FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

2. Reunião com os monitores


Fic: A Força de um Destino


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Sai da “minhoca gigante” rapidamente. Não agüentava ficar nem mais um segundo ali. Assim que piso no chão, ouço uma voz muito familiar me chamando.
- Gina! – gritou Hermione correndo em minha direção.
Ela continuava a mesma. Seus cabelos castanhos é que pareciam estar maiores, mas aquele olhar de mandona continuava nela. Percebi de cara também que ela estava bastante à vontade. Usava uma blusa regata com uma calça jeans.
- Você continua a mesma! – comentei enquanto abraçava minha velha amiga.
- E você também não mudou nada. – disse ela enquanto se soltava de mim para poder me observar melhor.
Hermione me olhou dos pés a cabeça.
- É, realmente continua sendo a mesma Gina de sempre... – completou brincando.
Sorri para ela sem saber o que dizer. Minha melhor amiga estava ali e era como se tivéssemos nos visto ontem. Era como se nunca houvesse existido distância entre nós duas.
- Fez boa viagem? – perguntou ela enquanto caminhávamos para pegar minhas malas no bagageiro do ônibus.
- Bem... você sabe... – comecei a falar – Viajar nesses veículos trouxas não é muito confortável – completei em um sussurro.
Hermione franziu o cenho me olhando com um ar inquietante. Sentia que ela queria me perguntar alguma coisa.
- O que foi? – perguntei querendo saber porque ela me fitava desse jeito.
- O Harry aceitou você ter vindo para cá? – perguntou – Quero dizer, ele é seu namorado, e você vai passar dois meses fora... – se explicou.
- Ele aceitou... – falei sem dar muita importância ao fato – O Harry compreendeu que eu queria fazer algo diferente nesse verão.
Nessa hora retiraram minhas malas do bagageiro e eu prontamente as peguei.
- Deixa que eu te ajudo. – ofereceu-se Hermione pegando uma das malas.
Saímos da rodoviária e caminhamos pela cidade. O lugar era uma típica cidadezinha do interior americano, muito pequena na qual nós víamos as pessoas se cumprimentando pela rua. Stone Valley ficava um pouco longe do centro da cidade.
- Nós poderemos vir a cidade sempre que quisermos.– comentou Hermione enquanto cruzávamos a avenida principal.
- Cidadezinha grande essa! – falei ironicamente.
Hermione sorriu para mim como se eu tivesse acabado de contar uma piada.
- Eu sei que é uma cidade pequena, mas o acampamento é legal. E também aqui é tranqüilo, e tranqüilidade é bom de vez em quando.– respondeu ela calmamente.
- Você está agora numa onda de integração com a natureza? – brinquei.
- Gina, Gina... você vai me dar razão quando ver o acampamento.
Continuamos andando e um pouco mais a frente encontramos a entrada do acampamento onde havia um grande arco que dizia “Stone Valley”. Realmente Hermione tinha razão. O lugar era lindo. Tinha muitas árvores coníferas e um lago que ela havia me explicado que se chamava Stonelake.
