FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

21. I just want you to know who I


Fic: Lembranças Marotas


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Cap 20: I just want you to know who I am (Eu só quero que você saiba quem eu sou)



And I'd give up forever to touch you
E eu desistiria da eternidade para tocá-la
'Cause I know that you feel me somehow
Pois eu sei que você me sente de alguma maneira
You're the closest to heaven that I'll ever be
Você é o mais perto do céu que eu vou chegar


Tiago começou a andar tristemente para o castelo. Agora caia uma chuva fina e fria. Tiago pisava nas poças de água violentamente, e via a imagem de seu rosto borrar-se. Queria que Lílian pelo menos uma vez em sua vida escutasse-o sem sair gritando. Porque ele fora burro de ter feito aquela maldita aposta com Sirius? Porque ele não havia percebido como Lílian era importante para ele antes? Aquele dia estava perfeito demais. Só de pensar que teria Lílian em seus braços, aquilo parecia um sonho. Continuou caminhando lentamente, até chegar a grande porta do castelo. Não havia mais ninguém ali. Já estava anoitecendo. Tiago estava molhado da cabeça aos pés, mais não se importava à mínima se pegasse um resfriado. Naquele momento não estava mais se importando com nada.
- Lily, o que aconteceu? – perguntava Vick para a amiga.
Lílian estava deitada na cama. O dossel estava fechado, não permitindo Victória a ver a amiga que estava chorando desoladamente.
- Lily, me responda, por favor – disse Victória novamente. Victória começou a roer as unhas. – Lily, por favor... – Victória disse novamente.
- N-não aço-conteçeu nada – disse Lílian soluçando.
- Claro que aconteceu Lily! – Victória agora estava desesperada – Nunca vi você chorando assim Lily! Nunca! Aconteceu alguma coisa! Por favor, me conte! – Victória olhava esperançosamente para o dossel da cama.
- Vick, realmente, não aconteceu nada. Só não estou a fim de falar com ninguém agora – disse Lílian tentando não soluçar.
- Lílian, francamente! Se você acha que eu vou te deixar assim, realmente, você está muito enganada – disse Victória.
- Vick, eu estou legal! – disse Lílian – Só quero ficar sozinha. Por favor, Vick... – disse Lílian.
Victória olhou mais uma vez para o dossel. A amiga não estava nada bem.
- Lily... – Victória disse – Tudo bem. – disse Victória suspirando e virando-se. Começou a caminhar devagar lentamente até a porta, e desceu.

And all I can taste is this moment
E tudo que eu sinto é este momento
And all I can breathe is your life
E tudo que eu respiro é a sua vida
'Cause sooner or later it's over
Porque mais cedo ou mais tarde isso irá acabar
I just don't want to miss you tonight
Eu só não quero sentir a sua falta essa noite

- Tiago, porque você está molhado? – Sirius perguntou, encarando o amigo.
Tiago não respondeu nada para o amigo, continuou andando em linha reta, sem falar um a para nenhum dos marotos. Sirius e Lupin entreolharam-se e disseram:
- Pontas, você está legal? – perguntou Sirius.
- É claro que ele não está! Olhe a cara dele – disse Lupin para Sirius.
- Não enche – disse Sirius voltando a atenção a Tiago.
- O que aconteceu? – perguntou Lupin.
- Não aconteceu nada. Isso. Não aconteceu exatamente nada. – disse Tiago.
- Mais então... – Sirius foi falar.
- Vocês querem saber o que aconteceu? Pois bem, eu vou contar o que aconteceu – Tiago agora estava gritando. A dor que estava sentindo por dentro, o garoto tratou de colocar para fora – Passei esse ano todo, tentando chamar Lílian Evans para sair, no começo era só uma aposta, sabe, mais depois virou muito mais do que isso. Quando ela finalmente aceita o meu convite, eu organizo cada detalhe perfeitamente, torcendo para que nada saísse errado. Quando finalmente eu poderia ter ela, eu penso que se eu ficasse com ela, sem lhe contar a verdade, eu seria o mesmo inútil e imbecil que eu sempre fui, provando-a que ela sempre esteve certa ao meu respeito. Então eu contei da aposta para ela, claro que ela não quis me escutar, como ela nunca me escuta. Saiu correndo sem nem me deixar continuar. E agora, eu comecei do zero novamente. Ou melhor, do menos zero. Porque agora eu duvido que a Lílian um dia vai querer olhar na minha cara novamente, graças a essa maldita aposta. Só aconteceu isso. Nada demais – Tiago ainda gritava. Já estava tarde, e não havia quase ninguém no salão. Os poucos que estavam presentes, quando viram que Tiago havia começado a gritar, trataram de subir para os dormitórios. Só uma pessoa, sem ser os marotos ou Tiago havia ficado na sala.

