FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

33. O Julgamento


Fic: Segredos de uma Vida Quase Normal


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Capítulo 33 – O Julgamento


 


A semana depois do jogo foi atípica para Harry. Antes as pessoas se afastavam dele por ele ser um motoqueiro, o que ele não achava tão desagradável assim. Mas agora ele parecia ser o centro das atenções.


Certo que ele não era o único, todos os jogadores de futebol estavam recebendo mais atenção.


Havia alguns casos interessantes. Duda, por incrível que pareça, estava sendo humilde e atribuía a vitória a todo o time e principalmente ao seu primo. Com isso até ganhou uma fã.


E Malfoy tentava se gabar, só porque fez o primeiro touchdown, mas como alguém contou da tentativa de sabotar Harry, e isso a vitória, ninguém mais ligava para ele.


- Aquela jogada me lembrou muita uma do seu pai. – disse Firenze quando foi cumprimenta-lo pela vitória. – Só que ele foi pelo meio do campo mesmo, assim que pegou a bola, com o Sirius fazendo de escudo. Os dois tinham treinado essa jogada sem que ninguém soubesse. Sua mãe quase arrancou o meu braço quando viu.


E sempre que os fãs se tornavam um pouco mais entusiasmados aparecia alguém que botava medo neles. Tiago espantava os meninos e Gina as meninas. De alguma forma a ruiva conseguiu a habilidade de usar as passagens secretas sem que ninguém visse. E isso aterrorizava todo mundo.


- Como você sempre sabe que eu estou por perto? – ela perguntou para ele, já que ele nunca se assustava. – Você sempre se assusta com o Tiago.


- Eu gosto do seu perfume. – disse ele. – Sempre o sinto antes de você aparecer. E o nosso amigo não usa perfume.


- Chato.


 


Harry foi visitar Sirius na P&B. Aproveitando que estaria acontecendo que os professores estariam em uma reunião.


Gina não pode acompanhar, já que havia combinado com a mãe de sair para procurar um vestido para a formatura.


- E ai, Almofadinhas? Como andam as coisas? – ele perguntou quando entrou na sala da presidência.


- Sem muita novidade. – disse ele. – As coisas andam calmas. Fechamos alguns contratos, o de sempre.


- Isso sempre é bom, não estamos ficando parados. – disse ele, já conhecendo um pouco da empresa.


Sirius deu alguns detalhes dos contratos mais relevantes para Harry.


Até que a secretaria interfonou.


- Parece que tem um oficial da justiça ai. – disse o presidente. – Isso é uma coisa normal em uma empresa grande.


Ele recebeu o oficial, e pegou uma intimação.


- Sabia que Malfoy andava muito quieto. – disse Sirius. – Ele entrou na justiça para anular o reconhecimento de sua herança.


- Por que ele faria isso? Que eu saiba, mesmo que eu não receba mais nada, ele não pode comprar as minhas ações. – perguntou Harry.


- Sim. Mas ele pode tentar atrapalhar tudo e destruir a empresa. Bem no estilo “Se eu não posso ter, ninguém mais vai ter.”


- Ai explica o que ele está alegando?


- Não. Vamos ter que ver.


 


A notícia do julgamento caiu como uma bomba em todos. Ficaram todos espantados com isso. Mas ninguém deixou de dar seu apoio a Harry.


- Eu gostava de você pobre. – disse Gina. – Nada mudou depois que descobri a sua origem, nada vai me fazer ter outro pensamento.


Mas o clima ficou pesado até o julgamento.


Harry até ganhou um serviço de guarda costas. Motoqueiros estavam se revezando para proteger ele, assim como um grupo de policiais. Isso acontecia tanto na escola, quanto na casa dele, e na de Gina. Aparentemente algo poderia acontecer com Harry até o dia marcado, assim como tinha acontecido na sua apresentação na P&B.


Tudo aconteceu normalmente até o julgamento, que foi realizado rapidamente.


Harry foi com Sirius e Marlene para o tribunal. Dorcas seria a advogada deles, já que com a saída de Malfoy ela foi contratada pela empresa.


Já estavam presentes Gina, Rony e seus pais, Hermione, Lilian com seus pais, Tiago, Suzy, os seus pais e mais um monte de motoqueiros descaracterizados.


