FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

13. A Nona Lembrança


Fic: Lembranças Marotas


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

N/A: Sorry?! Comentem!

- Meu caro Lírio, esses vermes não são tão nojentos assim perto de você. Perto de você tudo fica lindo – disse ele com um sorriso maroto.
- Se você acha que pensando isso, seu trabalho vai ser menos nojento, tudo bem – disse ela nem olhando nos olhos do garoto.
- Como eu posso tentar trabalhar sendo que o que eu quero é sair com você? – perguntou ele.
- Ou você trabalha, ou pega mais uma semana de detenção – disse Lílian virando a pagina do livro.
- Já disse que você estressada fica linda – disse ele sorrindo.
- Já disse que se você não trabalhar, vai voar daqui, até a ala hospitalar – disse ela abaixando o livro.
- Se você for comigo – disse ele sorrindo.
- Com você eu não vou em nenhum lugar – disse ela irritada.
- As detenções você vai – disse ele.
- Por obrigação. E esta, eu espero que seja sua ultima detenção – disse ela irritada.
- Se todas as minhas detenções, você ficar comigo, pode ter certeza que essa não será a ultima – disse ele sorrindo marotamente.
- Fale menos e trabalhe mais – disse Lílian voltando á leitura.
- Como você quiser – disse ele colocando as luvas e começando o trabalho.
3 horas depois, Lílian continuava lendo o livro, e Tiago ainda continuava trabalhando. A menina as vezes olhava por cima do livro para ver se ele estava fazendo tudo certo.
- Aqui está muito quente – disse Tiago.
- Não acho – disse Lílian ainda concentrada.
- Por que você não esta tirando um monte dessas coisas asquerosas de dentro de um buraco – disse ele.
- Faça o que você quiser, mais continue trabalhando – disse Lílian, não percebendo o que tinha falado.
Tiago tirou a camisa, como se fosse a coisa mais normal do mundo, e continuou trabalhando. Lílian quando foi olhar para ver se ele estava trabalhando, quase caiu da cadeira.
- Potter, o que você pensa que esta fazendo? – perguntou ela corada.
- Trabalhando – disse ele.
- Mais, por que esta sem camisa? – perguntou ela tentando não olhar.
Ao falar isso, Harry olhou para Hermione e Gina que olhavam espantadas para o pai de Harry. Gina e Hermione trocaram olhares, esquecendo que os dois outros garotos estavam ali e olharam novamente para Tiago.
- Por que esta calor, e você disse que eu podia fazer o que eu quisesse – disse ele sorrindo.
- Potter vista a camisa – disse Lílian com o livro em frente ao seu rosto.
- Não estou afim – disse ele.
- Potter... – Lílian procurava falar alguma coisa.
- Você não pode me deixar mais uma semana de detenção por que eu estou com calor – disse ele.
- Não, mais posso te deixar mais uma semana por... – Lílian não sabia o que dizer.
- Por o que? Abuso que não é! Se você quiser, não precisa olhar – disse ele sorrindo marotamente. Lílian mesmo não querendo, não conseguia deixar de olhar para o garoto. Quando ele falou aquilo, Lílian corou mais, e sentou-se, tentando voltar a sua atenção ao livro, mais era impossível. Tiago continuava trabalhando ali, e Lílian queria achar algum assunto, qualquer um para voltar a falar com ele. O que era estranho, pensava a garota, de repente.
- Lily – disse Tiago.
Lílian olhou para o garoto que estava com uma cara estranha.
- O que foi Potter – disse ela.
- Não se mexa – disse o garoto.
- O que você está pensando em... – Lílian não pode mais falar nada.
- Não se mexa – disse Tiago se aproximando da garota. Lílian pode sentir a respiração do garoto, e estavam bem próximos, Lílian, não soube por que, não tentou empurrar o garoto para longe, deixou ele se aproximar. Agora estava mais próximo quando ouviu um barulho. Lílian pulou para trás e viu Tiago segurando a pá na mão, olhando com nojo para algo perto da cadeira de Lílian. Lílian olhou e viu que havia um verme a uns poucos centímetros de seu pé. O verme agora mexia algumas patas[pernas?] e Lílian olhava com cara de nojo. Tiago olhava para o bicho com uma careta e falou:
- Quase que ele sobe em cima de você – disse ele.
Lílian ainda estava muito corada. Não acreditava que quase deixou Tiago Potter beijá-la. Aquele pensamento soou mais nojento do que o bicho que estava parado agora, soltando uma gosma estranha, a uns dois centímetros da garota. Mais ela sabia que tinha que agradecer a Tiago, pois se não fosse por ele, provavelmente aquela bola gosmenta estaria em cima dela agora.
- Obrigada – disse ela com um sorrisinho lateral.
- Não tem de que – disse ele virando as costas.
Lílian ficou observando o garoto voltar ao trabalho e levantou-se da cadeira e disse:
- Acho que por hoje está bom – disse ela.
- Finalmente – disse ele largando a pá, tirando as luvas, e colocando a blusa.
- Amanhã você tem outro trabalho – disse a garota.
