FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

4. O Diário de Hermione


Fic: E Se Fosse Verdade


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Merlim, o que eu fiz hoje? Me responde! O que é que você está fazendo quando eu dei esperanças ao Harry? Você não podia ter permitido. Fizesse eu perder a voz, desmaiar ou qualquer coisa do tipo. Pensando bem, eu mesma poderia ter feito isso sem grandes problemas, mas VOCÊ tinha o dever de me ajudar.
O fato é: eu dei esperanças ao meu melhor amigo, e também fico me agarrando com ele por ai, tudo bem que ele é lindo e que eu sou apaixonada por ele há anos, mas ele tinha que decidir que me ama logo agora!
Sim, agora que estamos em guerra, agora que eu tenho que ser mais dura com ele. Porque você acha que foi fácil para mim dar uma de louca e berrar com ele na frente de todo mundo por causa de umas porradas que ele deu no Malfoy? Não, não foi, na realidade se eu pudesse faria o mesmo com o maior prazer, apesar, de ter que assumir que aquele leite azedo está diferente, sim, está com um olhar meio distante, o que faz com que ele pareça mais maduro, mais sério, até me pediu desculpas, até parece um cara normal e também está maior e mais bonito.
Ah não, é só o que me faltava, eu tô reparando no Malfoy. Por favor, acendam a fogueira e me queimem viva, por que isso definitivamente, isso é o fim!
Vou começar pelo início, bem desde o final do ano Harry, Ron e eu ficamos mais próximos, eu realmente não achava que isso fosse possível, mas acredite em mim, é! Ficamos mais determinados do que nunca em acabar com Voldemort e aquele bando nojento de comensais. A nossa única dúvida era começar nossa vingança em quem, no assassino do Snape, ou no leite azedo do Malfoy, afinal, foi ele quem tornou possível o assassinato do maior bruxo de todos os tempos, Dumbledore. Esse assunto rendeu muito, e até o sr. e a sra. Weasley entraram na discussão. Devo dizer que terminou com empate.
Nesse meio tempo, McGonagall, junto com um grupo, decidiu que fechar as portas de Hogwarts não era viável, primeiro porque Dumbledore jamais o faria, e segundo, porque aqui deve haver muitas pistas.
F muito difícil convencer os meninos a voltarem ao colégio, principalmente Ron, que pareceu ter ganhado um prêmio quando seus pais o liberaram de voltar ao colégio. Depois de tudo definido, tivemos férias, afinal um ano complicado viria. Eu pensei em passar com todos que foram para Romênia com Carlinhos, após o casamento do Gui, mas meus pais insistiram para que eu fosse para a Itália com eles, depois de pensar muito resolvi ir. Não sei quando ou se um dia poderei ir viajar com meus pais sem ter com o que me preocupar, sendo apenas, a garotinha deles, e devo dizer que não me arrependi.
Vítor me convidou para ir para a Bulgária novamente, mas não achei viável.
De qualquer maneira, tive férias maravilhosas, quase me esqueci da guerra. A não ser pelo fato de receber o Profeta Diário e também de não deixar de tentar descobrir onde aquele asqueroso, que se acha o máximo do Voldemort, deixou suas horcruxes.
Quando voltei, encontrei Ron namorando a Luna, e o um Harry e uma Gina estranhos.
De surpresas para mim, bastava o namoro do Ron, mas para completar o Harry estava me tratando diferente, será que ele não entende que não pode fazer isso? Será que ele não vê que eu sou apaixonado por ele?
Provavelmente não, porque ele estava muito carinhoso comigo, o que me pareceu incomodar muito a Gina, eu no lugar dela também me incomodaria. Mas eu passei bastante tempo explicando a ela que não tinha o porque dela ficar tão encanada, Harry só estava carente, por causa de Sirius, Dumbledore. Expliquei que ele estava com medo, e que como éramos amigos há muitos anos ele confiava em mim!
Voltamos a Hogwarts, e desde o primeiro dia tive longas reuniões com McGonagall e com os diretores de cada casa, acho que eles confundiram o cargo de monitora-chefe com o de professora, mas enfim, estava lá para isso, a maioria dos professores é da Ordem.
Além das longas e intermináveis reuniões, eu tive outra tortura logo no início do ano, Harry Potter estava mais lindo e mais carinhoso do que nunca, ele estava me tratando como jamais havia tratado antes, passamos muito tempo juntos pesquisando, é claro que a gente não faz só isso, somos adolescentes e temos o direito de rir às vezes. O Ron, a Luna e a Gina ficam bastante com a gente também, mesmo que essa última não fique mais, porque parece que ela deseja me matar cada vez que Harry sorri ou olha para mim. Esses dias ele me viu um pouco deprimida e veio me abraçar, eu juro que senti Gina me matando com o olhar, mas eu não tive culpa!
Foi quando, ontem, Ron e Luna decidiram que namorar era bem mais interessante do que nos ajudar, não que eu não concorde com eles, mas foi ontem que tudo aconteceu e a culpa é deles!
O Harry e eu ficamos até tarde estudando, lendo, enfim fuçando tudo o que podíamos na seção reservada, foi quando me dei conta que já era 3:20 da manhã. Ele decidiu que estava com fome e “roubamos” alguns suprimentos da cozinha, rs! Depois dormimos juntos, foi tão bom, tão reconfortante. Então, eu acordei as 10:30, perdi a reunião, e Harry decidiu se declarar, ele me BEIJOU!!!!!!!
Depois disso tudo saiu do lugar, Gina que nem sabe, não olha na minha cara sem me fuzilar, perdi a linha na primeira reunião com os monitores, a minha primeira monitoria a sós com uma pessoa vai ser com o Malfoy, eu dei esperanças ao meu melhor amigo, e para terminar, dizem que desgraça pouca é bobagem, fiquei completamente derretida com Malfoy me pedindo desculpas, ele me pareceu tão sincero, tão diferente do Malfoy do ano passado, mas tenho que tirar isso da minha cabeça, onde já se viu, eu derretida por Malfoy!!
Bem, isso é tudo por hoje, acredito que amanhã vou ter bem mais coisas para contar, afinal vou monitorar o Draco (Hermione apaga o nome de Draco, irritada e escreve novamente.) Malfoy.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.