FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

30. Mais Preparativos - Atualizado


Fic: NC-18 - O obscuro segredo de Harry Potter


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

 


CAPÍTULO SEM BETAR, ESTOU NO FORNO COM MAIS UM.. BEIJOS...


Os preparativos para a festa estavam adiantados. Fred e Jorge já haviam organizado o suprimento de bebidas e os elfos devidamente avisados sobre o que deveria ser feito para servirem na festa.O castelo fervilhava com as notícias e todos estam incubidos de uma tarefa diferente.

 

As famílias dos integrantes da Armada de Dumbledore, iriam chegar na semana seguinte, portanto os professores estavam trabalhando em uma ala subterrânea do castelo para acomodar a todos.

 

As aulas da quarta -feira foram suspensas no período da tarde porém pela manhã todos, exceto Harry e Hermione, treinaram combates nos terrenos do castelo.

 

x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x

 

Hermione acordou tarde sentindo o peso do braço de Harry em volta dela. Ela não se moveu, ficou ali pensando, como sua vida mudara em questão de semanas. Ela jamais imaginaria, um mês atrás, que estaria ali, dormindo, dentro de Hogwarts, em uma cama com o amor de sua vida.

 

Harry dormia a sono solto, ela acariciou o rosto dele e vagarosamente se desvencilhou do abraço e se levantou.

 

Sentiu-se tonta e cambaleou um pouco, quando sentiu uma mão apoiando-a:

 

---- Hey... teimosa.... falei que se fosse se levantar era pra me chamar! Você ainda não tem condições de ficar andando de um lado para o outro.. disse ele sentado-a novamente na cama.

 

---- Fico agoniada aqui nesta cama.... queria ir dar uma olhada na janela, ver como estão os treinamentos, disse ela emburrada

 

Ele a abraçou e a beijou e disse com uma indignação falsa:

 

---- Então quer dizer que a Srta. fica agoniada na cama comigo... achei que te provocasse outro efeito.... disse ele puxando-a pra si...

 

---- Não foi isso que eu quis dizer... ficaria aqui para sempre com você... mas fico sem saber o que fazer com todo mundo lá fora e nós presos aqui por minha causa... queria ir na enfermaria ver o pessoal, especialmente o Carlinhos que está com umas queimaduras bem feias, e tem o curativo do Malfoy.... disparou ela falando ansiosamente...

 

Harry colocou o indicador nos lábios dela e disse:

 

---- Calma... você está muito ansiosa... estão todos bem... esqueceu que o Snape, Madame Pomprey, Jéssica e até a Lisa estão lá cuidando deles... e você já cuidou de muita gente por estes dias... e aconselho você a descansar bem.. porque não pretendo deixar você dormir muito à partir de sexta-feira à noite... disse ele acariciando-a sensualmente

 

Ela gemeu baixinho e passou a mão pela nuca dele e o trouxe para um beijo ardente... quando as coisas estavam começando a ficar animadas eles ouviram uma batida na porta do quarto...

 

Harry praguejou baixinho e vestiu um roupão e foi abrir a porta enquanto Hermione se recompunha.

 

---- E aí casal privilegiado.... disse Gina entrando bem animada junto com Luna ignorando a cara de desapontado de Harry.

 

Harry abriu a porta e disse:

 

---- Bom dia pra você também!!!!

 

Gina sentou-se na cama junto com Luna enquanto Harry fechava a porta.

 

--- E aí melhorou Mione? disse Gina preocupada

 

--- Já estou ótima, disse ela sentando-se na cama.

 

--- A gente ficou preocupada demais ontem, você estava muito pálida... disse Luna checando a amiga.

 

Harry sentou-se na beira da cama e disse:

 

---- Ela perdeu muito sangue ontem, e agora tentou se levantar e se sentiu tonta.. precisa comer algo... disse ele olhando para sua noiva pálida.

 

--- Vamos pedir ao Dobby algo para comermos, e por falar em comer, que horas são... disse ela perdida

 

---- Passa da uma hora da tarde e por falar em comer estamos aqui com um recado de Dumbledore, ele pediu para que vocês decessem para almoçar com todos, para evitar suspeitas, se você não conseguir ir Mione, a gente fica contigo, mas o Harry tem que descer, o pessoal que não sabe do relacionamento de vocês já está começando a desconfiar...

