou uma sobrancelha, antes de responder, concordando.

_ Tudo bem, Aluado... Você se “livrou” por hoje. Mas não pense que esse assunto está encerrado!

Realmente, Evelyn já esperava Sirius, no saguão de entrada; estava com suas habituais vestes negras, e sozinha, o que já era uma visão familiar...

Em Hogsmeade havia uma loja com fantasias femininas e outra com fantasias masculinas, desde peças mais discretas até as incrivelmente bizarras.

_ Evy, você não acha que nossas fantasias poderiam... assim... combinar? – concluiu Sirius, meio incerto.

Evelyn o achou totalmente adorável!

_ Claro! Eu já havia pensado nisso, mas não pensei que você concordaria.

_ Ora, e por que não? – ele disse, depositando um beijo sobre os lábios sorridentes dela – E você tem alguma idéia em mente, senhorita?!

_ Na verdade, tenho. Nós podemos ir fantasiados de... – e ela cochilou algo no ouvido dele – Concorda?

Sirius concordou, com um sorriso, e cada um foi para uma loja escolher a fantasia em questão.

Tiago, Pedrinho e eu já havíamos escolhido nossas fantasias quando Sirius chegou a loja.

_ Aonde vocês estão indo?

_ Ao Três Vassouras, Almofadinhas! Já compramos o que precisávamos.

_ Ok, depois eu passo por lá...

O bar estava lotado, mas por sorte, encontramos uma mesa vazia próxima ao balcão... balcão em que Lílian estava! Ela tentava pedir uma cerveja amanteigada.

_ Ei! Vocês pegaram a mesa em que eu ia sentar! – ela disse, lançando-nos seus olhares mais fulminantes.

_ Que eu saiba não é propriedade sua! Qualquer um pode chegar e...

_ Por que você não se senta com a gente, Lily? – perguntei, interrompendo Tiago e prevendo uma grande confusão.

_ Obrigada, mas eu acho melhor não ficar com certas companhias desagradáveis ...

_ Ora, Lily, você tem medo de mim? – Tiago perguntou sem rodeios, provocando – a ao limite – Que atitude mais incompatível com uma grifinória!

_ Seu... seu... Como ousa me chamar de covarde? A vontade que eu tenho é de estrangular você! – ela respondeu, vermelha de raiva, pegando enfim a cerveja amanteigada e saindo do bar feito um raio.

Bem... agora creio que eu seja preciso que faça uma pausa para uma ‘explicação’ sobre o casal mais “explosivo” de Hogwarts: Desde que Lily flagrara Tiago com Camille, Tiago havia tentado explicar o que aconteceria umas 1590786210 vezes, mas a ruiva nunca estava disposta a ouvir. Ao invés de tentar explicar pela enésima vez, ou elaborar um plano para fazê-la acreditar, Tiago simplesmente se irritou tanto quanto ela. Ele já estava impaciente pelo descaso de Lily, e agora, a provocava sempre que possível! Os dois estavam sempre discutindo e brigando, e era melhor (mais seguro!) que ninguém tentasse ajudá-los!

Observando o bar mais atentamente, percebi que Melissa e Walters também estavam lá, e então tentei manter uma expressão neutra, enquanto eu fervia de raiva por dentro.

_ Sabe, Aluado, você poderia estar lá com Melissa – disse Tiago, provando que eu não tivera tanto êxito em esconder a minha frustração.

_ Acredite-me, Pontas, ela está melhor assim...

_ Não seja ridículo! Se você observasse melhor, perceberia o quanto Melissa está entediada na companhia do Walters. Se você não estivesse tão “cego de ciúmes” já teria percebido.

_ Eu não estou com ciúmes! – defendi-me imediatamente – Como se você e a Lily não estivessem quase em guerra, não é mesmo?!

_ Certo, Aluado... Mas nesse caso, não fui eu quem terminei com aquela cabeça-dura!


Depois de ter vivido o óbvio utópico
e dizer quase tudo quanto fosse natural.
Deixa ser...”

*************************


Ao final da tarde, todos já haviam escolhido seus respectivos trajes. A festa seria na primeira semana do mês de dezembro: uma comemoração antecipada do Natal, e uma espécie de “despedida” dos alunos estrangeiros.

Creio que antes de iniciar a descrição da festa, devo comentar que foi um sucesso! Pelo menos no que diz respeito à animação da maioria dos convidados. Mesmo para mim, que estava sem nenhuma expectativa para tal comemoração, me pareceu bastante satisfatória. E por isso talvez eu me ‘exceda’ um pouco ao tentar descrever tudo... Creio que isso é compreensível...


“Deixa chegar o sonho, prepara uma avenida
que a gente vai passar...”



