FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

8. O primeiro passo pra ser feliz


Fic: NEM O TEMPO SEPARA O AMOR -


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

O primeiro passo pra ser feliz

Gina estava totalmente atolada de relatórios, se tinha uma parte ruim em ser auror era justamente ter que fazer relatórios e mais relatórios de suas missões e, diga-se de passagem, que suas ultimas aventuras não tinham muito que contar, além de decepções e frustrações por pistas falsas de Severo Snape.

Além disso, ainda tinha sua mãe e Fleur que estavam a enchendo de corujas sobre o casamento a ser organizado. Poxa ela só casaria em dezembro pra que todo esse desespero, nem ela que era a noiva estava preocupada. Na verdade estava ainda se acostumando com a idéia, achou meio precipitada da parte do namorado, mas pensando melhor já estava na hora de tocar a vida pra frente e dar um pai pro filho.

O filho, aí estava um dos problemas, na noite anterior ele a bombardeou de perguntas sobre o pai, ela tentou se esquivar ao máximo, mas sentiu que JJ está muito curioso, uma coisa normal pros garotos de sua idade que geralmente tem o pai como exemplo. Ela pensou em contar a verdade, mas ao mesmo tempo fica insegura, não quer um batalhão de jornalistas atrás do filho. E pra completar sua vida ainda tinha esse novo parceiro na missão dela, um espanhol metido que segundo Ron tinha ótimas referências e que o Ministro exigiu que fosse admitido na missão Snape. Ela se perguntava o que um cara de outro país poderia saber da missão mais do que ela, que conhecia o seboso desde Hogwarts. A vida dela literalmente estava um caos.

*******************

Bel estava sentada na areia branca da praia na qual se localizava sua casa, lembrando-se das noites em que tinha a companhia do moreno quando observavam o pôr-do-sol e viam as primeiras estrelas surgirem nos céus.
Quantas histórias aquele lugar poderia contar sobre eles, o inicio da amizade, o primeiro beijo, a primeira noite de amor e agora a despedida.
Soltou um suspiro quando sentiu dois braços fortes envolverem seu corpo e o cheiro da colônia cítrica misturada com o sal da pele chegarem as suas narinas.

- Olhando as estrelas e nem me chamou – falou o moreno brincalhão enrolando uma mecha de seus cabelos negros nos dedos.

- Estava só pensando que vou ter que me acostumar a ver tudo isso sozinha, já que você vai embora amanhã – respondeu ela com um sorriso triste nos lábios.

Ele a encarou e passou a mão carinhosamente pelo rosto delicado da amiga. Ele a adorava, seu jeito brincalhão mesmo nas piores situações, suas ironias, a sensualidade de seus gestos, a sinceridade de suas palavras e o grande coração que ela tinha. Seria difícil ir embora e deixar a pessoa que mais o ajudou nestes últimos anos e que se tornou seu porto seguro, mas deveria correr atrás do seu destino e de sua felicidade e sabia que só seria feliz ao lado de sua ruiva. O que sentia por Bel, era amor, o amor de um amigo dedicado, que era companheiro nos melhores e piores momentos, que riam e choravam juntos, que se embebedavam tentando esquecer os infortúnios e de vez em quando iam pra cama matar a carência.

- Você sabe que eu preciso fazer isso, né? – perguntou meio inseguro quanto a resposta da amiga – foram anos de preparação e enfim vou voltar pro mundo dos vivos.

- Eu sei disso e compreendo seus motivos – ela respondeu sincera – mas não posso negar que estou triste pela sua partida, você sabe que se tornou um grande amigo.

- Sei sim – Harry falou com convicção – mas não esqueça que vou sempre te visitar e que você também tem que ir me visitar, além do mais temos um caso em comum, ou você esqueceu do mistério do véu.

- É claro que não esqueci – ela falou e depois passou vários minutos em silêncio somente abraçada ao moreno e analisando o horizonte –pelo menos eu mereço um ultimo beijo não? – ela perguntou brincalhona.

