FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

1. Juntando Peças


Fic: E Se Fosse Verdade


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Hermione, Harry e Rony, estavam no sétimo ano, mesmo após a morte de Dumbledore, eles voltaram a Hogwarts.
Foi em uma reunião da Ordem, que eles chegaram à conclusão de que no colégio deveriam ter pistas sobre as horcruxes. E mesmo que não terminassem o ano, ficariam até descobrir tudo o que Hogwarts escondia.
McGonagall, a nova diretora, prometeu ajudá-los no que fosse preciso.
Hermione fora escolhida como monitora-chefe, e tinha como função agora acompanhar algumas monitorias, para ficar de olho, pois desconfiavam de muitos, mas principalmente por Draco Malfoy ter voltado.
Harry, Mione e Ron, não acreditaram quando viram que Malfoy e sua “gangue” tiveram coragem de voltar a Hogwarts. Ele realmente não tinha matado Dumbledore, mas ajudou a entrada dos Comensais no Castelo. McGonagall não proibiu, porque acreditava que era melhor tê-los por perto, mesmo com todo o perigo que isso representava.
Apesar de muitos alunos terem saído de Hogwarts após a morte de Dumbledore, muitos também permaneceram, alguns para ajudar a Ordem, e outros para ajudar Voldemort, mas uma coisa ninguém negava, todos que estavam lá, era pela guerra.
Tonks foi contratada para dar aula de Transfiguração, no lugar de McGonagall, Gui Weasley, passou a lecionar DCAT e as aulas de poções continuaram com Horácio Slugue, que era agora o vice-diretor.
Harry, Mione e Ron, passavam grande parte do tempo pesquisando sobre aonde e o que seriam as Horcruxes.
Harry e Mione estavam cada vez mais próximos, passavam noites inteiras pesquisando. Ron mesmo se empenhando não passava todo tempo com eles, até porque agora, Ron havia começado a namorar Luna Lovegood e isso o distraia por algum tempo, mesmo sendo os dois, membros da Ordem.
- Harry, venha, vamos dormir! Já são 3:20 da manhã e temos que acordar muito cedo amanhã, afinal temos uma reunião com o pessoal da Ordem. – Hermione disse isso se levantando colocando as mãos sobre os ombros do amigo.
- Nossa! Nem vi o tempo passar, Mione. – Harry, tirou os óculos e começou a coçar os olhos.
- Puxa Mi, nem jantar, nós jantamos, eu estou com fome.
Harry se levantou juntando os livros e virado para a amiga.
- O senhor não acha que é muito tarde para jantar, não? Vamos dormir, amanhã tomamos um booom café da manhã... – disse se espreguiçando.
- Mas eu estou com muuuuuuita fome Mi. Vamos comer vai, por favor! – Harry estava parecendo uma criança, e Hermione riu do amigo que a essa altura, chacoalhava a amiga enquanto falava.
- Pára, Harry! Eu estou muito mole...
Já não se agüentando, Hermione cedeu. Eles foram até a cozinha com a capa de invisibilidade de Harry e pegaram algumas guloseimas. Acharam que a sala comunal não era segura, pois alguém poderia acordar a qualquer momento, então, decidiram ir para o quarto de Hermione, pois como ela era monitora-chefe, tinha um quarto só para ela.
- Harry, eu vou passar mal, não agüento mais!
- Você nem comeu Mione, pára de ser fresca. – ao dizer isso, Harry enfiou na boca da garota um pedaço de pão com mortadela. – Tem certas comidas de trouxas que são insubstituíveis! – comentou ele, rindo da situação de Mione, que estava com a boca lotada.

Os dois estavam sentados na cama de Mione, depois de muitas recomendações da garota, para que não sujasse seus lençóis, quando terminaram de comer, Hermione olhou para Harry séria e perguntou:
- Harry, você não está com medo? Não está cansado de tudo isso?
- Claro que estou Mi, mas o que eu posso fazer? Mesmo que eu não quisesse participar disso tudo não poderia, Voldemort não me deixaria em paz.
- É, eu sei, mas eu tenho tanto medo por todos nós, tanto medo por você. – ao terminar de falar, Hermione abaixou a cabeça como se aquilo que ela havia falado a tivesse levado para outro mundo.
- Eu também tenho, mas não temos escolha, e você vai ver, vai dar tudo certo. – Harry abraçou a amiga, e depois de um tempo ali, ele aconchegou a cabeça dela em seu peito e ali ficaram, aos poucos foram se deitando e dormiram ali, um abraçado ao outro, como se naquele momento nada pudesse acontecer.

Harry acordou era 9:30, hoje era domingo se não, eles já haviam perdido a reunião e Harry não estava disposto a sair dali, estava tão bom, ele começou a acariciar o cabelo de Hermione e pensou em como ela havia mudado, como estava mais forte, mais bonita, mais mulher, e como havia mudado a relação deles. Ela era tão delicada, tão dedicada, dormir e acordar ao lado dela, trouxe paz a Harry, uma paz que ele não queria abrir mão. E voltou a dormir.

- Harry, hei, Harry. – era Mione, ela estava acariciando o rosto dele para ele acordar. – Vamos, acorda, já são 10:30 horas, temos que ir.
- Para que, não temos aula hoje e a reunião já deve ter acabado?
- Para descobrirmos o que foi conversado e discutido na reunião, oras. Vamos, deixa de preguiça!! Ela falou isso puxando Harry pela mão, mas ela não tinha forças. – Harry, colabora vai!
- Não, eu não quero, descobrimos mais tarde!
- Você anda muito manhoso senhor Potter.
- Não briga comigo, vem deitar... – Harry fez cara de criança mimada, e puxou de leve Mione pela mão.
- Não Harry, pára com isso, vamos.... Vou contar até 3, 1.... 2.....3.... – então, Harry puxou Hermione pelo braço que a garota tentava puxá-lo, e fez com que ela ficasse em cima dele.
- Eu não quero ir, senhorita Granger, e também não quero que você vá. Quero ficar aqui, com você. Aliás, há algum tempo eu tenho pensado em... – e antes de concluir a frase, Harry a beijou.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.