FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

16. O mais importante


Fic: Anos de Sexo Proibido - Reta final - Capítulo 19 ON


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Hermione se sentou e a menina se sentou ao seu lado e ficou olhando para seus próprios pés.


  -Rose, eu já te disse que somos muito parecidas?


  -Já, milhares de vezes.


  -Então você já devia saber que é fácil eu saber quando algo está errado com você. Vamos, diga. Aconteceu alguma coisa hoje no parque?


  A menina pareceu mais nervosa ainda.


  -Na verdade aconteceu.


  -E o que foi?


 -Mãe, eu quero saber uma coisa. Você e tio Harry estão namorando? É por isso que se separou do papai?



 



 


  Hermione ficou absolutamente sem palavras. O que dizer? Como explicar para um menina de 12 anos ao menos uma pequena parte da péssima situação em que tinha se metido? Pensou que Rose era mesmo corajosa em ser direta sobre um assunto dessa natureza.Resolveu ser cautelosa e perguntou calmamente:


  - Por que você está perguntando isso? De onde tirou essa idéia?


 - Bom, eu vi vocês dois abraçados conversando no parque. Os outros não notaram mas eu vi como vocês se olhavam. Não sei o que estavam falando, mas você parecia assustada.


 Hermione às vezes gostaria que Rose não fosse tão inteligente.


 - Rose, você sabe que eu e Harry somos muito próximos. Somos melhores amigos desde quando fomos pra Hogwarts. É normal às vezes... – mas não conseguiu terminar a frase.


 - Ah, mãe! Não é isso, e eu sei bem! Não foi como você se abraçam como amigos nem nada disso. Me diz a verdade. É por isso que não vai mais ficar com o papai? Está apaixonada pelo tio Harry?


 Bom, era a hora da verdade, Hermione supunha. Rose não toleraria ser enganada outra vez. Era muito esperta e já tinha entendido tudo. O problema agora seria contar da maneira certa.


- Rose, eu não vou mentir pra você. Sim, eu estou apaixonada pelo Harry. Mas essa não é a única razão da separação entre eu e seu pai. Eu e seu pai não estamos apaixonados um pelo outro há anos. Eu nem sei se algum dia realmente estivemos ou se só nos casamos porque estava dando certo. Eu gosto muito do seu pai, mas não desse jeito.


- É por isso também que tio Harry e tia Gina estão se separando?


- Não sei e não devo ficar falando do que não me diz respeito. É o casamento deles, então é assunto deles, ok?


-Ok.


A menina olhou novamente para os pés parecendo decepcionada.  Hermione pensou que encarar esta decepção era a pior parte de tudo isso. Podia lidar com a ansiedade de Harry facilmente, e suportar a raiva de Rony, mas ver Rose assim doía.


 - Querida, deite aqui um pouco comigo.


Rose pareceu duvidar se deveria ou não. Era óbvio que estava magoada com a mãe. Mas após titubear alguns segundos se deitou em uns dos travesseiros da cama de casal. Hermione deitou ao seu lado. Pensou por alguns segundos sobre o que dizer enquanto as duas se olhavam no olhos. Depois, resolveu dizer o que viesse a mente. Não sabia se era uma boa idéia, mas era a única que tinha.


 - Rose, eu sei que deve ser difícil pra você compreender, mas acho que vai ter que aprender a lidar com isso. Eu também tenho sentimentos às vezes, sabe? -A menina riu levemente, fazendo Hermione sorrir. – Eu sei que às vezes pareço um general, mas é verdade. Não me arrependo de ter me casado com seu pai, afinal de contas, é por isso que tenho você e seu irmão, que são tudo de mais importante na minha vida. Eu sinto muito se te decepcionei com tudo isso. Mas um dia você vai entender que foi melhor assim. Ou você preferia que eu passasse a vida toda com o seu pai, até ficarmos velhinhos, enganando ele? Não amando ele do jeito que eu deveria?  


 Rose vacilou, imaginando que talvez ela tivesse razão.


 - Eu entendo, mãe. Eu só fico pensando que talvez o papai não vá se acostumar a isso. E se ele ainda te ama desse jeito?


 - Bom, eu não acho que seu pai ainda me ame desse jeito. Acho que na verdade, ele é muito orgulhoso pra admitir que não deu certo, e por isso ele não quer seguir em frente. 


  - Mas ele sabe sobre você e tio Harry?


 Hermione suspirou. Aí estava a maior complicação.


 - Não, ele não sabe. E não acho que ele vá lidar com isso muito bem. Então por enquanto, vamos manter isso em segredo. Consegue fazer isso?Por mim? Eu vou entender se for difícil pra você, Rose. Mas quero saber o que você pensa. A sua opinião é a mais importante. Se não quiser que eu fique com Harry, eu quero que me diga.


  A menina pareceu refletir. Talvez fosse mais fácil pedir a ela que abdicasse de tio Harry. Talvez ela e o pai se acertassem algum dia. Mas seria realmente justo pedir isso? A mãe tinha razão. Não era certo pedir que ficasse com o pai, não amando-o, para que ela se sentisse melhor. Apesar de ainda achar situação estranha, sabia que não era o melhor.


 - Não, se você realmente ama o tio Harry, eu quero que você seja feliz, mãe.


 Hermione sentiu as lágrimas subirem aos olhos, mas as reteve. Rose era uma pessoa melhor que ela.


 -Obrigada, filha. Saber disso é o mais importante.


 - É, eu entendo. Eu vou guardar segredo, sim, Espero que vocês consigam acertar tudo logo.


-Eu também espero, querida. Também espero.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.