- Hum...! não sei – Harry falou no mesmo tom – a senhorita está muito teimosa estes dias e nunca mais preparou aquela massa que aprendeu em Paris, mas eu vou ser bonzinho.


E nesse momento os lábios dele encontraram a boca carnuda da espanhola em um beijo carinhoso, mas ao mesmo tempo exigente e saudoso, um beijo de despedida.

Harry ergueu Bel nos braços e a levou pra cabana onde moravam e despediram-se verdadeiramente daqueles cinco anos que dividiram seus corações e onde cada um levaria um pouco do outro.

**************


Gina estava exausta, toda segunda era o mesmo caos e agora que o expediente terminara ,ela ainda tinha que ir a toca combinar com Molly alguns detalhes do casamento que ia se realizar em dezembro, para que Neville aproveita-se o feriado e fim de ano.

Teria ainda que pegar JJ na casa da Mione. Já estava ate com vergonha de deixar o filho na casa da amiga, mas como trabalhava o dia todo e a escola trouxa era só meio período, ou deixaria o filho na casa da vó, o que estava fora de cogitação ou na casa da cunhada, onde o baixinho podia brincar com a prima. Mas no dia seguinte ela passaria o dia inteiro com o moreninho, já que ra seu dia de folga. Por isso ia hoje na casa da mãe pra amanhã curtir o dia mãe e filho que planejavam há semanas.


**


Aquela conversa já estava sufocante, estava com pena da cara de perdida que Gina fazia. A ruiva tinha que ouvir todas as sugestões bizarras das cunhadas e ainda fazer uma cara de desculpa cada vez que negava mais uma das excentricidades propostas. Depois de duas horas de conversa já estava claro que a idéia de um casamento simples proposto pela noiva fora abolida pelas idéias de um casamento luxuoso proposto pelas outras mulheres do clã Weasley.

Mione ainda quieta no meio de toda aquela confusão de listas de convidados e decoração procurava pela sala algum sinal das crianças, afinal de contas já tinha um tempo que não ouvira nenhum barulho e isso só podia significar uma coisa eles estavam aprontando.

**

JJ estava junto com os primos na casa dos avós e novamente se reuniram no antigo quarto de Gina pra discutir sobre o plano de descobrir quem era o pai do moreno.

Da ultima vez encontraram uma caixa com recortes sobre Harry Potter e cada um ficou de investigar mais sobre esse homem. No entanto so tiveram um dia e como ele imaginava somente Pierre e Sophie obtiveram algum resultado.

- Bom como eu disse, o nome Harry Potter não me era estranho – falou a ruivinha do mesmo modo sabe-tudo da mãe – ai eu procurei um porta retrato no quarto dos meus pais e vi uma foto desse homem junto com eles quando estudavam em Hogwarts.

- Você ta querendo dizer que o dindo e a dinda foram amigos desse cara? – perguntou JJ chocado com a idéia do salvador do mundo ser amigo intimo dos seus padrinhos.

- Exatamente, e pelo visto aconteceu algo serio com eles porque na hora que eu perguntei sobre esse cara mamãe disfarçou uma lágrima e papai derrubou o copo que estava segurando e me mandou dormir.

- Hum realmente suspeito Sô – falou Pierre – eu também investiguei em uns livros do papai e descobri alguma coisa em Hogwarts uma História. Parece que o tal de Harry foi o cara mais encrencado da escola, todos anos tinham alguma coisa acontecendo com ele. Ainda não li tudo, as tudo indica que ele foi o melhor amigo dos seus pais Sô.

- Então devia ser amigo dos Weasley – cortou o moreno radiante com a idéia que teve – é o seguinte, todo mundo vai perguntar um pouco pros seus pais sobre esse cara e depois nós reunimos informações. Tenho a impressão que ele e a peça chave sobre meu pai.


