FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

18. Resignação


Fic: Anos de Sexo Proibido - Reta final - Capítulo 19 ON


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

  Rose estava sentada na cozinha da Toca jogando Snap Explosivo com Alvo, que estava derrotando-a vergonhosamente. Vovó Molly preparava algo que tinha um cheiro delicioso. As vozes de seu pai e tio Harry eram levemente audíveis, mas ela não conseguia prestar atenção em nada. Vejam só, estava perdendo e não ligava!


 


   De fato, havia algo errado com ela. Não conseguia disfarçar muito bem. Como sua mãe dizia, as duas eram cópias uma da outra e a mais velha também não conseguia disfarçar muito bem as coisas pra quem a conhecesse bem, mas só pra quem a conhecesse bem. E pelo visto seu pai não era uma dessas pessoas. Ele estava sempre perguntado sobre mamãe e parecia inquieto. Rose sabia que ele não estava levando a separação muito bem e também sabia que sua mãe estava certa. Não era por amá-la demais. Era por orgulho. Ficava triste por ele. Esperava que encontrasse alguém assim como mamãe tinha tio Harry, embora ninguém soubesse disso. Ela só tinha 11 anos mas não era nenhuma boba. Sempre havia achado a amizade de mamãe e tio Harry especial, afinal, eles se olhavam de um jeito diferente. Não era como ela e Alvo se olhavam, e eles eram os melhores amigos que se podia imaginar. Tanto, que ele notou que havia algo errado.


 


  -Hey, Rose! Tá acordada? – o menino perguntou – Parece que tá em outro planeta. Eu to ganhando de lavada e você nem se incomodou!


 


  O que dizer a ele? A menina pensou. Não é como se pudesse simplesmente dizer:  É que seu pai e minha mãe estão juntos agora e eu tava morrendo de vontade de compartilhar isso com alguém. Não, não... Era melhor não dizer nada, ser evasiva.


 


 - Não é nada. Só tava distraída. –desconversou a menina.


 


 -Sei. – ele disse desacreditando- Rose Weasley distraída? Perdendo sem ligar? Fala sério, Rose! O que foi?


 


- Não é nada, é sério. – tentou mudar de assunto – Aliás, acha que seu pai vai te deixar ficar aqui bastante tempo? Ele e meu pai já estão lá fora conversando há um tempão.


 


 - Eu não sei. Ele não me disse nada, só disse pra eu vir brincar contigo que ele e tio Rony precisavam conversar.


 


  Rose tentou escutar alguma coisa da voz dos dois homens vinda de fora, mas não ouviu nada. Parecia que tinham se afastado. Será que tio Harry e mamãe resolveram finalmente dizer a verdade? Se fosse isso, ela esperava que seu pai conseguisse lidar com isso.E duvidava muito disso.



 



 


 


  Do lado de fora, bem afastados da casa, Harry e Rony caminhavam. O moreno estava uma pilha de nervos. Ele tinha de dizer a Rony a verdade, ou pelo menos parte dela. Não agüentava mais ser um covarde. Esgueirar-se para ver Hermione, e sentir medo que Rose contasse alguma coisa a ele ou a Hugo, ou Alvo. Confiava na afilhada, mas ela só tinha 11 anos, e era uma informação muito importante para alguém tão jovem guardar.


 


- E então, o que há de tão misterioso que queria me contar que ninguém podia ouvir? – perguntou Rony, parando de caminhar já a uma grande distância da casa.


 


 O ruivo se sentou no gramado e cruzou as pernas e observou enquanto Harry fazia o mesmo.


 


 Como começar a contar algo assim? O moreno pensou.


 


 - Escuta Rony. Tem uma coisa muito importante que quero te contar e quero que você tente ser compreensivo. - engoliu em seco, buscando as palavras pra continuar – Sei que vai ser difícil, mas quero que entenda que ninguém planejou nada disso, simplesmente aconteceu. E que o último que eu queria era fazer mal a você. - Mas fiz, ele pensou.


