FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

37. Capítulo XXXVII


Fic: SURPREENDIDOS PELA PAIXÃO fic de Dyone Smith


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

As semanas passaram devagar. Hermione e Draco a cada dia estavam mais próximos um do outro. O entusiasmo deles não deixava transparecer a deficiência que ele adquirira.

Nos primeiros dias todos estranharam aquela aproximação repentina, mas logo se acostumaram com o novo casal da escola. Pansy até havia tentado abalar o relacionamento dos dois, em vão, é claro. Depois de tudo o que eles haviam enfrentado juntos não seria uma Buldogue que os afastaria.

Num belo entardecer, ambos estavam próximos ao lago debaixo de uma árvore, (aquele era o local preferido deles, onde Draco havia a pedido em namoro) enquanto Hermione lia para ele o conteúdo da matéria de Poções para a prova que teriam no dia seguinte. Ele a surpreendeu com uma questão:

- Sabia que você ainda tá me devendo? – Disse ele tirando os cabelos caídos em cima da testa.

- Te devendo? – Ela repetiu. – O que?

- Uma dança que durante um certo baile você me prometeu. – Zombou ele enquanto atirava pedrinhas no lago.

- Eu não acredito que enquanto eu estou aqui me acabando de estudar você está pensando numa dança que há séculos eu te prometi. – Falou ela desdenhosa.

- Pode acreditar. – Falou ele se levantando, limpando as mãos na calça e oferecendo-lhe para que levantasse. – E espero que não esteja pensando em não cumprir.

- Era o que faltava! – Ela disse fechando o livro em seu colo. – Caso não se lembre nós temos prova de poções amanhã, Draco! E não podemos tirar nota baixa porque...

- Se você não quer dançar comigo não precisa arrumar desculpa. – Falou ele fingindo irritação.

- Ah, eu não acredito que você vai ficar zangado só porque eu disse que tínhamos que estudar! – Riu ela enquanto deixava o livro de lado e levantava acariciando os cabelos dele, que virou o rosto tentando parecer zangado. – Até parece que eu não ia querer dançar com você.

Draco continuava imóvel enquanto ela apertava docemente sua bochecha. A cena era até engraçada, e ela sabia que ele fazia de propósito.

- Ok, eu me rendo. – Disse ela levantando as mãos, enquanto ele arqueava as sobrancelhas. – Vamos estudar depois.

- Tudo bem. – Ele disse com um sorriso cínico. – Eu sei que você não resiste a uma oportunidade de ficar agarradinha em mim.

- Deixa de ser convencido! – Falou ela enquanto dava um leve tapa nele, que a abraçou impedindo que continuasse.

- Vai dizer que não é verdade. – Ele sussurrou próximo ao ouvido dela, que se arrepiou ao sentir o hálito quente no pescoço. – Viu como eu não estou mentindo?

- Acho melhor começarmos antes que eu mude de idéia. – Falou ela fingindo revolta.

- Tá, mas você escolhe a música. – Disse ele enquanto colocava as mãos na cintura da garota.

Hermione pensou na melodia e logo fez um feitiço com sua varinha, que produziu um efeito sonoro onde somente os dois ouviam a canção. Ela envolveu o pescoço do rapaz com os braços e fechou os olhos a fim de sentir tudo à sua volta, como Draco lhe ensinara.

I can see it in your eyes you’re hurting
[i]Eu posso ver nos seus olhos que você está sofrendo[/i]
But pain is part of learning who you are
[i]Mas a dor é parte do aprendizado em que você está[/i]
All these truths can sometimes be deceiving
[i]Todas essas verdades podem enganar às vezes[/i]
When your world is crashing to the ground
[i]Quando seu mundo está se chocando no chão[/i]

Ela podia sentir o cheiro dele de menta, a maciez dos cabelos loiros sob suas mãos, o toque quente que transpassava sua roupa, a respiração regular próxima ao ouvido que se misturavam à melodia que tocava ao longe.

Tell me everything you need now
[i]Diga-me tudo que você precisa agora[/i]
Anything at all
[i]Qualquer coisa[/i]
And I will be the one whose waiting
[i]E eu vou ser aquele que espera[/i]
Anytime you fall
[i]Quando você cair[/i]
Yeeeaaaahhh….Yeaaaahhhhh…
When you come undone
[i]Quando você perder o controle[/i]
When you come undone
[i]Quando você perder o controle[/i]

Draco não imaginava lugar melhor pra estar do que ali. Hermione era a garota mais incrível que ele conhecia. E pensar que há anos detestava até a própria sombra dela. Ele sabia que pra ela aprender a conviver com ele estava sendo difícil, mas que ela não demonstrava nada que pudesse afetá-lo.

