FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

1. CAPÍTULO UM


Fic: Pride -


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

- Agora vai! - sussurrou a loira excitada.


- Dúvido. - suspirou a ruiva.


- Shhh! - reclamou a morena.


- Cinco galeões que ela não tem coragem.


- Vocês estão apostando?


As quatro garotas só não foram ao chão porque estavam grudadas demais uma nas outras para isso. Os ouvidos de Lisa Turpin, Susana Bones, Megan Jones e Mandy Brocklehurst estavam grudados respectivamente à porta branca do banheiro da casa dos Turpin às três da manhã.


- Com licença. - resmungou Ana ofendida abrindo caminho entre as amigas.


- Todas vocês querem usar o banheiro? - perguntou uma Padma confusa encarando as amigas em pijamas.


As quatro se entreolharam sem saber o que fazer e com um suspiro, Megan seguiu a amiga até o quarto. A loira estava sentada molemente sobre a cama de Lisa Turpin, e ao perceber Megan entrando, enxugou as lágrimas silenciosas que escorriam por seu rosto rosado.


- Ana...


- O que foi?


- Não chora, Ana! .


- Por que vocês não me deixam em paz? O problema é meu!


- Nós só queremos seu bem, Ana.


Megan sentou-se ao lado amiga e levou as mãos macias aos cabelos longos e loiros de Ana, acariciando-os.




- Belo modo de demonstrar.




- Quem sabe talvez se você realmente falasse com ela...


- Ela sabe, Megan.




- Por que você acha isso?




- “As garotas sempre sabem.”




- Isso não se aplica a outras garotas.


A morena sorriu, compreensiva.


- Por que não?


Ana retribuiu o sorriso.


- Porque a regra não refere-se à habilidade das garotas de descobrirem as coisas, mas sim à incapacidade dos garotos de disfarçar.


- Megan... as vezes você soa tão gay!


- São as companhias.


Sorriram.




- Tem certeza?


- Eu gosto de garotos, Ana. Bem... na realidade, eu odeio garotos. - disse com uma careta – mas você entendeu.




Ana abriu a boca para responder, mas foi interrompida pelas outras quatro garotas que entravam novamente no quarto silenciosamente. Cada uma tomou seu colchão e, antes de apagar as luzes, Padma exclamou:


- Que coisa esquisita, vocês É só uma querer ir ao banheiro e todas também querem, parece criança!





***


Após um café-da-manhã saudável como apenas uma mãe que assiste programas femininos todos os dias saberia fazer, as seis garotas partiram para o Beco Diagonal acompanhadas do Sr. e da Sra. Turpin. Os pais de Lisa não só eram atensiosos e presentes, como também pareciam bastante satisfeitos em ver que sua filha era muito querida na escola e tinha várias amigas.




Depois de comprarem todo o material necessário para a escola e várias bugigangas que a Sra. Turpin insistia ser de extrema necessidade para uma vida doméstica, as garotas ficaram livres para passear na mais nova loja que os gêmeos Weasley tinham aberto antes de finalizarem tudo na loja da Madame Malkin.




- Vocês podem, por favor, parar de ser retardadas? Estão me envergonhando.




Mandy referia-se as gargalhadas descontroladas de Lisa e Megan que estavam paradas em frente a uma vitrine coberta com um cartaz roxo de letras amarelas. Todas as outras já tinham superado a piada e entrado na loja, contudo as duas meninas não conseguiam controlar os risos.




- É simplesmente genial demais... - argumentou Lisa.


Dentro da loja, as meninas dividiam-se entre kits Mata-Aula, caixas de penas Auto-Revisoras e Respostas-Espertas, Detonadores-Chamariz e qualquer outro produto que pudesse ser utilizado contra a moral e os bons costumes estudantis. Exceto por Ana. A loira encontrava-se espremida entre várias garotas risonhas, lendo atenciosamente a embalagem de uma Poção do Amor.


- Pensando em usar com a Padma?


- Susana, que susto!


- Por que ao invés de ficar inventando planos mirabolantes, você não simplesmente se declara?


- Por que você não cuida da sua própria vida? - reclamou a garota, aborrecida.


Ana largou a poção de volta na prateleira desajeitadamente e abriu caminho até uma Megan sorridente. A morena observava uma dura luta entre Lisa e Padma com varinhas de brinquedo.


- Genial! - exclamou Megan. - Nunca vi tanta inteligência bem direcionada!


- Bah, Jones têm uma queda por ruivos. - caçoou Mandy.


- Oh Jorge, - zombou Susana – que seguira Ana até o resto do grupo - juntando as mãos no peito e piscando os olhos rapidamente. - vermelho é o seu cérebro, vermelho é o meu coração. Venha ascender minha lareira da paixão!


- Cale a boca. - fez Megan rindo da amiga.




- Ou seria o Fred? - continuou a ruiva. - Oh querido Alfred, tu és mais lindo do que o Albert...


- Alfred e Albert não é uma boa rima. - disse uma voz alegre interrompendo a zombaria de Susana – e é Frederico, não Alfred. Em todo o caso, - disse ele metendo-se no meio das garotas. - você, Jones, deveria ficar com um Chapéu Sem Cabeça. - falou colocando o chapéu carinhosamente sobre os cabelos negros de Megan. - Por conta da casa.


E, dando seu melhor sorriso, o Weasley desapareceu entre todos os clientes.


- Huuuuuummmm.... - fizeram todas as amigas juntas, enquanto Megan ria compulsivamente sob a proteção invisível.




- Hey, - disse Mandy tirando o chapéu da amiga, revelando sua cabeça novamente. - É impressão minha ou ele acabou de te chamar de camarão? “Arranca a cabeça e usa o corpo.”





***


- O que você acha?




- Você está linda.




- Mesmo?


- Mesmo.




Mandy Brocklehurst puxou sua namorada Lisa Turpin para um beijo quente dentro da cabine provatória de Madame Malkin. Sem nenhuma cerimônia ou calma, Mandy segurou os cabelos da namorada e invadiu sua boca sem pudor.


- Uh, lésbicas se beijando. Que nojo! - Padma havia puxado a cortina do provador a fim de mostrar sua própria roupa para as amigas.


- Estraga-prazeres. - sibilou Mandy.


- Eu queria tanto poder usar na escola.


- É até melhor não poder, Ana. - consolou Megan carinhosamente. - Você está bonita demais para desperdiçar com aulas.


Era verdade. O tecido suave azul-bebê caía como uma luva no corpo magro e delicado da Lufana. Os olhos grandes e verdes no rosto exótico faziam questão de deixá-la parecendo uma princesa. Megan estava amarrando as fitas traseiras do vestido da amiga e falava com ela olhando-a nos olhos através do espelho a sua frente.




- Passamos nossas vidas nas aulas.




- Nerd.


- Olha quem fala.


- Ao menos eu não tenho um amor platônico pela minha amiga.


- Ao menos eu tenho uma vida amorosa relevante.


- Ana, - disse Megan em tom de aviso. - Assistir Padma firmar cada dia mais o namoro com outra pessoa não é ter uma vida amorosa relevante.


- Megan tem razão, - meteu-se Susana. - Sonhos eróticos envolvendo saris também não é ter uma vida sexual ativa!




- Cale a boca. - disseram as outras duas risonhas em uníssono.




Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2023
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.