O acampamento era dividido em quatro áreas que ficavam em torno do lago, enquanto o mesmo ficava no centro. Ao sul havia as áreas de uso comum como o refeitório, a administração e algumas salas vazias que eram eventualmente ocupadas para as mais diversas finalidades. Na área ao norte, ficavam os dormitórios dos monitores e dos administradores do acampamento, eu iria dormir lá. Ao leste, era o dormitório dos garotos e ao oeste o das meninas.
Hermione me levou para a cabana que eu dividiria com ela. Era um lugar aparentemente agradável por fora. Uma choupana de madeira que percebi ter até uma chaminé.
Quando finalmente entramos na cabana dei um suspiro de alívio. A caminhada havia sido longa. Meus pés já não agüentavam mais andar e assim que tirei meus tênis vi que havia adquirido alguns calos.
- Vai se acostumando, Gina... Nós vamos caminhar por muitas trilhas que tem no mato daqui. – advertiu-me Hermione olhando meu estado.
Arfei em desagrado. “Mal posso esperar! Longas caminhadas, aí vou eu!” pensei.
- Não faz essa cara! É divertido! – disse ela entusiasmada.
Olhei para ela com cara de poucos amigos. Divertido? Ela só podia estar brincando.
- Mas há outras coisas aqui para fazer, Gina. Só que antes temos que nós lembrar de que primeiro vem o trabalho, depois a diversão. Temos que cuidar das crianças, isso sem esquecer de dar nossas aulas.
Hermione parecia mesmo muito animada em se misturar com a pirralhada.
- Do que você vai dar aula mesmo, Gina? – perguntou Hermione.
- Artes manuais... – falei sem nenhuma animação na voz – Vou brincar de pintar com os fedelhos.
- Anime-se! – encorajou-me Hermione – Vai ser divertido!
Realmente percebi que minha amiga tinha algo estranho. Devia estar doente ou delirando.
- Você está com febre? – perguntei enquanto encostava minha mão em sua testa para checar sua temperatura – Hermione, recomponha-se! Não está falando coisa com coisa! – brinquei.
- Engraçadinha... – replicou minha amiga.
- Eu só sei que estou muito cansada da viagem. Vou dormir a tarde inteira. – falei enquanto me espreguiçava.
- Tudo bem. Vou ficar um pouco no lago e deixar você descansar. – falou ela enquanto se retirava da cabana - Mas não se esqueça que de noite teremos a reunião dos monitores e você tem que ir. – lembrou-me ela.
- Pode deixar. – assenti enquanto Hermione ia embora e fechava a porta.
Estava sozinha na cabana. Agora sem minha amiga e toda a sua empolgação, pude reparar melhor no lugar onde estava.
Era uma choupana agradável e aconchegante. Além da cama em que estava sentada havia outra em que pude perceber ser a cama de Hermione que, pelo que havia me falado, já estava lá a três dias. Reparei também em um armário imponente e rústico, além de muito espaçoso na extremidade oposta do lugar. Isso sem falar na linda lareira que tinha no quarto.Havia também uma pequena porta, que deduzi ser a entrada do banheiro.
Depois de uma rápida observação do ambiente deitei na cama e dormi profundamente. Estava exausta, e aproveitei a tarde inteira dormindo.