- Pode ficar tranquilo. – disse o Pacificador. – Deu uma olhada no processo e não tem nada que possa te prejudicar, mas Malfoy é conhecido por jogar sujo e pode ter algo guardado que ainda não apresentou.


- Teremos que ver. – disse Sirius.


Eles entraram na sala de julgamento, e encontraram Malfoy já preparado, e em um banco atrás dele estava Valter Dursley.


Harry desconfiava que o ‘tio’ tinha algo para aprontar.


Ele, Sirius e Dorcas sentaram-se à mesa ao lado do Malfoy.


- Todos de pé para receber a Dra Amélia Bones, presidente desta seção.


Todos se levantaram, mas Harry sabia que aquele sobrenome era conhecido.


- Caso Malfoy versus P&B.


- Favor o acusador se pronuncie. – disse Amélia.


- A apresentação do Sr Harry Potter como herdeiro de Tiago Potter, herdeiro da P&B é uma farsa. – disse Malfoy. – Harry Potter morreu no acidente que vitimou seus pais.


- Tem alguma prova disso? – perguntou Dra Bones.


- Sim, tenho o atestado de óbito de Harry Potter. – disse o loiro mostrando um documento para a juíza.


- Interessante. – ela disse. – Isso é só um papel, tem testemunhas que possam comprovar isso?


- Sim. Valter Dursley. – disse Malfoy. – Marido da irmã de Lilian Potter.


- Pode se aproximar, Senhor. – pediu Amélia.


Valter se adiantou e sentou na cadeira indicada.


Depois de ter feito o juramento, Amélia prosseguiu com o julgamento.


Como não era um julgamento criminal, Amélia quem fazia as perguntas.


- Sr Dursley, você confirma a história de que o menino sentado ali não é Harry Potter?


- Não. – disse Valter surpreendendo a todos. – Aquele ali é Harry Potter, eu mesmo o retirei do hospital com a minha ex mulher, sua tia, quando ele teve alta.


- Não foi isso o combinado. – disse Malfoy.


- Não, não foi. Mas não ia mentir por você. Já tive a minha cota de desgraça por causa desse seu plano.


- Ninguém nunca ia descobrir. – disse Malfoy.


- Malfoy. – disse a juíza. – Eu era amiga intima de Lilian. Conheci Harry pequeno. Sabia que ele é parecido com Tiago, não tanto quanto realmente ele é. E tem um pequeno detalhe, a cicatriz não foi divulgada em nenhum jornal que falava do acidente, nem mesmo em qualquer relatório médico.


- Com tanta juíza fui pegar logo uma que conhecia o caso. – disse Malfoy indignado.


- E você acaba de receber um processo por calúnia e difamação e, obviamente de falsificação de documentos.


 


- Essa foi fácil. – disse Remo depois de levar novamente Malfoy algemado.


- Isso porque Malfoy não tem sorte. – disse Sirius. – Com tantas juízas, ele tinha que pegar justamente a Amélia.


- Sorte? – disse Lene. – isso não tem nada com sorte. Olha ali.


Claudio, Pacificador e Amélia estavam conversando.


- Esse menino teve a quem puxar. – disse Tonks. – Tem boas relações.


 


 


 

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Ana Slytherin em 29/04/2012

Eu fui organizar as fics que eu leio e comentar tudo certinho e dscobri que faz varias capitulos que eu não passo por aqui. Como eu pude fzer isso ?
Mas  agora que eu já li todos os cap posso comentar 
Os capitulos anteriores foram otimos , o jogo , gravação do clipe, tudo perfeito
Gina e as passagens secretas assustando todo mundo 
Bem feito pro Lucio . adoro qd ele dá mal 
Até o proximo

 

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Bárbara JR. em 22/04/2012

Como eu amo ver o Lucio se ferrando *-* Adorei o capítulo, novidade. Já estou ansiosa :)

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Evandro Bernardi em 22/04/2012

Facil Facil.

malfeito é uim terror nisso de amendrontar as pessoas 

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Lana Silva em 21/04/2012

AHHHHHHHHHHHHHH que legal *-* Malfoy pra cadeia, Valter ficando meio bonzinho e tudo ocorrendo bem *-----------------------* amandoooooooooooooooooooooooooooo *-*

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Natascha em 21/04/2012

e o Mafoy se ferrou de novo, bem feito pra ele! pelo jeito o Valter ta tomando jeito!

ficou ótimo!

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2023
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.