FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

8. Nem Tudo É O Que Parece


Fic: Um Amor É Para Sempre


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Nem Tudo É O Que Parece
Ele é apaixonado, ela não se importa. Mais um ano se passa e ele continua a não pensar em outra se não nela, mais um ano se passa e ela continua pensando nos estudos.”... Tiago não sabia direito o que pensar e num momento de impulso ele virou o rosto dela para si e foi se aproximando cada vez mais. De que importava o nome dela agora? Tudo o que importava é que ela estava ali e gostava dele do jeito que ele era. Será que Tiago começava finalmente a esquecer Lilian?...”


Eles saíram do castelo e foram em direção ao jardim iluminado pelo luar. Sem a música, Tiago pode ouvir melhor a voz da Fada mas não a reconheceu, era uma voz um tanto rouca mas ainda assim suave, uma voz que ele nunca tinha ouvido antes.
- Você não vai me dizer mesmo seu nome?- insistiu Tiago
- Não.
- Hum...está bem. - concordou - Já sabe o que vai fazer quando sair de Hogwarts?- disse ele tentando iniciar uma conversa.
- Tenho algumas idéias, mas nada definido. E você? Algo ligado a DCAT suponho.
- Sim. Auror quem sabe.
Um grupo de alunos do quarto ano passou por eles. Pareciam todos muito alegres e totalmente despreocupados.
- É incrível não acha?- disse ele pensativo enquanto contemplava o castelo todo iluminado. - Hogwarts foi minha segunda casa durante sete anos.
- Hogwarts já foi a casa de tantas pessoas antes de nós...
Depois de um instante de silêncio entre eles, Tiago continuou:
- É assustador.
-O que? O futuro?Ás vezes penso que não estou pronta pra ele
-Acho que ninguém nunca está pronto. Já cheguei a desejar ter mais uns dois anos pela frente até me formar, parece que passou tão rápido.
Eles foram caminhando e conversando até chegarem a um ponto na beira do lago onde se sentaram para contemplar o reflexo da lua. Ficaram por lá durante um bom tempo, ora em silêncio ora conversando. Eles falavam sobre absolutamente tudo. Desde quadribol até sobre o que esperavam para suas vidas. Ao lado dela Tiago sentia-se muito à vontade, podia falar o que lhe viesse a cabeça sem parecer tolo ou metido. Ela entendia Tiago e argumentava com ele caso estivesse errado. Depois de muito conversarem e um pouco de silêncio enquanto observavam a lula gigante nadando de um lado para outro no lago, Tiago resolveu falar:
- Sabe, ainda não desisti de saber qual é seu nome.
- Meu nome é apenas um nome. Algo vai mudar se souber como me chamo? - disse meio irritada.
- Não, mas eu gostaria de saber quem é você. - falou ele começando a ficar envergonhado.
- E todo esse tempo conversando não serviu pra nada? - perguntou encarando-o.
- É claro que serviu, é que...ah deixa pra lá, não deveria ter insistido nesse assunto. - terminou ele realmente envergonhado agora.
- Tudo bem, é só que algumas pessoas me julgam antes mesmo de me conhecer e esse baile à fantasia é a oportunidade perfeita de conversar com alguém no anonimato.
- Tem algum motivo especial em ter me escolhido pra conversar? - ela fez um gesto afirmativo mas não respondeu - Porque? O que tem de especial num cara arrogante? - quis saber.
- Você tem seus defeitos como qualquer ser humano, mas tem muitas qualidades que superam isso. Você é inteligente, um ótimo jogador de quadribol, habilidoso com a varinha, é amigo e sabe ser maravilhoso com quem ama. Francamente, não sei como aquela garota te deixou escapar. – terminou ela com certa raiva nas palavras
- Está se referindo a Lilian?
- E quem mais poderia ser?! Ela foi muito idiota em não ver o garoto maravilhoso que estava aos pés dela.