 


  Ele respirou fundo antes de ter coragem pra completar o que havia começado a dizer. Sabia que o início de seu discurso seria apagado da mente de Rony assim que ele ouvisse as próximas palavras, mas tinha que tentar suavizar o baque que daria no amigo, ou melhor, ex-amigo, como ele seria a partir de agora.


 


  -Cara, você só está conseguindo me deixar mais nervoso. O que é afinal? – disse Rony.


 


  Harry se preparou mentalmente para contar. Era ali que acabava uma amizade de mais de um quarto de século.


 


  -Rony, eu estou apaixonado pela Hermione. E o sentimento é recíproco.


 


  Alguns segundos se passaram enquanto no rosto do ruivo passava-se um caleidoscópio de emoções, desde confusão, tristeza, incredulidade até a raiva.


 


  Rony se levantou de um pulo. Harry fez o mesmo. O rosto do ruivo estava muito vermelho quando ele esbravejou:


 


  -Essa é sua idéia de brincadeira? Por que se for, é melhor parar agora, antes que eu mate você.


 


  - Não é brincadeira, Rony. Nós estamos apaixonados um pelo outro e estamos juntos.


 


  Não havia como dizer se Rony estava com raiva ou se não acreditava no que ele estava dizendo, mas o que fez a seguir deixou tudo bem claro.


 


 O ruivo desferiu um soco tão forte em Harry que o moreno caiu para trás no gramado. E então ficou observando o ex-amigo enquanto ele se apoiava nos cotovelos no chão e olhava pra ele, resignado. Era verdade.  Foi tudo que Rony conseguiu pensar antes de explodir.


 


 - Por Merlin, você estava falando sério!Era você, esse tempo todo, era você! Eu tinha achado que você simplesmente estava ajudando Hermione a esconder quem era o filho da puta.  Mas você simplesmente está transando com a minha mulher! Eu vou matar os dois! Juro que vou!


 


E desaparatou. Harry ainda nem tinha se levantado quando pensou:  Ele foi atrás da Mione.


 


Ficou apavorado. Rony estava descontrolado, e não sabia o que ele podia fazer com ela.


 


Murmurando um feitiço para fazer desaparecer o corte no lábio superior que se abrira com o soco, Harry correu até a entrada da cozinha da Toca.


 


-Sra. Weasley, Rony me pediu pra avisar que teve de sair, e não sabe quando volta. Eu também já estou indo, se importa se Alvo ficar aqui com você?


 


A  velha senhora e as duas crianças olharam intrigadas enquanto ele se atropelava nas palavras ofegando.


 


-Errr... Claro que não, querido. Você sabe que não precisa perguntar. Mas aconteceu algu...


 


Antes que a Sra. Weasley pudesse concluir, Harry já havia desaparatado.


 


Ao surgir no portão da casa de Hermione, ele pode ouvir o grito de um homem encolerizado lá dentro.


 


- EU JÁ SEI DE TUDO, HERMIONE! VOCÊ E AQUELE DESGRAÇADO DO HARRY ME PAGAM!

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 2

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Bethany Jane Potter em 19/03/2012

a Rose é tao meiga e compreensiva..amei o jeito q ela agiu com a mione...
Da pena do Ron...mas amo Harry e Hermione...Espero q ele naum machuque a Mione...e espero q o Harry naum deixe isso acontecer..
Ta otm a fic...mt boa..Espero atualizar.bjs

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por alylyzinha em 27/02/2012

Cara o Rony surtou mesmo hem!!  será que ele será capza de machucar a Mione?? espero que não..
Achei a atitude do Harry em contar tudo muito certa.. uma pena que o Rony não tenha estrutura pra aguentar o choque.. não sei se já disse mais eu adoro a Rose.. ela é super ..
Sua fic ta uma máximo.. Não fique muito tempo sem atualizar!!
beijos

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.