***

- Gina, acorda! Acorda! – Hermione gritava me cutucando.
- Onde é o incêndio? – perguntei sonolenta.
- Você não acredita no que aconteceu! – disse Hermione atordoada.
- Não me diga que é algo de ruim... – falei enquanto bocejava.
- É algo ruim sim. E estranho... – alertou Hermione.
- Estranho? Como assim? – perguntei sem entender o que poderia ter acontecido de tão ruim para ela precisar me acordar.
- Uma pessoa... Você não vai acreditar quando eu te contar... – falou ela. Parecia que tinha tomado um susto.
- Que pessoa? Fala logo! – ordenei já sem paciência.
- Você acreditaria se eu te contasse que alguém dos nosso tempos de Hogwarts está aqui para ser monitor? – perguntou ela me preparando para a notícia.
Olhei para Hermione incrédula.
- Jura? Alguém de Hogwarts? Que legal! Mas como isso pode ser ruim? – perguntei com medo da resposta.
- Draco Malfoy vai ser monitor do acampamento... – disse Hermione e eu só não cai para trás porque já estava deitada. Draco Malfoy? Eu não podia ter ouvido direito?
- Você está brincando, não é? – perguntei aflita.
- Quem dera! – exclamou minha amiga – É ele em pessoa. Um pouco mais velho, claro. Mais aquele ar arrogante continua nele.
- Você falou com ele? – perguntei ainda incrédula de que aquilo que acabei pudesse ser verdade.
- Não, mas ele me viu de longe quando eu estava a beira do lago e depois fui checar na administração se o nome dele estava lá. Ele será monitor como nós duas. – respondeu Hermione tentando se manter calma.
- Mas o que diabos ele estaria fazendo aqui? Em um acampamento trouxa? – perguntei tentando estabelecer uma conexão entre os fatos.
- Eu não sei... realmente não sei. – falou Hermione.
- Mas ele não pode fazer nada contra a gente, não é? – perguntei atônita.
- Acho que não... – respondeu Hermione sem convicção na voz – Ele nunca vez nada quando nós estávamos em Hogwarts, então não vai fazer agora.
- É, mas aqui estamos isoladas do mundo mágico. Sem falar que aqui seria muito mais fácil ele fazer algo conosco sem ninguém desconfiar. – repliquei.
- O Malfoy não tem motivos para fazer algum mal contra nós. A guerra já acabou, e o pai dele morreu.
- Mas mesmo assim, podem ainda existir resquícios daquela época. – alertei – Ainda mais por sermos tão próximas ao Harry.
- Eu duvido. Aliás, é melhor você escrever para ele contando sobre isso. – aconselhou Hermione.
- Pois eu acho melhor não. Não vou incomodá-lo com algo tão bobo. Ele vai se preocupar à toa e vai querer vir aqui tirar satisfações com Malfoy. E é como você disse, se Malfoy não pode fazer mal para a gente não há por que se preocupar. – expliquei.
- Você tem razão. O Harry sempre é meio estourado. – admitiu Hermione.
Olhei para ela com cara de poucos amigos. Ela apenas me respondeu com um olhar desafiador.
- Nem vem, Gina! Eu sei que ele é seu namorado, mas ele tem pavio curto.

***

Depois do que Mione me contou, não consegui voltar a dormir. Por que será que Malfoy estaria justamente naquele acampamento? Não consegui pensar em nenhuma resposta racional.
Algumas horas depois olhei pela janela e vi o sol se pondo. Fui até o banheiro e me olhei no espelho. Estava horrível. Minha cara estava amassada e meu cabelo estava para o alto. Resolvi tomar uma ducha e me aprontar para a reunião dos monitores.
Meia hora depois eu estava caminhando em direção a tal reunião e encontro Hermione sentada na beira do lago olhando o luar refletir na água.
- O que está acontecendo com você? – perguntei a surpreendendo – Parece um pouco triste ... – notei.
- Não é nada. Só estava pensando. Esse lugar é tão calmo, que faz isso com a gente. No dia-a-dia eu nunca paro e penso sobre as coisas igual estou fazendo agora. – explicou ela.
- Não é por causa do Malfoy? Você está com medo dele? – perguntei.
- Claro que não, Gina. – respondeu Hermione firmemente enquanto olhava o vazio – Isso daí é só estranho e não preocupante.
- Então o que é? Pensei que estivesse feliz com sua vida. Morando aqui na América, casada com meu irmão e ainda em um emprego que você disse que adorava... – falei.
Não conseguia compreender o porque de toda a tristeza da minha amiga. Estávamos em um lugar maravilhoso e além do mais, pela tarde, ela parecia tão animada.
- Eu sou feliz. – disse ela me encarando cara a cara – Eu estar sentada aqui pensando não significa que eu esteja descontente.
- Tudo bem... – falei enquanto dava um sorriso amigável para Hermione – Mas é melhor nós irmos para reunião. Está quase na hora.
Ela retribuiu o sorriso, porém achei que Hermione estava um pouco infeliz. Talvez sentisse saudades de casa. Eu sabia como era aquilo. Havia me despedido de Harry pela manhã, mas já sentia sua falta.
- Vamos! – disse ela começando a se alegrar de novo enquanto se levantava do chão.
- Só não comece com aquela história de gostar de cuidar dos pirralhos. – adverti em tom de brincadeira.
- Mas é tudo tão maravilhoso! Estou contando os dias que faltam para segunda-feira.
- O que tem segunda-feira? – perguntei curiosa.
- As crianças vão chegar segunda-feira para o acampamento. – respondeu Hermione.
- Não vejo a hora... – repliquei em ironia.