CAPÍTULO 20
A Fada estava realmente brava com Lilian e dizia que ela não merecia toda a atenção e o amor de Tiago e que ele era bom demais para ela. Tiago por sua vez não gostava muito da idéia de alguém criticando a garota que ele amava havia tanto tempo, no entanto, não se sentia tão ofendido quando era a Fada que falava mal de Lilian. Ela parou de falar e um silêncio pairou sobre eles. Eles não se olhavam diretamente. Tiago não sabia direito o que pensar e num momento de impulso ele virou o rosto dela para si e foi se aproximando cada vez mais. De que importava o nome dela agora? Tudo o que importava é que ela estava ali e gostava dele do jeito que ele era. Será que Tiago começava finalmente a esquecer Lilian?
Num beijo doce, uniram-se, e com a mesma delicadeza, separaram-se. Ao olhar para o rosto da Fada, Tiago viu duas lágrimas caírem por debaixo da máscara. Ele foi tirando a máscara lentamente e para sua surpresa o rosto encharcado de lágrimas que estava ali era o de Lilian. Ela começou a falar de repente e muito rápido.
- Me desculpe Tiago, me desculpe. - a voz trêmula de lágrimas – Eu...eu te amo e...e agora é tarde, você não me merece, mas eu não paro de pensar em você e...
A fala frenética de Lilian foi interrompida quando Tiago inesperadamente a beijou de novo. Ele olhou para ela e num sussurro disse:
- Como poderia deixar de te amar? - e carinhosamente acrescentou - Minha ruivinha.
As lágrimas se tornaram sorrisos e ali eles permaneceram até ficar frio demais.
Quando entraram no Salão principal de mãos dadas encontraram com um grupinho conhecido.
- Estávamos ficando preocupados – falou Sirius num tom de gozação quando o casal se aproximou.
- É. Achamos que tinham se perdido. – continuou Lupin no mesmo tom.
- Ou então que Tiago tivesse dado um fora em Lilian. – terminou Rabicho
- Espera aí. – interrompeu Tiago encarando todos. – Vocês sabiam de tudo? Vocês planejaram isso?
- Não, não planejamos nada – respondeu Sofia ofendida – mas eu e a Rebeca sabíamos qual era a fantasia da Lily e desconfiamos quando vimos vocês saindo juntos.
Tiago parou desconfiado e olhando para Lilian disse: - Me explica uma coisa, se era você o tempo todo...como não reconheci sua voz?
- Um feitiço simples, porém pouco conhecido – respondeu ela – Livros são bem úteis, sabia?- acrescentou fazendo todos rirem.
“Nunca vou me esquecer disso” - pensou Tiago olhando carinhosamente para os Marotos e seus respectivos amores.
No dia seguinte todos os alunos pegavam o expresso de Hogwarts em direção a estação de King’s Cross. Em uma cabine, Lupin e Sofia conversavam animados perto da janela sobre algo relacionado com o Ministério e um bruxo que acabara de surgir e se auto-intitulava Lord Voldemort. Sirius e Rebeca jogavam uma partida de xadrez de bruxo – Sirius estava perdendo – E Lilian tinha em suas mãos um livro muito grosso mas na verdade estava se divertindo com as tentativas de Tiago para faze-la prestar mais atenção nele do que nos feitiços do livro. Rabicho havia saído há pouco tempo, atrás do carrinho de doces.

CAPÍTULO 21
- Qual é Lily? Larga um pouco esse livro. Será que terei que competir eternamente com eles?
- Tá bom. O que você não pede sorrindo que eu não faça cantando?!- respondeu a garota dando um beijo no seu namorado, sim, Tiago havia pedido para namorar Lilian naquela manha e ela, obviamente aceitara.
O trajeto de volta para a casa foi muito agradável. Era possível dizer que no Expresso de Hogwarts nunca houve uma cabine tão animada e feliz. Todo o grupo conversava e dava risada.
Ao chegarem na estação de King’s Cross, a alegria havia se dissipado um pouco, porque aquilo significava não só que não se veriam mais todos os dias como estavam acostumados, mas aquilo tornava mais real o fato de que nunca mais voltariam a Hogwarts. Vendo a expressão de Rebeca ao desembarcar, Tiago perguntou:
-O que houve? Você não me parece muito bem. Está passando mal?
O resto do grupo voltou sua atenção a ela, todos preocupados, na verdade a garota estava até um pouco pálida.
- Estou com medo, do que vem pela frente, do futuro.- respondeu quase que num sussurro.
- Todos nós estamos – confortou Lupin. – Todos nós.
- Sabe, é muito provável que nunca lembre de tudo que aprendi nas aulas – falou Sirius abraçando Rebeca – Mas de uma coisa eu nunca vou esquecer: dos amigos verdadeiros que eu fiz aqui, isso eu vou levar comigo pra vida inteira.
- Falou pouco mais falou bonito, Almofadinhas- comentou Rabicho
Olhando carinhosamente para cada integrante daquele grupo, Lilian falou com um sorriso no rosto:
- Ainda bem que temos uns aos outros.
-Amigos de verdade para o resto da vida – completou Sofia.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2023
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.