Estávamos no dormitório, Tiago, Pedrinho e eu. Sirius já havia saído para se encontrar com Evelyn. Eu estava vestido de zorro: escolhi essa fantasia porque queria ir vestido de preto, estava de acordo com o meu humor ...

“A mesma máscara negra que esconde seu rosto...”
Eu aflito e só; assim eu sonhei, mas isso eu não quis. Que diferença?
Há um conflito, um nó; Eu difuso enfim.

Tiago estava vestido de “árabe”. Sua roupa tinha detalhes em vermelho e dourado. Acho que ele a escolheu por serem as cores da Grifinória. Já Pedrinho estava fantasiado de... bruxo! Não sei por que diabos Pedrinho escolheu essa fantasia; não sei como ele conseguiu ser “tão original”!

Descemos para a sala comunal. As pessoas riam umas das outras. Havia um garoto do 5° ano fantasiado de pato! E outro fantasiado de palhaço!

Tiago se encontraria com Suzanna, a garota da Itália. Na verdade, ele não estava pensando em convidar ninguém, mas quando descobriu que Lily iria com Pablo, o garoto espanhol, se apressou em convidar Suzanna.

_ Então... vamos para o Salão Principal, Rabicho?

_ Sim, Aluado!

No Salão Principal a decoração estava esplêndida. E as pessoas... bem... estavam com as fantasias mais diversificadas possíveis! Camille e Rébecca se divertiam com dois garotos da Corvinal, rindo escandalosamente. Estavam vestidas de... anjos! Que ironia!

Porém, a fantasia das francesas não me assustou tanto quanto a de Melissa. Eu estava sentado, observando os trajes de todos, quando Melissa apareceu vestida de... Chapéuzinho Vermelho! Ela lançou um olhar significativo na minha direção, antes de continuar caminhando para encontrar suas amigas... e eu ainda ouvi parte de sua conversa, quando ela explicava sua fantasia às garotas que haviam perguntado!

_ ...bem, meninas, estou vestida de “Chapeuzinho Vermelho”, sabem?! É uma personagem das histórias trouxas; aquela que é... digamos... que é perseguida pelo lobo mau!

Eu simplesmente não conseguia acreditar! Melissa estava... me provocando?! Nos últimos dias, ela havia me ignorado tanto quanto fosse possível e agora... Claro que era uma provocação! Eu não queria admitir para mim mesmo, mas tinha ficado muito satisfeito com a mudança! “Talvez ela não me odiasse muito ”...
Mas o que é que eu estava pensando?! Era melhor que ela me odiasse, me ignorasse e me esquecesse!


“O meu mundo se pôs entre recordações...
E a vontade de ser novamente seu par.”
‘Perigo é eu me esconder em você...’
“Eu preciso andar
um caminho só.”



******************************


Tiago e Suzanna estavam sentados. A italiana estava vestida de “borboleta”. Vendo que os italianos haviam chegado ao Salão, Suzanna foi falar com eles rapidamente, e Tiago aproveitou a oportunidade para falar comigo.

_ Aconteceu alguma coisa, Aluado? Você está pálido!

Acenei com a cabeça, afirmativamente.

_ A Melissa está vestida de Chapéuzinho Vermelho!

Tiago olhou na direção de Melissa, com uma expressão de questionamento, e então, compreendeu! Ele havia feito alguns meses de Estudo dos Trouxas comigo e então, conhecia essa historia da Chapéuzinho e... do Lobo Mau!

_ A Mel é mesmo um espetáculo! Ela não me decepciona! – disse Tiago antes de começar a rir descontroladamente. Fiquei ali, confuso... mas Tiago não riu por muito tempo... porque logo Lílian chegou ao Salão Principal, acompanhada de Pablo. O espanhol estava fantasiado de “havaiano”.

E Lily... estava vestida de odalisca! Era mesmo inacreditável! Tiago vestido de árabe e Lily de odalisca!

_ Ora, seu... seu louco! Como ousa vir fantasiado assim?

Tiago demorou um minuto antes de responder. Certamente, estava hipnotizado pela beleza de Lily. A roupa da ruiva era vermelha com detalhes dourados. Os cabelos estavam um pouco presos, mas vários cachos caíam pelos seus ombros.

Creio que se eles tivessem planejado usar fantasias que combinassem, não teria dado tão certo! Até mesmo as cores das fantasias eram as mesmas!

_ Ora, Lily! Cada um pode vir fantasiado do que quiser!

Ela não pareceu estar convencida daquela “lógica” porque o olhou furiosa ! Era uma visão estonteante, Lílian parecia estar em chamas!

_ Sabe, eu deveria obrigar você a tirar essa m-a-l-d-i-t-a roupa!