And I don't want the world to see me
E eu não quero que o mundo me veja
'Cause I don't think that they'd understand
Porque eu não acho que eles entenderiam
When everything's made to be broken
Enquanto tudo é feito para ser destruído
I just want you to know who I am
Eu só quero que você saiba quem eu sou

- Então foi isso? – disse Victória incrédula na escada, olhando para os marotos.
Os três garotos olharam para ela. Lupin e Sirius estavam assustados com a reação de Tiago. O amigo nunca esteve daquele jeito.
- Então é por isso que Lílian está chorando? – Victória disse. – Eu não acredito... – disse Victória.
- Eu também não – disse Sirius.
- Não é disso que estou falando. Eu não acredito, realmente, que você esteja apaixonado pela Lily, e muito menos que ela goste de você – Victória agora encarava Tiago – Porque, em sua sã consciência, você pensou que a Lily era algo para se apostar? Agora o feitiço virou-se contra o feiticeiro não é Tiago. Agora você está sentindo como as outras milhares de garotas que você ficou e descartou se sentiram não é mesmo? – As palavras de Victória cortavam Tiago internamente – Mais sabe o que é o pior de tudo isso Tiago? Dessa vez, alem de você ter magoado uma garota, você não magoou qualquer garota. Você magoou uma garota que estava disposta a te amar mais do que qualquer outra. A Lily não é para ser usada e jogada fora. Agora acho que você já deve ter arrependido-se só de ter começado essa aposta não? Quem mandou Tiago? Quem? Eu não acredito que você fez isso – disse Victória indo em direção ao retrato.
Lupin e Sirius estavam parados, não sabiam o que dizer. Tiago olhava para o chão sem dizer uma palavra. Quando a passagem do retrato abriu-se, Lupin falou:
- Já está tarde. Se te pegarem no corredor... – disse Lupin rouco.
- Eu vou ter uma razão. Vou ir pedir para a enfermeira me dar uma poção para dormir. A Lily não para de chorar a um bom tempo – disse Victória. Novamente as palavras da garota desceram cortando Tiago. O garoto olhou para a prima, que encarou-o e disse – Você fique aqui. Na hora que eu voltar eu vou conversar com você – disse Victória a Tiago. Antes que o garoto tentasse responder, Victória saiu do Salão.

And all I can taste is this moment
E tudo que eu sinto é este momento
And all I can breathe is your life
E tudo que eu respiro é a sua vida
'Cause sooner or later it's over
Porque mais cedo ou mais tarde isso irá acabar
I just don't want to miss you tonight
Eu só não quero sentir a sua falta essa noite

