FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

9. Jogando com o Amor


Fic: E Se Fosse Verdade


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

N/A: Estou mto feliz com os comentários... *dando pulinhos de alegria*, e q bom q gostaram....
Tbm estou com dó do Harry, mas oq posso fazer se o Draco é tão... lindo! rs
Ainda vai ter mto ciúmes nessa fic....

Anna fletcher, pois eh, e q loiro!!! rs
Na vdd estou sem dançar pq estou fazendo tratamento, sabe como é! :-Z
Mas qndo eu for liberada!!! Aiaiaiai! Vou fazer td q puder!Tbm amo jazz!

taaa_hp, vlw por aparecer aki.... comentar aki.... fico mto feliz!!! Vlw!

Srta. Granger Malfoy, tbm tenho dó do Harry, mas ele tah fora de controle e tah fazendo bobagens!!! Enquanto o Draco....
Quem agradece sou eu... afinal a minha tah lah tbm.... e a sua fic tah mto boa, e eu estou esperando ansiosa pela atualização!!! :-D
Mto obrigada msm!

BяUทI.ทhá Potter Malfoy, pois eh, naum tem garotos assim em lugar nenhum, soh em livros, filmes e novela! Bah!
Na vdd, eu axo q tem garotos assim, sim, mas nós naum percebemos qndo fazemos parte da história, talvez seja mais fácil olhando de fora! Enfim, mas como a vida naum eh como a ficção, naum sei se esses garotos além de adoraveis são lindos como Draco, mto difícil, msm!!
"Uma Vingança "quase" perfeita" tah mto linda, neh! Tô adorando tbm!!!
Obrigada por passar por aki!!!!
BjauM!

Debyh Wood, q bom q gostou e q o cáp. foi impactante, espero q goste desse tbm! A musica é linda, infelizmente, naum vi o filme ainda... vou assistir, amo musicais!
Eh o pessoal q naum ouviu, seria legal ouvir, pq ela passa oq a Mione sentiu!
Bjaum e vlw!

"Uma Vingança "Quase" Perfeita... por Srta. Granger Malfoy
http://www.floreioseborroes.net/menufic.php?id=15657


Agora, quero agradecer do fundo do meu coração a uma pessoa q tem me dado mta ajuda nessa fic, a Sandy!
Muito, mas mto obrigada msm!

Bom, espero q vcs gostem desse cápitulo tbm... aki a Gina dá o ar da graça dela....
BjS!