_ Não fale assim, por favor... Você me deixa sem jeito...

_ O quê?! Do que você está falando?

_ Ah Lily... eu sei que você... – ele baixou o tom de voz – quer me ver nu! Mas não diga isso assim, em público!

Se antes, Lílian estava com raiva; agora ela estava transtornada pela fúria. Tinha a respiração ofegante, mal conseguindo falar:

_ C-a-l-e a b-o-c-a, Potter!

E virou-se para encontrar Pablo novamente, “lembrando-se” que havia deixado seu acompanhante sozinho.

Tiago sorria abertamente.


“E o olhar que eu guardo na lembrança
Ainda traz a esperança...

**************************


Pedrinho foi se encontrar com Tess, vestida de elfo, Tiago foi à procura de Suzanna e eu continuei sentado, sozinho, observando as inúmeras fantasias das pessoas.

Snape estava vestido de vampiro. Os garotos alemães: Markus e Christoff estavam vestidos de “mosqueteiro” e de “pirata”. Dois garotos, impossíveis de se identificar, passaram por mim, vestidos de ‘bananas de pijamas’! As garotas espanholas estavam vestidas de “dançarinas de Kan Kan”. Vi “coelhos”, “ursinhos”, “gatinhos”, um “jacaré”, “havaianas”, “noivas”, “fadinhas”, “monges”, “cavaleiros medievais”, “presidiários”, “marinheiros”, “diabinhos”, etc...

Era mesmo uma festa muito animada; Dumbledore acertara no tema! As pessoas dançavam, comiam, bebiam, conversavam...; casais ‘se agarravam’ pelos cantos... E eu decidi fazer uma dessas coisas também: peguei a minha primeira bebida da noite!

“Deixa ser. Como será.
Num continente ao revés, em preto e branco...
Numa moldura clara e simples, sou aquilo que se vê.”



*************************


E ninguém dirá... Que é tarde demais... Que é tão diferente assim
Do nosso amor, A gente é quem sabe, pequena...
Eu encontrei e quis duvidar; Tanto clichê, Deve não ser...
Você me falou, pra eu não me preocupar
Ter fé e ver coragem no amor...



Quando Sirius chegou às escadarias para a sala comunal da Sonserina, Evelyn ainda não estava lá. Na verdade, não havia praticamente ninguém nas outras partes do castelo; todos já haviam se dirigido ao Salão Principal.

_ Sirius?!

Ele se virou para responder, mas nada se comparava à surpresa que teve ao vê-la. Sirius ficou sem palavras.

Evelyn estava vestida de princesa... e Sirius, de príncipe, conforme haviam combinado.

_ Demorei muito?! – ela perguntou, enquanto terminava de descer os degraus.

Sirius não respondeu. Ela, finalmente o alcançou, e continuou dizendo:

_ Me desculpe, eu sei que me atrasei, mas... eu estava treinando a oclumência e depois fiquei com dor de cabeça e...

_ Você está realmente linda, Evelyn. – ele a interrompeu. Beijou-lhe a mão e repetiu - ... realmente linda!

Ela ruborizou sob seu olhar de admiração.

_ Obrigada! – sussurrou – Você também está encantador.

Sirius ainda não havia se recuperado da surpresa. Na verdade, receio que eu tenha que explicar melhor a...situação.

Evelyn estava usando um maravilhoso vestido azul-claro com detalhes em tons prateados e detalhes de cor branca.Tinha uma delicada coroa prateada em sua cabeça, que contrastava com os cabelos muito negros. Nas mãos, usava elegantes luvas brancas...

E foi isso que deixou Sirius atônito: As cores! Evelyn sempre se vestira apenas em tons escuros, negros. Era sempre a misteriosa garota vestida de preto. Sempre. E agora, ali estava ela, serena como um anjo, em tons azuis...

_ Por que, Evelyn?

Ela lhe lançou um olhar compreensivo, e se passaram alguns instantes, antes que respondesse:

_ Por mais que a escuridão possa estar ao meu redor... se eu estiver com você, Sirius, não vou deixar que as trevas me atinjam, não importa o quão escuro possa ficar...

Ele entendeu a mensagem. E se sentiu profundamente comovido.

_ Eu amo você, Evy. – e provou que era assim, beijando-a com tanta ternura, que Evelyn se sentiu a garota mais especial do mundo...


“Pois é, até onde o destino não previu...
Sei, mas atrás vou, até onde eu conseguir...
Deixa o amanhã e a gente sorri
Clareia minha vida, amor, no olhar ...”