You know I can't be like everybody
[i]Você sabe que eu não posso ser como todo mundo[/i]
Cause I can't tell you what you wanna hear
[i]Porque eu não posso dizer o que você quer ouvir[/i]
I don’t know if I can make it better
[i]Eu não sei se posso melhorar as coisas[/i]
All I know is that I’ll be around
[i]Tudo que eu sei é que estarei por perto[/i]

Naquele momento ele podia tocá-la, sentir seu cheiro, acariciar seus cabelos, mas ainda fazia falta encarar os olhos castanhos e desvendar se o que eles sentiam era carinho ou irritação. O som do sorriso dela ainda não transmitia toda a alegria que ele podia ver somente naqueles olhos.

Tell me everything you need now
[i]Diga-me tudo que você precisa agora[/i]
Anything at all
[i]Qualquer coisa[/i]
And I will be the one whose waiting
[i]E eu vou ser aquele que espera[/i]
Anytime you fall
[i]Quando você cair[/i]
Yeeeaaaahhh….Yeaaaahhhhh…
When you come undone
[i]Quando você perder o controle[/i]
When you come undone
[i]Quando você perder o controle[/i]

Por mais que Hermione achasse que ele estava conformado, ele não conseguia parar de pensar em como aquilo o afetara. Ele a apertava ainda mais contra si tentando captar toda a confiança e coragem que podia. Porém, sua cabeça começou a doer e por mais que ele tentasse controlar, ela ficava cada vez mais forte.

When all your plans are made out
[i]Quando todos os seus planos estão[/i]
Lying on the floor
[i]Jogados no chão[/i]
And all your dreams are turning into nothing more
[i]E todos os seus sonhos estão se tornando nada[/i]
When all your hope is left
[i]Quando todas as suas esperanças se foram[/i]
You know you’re not alone
[i]Você sabe que não está sozinho[/i]
Just hold on…
[i]Apenas espere...[/i]
Hold on…
[i]Espere...[/i]

Draco começou a se sentir tonto, como se pudesse ver tudo à sua volta girando. Ele segurou firmemente nas mãos de Hermione, que assustada abriu os olhos e se deparou com o rosto pálido do rapaz. A música ainda tocava, mas o som que se ouvia era dos gritos dele, que agora apertava com força a cabeça, tamanha era a dor que sentia. Mione já estava assustada e tentava imaginar o que poderia estar acontecendo com ele. Ela pediu que ele se apoiasse em seus ombros e tentasse caminhar até a ala hospitalar.

Tell me everything you need now
[i]Diga-me tudo que você precisa agora[/i]
Anything at all
[i]Qualquer coisa[/i]
And I will be the one whose waiting
[i]E eu vou ser aquele que espera[/i]
Anytime you fall
[i]Quando você cair[/i]
Yeeeaaaahhh….Yeaaaahhhhh…
When you come undone
[i]Quando você perder o controle[/i]
When you come undone
[i]Quando você perder o controle[/i]

Eles chegaram a dar alguns passos em direção ao castelo, porém, em segundos ela sentiu o corpo dele pesando mais e mais, e quando deu por si viu-o desmaiando e levando-a junto até o chão. Hermione tentou enfeitiçá-lo, fazendo-o flutuar, porém não conseguiu por muito tempo e já dentro do castelo começou a gritar por socorro. Alguns alunos do sétimo ano a ajudaram a levá-lo até Madame Pomfrey, que se assustou ao ver o rapaz desfalecido entrando pelas portas da enfermaria.

Hermione sentia um medo crescente passar pelo seu corpo e inconscientemente começou a rezar para que nada de ruim acontecesse com ele.

[i]Merlim! Por favor, me diz que aquele feitiço não afetou o cérebro do Draco... Me diz que ele vai ficar bem...[/i]

- Srta. Granger? – Chamou a mulher da porta de sua sala, interrompendo-lhe os pensamentos. Hermione correu até ela esperançosa. – Sinto lhe informar, mas o Sr. Malfoy voltou ao estado de coma.

- O que? – Foi a única coisa que Hermione conseguiu dizer antes de cair sentada em uma cadeira próxima e sentir as lágrimas rolando por seu rosto.

- Eu vou informar ao Diretor. Por favor, fique aqui até eu voltar.

[i]Em coma? De novo? Eu não posso acreditar nisso! Isso não está acontecendo... Não é possível![/i]

Hermione só conseguia chorar e nem soube quanto tempo se passou até que a noite chegasse e ela fosse encaminhada ao seu dormitório de monitora-chefe.

Enquanto ela rolava em sua cama sem conseguir dormir, Draco se encontrava do outro lado do castelo em um sono profundo, que ninguém sabia quanto tempo duraria desta vez.

N/A: A música do cap é Undone, também do Lifehouse. Não quis colocar uma música muito melancólica, pois o cap já está um pouco dramático.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.