***

- Mas olha quem chega. A mais bela dama do acampamento!
Um homem se aproximou e beijou o rosto de Hermione.
- Oh, Joey! Eu não mereço tal elogio. – retrucou minha amiga enquanto abraçava o homem.
Eu e Hermione havíamos acabado de chegar a reunião. Todos os outros monitores estavam sentados em uma roda. Inclusive Draco Malfoy, que parecia indiferente a minha presença ali. Estranhei aquilo, pois pensei que Malfoy ficaria surpreso de me encontrar no acampamento. “Deve ser por causa que ela já viu a Mione” pensei.
- E esse encanto de garota que está ao seu lado, deve ser a Gina, de que você falou. – disse Joey enquanto me olhava da cabeça aos pés.
- Sou eu sim. – confirmei – E você? Quem é?
- O Joey é o chefe dos monitores. – respondeu Hermione por ele.
O tal Joey era bem alto, mas era muito magricelo. Ele lembrava muito uma girafa. Eu parecia uma nanica do seu lado. Além de que tinha um cabelo totalmente desgrenhado e vestia roupas bem largadas. Parecia muito a vontade e relaxado.
- Agora que estão todos aqui, podemos começar a reunião. – falou Joey enquanto gesticulava pedindo que todos se sentassem.
Me sentei em um tronco de madeira ao lado de Hermione e prestei atenção ao que Joey tinha a dizer.
- Esse ano, iremos aproveitar ao máximo nossas férias em Stone Valley!
Todos aplaudiram e ovacionaram Joey, menos Draco Malfoy que parecia entediado.
- Um minuto... – pediu Joey enquanto todos se calavam – Estabeleci um cronograma de atividades a serem seguidas até o fim das férias.
- E o que você aprontou dessa vez, Joey? – perguntou uma garota loira.
- Calma, Kate... – retrucou Joey – Vou anunciar agora.
Os presentes se calaram para ouvir atentamente as palavra do monitor chefe.
- Em primeiro lugar, quero anunciar que todos os finais de semana teremos um festa temática. Sempre aos sábados faremos uma festa noturna, essa só para os monitores de acordo com o tema. No domingo, faremos algo como uma gincana para os campistas, também segundo o tema pré-estabelecido.
- E quem vai preparar as festas? – perguntou um garoto de óculos.
- Eu vou falar. Mas primeiro preciso anunciar algumas outras coisas que o Sr. Peterson mandou avisar.
Sr. Peterson, segundo o que Hermione me contara era o dono e diretor do lugar. Ele comandava o acampamento e tinha um fama de ser muito disciplinar.
- Em primeiro lugar, vocês sabem que é estritamente proibido cruzar o lago após as onze horas da noite. Também não é permitido garotos e garotas estarem dormirem na mesma cabana. Além disso, os horários deveram ser compridos com pontualidade. E por último, não se esqueçam de que a nossa obrigação aqui é zelar pelas crianças. Primeiro o trabalho, depois a diversão. – declarou Joey solenemente.
Todos continuaram mudos após Joey acabar de falar. Então ele aproveitou para continuar.
- Voltando a questão das festas temáticas. Cada monitor irá organizar uma delas. Logicamente que contando com a ajuda dos outros. Mas cada um irá comandar uma festa. Eu irei comandar a festa de abertura que será na terça, mas todas as outras festas serão nos finais de semana. Para a festa de encerramento, eu e mais outra pessoa ficaremos encarregados, pois é uma grande responsabilidade.
- Mas quais serão os temas das festas? – perguntou um garota morena com os cabelos cacheados.
- Eu irei anunciar isso ainda hoje. Mas primeiro eu quero que vocês se conheçam. – falou Joey procurando responder a pergunta – Alguns aqui já se conhecem, mas eu vou pedir para que cada um se levante e conte um pouco sobre si mesmo. Agora, quem quer ser o primeiro a se apresentar?