*******************************


Dumbledore estava plenamente satisfeito com a festa que planejara. Vestido de Papai Noel, chamou a atenção de todos, quando parou a música e iniciou um discurso:

_ Boa Noite! – disse com um amplo sorriso – Receio que vocês estejam um tanto “excêntricos” esta noite... mas isso não é nenhum problema. Na verdade, estou interrompendo a festa para avisar a vocês que os professores, escolherão a melhor fantasia. Dentro de uma ou duas horas, anunciarei o nome do vencedor, e este ganhará um presente do Papai Noel! Ho ho ho! Agora, aproveitem a festa! Divirtam-se!


“Vem, vamos além! Vão dizer...
...que a vida é passageira...”

**********************************


Na minha opinião as pessoas, em especial os garotos, estavam “alegres” demais ao decorrer da festa. Eles diziam às garotas vestidas de “noivas”: “é hoje que eu me caso!”; diziam às francesas: “Anjinho, me leva pro céu?”, às garotas vestidas de policiais: “Me prenda, porque eu quero roubar seu coração...” e por aí vai...

Fiquei escutando esse tipo de besteira, me divertindo com a cara de indignação das garotas; enquanto eu bebia mais do que era apropriado. Mas o que eu poderia fazer se estava ali, e, diga-se de passagem, sem vontade de conversar com ninguém?

O que atenuava o meu dilema era o fato de que eu não havia visto Melissa com nenhum garoto, nem mesmo Walters, durante toda a festa.

“Fadinha, faça uma mágica para mim?!” “Cigana, quer ler a minha mão?!” “Chapéuzinho Vermelho, posso ser seu caçador? Ou você prefere o Lobo Mau?”

Arregalei os olhos, percebendo que Melissa estava apenas a alguns metros de distância de mim, e um dos “engraçadinhos” fazia uma piadinha (de mau gosto, na minha opinião!) sobre a fantasia dela.

_ Na verdade... eu prefiro o Lobo Mau! – ela disse, esboçando um sorriso – Mas, para ser sincera, acho que já o encontrei...

_ Tudo bem, srta... Mas... se mudar de idéia, me avise!

Eu, provavelmente, estava muito bêbado. Ou então, Melissa não estava em seu juízo perfeito. Seria possível que ela estivesse me provocando novamente?

Melissa avisa ao meu peito; meu beijo é teu por direito
Pra dá-lo a ti sou capaz de dar a volta ao mundo
No segundo mais veloz; te juro eu faço tudo...



*******************************


Certamente, o casal que mais se destacava na festa era Sirius e Evelyn. Se Sirius havia se surpreendido com a roupa da garota sonserina, os outros alunos de Hogwarts tiveram uma mesma reação de incredulidade. Por todos os locais que passavam, as pessoas comentavam; no entanto, o casal não deu importância a isso. Continuaram dançando, alheios a tudo que estava ao redor...

A bebida que eu ingeria não me deixou animado, nem eufórico. Comecei a ficar aéreo, e até meio sonolento... até que Tiago veio falar comigo novamente. Ele estava dançando com Suzanna, e só deixou a garota para se dirigir ao local onde eu estava quando percebeu que Lily deixava Pablo para ir conversar com Melissa.

_ Aluado, meu amigo, o que você está fazendo?

_ Nada.

_ É... isso eu estou vendo. Mas... que tal parar de beber agora, hein?

_ Ela... está... sozinha, Pontas. – falei, sem muita coerência – Por que ela... não está com o Walters?

_ Eu já disse a você que Melissa não suporta aquele imbecil. Você deveria se reconciliar com ela, Remo.

_ E você com a Lily. – retruquei, cansado – Aliás, você e a Lily brigaram por uma coisa boba, logo estarão juntos de novo! Mas, entre Melissa e eu, foi algo mais sério.

Tiago ficou bastante surpreso com minhas palavras, e devo dizer, que ele “aproveitou” a situação para tentar descobrir por que eu havia terminado o namoro com a loirinha...

_ Não entendi o que você disse, Aluado... Por que é “mais sério”?

_ Ora, Pontas! Melissa e eu não podemos ficar juntos!

_ Ah... então é porque você está apaixonado por outra garota, não é? – perguntou Tiago, calmamente – Que coisa feia, Aluado! Você traiu a Mel!

_ Maldição, Pontas!!! É óbvio que não! – respondi praticamente gritando, e atraindo a atenção de todos, inclusive de Melissa e Lily, que conversavam, não muito longe do local em que estávamos...

_ Fique calmo, fique calmo! Já entendi!

_ Olha o que você fez! Todo mundo está olhando pra gente!

_ Calma, Aluado! Ninguém escutou nossa conversa, pode ficar tranqüilo!


Meus sonhos não são difíceis de se adivinhar...
Pois você é sempre a minha inspiração
Nos becos, nos lugares, aonde quer que eu vá
Você é sempre a dona do meu coração...