Lílian estava deitada na cama, olhando para alguns borrões. Não conseguia ver uma imagem nítida. Seus olhos estavam encharcados de lágrimas, e estava toda úmida e suada. Lílian levantou-se lentamente da cama, tentando equilibrar-se, e abriu o dossel. Não havia ninguém no quarto. Lílian suspirou agradecida e levantou-se devagar. Ouviu um barulho estranho, mais não importou-se. Continuou andando até em direção ao banheiro. Quando voltou do mesmo, ouviu o mesmo barulho, e resolveu ver o que era. Andou até a cama de Victória, e viu algo em cima de seu malão. Viu que era aquele radinho. Lílian procurou o botão de desligar mais não encontrou-o. Começou a andar até a janela e sentou-se em uma almofada. Ficou olhando as estrelas por um tempo, ouvindo aquele mesmo chiado que o radio continuava a fazer por algum tempo. Lílian encostou sua cabeça na parede e olhou para a estrela que brilhava mais forte naquela noite, mais a que brilhava mais, foi uma pequena estrela que apareceu em instantes e logo sumiu. Lílian fechou os olhos e pensou:
“Um pedido? O que eu posso pedir?...” pensou ela. Mais o que ela mais queria naquele minuto era a verdade. Queria ter ficado para ouvir o que Tiago ia lhe falar, mais o orgulho da garota não deixou-a permanecer lá. Sabia que seria impossível que Tiago explicasse para ela, já que ele agora provavelmente estaria irritado com ela, já que ela deixou-o plantado no jardim. Mais juntou todas as forças que ainda tinha e fez o pedido. No instante que acabara o pedido, o rádio pirateou mais alto e começou a tocar:

And you can't fight the tears that ain't coming
E você não pode lutar contra as lágrimas que não estão vindo
Or the moment of truth in your lies
Ou o momento da verdade em suas mentiras
When everything feels like the movies
Quando tudo parece como nos filmes
Yeah you bleed just to know you're alive
É, você sangra só para saber que e
N/stá vivo.


- Pontas, sente um pouco – disse Lupin preocupado com o amigo.
Tiago fez um sinal negativo com a cabeça e foi andando lentamente até a grande janela. Olhou para o céu, e viu a mesma estrela que Lílian havia visto.
“Um pedido. O perdão de Lily” – pensou ele primeiramente, mais pensou que nem estrelas cadentes nem nada poderiam fazer a garota olhar novamente em seus olhos, mais mesmo assim, era a única coisa que queria naquele momento. Só queria poder falar com Lílian.
- Os dois podem subir? – perguntou Victória que havia acabado de entrar no Salão, carregando um vidrinho com uma poção azul. Lupin e Sirius olharam para o amigo que continuava olhando para o céu e confirmaram com a cabeça.
- Ele vai ficar bem? – perguntou Sirius.
- Espero – disse Victória olhando para o primo.
Sirius e Lupin, quando finalmente haviam sumido, Victória aproximou-se do primo e falou calmamente:
- Tiago, olhe. Eu não gosto de ver a Lílian triste, mais também não gosto de te ver assim. Você por mais difícil que seja, foi sincero. Eu no começo bem que duvidei que um dia você poderia gostar de alguém, tanto quanto você gosta da Lily. E ainda por mais difícil que seja de acreditar, você estava sendo sincero. Você fez o certo. Foi melhor você mesmo contar para ela, do que ela ficar sabendo por outra pessoa. – disse Victória pousando a mão no ombro do primo. – A Lily vai te perdoar. Você vai ver. A Lily por mais que tente, que lute contra, finalmente percebeu que ela não pode tentar esconder o que ela sente. Eu só peço que você de um tempo a ela e de um tempo para você mesmo – disse Victória.
- Como eu posso dar um tempo para isso que esta doendo dentro de mim? Como eu posso dar um tempo a minha burrice? Como eu posso dar um tempo em pensar que eu poderia ter conseguido conquistar a Lílian por outro jeito? Como eu posso dar um tempo em parar de pensar em como eu sou um burro, imbecil, um idiota completo! Como? – Tiago agora encarava a prima. Victória assustou-se em ver que o primo estava com lágrimas nos olhos. As lágrimas que estavam teimando em cair dos olhos de Tiago, começaram a cair sem parar.