A terça feira amanheceu ensolarada e isso foi só mais um motivo para os habitantes de um pequeno apartamento de Londres acordarem com sorrisos radiantes.

- E aí mãe qual vai ser nossa programação? – perguntou JJ sentado com a mãe tomando um delicioso café da manhã. Ele iria faltar a escola pra ter o dia mãe e filho que Gina lhe prometera quando o garoto reclamou que a ruiva trabalhava muito e não tinha mais tempo com ele.

- Bom, eu pensei em irmos a um parque de diversões e almoçar no shopping, depois pegar um cineminha e encerar com um passeio ao beco diagonal visitar a loja dos seus tios. O que acha? – falou a ruiva sorridente.


- Legal - concordou o garoto empolgado – vou escovar os dentes eaí nós vamos certo.

- Hum hum – respondeu a ruiva abrindo a janela onde uma coruja de torres estava trazendo uma carta.


Quando o garoto voltou Gina terminava de limpar a cozinha e pegou sua bolsa.

- Vamos pequeno – ela chamou carinhosamente o filho enquanto abria a porta de casa – temos uma mudança na programação . O Nev vem pra cá à noite e nós encerraremos com uma grande pizza.

- Ok mãe, mas só a noite certo – falou o moreno. Ele gostava do noivo da mãe, mas seu tempo com a mesma era tão raro que não queria ninguém dividindo com ele.

**
O dia foi hiper divertido, era ótimo brincar com o filho. Nesses momentos ele voltava a ser aquela moleca que fora na infância e na adolescência, quando não tinha dores que machucavam a alma.

Andaram em quase todos os brinquedos, menos na montanha russa pois JJ ainda era muito pequeno pra essa aventura. Saindo do parque foram ao shopping onde almoçaram comida chinesa, uma das paixões do pequeno e depois assistiram ao filme “Piratas do Caribe” que fora recomendado por Mione.

Desde que o filho nasceu Gina se isolou um pouco do mundo bruxo e começou a incorporar vários costumes trouxas de Mione, entre eles a paixão por filmes, que era compartilhada com o filho.

Já era noite quando chegaram em casa. Estavam exaustos, mas ainda tinham energia pra comer uma boa pizza com Nev.lá pelas nove o moreno chegou pela lareira e os três devoravam um pizza enquanto faziam várias brincadeiras. Quem olhasse de fora veria uma perfeita família,mas nem sempre o que aparenta é, e definitivamente eles ainda não eram um família.
*
O relógio marcava onze horas, e os três ainda estavam jogados no tapete da sala. Os restos da pizza em cima da mesa enquanto JJ dormia no sofá e Gina e Nev namoravam em frente a lareira.

Realmente o dia tinha sido ótimo e para coroar só faltava uma boa noite de sono pra ruiva, quando do nada as chamas da lareira se tornaram verdes e o rosto aflito de Ron aparecera.

- Gi vem agora pra Toca – ele falou de uma vez só - é urgente.


N/A: oi gente, eu sei que prometi o cap 08 no fim de semana, mas so deu pra postar hoje, espero que gostem. ele termina o periodo de transição da fic e o 09 ja vem com mts emoções.

Ellen Evans : adorei seu comentário e me emocionei mt com o eslogios, que bom que gostou;

Carolina Villela Good God : que bom q gostou da fic, no começo os cap são menores, mas a partir do momento que a fic se desenvolve eles vão aumentando. valeu pela dica e obrigada pelos comentários;

Ellessar : obrigada por comentar, seu comt vale mt pra mim;

Janaina Potter : menina li sua fic e adorei, mas fikei super feliz quando vi teu comentario aki, valeu mesmo e podemos trocar mts dicas ainda tá, bjs

Daila B : menina tu sabe que te adoro, então lê essa fic que e em tua homenagem viu linda, bjs e comenta mais

N/A 2: pois é pessoal, bjos e beijocas e não skeçam de comentar. a autora ficaria hiper feliz.






Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.