- Mais quem vai terminar de limpar isso? – perguntou Tiago.
- Snape – disse Lílian com um pequeno sorriso no rosto.
- Bom saber – disse Tiago pegando a pá novamente e jogando alguns bichos que tinha tirado do buraco, no buraco novamente. Lílian não disse nada. Mais também não ia reclamar.
- Podemos ir indo? – perguntou ela.
- Claro – disse ele jogando a pá novamente no chão.
O liquido girou e estavam no Salão Comunal da Grifinória. Tiago havia acabado de entrar na sala, e Lílian veio logo atrás. Tiago se jogou no sofá e olhou para cima. Lílian fez de quem não viu, e sentou-se num sofá um pouco distante do garoto e pegou novamente o livro, e começou a lê-lo novamente. Os dois ficaram ali por um bom tempo, até que Sirius apareceu na sala e se jogou em cima de Tiago, que estava quase dormindo ali. Tiago pulou assustado e olhou para Sirius.
- Seu cão pulguento – disse ele jogando uma almofada na cara de Sirius – Vou ter pulgas agora – disse Tiago irritado.
- Se você já não tinha, não é mesmo? – falou Sirius rindo.
Lílian que estava escondida atrás do livro riu. Sirius olhou para Tiago, que olhou para Lílian. Os dois nem haviam percebido que a garota estava ali. Tiago e Sirius deram de ombro e Sirius sentou-se na frente de Tiago e começou:
- Cara, você esta fedendo! Qual foi a detenção dessa vez? – perguntou Sirius se afastando de Tiago.
- Limpar um bando de vermes asquerosos – disse Tiago, fingindo não se importar.
- Você esta suado – disse Sirius revirando os olhos – Um veado suado, que original – disse Sirius rindo.
- É C.E.R.V.O – gritou Tiago, pelos cotovelos. – Melhor um cervo suado, do que cachorro! – disse ele, nem reparando que Lílian agora encarava os dois.
- Como assim? Cervo, veado, cachorro? – perguntou a garota.
- Lílian! Não vimos que você estava aqui – disse Sirius mentindo, e trocando olhares assustados para Tiago.
- Tanto faz – disse Lílian querendo explicação – Potter, como assim, por que você é um cervo? – perguntou ela. Tiago pensou: “Pelo menos ela falou cervo” enquanto Sirius riu e falou:
- Não é cervo, é veado! – disse ele rindo, e recebeu outra almofadada na cara.
- Não é nada – disse ele.
- Atrás dessa história tem coisa Potter – disse Lílian encarando os dois.
- Sabe o que é Evans, Tiago me chama de cachorro por que quando eu faço cara de dó, parece cara de cachorro abandonado. E eu o chamo de Veado – Sirius não ligou que atrás Tiago tinha acabado de gritar cervo – Por que é o que ele é – disse Sirius rindo. Tiago olhou feio para o amigo e falou:
- Para sua informação, é cervo, e os outros me chamam de “cervo” por que... – Tiago não pode falar.
- Por que você gosta de dar chifradas nas meninas não é? – disse Lílian encarando-o.
Sirius riu e Tiago encarou o amigo. Olhou para Lílian que encarava-o e não soube o que responder. Não poderia falar que era chamado de Pontas, por se transformar em um cervo. Sirius percebeu que o amigo estava em uma enrrascada e falou:
- Não é por isso! É por que o Tiago é todo animadinho, e sempre está pulando por ai – disse Sirius, falando a primeira desculpa que veio em sua cabeça. Tiago fitou-o, com um olhar “Você não poderia ter inventado alguma desculpa melhor?”, Sirius deu de ombros e olhou para Lílian, que encarava-os dois, e revirou os olhos e pegou o livro e falou:
- Vou dormir. Não se esqueça da detenção amanhã Potter, e se eu fosse você, ia tomar um banho – disse ela – como o Black disse, você está realmente fedendo – disse ela sorrindo. Sirius começou a rolar no chão de tanto rir e sentiu Tiago o chutando – E se eu fosse você Black, pensava melhor nas suas desculpas – disse ela sorrindo e indo embora. Sirius fechou a cara e Tiago disse:
- Por pouco – disse aliviado.
- Por muito pouco – disse Sirius. – A Lílian é inteligente. – disse um pouco preocupado.
- Mais duvido que ela descubra – disse Tiago. – Espero – disse ele.
- Descobrir o que? – perguntou Lílian que havia surgido do nada. – Desculpem-me – disse ela ao ver que os dois haviam pulado – Esqueci meu marcador – disse ela. – Descobrir o que? – perguntou novamente.
- Nada – disseram Tiago e Sirius juntos.
- Tanto faz, só que eu esqueci de te avisar Potter, que...

N/A: Finalmenteeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee! Uhuuuu! Palmas para mim! Esse capitulo ta simplismente assim ó! /o/ Uashashash... Mais fazer o q? Eu queria q queria fazer o Tiago dar uma de safado... Uashashas... E o q a gênia pensou? No mesmo segundo, eu entro num blog onde ta escrito: Tira a Camisa, Tira a Camisa! Ai eu: “Bingoooooooooooooo” uahsuashua... Entom ai esta! Espero q vcs gostem e comentem! Bjusss ;D

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2023
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.