9 - Jogando com o Amor

Depois daquele dia, Draco e Hermione ficaram bem mais próximos, para que as pessoas realmente acreditassem no namoro deles. Andavam juntos e Draco procurava com Hermione dicas sobre o que poderia ser horcrux. Nem Harry e nem Rony estavam falando com a garota. Até que domingo, enquanto Draco e a grifinória estavam na biblioteca, Gina foi falar com ela.
- Hermione, podemos conversar a sós? – perguntou a ruiva, olhando para Draco.
- Claro! - respondeu a castanha, animada.
- Bem, eu vou saindo, acho que estou sobrando. – Draco disse, divertido. – Até mais, Mi! – Hermione respondeu com um sorriso.
- Me explique, o que está acontecendo? – cobrou a ruiva, sentando-se de frente para Hermione.
- Como assim?
- Francamente né, Mione, você não quer que eu acredite que você simplesmente dormiu um dia odiando Malfoy e acordou no dia seguinte apaixonada por ele!?
- Mas foi isso que aconteceu! – respondeu Hermione, olhando para baixo sem muita segurança.
- Sabe, vamos deixar uma coisa bem clara, você não sabe mentir, e eu estou preocupada com você. O que eu realmente quero saber é como em um dia você está de namorico com o Harry e no outro está namorando o Malfoy? – Gina pareceu um pouco alterada.
- Eu não estava de namorico com o Harry?
- Ora, Hermione, eu vi! Vi vocês dois no dia daquela maldita reunião e nos outros dias também, então não me enrole! – Gina falou impaciente. – E não pense que não estou com vontade de avançar em você, porque eu estou! – Gina olhava para Hermione com um olhar assassino. – Mas, para meu azar, eu gosto de você. – concluiu, com cara feia. – E alguma coisa me diz que a senhorita está em apuros.
- Então é por isso que você estava me evitando! Como eu pude deixar isso acontecer?! Gina, a verdade é que Harry confundiu as coisas em relação a mim e eu estava tentando mostrar a ele que isso não tinha sentido!
- Claro, deixando ele te beijar. – retrucou Gina, irônica.
- Eu não tive muitas opções! – Hermione estava sem graça.
- Certo, você não está com cara de quem está mentindo, não é muito fácil resistir ao Harry. - disse a ruiva, aliviada. – mas não pense que vou deixar barato. – disse séria, e depois sorriu para mostrar que estava brincando. – agora me conte sobre o Malfoy!
- Não posso! – disse a garota abaixando a cabeça.
- Confie em mim! – retrucou a ruiva, com um olhar acolhedor, que fez com que Hermione começasse a chorar.
- Foi tudo tão rápido!
- Ok, vamos para um lugar vazio!
As duas foram para a orla da Floresta Proibida.
- Me diga agora, o que aconteceu?
- Foi na monitoria, nós estávamos conversando, Draco se mostrou diferente e até arrependido, me falou que fez o que fez para salvar a mãe dele, como nós havíamos desconfiado, e do nada, me pediu ajuda.
- E por isso que você começou a namorá-lo? – perguntou a ruiva, com certa incredulidade.
- Sim e não, eu pedi um tempo para ver se confiava nele. Então, na quarta-feira, depois da monitoria, eu recebi uma coruja pedindo para que nós nos encontrássemos, e Draco me mostrou a notícia do Profeta do Diário que falava sobre ele e sua mãe. – Gina estava com os olhos arregalados, a curiosidade estava estampada no rosto dela. – E me contou que Voldemort...- Gina fez uma cara feia ao ouvir esse nome. – ameaçou matar a mãe dele caso ele não cumprisse sua missão esse ano.
- E qual é a missão dele? – perguntou Gina, crispando os lábios.
- É virar nosso amigo, para descobrir o que pode machucar Harry, e me controlar para que eu não atrapalhe seus planos.
- No mínimo Vol... Voldemort acredita muito no seu potencial.
- Pois é.
- Mi, mas você está caindo no plano do Malfoy. Quero dizer, ele te conta o plano real, te deixando sem opções a não ser confiar nele e te controla. De alguma maneira ele sabe o que pode machucar o Harry, além de passar para Voldemort até onde estamos chegando em relação as horcruxes! Você pode ter certeza, a mãe dele não será libertada tão cedo. – Gina falou tão rápido e fez com que tudo aquilo parecesse tão óbvio, que Hermione ficou com raiva.
- Você tem razão! Gina, como sou tola! E agora, o que eu devo fazer?
- Hum, fingir que está no jogo dele.
- Não sei como pude cair nessa! – Hermione estava inconformada.
- Tudo bem Mione, eu também já cai no papo dele. - disse Gina, com um sorriso. – Sabe, tenho certeza de que é o olhar dele, evite olhá-lo diretamente nos olhos.
- Você já ficou com ele? – perguntou Hermione, surpresa.
- Já, foi no ano passado, Harry estava me irritando com a indecisão dele, e eu decidi machucá-lo. Então beijei Malfoy.
- E alguém sabe disso?
- Tirando ele, eu e você, ninguém! Não quero ser expulsa de casa, nem perder todas as chances com Harry, minha raiva já passou.
- Gina, você é louca!
- Ah, por favor, quando ele olha daquele jeito e beija... é muito bom! Confessa você perde o chão, não perde?
Hermione estava boquiaberta, nunca tinha imaginado aquilo, Gina ficando com Malfoy.
- Eu nunca o beijei!
- Como? Não sabe o que está perdendo. – a ruiva estava com a expressão de quem lembrava de algo bom. – Mas de qualquer maneira ainda temos chances, porque dizem que 80% das garotas que beijam o Malfoy se apaixonam, 15% viciam e apenas 5% esquecem, e eu faço parte desse grupo. – disse a garota, com um sorriso maroto. – Não que eu realmente tenha me esquecido, mas do jeito que você é, com certeza se apaixonaria! – completou.
- Porque eu me apaixonaria? Que jeito eu tenho? – Hermione perguntou, ofendida. Afinal, ela não era tão inocente assim.
- Hey, calma. Você não o beijou mesmo, senão entenderia do que estou falando. Ele é diferente de todos os garotos que eu beijei por beijar...
- Que foram muitos, diga-se de passagem. – brincou a castanha.