*****************************


Melissa e Lily ainda estavam conversando, quando Suzanna se juntou a elas. A italiana, às vezes conversava com Melissa sobre quadribol. Ela gostava muito do esporte; era uma garota bastante simpática.

_ Olá Melissa, como vai?

_ Estou bem, Suzy! Esta aqui é minha amiga Lílian Evans.

_ Olá, Lílian; prazer em conhecê-la!

_ Igualmente... – disse Lílian, forçando um sorriso. Afinal de contas; a italiana era a acompanhante de Tiago!

_ Mel, estive conversando com meus amigos da Itália e um deles, o Giovanni... bem... ele disse que está interessado em você... Será que você quer que eu apresente vocês?

_ Ah... é melhor não. Talvez em uma outra oportunidade... – respondeu Melissa. A italiana não insistiu - E você, hein Suzanna? Está acompanhando nosso colega grifinório “Tiago Potter”, não é? – perguntou a loira, sorrindo.

_ É verdade...

_ Sabe, vocês formam um casal muito bonito! – disparou Lílian. – Você e o Tiago!

A italiana a observou atentamente.

_ Na verdade, Lílian... – disse com cautela – nunca vi ninguém menos interessado em mim...

A ruiva arregalou os olhos.

_ ... ou mais interessado em você. – concluiu, sorrindo, e logo depois, afastou-se da mesa das grifinórias.

Lílian continuava surpresa.

_ Eu ouvi corretamente?

_ Ah, Lily, se você quer mesmo saber, a Suzy tem razão. O Tiago não tirou os olhos de você a noite inteira!

Lílian pareceu um tanto desconcertada, mas logo se recuperou. A ruiva mudou de assunto bruscamente:

_ Tenho que te dizer, Mel, que... se você tinha a intenção de provocar Remo com essa fantasia de Chapéuzinho Vermelho, você conseguiu! O coitadinho parece ‘atordoado’!

A loira exibiu um sorriso de satisfação...!


“...Moça, olha só o que eu te escrevi
É preciso força pra sonhar e perceber
Que a estrada vai além do que se vê!”

********************************


Depois de algum tempo, a professora Mc Gonagall, que estava vestida de ‘camponesa’, entregou um envelope ao professor Dumbledore:

_ E agora, temos aqui o vencedor! A melhor fantasia! – ele abriu o envelope sem rodeios – Ou melhor, temos dois vencedores: Evelyn Harlow e Sirius Black! Venham até aqui, por favor.

O “príncipe” e a “princesa”, muito surpresos, caminharam até o local em que o “papai Noel” estava. As pessoas aplaudiam com entusiasmo! Devo enfatizar que a vitória do casal foi merecida; eles realmente pareciam ser da realeza enquanto andavam graciosamente pelo salão...

“É na soma do seu olhar que eu vou me conhecer inteiro.
Alegria é poder olhar seus olhos; e dizer que será sempre minha...!”

_ Parabéns, srta Harlow! Parabéns, sr Black! – disse o diretor, colocando uma faixa prateada em Sirius e outra em Evelyn, nas quais se podia ler “Melhor fantasia!” Dumbledore entregou um troféu a eles e depois entregou um prêmio de 50 galeões, dentro de um envelope.

_ Obrigado, professor! – disse Sirius, apertando-lhe a mão. As pessoas aplaudiram novamente e, enquanto Sirius e Evelyn andavam pelo salão, vários alunos os elogiaram e parabenizaram. O professor Slughorn (que estava vestido de mágico!) também os elogiou, efusivamente, seguido por McGonagall e os outros professores...

Fiquei satisfeito ao ver Sirius e Evelyn tão felizes... Eles realmente mereciam toda a felicidade do mundo!

“E eu quero que você não pense em nada triste
porque quando o amor existe, o que não existe é tempo pra sofrer...”



*****************************************


Ao final da festa, tenho que confessar que eu já não estava em condições de manter de pé..! Tiago se despediu de Suzanna e me ajudou a chegar na sala comunal da Grifinória.

_ Está se sentindo melhor, Aluado?

Não, eu não estava. Mas confirmei com a cabeça, assim mesmo.

Nesse momento, Lílian e Melissa chegaram à sala comunal. Pararam de conversar abruptamente, quando viram que Tiago e eu estávamos sentados nas poltronas. Ficamos todos em silêncio por alguns instantes (que pareceram uma eternidade...), até que Tiago disse:

_ Oi, ruivinha! Você ainda quer que eu tire as minhas roupas?

Melissa tentava conter o riso; eu observava Tiago, sem conseguir acreditar na ‘loucura’ que ele estava dizendo; e Lílian... bem, nem preciso dizer que ela era a “fúria em pessoa”!