Graças as apresentações pude conhecer todos do acampamento. Descobri no fim que éramos em oito monitores mais o Joey. Quatro mulheres e quatro homens.Além de mim e Hermione, as outros monitoras eram a Kate e a Hannah. De garotos, além do Malfoy tinha o Jack, o Paul e o Derek.
Estranhei quando Malfoy se apresentou para os outros monitores. Sua voz fria permanecia inabalada com o decorrer dos anos. Seu ar arrogante e prepotente também ainda estavam ali. Porém quem o conhecesse só por aquela apresentação, o acharia apenas um garoto esnobe, nada mas que isso.
- Bem, agora que todos já se conhecem vou dizer quando serão as festas e quem as comandará. Para a de terça-feira, como já havia adiantado, aprontei toda a festa de abertura. As festas do dia dezoito e dezenove de junho terão como tema “a arte através dos tempos” e serão chefiadas pela Kate.
- Pode deixar comigo! – gritou Kate. Ela era uma garota loira, porém baixinha. Tinha uma voz toda melosa e na sua apresentação pude perceber que ela era bem mimada.
- É esse o espírito, Kate! – incentivou Joey – Mas então, voltando ao assunto das datas. As festas dos dias vinte e cinco e vinte seis de junho terão um tema futurista sendo comandadas pelo Derek.
Derek usava óculos e tinha os cabelos muito pretos. Ele gritou alegremente quando disseram qual seria seu tema.
- Excepcionalmente as festas que deveriam acontecer no dia três e quatro de julho, serão no dia quatro de julho porque o tema da festa será a Independência do Estados Unidos. Teremos, claro, a tradicional queima de fogos. Quem ficará responsável por isso tudo será o Paul. – continuou Joey
O tal Paul era um garoto com os cabelos castanhos claros que faziam uma franja na testa dele. Pareceu não ficar nada animado com a sua indicação para a festa de quatro de julho. Talvez por todo o trabalho que teria que ter.
- Nos dias nove e dez de julho, o Jack deverá fazer uma festa sobre a Grécia antiga.
Jack parecia o mais extrovertido de todos os garotos. Era alto como Joey, só que era forte e robusto, diferente do monitor chefe.
- Em dezesseis e dezessete de julho, será a vez da Hermione fazer a festa com o tema medieval. – disse Joey.
Minha amiga ao meu lado parecia empolgada com o tema de sua festa. Soltou um gritinho de felicidade assim que ouviu “medieval”.
- Vinte e vinte um de julho será a data da nossa festa a fantasia que será comandada pela Hannah. – prosseguiu o monitor chefe.
Hannah era a mais tímida de todos os monitores. Tinha os cabelos castanhos encaracolados e usava roupas extravagantes. Sua camisa era roxa e sua bermuda amarela, o que por si só já era bem contrastante.
- Nos dias trinta e trinta e um de julho o Draco fará as festas que terão como tema a natureza.
Draco não parecia o mesmo de sempre. Não havia se animado ou soltado gritinhos de alegria como os outros, porém parecia-me levemente interessado. Ao menos era melhor que sua habitual cara de tédio.
- E eu, Joey? – perguntei percebendo que fora a única a sobrar.
- Você cuidará comigo da festa de encerramento nos dias seis e sete de agosto. – anunciou Joey.
Fiquei animada com a tal festa que teria que preparar. Ainda faltavam dois meses então poderia arrumar tudo nos mínimos detalhes. Não pude deixar de me sentir mais alegre. “Talvez esse acampamento possa ser melhor do que eu imaginava” pensei.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.