- Engraçadinha, mas então, de todos, o único que realmente valeu a pena foi ele, aquele loiro é realmente perigoso.
- Ok - Hermione estava constrangida. –, mas vamos voltar ao plano, certo!?
- Ah, sim! Então, você finge que está na dele, mas não fique mais procurando respostas com ele ou qualquer coisa sobre a guerra, a não ser, claro, do lado dele.
- Como assim? – perguntou Hermione confusa.
- Te ver com essa cara faz com que eu me sinta tão esperta! – Gina sorria. - O que quero dizer é investigue você o lado das Trevas.
- Hum, ok! Entendi.
- Ok, mas Mione, nunca nem em sonho o beije, porque senão.... – Gina fez uma pausa acompanhada de um longo suspiro. - Estará tudo perdido e eu não quero ver você mais encrencada do que já está.
Hermione deu os ombros. Depois da conversa, as garotas foram para o almoço, Hermione ia se sentar longe dos garotos, mas Gina a puxou e disse:
- Venha, vamos acabar com isso. – e praticamente jogou Hermione entre Harry e Rony, na mesa.
- Ok garotos, parem com babaquices, nossa amiga aqui se apaixonou, o que ela pode fazer, mulheres são bobas assim mesmo!
- Por favor, Gina, não comece. – cortou Harry ríspido.
- Escute aqui Harry, o fato de a Mione ter escolhido o Malfoy a você não a transforma em uma má pessoa. Por favor, ela é nossa amiga. E é assim que vocês a tratam?! A primeira vez que ela decide ousar, vocês lhe viram as costas! – Gina brigou. Harry abaixou a cabeça.
- Eu já falei isso pro meu docinho, não é amor! – Luna olhara melosa para Rony.
Rony ficou sem graça e depois respondeu.
- É, talvez você tenha razão, e de qualquer maneira, estou com saudades de você Mione! – falando, isso abraçou a amiga.
- Eu também Rony.
– Harry? – Hermione chamou o moreno.
- Me desculpe, mas eu não consigo. – ao responder, Harry se levantava para sair quando Hermione protestou.
- Engraçado - Harry estava de costas para a castanha. – você consegue aceitar a morte, lutar contra comensais, lutar contra Voldemort, mas não consegue me perdoar. Francamente, o que eu fiz foi tão grave assim?
Harry olhou para Hermione e respondeu:
- Você me atingiu de uma maneira que ninguém mais poderia, nem Comensais, nem Voldemort conseguiram tanto. Quanto às mortes, eu simplesmente não tive escolha. – Harry abaixara a cabeça naquele momento, Hermione limpou uma lágrima que teimou em cair.
- Eu não tive culpa Harry, fiz o que achei certo, mas nunca saí do seu lado, porque você é meu amigo e permanecerei aqui, mesmo que você não queira.
- E PORQUE FAZ ISSO? PRA ME FAZER SOFRER? EU NÃO QUERO SER APENAS SEU AMIGO HERMIONE, QUERO MAIS QUE ISSO! – berrou Harry.
- Faço isso porque te adoro, porque gosto de estar com você e porque, gostando ou não, você é meu amigo! – ao terminar a frase a garota se sentiu aliviada. Ela estava sendo franca com ela mesma, ela amava Harry, mas como amigo, não como homem.
- Como você é egoísta! Ao menos fique longe de mim, porque ficar perto de você é um tormento, porque não suporto imaginar que aquele maldito tem de você o que eu nunca vou ter, o seu amor.
- É realmente isso que você quer? – perguntou Hermione, choramingando. – Mas eu só vou obedecer se você olhar em meus olhos e dizer que quer que eu nunca mais me aproxime de você.
Eles estavam próximos agora, Hermione olhava vidrada para o amigo, aguardando a resposta, por mais dolorosa que fosse. Harry tentou olhar para a garota duas vezes até conseguir de fato encará-la com os olhos, ele também chorava.
- Não, pior do que te perder para o Malfoy é te perder de vista, eu não consigo ficar sem você.
Harry e Hermione ficaram abraçados por um tempo, Hermione estava chorando no peito do amigo, quando este se afastou, com um sorriso e limpando uma lágrima.
- Ok, mas não quero que ele chegue perto de mim! – cobrou o garoto, enjoado.
- E por acaso Malfoy tem alguma doença contagiosa, Harry? – zombou Gina.
- Não, é que toda vez que eu o vejo, sinto uma imensa necessidade de matá-lo Gina. Isso responde à sua pergunta? – retrucou Harry, segurando Hermione pela cintura para poder olhar para Gina.
- Está bem, Harry, o Draco não vai se aproximar, eu te prometo. – respondeu a castanha, sorrindo.
- E ele deixa você sair abraçando todo mundo por ai? – perguntou Harry, num tom engraçado.
- Harry, Draco é meu namorado e não meu dono. – brincou Hermione, limpando a última lágrima que seus olhos teimavam em derramar.
Eles passaram a tarde de sábado daquele jeito, como os velhos amigos que eram. Depois do jantar, Hermione acelerou todos.
- Vamos, a reunião da monitoria começa em 10 minutos.
Rony fez uma cara desânimo.
- Todos pontuais, que bom. – começou Hermione na sala da monitoria. – Hoje a reunião será mais rápida, vamos começar o sorteio.
- Bem, a Lufa-Lufa começou a semana passada, então essa semana não poderá começar, quem começa então?
- Pode ser a Corvinal. – respondeu Gina com simplicidade.
-Então eu começo. – disse Padma.
- Ok. – respondeu Hermione somente.
No final do sorteio as duplas foram as seguintes:
2ª - Padma e Ernesto Macmillan
3ª - Harry Potter e eu
4ª - Susana Bones e Zabini
5ª - Pansy Parkinson e Miguel Corner
6ª - Luna Lovegood e Ronald Weasley
Sáb – Virgínia Weasley e Draco Malfoy
Dom - Mila Bulstrodeda e Justino Finch-Fletchley

- Alguém tem alguma dúvida, sugestão, reclamação ou afins? – perguntou Hermione. – Ok, o silêncio é o suficiente, quero acrescentar que alguns de vocês – Hermione olhou para Padma. – estavam atentos a outras coisas durante a monitoria, e quero lembrá-los que essa falta de atenção não é conveniente. E também que a partir dessa semana eu posso não estar em todas as monitorias. Boa semana a todos. E estou de olho em vocês!

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.