And I don't want the world to see me
E eu não quero que o mundo me veja
'Cause I don't think that they'd understand
Porque eu não acho que eles entenderiam
When everything's made to be broken
Enquanto tudo é feito para ser destruído
I just want you to know who I am
Eu só quero que você saiba quem eu sou

Depois de algum tempo, Tiago e Victória estavam sentados. O menino estava com a cabeça encostada no encosto do sofá, e os dois não falavam nada. O silêncio estava cortante. Victória finalmente olhou para o primo e falou:
- O máximo que eu posso fazer, é isso... – disse ela ao primo.
- O quê? – perguntou ele, finalmente olhando a garota nos olhos.
Os dois ficaram conversando ali por algum bom tempo. Já estava ficando realmente tarde quando Victória levantou-se do sofá e disse:
- Então está combinado. Agora eu tenho que levar essa poção para a Lily – disse Victória, olhando a cara de Tiago, que ainda estava um pouco triste. – Vai dormir Tiago. Amanhã você vai ver que tudo vai ficar melhor. – disse Victória.
- Duvido – disse o garoto levantando-se do sofá – A ultima coisa que eu quero ver é a Lílian me evitando. – disse Tiago indo em direção as escadas.
- Mais não se esqueça do nosso plano... – disse Victória.
- Não vou – disse Tiago finalmente subindo as escadas.
Victória suspirou, pegou a poção do sono que encontrava-se em cima da mesa e subiu.

And I don't want the world to see me
E eu não quero que o mundo me veja
'Cause I don't think that they'd understand
Porque eu não acho que eles entenderiam
When everything's made to be broken
Enquanto tudo é feito para ser destruído
I just want you to know who I am
Eu só quero que você saiba quem eu sou

- Lílian – Victória disse ao entrar no quarto. Encontrou o dossel da cama aberto e olhou ao redor do quarto. Viu que a amiga estava sentada, ainda olhando o céu.
Victória começou a aproximar-se da amiga. Lílian encarou a amiga que agora estava ao seu lado, observando o céu também.
- Você sabia que perto desse imenso universo nós somos apenas pequenas criaturas inúteis? – disse Lílian para Victória.
- Lily, sabe por que nós somos inúteis? Porque nós fazemos coisas inúteis! Nós fazemos coisas inúteis como errar. Nós fazemos coisas inúteis como perdoar. Nós fazemos a maior das inutilidades, nós amamos. A algo mais inútil do que isso? Lily, se nós somos inúteis, nós fazemos inutilidades, então olhe para cá – disse Victória encarando a amiga – Nós não podemos nos esconder Lily. Nós temos que enfrentar os nossos problemas de cara. Você mesma me disse isso. Então levante essa bunda inútil daí, e repita consigo mesma que o Tiago errou, e que você também errou, por não ter escutado o que ele ia te falar. Mais nossos erros nos tornam inúteis não é mesmo? Então pare de chorar, e corra atrás. Procure a verdade, e tente não ser inútil dessa vez! – disse Victória para a menina. Lílian olhou para a amiga, as lagrimas novamente escorriam em seu rosto. Lílian voltou a olhar para o céu, escutando o final da música que tocava no radio de Victória.

I just want you to know who I am
Eu só quero que você saiba quem eu sou
I just want you to know who I am
Eu só quero que você saiba quem eu sou
I just want you to know who I am
Eu só quero que você saiba quem eu sou

N/A: Lindo capitulo naum? Eu amei;amei;amei demais... O povo, que horror, eu e a Mazilda nom somos tão cruéis assim como vcs pensam, nós só somos inteligentes de fazer vocês não pararem de ler a fic, oras bolas... ;D
Espero q vcs gostem desse cap, e espero q vcs comentem... Bjus bjus; Juh

N/A²: Unnn, q cap lindooo Juzildá Encapetadaaaaaaaa! Hausaushaushau Eh isso ai..Nem somos taaaumm más assim..ESSA EH A MUSIK MAIS LINDA DO MUNDO! Axam n? Quem quiser baixar...eh Íris da banda Goo goo dolls..Eh lindíssima..A musik ombino perfeitamente com nosso casal kerido,n foi n? huhu Ate o prox cap..Ja já posto ele,viuo? Comentemm.Bjoo ;*

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.