_ Ahhh, EU TENHO VONTADE DE MATÁ-LO!

Olha, Lily, essa não foi a primeira vez, e você superou todas as outras! – disse Melissa, segurando a ruiva pelo braço – Venha, vamos para o dormitório...

Será que eu ainda estava bêbado, ou realmente vi Melissa, “a srta estresse”, tentando acalmar Lílian?

Bem, a única coisa que eu tinha certeza, naquele momento, era que minha cabeça doía tanto, que parecia estar prestes a explodir!

_ E você, Tiago, também poderia levar o Remo para o dormitório, que eu tenho certeza que ele mal está agüentando manter os olhos abertos...

Será que Melissa esboçou um sorriso em minha direção, ou eu estava, de fato, sonhando acordado?

_ Tudo bem, Mel... – respondeu Tiago, e, baixando o tom de voz, continuou – Pode deixar que eu cuido desse tal de... lobo mau!

Dessa vez, até mesmo Lílian sorria... E eu continuava sem saber se estava realmente ouvindo aquela conversa... ou se eu estava ficando louco.

_ Ok, Tiago! Mas saiba que eu acho que esse lobo mau é um lobo bem bonzinho!! Boa noite pra vocês!

E assim, Lílian e Melissa subiram para o dormitório feminino; enquanto isso, Sirius chegava à sala comunal.

_ Olha só quem apareceu! O príncipe encantado! – ironizou Tiago.

_ Ah, não amola, Pontas! Hoje, este cachorrão aqui está muito feliz!

_ Parabéns, Almofadinhas! Você e a Evelyn estavam incríveis!

_ Obrigado, Aluado! Mas você é que não me parece estar nada bem...

_ Vamos levá-lo para o dormitório... – disse Tiago – Dessa vez, acho que foi a chapéuzinho vermelho que pegou esse lobo mau; e não o contrário!

_ O quê?! – perguntou Sirius. Evidentemente, não conhecia a história trouxa.

_ Depois eu te explico, Almofadinhas... Agora vamos levá-lo...

Chegamos ao dormitório masculino, e amparado por Sirius e Tiago, ainda consegui escovar os dentes, lavar o rosto e trocar de roupa.

_ Você está bem? Acha que vai vomitar, Aluado?

Balancei a cabeça, negando, ,as comecei a sentir meu estômago dando voltas e voltas...

_ Eu vou, sim, Sirius! Meu estômago...

Sirius me ajudou, enquanto Tiago arrumava minha cama e se decidia entre algumas poções que eu deveria tomar. E eu estava plenamente agradecido pelo auxílio, em um momento em que me sentia tão fraco...

Escovei os dentes, e me lavei, novamente. Tomei uma poção para o estômago e outra para dor de cabeça. E depois, deitei-me em minha cama e fechei os olhos.

Vi a imagem de uma “Chapéuzinho vermelho”, sorrindo para mim...

* E assim, acabou a tão esperada ‘festa a fantasia’... Lílian e Tiago, com uma guerra declarada! Sirius incrivelmente feliz... Evelyn começando uma nova vida, sem todos aqueles tons escuros, que por vezes, escureciam sua própria vida... Melissa sempre me surpreendendo, e me deixando atônito com suas atitudes... e eu?! eu continuava sonhando insistentemente com algo que eu não ousava admitir...(nem para mim mesmo...)

---------------------------------------------------* Remo Lupin.

“...poderia até pensar que foi tudo sonho
sozinho,como der,
só levo a saudade e é tudo que vale a pena... ”
“o que era um sentimento e assim
Fez dele razão
Pra se perder... no abismo que é pensar e sentir.
Quem é mais sentimental que eu?
Eu disse e nem assim se pôde evitar... ”


Photobucket


*******************************************

N/A: pronto, gente! Um capítulo beeeem grande pra vcs! Sabe, eu me diverti mto escrevendo essa festa a fantasia; huahsuhaushau.., aliás eu amoo esse tipo de festa! =]
ahh, achei a fantasia da mel mto o estilo dela! Lily e Tiago tbm! E a evy, bem, eu já pensava em escrever algo assim, desde q comecei a fic passada! Ou seja, estou satisfeita com esse cap! Então, sejam bonzinhos, e deixem comentários para eu ficar mais felizinha!!!:D
Não coloquei as imagens da festa a fantasia no cap, pq ia estragar a surpresa! Vcs já ficariam sabendo do quê os personagens foram fantasiados antes de ler! Então, pra quem quiser ver, vou colocar as imagens no meu álbum, no orkut, aqui está o link:

http://www.orkut.com/AlbumList.aspx?uid=18364700095359221115

Infelizmente, não sei quando vou postar o próximo capítulo; minhas aulas começaram e eu já tenho um milhão de coisas pra fazer, mas vou tentar ser mais rápida! :)
Os comentários desse capítulo, (partes 1 e 2) eu vou responder quando postar o próximo, senão vira bagunça, ok?! Mas agradeço à Cissy Evans, Lana e Bia Weasley, às irmãs: Mandy Black Veráciz e Lalaah Granger Veráciz, à Ana Carol *₣ℓр®; Elisa melo; Lily* Rouwood; lila black, Evoluxa Black e Samy Potter, que comentaram na primeira parte!!!
Muito obrigada aos ‘antigos leitores’, que continuam acompanhando a fic, e aos novos leitores, pelos elogios! =]
.
.
.

*************************************************

* obrigada a quem comentou em ‘lembranças de um maroto’; eu sempre dou uma olhadinha lá:
Lalaah Granger Veráciz, Jessica, Mandy Black, Isabella Helena, Larissa Moreira, Sofia Quintela, Tyanne Black, .x. M .x., Bruno, Nadia Ayad, As poderosas, guguinha, Ludih Almofadinhas Black, Lùh Lupin, Jessy Evans Potter, Ge Black e Lethicya Black.

* e obrigada a quem comentou aqui tbm:

Ana Carol* - ahhh, eu fiquei tãão feliz de ler seu comentário! mto obrigada mesmo por todos os elogios!! e agora? vc já leu o livro 7?! =] ué, ainda não sei se a lily vai ser auror, mas me parece a melhor opção, por enquanto... :) vamos ver..!
Belle Black - oieee =] que bom que vc tá gostando da historia!!! Fico mto feliz que vc tenha gostado dos casais Remo/Melissa e Sirius/Evelyn!!! Mto obrigada pelos elogios a essa fic e à ‘lembranças de um maroto’, espero que vc continue acompanhando a história! :)
Bianca Purceno Weasley - oiiii!!! nossa, seus personagens preferidos são ron, tonks, remo e luna?! nossa, eu disse que meus gostos são meio excêntricos! eu sempre gostei do snape, sempre foi meu preferido!!! e depois lily, sirius, remo, hermione, voldemort e dumbledore! depois de todo esse tempo vc ainda continua viciada na fic! espero que sim! heheh.. =]
claudi - oiiii!!! ahh, eu não fui muito cruel (?) separando o remo da melissa, fui?!! hehehe.. =] mas que bom que vc gostou do capitulo, mesmo que tenha sido triste! Foi um capítulo necessário =/ obrigada pelo comentário! =]
Cissy Evans - oiii!!!! então vc não pensava na possibilidade lily/snape antes de ler HP7?!!! Sabe, eu até pensava, mas ficava em dúvida entre snape/lily, e snape/narcisa!! Aquela parte, que conta a historia do Snape foi a melhor parte que eu achei no livro 7! =] obrigada por continuar acompanhando essa história, cissinha!! :D
Evoluxa Black e Samy Potter - oieee! quanto tempo hein menina?!! preciso passar urgenteee na sua fic!!!! pois é, o reminho sempre querendo dar uma de 'certinho' e se afastar pra não causar problemas! =/ masss.... fazer o quê né?! é por isso que ele é tão fofo! heheh... =]
{: gêgê - oieee!!! éé, pode aguardar que tenho mais 'surpresas' remo/melissa mesmo! hehehe.. =] mais momentos sirius/evelyn?!! vai ter tbm! é, eu lembro q vc gostava de lily/tiago msmo; mas que bom q vc está gostando de todos os casais, principalmente Sirius/Evelyn! :D
Jhonatas Tiago Potter - olááá!!! Nossa, jhonatas, nem sei como agradecer pelos comentários que vc fez nessa fic!!! li umas 300 vezes! Hehehe.. =] como ia ficar imensamente grande responder por aki, vou te responder por email ok?!! assim que eu postar, amanhã vc pode olhar que eu já vou ter mandado o email! Mto obrigada por todos os elogios! E pela paciência tbm! heheh... =]
José Vitor - oláá!!! Que bom que vc gostou da fic!! demorei um pouco pra postar, mas espero que vc goste e que continue acompanhando a historia! =]
Lari Forrester Black - oieee =] obrigada pelo comentério! lembro siim q vc já tinha comentado antes; vc tinha comentado na outa fic né?! que bom q está gostando dessa aki tbm! =] espero que continue acompanhando a história! :)
Lila Black - menina, andei sumida demais né?!! heheh.. mas espero q vc não tenha se esquecido da fic! vc fez a prova aqui em goiânia? ou resolveu fazer em outra cidade? seja lá o q for, boa sorte pra vc tah?! =] pois é, o Remo sempre fica achando que tá prejudicando as pessoas =/ mas um dia ele cai na real (eu acho! Heheh..) =]
Lily* Rouwood - oieee! eu tava sumida mesmo, menina! mas vou passar na sua fic! =] que bom que vc tá gostando de sirius/evelyn! é, o remo e mel são um 'caso sério'; vamos ver o que acontece, né?! heheh.. =] obrigada pelo comentário!!!
Ludíh Almofadinhas Black - oláá, que bom q vc está gostando dessa fic!!! tadinha msmo da Mel, mas pode deixar que as coisas ainda se acertam! (ou não, como diz o Remo! Hehe..) obrigada pelo comentário, espero que vc continue acompanhando a historia! :)
Mandy Black Veráciz - oieee! Fiquei mto feliz com seus comentários!! Pois é, demorei mesmo pra postar... principalmente se comparado a épocas anteriores, que eu postava quase toda semana! Mas vou tentar agilizar! Hehe.. =] o casal Remo/Mel?!! Ihhh, vamos ver o que acontece! Hehe.. =] que bom q vc gostou do casal sirius/evelyn!!! =] mto obrigada pelos comentários aqui e em 'lembranças de um maroto'!
Mari o/ - oiiii!! mari, adorei seus comentários! Hehe.. achei que vc ia mesmo fazer greve de comentários até que eu juntasse o casal Remo/Mel! Hehehe.. =] ahh, que bom que vc gostou da Evelyn! Nossa, eu nem sei o que significa o nome dela, só sei que eu ‘peguei’ esse nome do filme ‘a múmia’, acredita?!! Que eu assisti há muuuitooo tempo, nem sei como eu lembrei desse nome na hora de escrever... enfim, mto obrigada por estar acompanhando a fic, e nem pense em fazer greve, tá?!! Hehehe.. :D
Maria Lua de Andrade Valntim - oláá, que bom q vc está gostando dos casais da fic!!!! menina, será q o remo fica mto tempo longe da melissa?! será q ele aguenta, né?! heheh.. =] obrigada pelo comentário, espero que vc continue acompanhando a historia! =]
Marilia Evans Potter - oiiii mari!! Ahh, vc nunca gostou do sobrenome walters?!! Heheh.. parece meio antipático msmo!! não fique *mto* indignada com a separação.. um dia tudo se acerta (ou não!) heheh.. claro que eu tinha sentido sua falta aqui! Tbm adoro vc! =) ah, e contradições.. não sei mas acho que vou ter que deletar! Não to mais consegundo imaginar Snape/narcissa depois de HP7!
Melyssa Black - oieee!! Nossa, até 6 horas lendo?!! Haushuahushau… eu tbm ia ficar brava se fosse sua mãe! Heheheh.. =] mas fico mto mto feliz que vc esteja gostando da historia,e que minha fic esteja entre as suas preferidas!! Mto obrigada pelos elogios!!! Espero que vc continue acompanhando a historia! =)
Millinha_Black - oláá!!! pois é, o remo foi um pouco 'mau' com a melissa mesmo, né?! heheh.. tadinho, ele tem seus motivos..hehe.. ahh. eles são seu casalzinho favorito?!! que lindo! :D pode deixar que eu ainda junto eles (ou não) huahsuhaushau.. tbm sou má! =]
Nadia Ayad - oieee! Que bom que vc está gostando da fic! ...ihh, Remo e Mel tão numa situação complicada mesmo, né?! Mas... =] vc me add no msn?!! Quase não entrei nas ultimas semanas, mas dpois a gent ainda discute HP7! Eu ainda não me conformei com o livro! Ok, pode deixar que dpois eu passo na sua fic! :D obrigada pelo comentário! =D
Pamela_Evans_Potter - oieee! Menina, nem acreditei qdo li um comentário seu! vc tava tãoo sumida! Pois é, o Remo tá separado da Mel, mas isso foi necessário =/ que bom que vc gostou das partes Sirius/evy! Vê se não some de novo tá?! Hehe.. :)
Tatty Potter - oiiee! ahh, tatty, eu não sou muito malvada não, né?! hehehe... o remo que é malvado de ter se separado da mel! (?) hauahsuahu.. demorei mtooo de novo, mas aqui está o capitulo! Espero que vc goste! :)
Vitoria - oieee, que bom que vc está gostando da historia! Espero que vc goste desse capitulo, e que continue acompanhando e deixando sua opinião! =] obrigada pelo comentário!

Até o próximo capítulo; beijoss:)

--------------------------------------BLaCk AnGeL--------------------------------

.
.
.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2023
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.