 

Harry levantou uma sobrancelha e disse:

 

--- Já estou cansado de ficar fugido.... mas as ordens de Dumbledore são expressas... não devemos nos expor. Vou tomar um banho, enquanto vocês colocam o assunto em dia... disse ele pegando uma toalha e seguindo para o banheiro.

 

Gina esperou ele fechar a porta e disse:

 

---- Ainda vai dar certo a lua-de mel de vocês? Com todo esse problema aí.. disse ela apontando para a barriga de Hermione.

 

A morena se levantou vagarosamente e não se sentiu tonta e disse:

 

---- Ah vai amiga.... a Prof. Jéssica disse que temos que tomar cuidado pois estarei extremamente fértil devido à poção que ela me deu. Mas conversei ontem com o Harry e me parece que o Snape andou dando a ele uns conselhos sobre uns feitiços anti-concepcionais e ....

 

Luna e Gina dispararam a rir... e Hermione ficou olhando para as duas.

 

---- Desculpe, mas estou imaginando a cena do Snape aconselhando o Harry.... coisa mais inesperada não poderia acontecer... disse Luna rindo...

 

---- Eu sei... eu fiquei constrangida quando a Professora falou comigo, imagine o Harry com o Snape.... mas a Prof. Jéssica me preveniu e disse que hoje mesmo poderia fazer o feitiço para que ele seja mais eficaz... e eu sei fazer essas coisas de cor... disse ela pegando a varinha e fazendo um floreio, o abdome dela ficou banhado por uma luz azul intensa e logo se apagou...

 

---- Wow.. esse é novo.. quando faço em mim.. isso não acontece.. disse Luna

 

---- Nem comigo... sinto a barriga gelar e só...

 

---- Esse é bem potente, o efeito dura três meses, já foi testado e aprovado pelo St. Mungos, vou ensinar a vocês.... mas tem que fazer ele três dias seguidos, e como hoje é quarta-feira, tenho até sexta-feira para fazer o efeito ficar completo..

 

---- Melhor assim, porque sou muito esquecida, essa história de se fazer o feitiço todas as vezes que vamos dormir juntos, eu acabo me esquecendo, ou interrompo o Draco no meio do amasso para poder me prevenir...

 

Hermione riu enquanto se trocava e Luna disse:

 

---- Ah ele deve ficar satisfeito quando você faz isso....

 

--- Furioso... mas já pedi milhares de vezes para ele me lembrar, mas acho que ele secretamente faz de propósito, não me lembra porque sempre me diz que adoraria me ver grávida.... Gina disse isso com uma careta...

 

O papo ia continuar quando Harry saiu completamente vestido do banheiro, para decepção das meninas...

 

Gina piscou para Hermione e disse:

 

---- Ah... achei que ia te ver de cueca de novo....  disse ela rindo

 

Harry riu e disse:

 

---- Tá, daí o seu noivo surta de vez... por falar nisso cadê eles?

 

---- Nas masmorras, a festa vai ser lá. Dumbledore achou melhor não chamar atenção dos outros alunos... e o barulho vai ser intenso...Fred e Jorge meio que escravizaram eles, estão levantando e colocando mesas, cadeiras, pufes e sofás para todos os lados.... eles vão nos encontrar no salão para o almoço...

 

Harry chegou perto de Hermione e disse:

 

---- Hum... vejo que está melhor... vamos descer? Disse ele beijando a ponta da orelha dela...

 

---- Melhor você descer com a Gina e eu desco com a Luna daqui a pouco.

 

Ele deu um beijo nela e desceu com Gina tagalerando sem parar.

 

x/x/x/x/x//x/x/x/x/x//x/x

 

---- Cara eu tô morto de fome.. disse Rony com o rosto suado e com um aceno de varinha empurrando um sofá enorme, vermelho para um canto onde tinha uma cascata cheia de flores... parece que o tema da festa ia ser tipo um Lual Na Masmorra...

 

Draco estava jogado em uma poltrona próxima , igualmente exausto e disse:

 

---- Você já percebeu que o Harry dá sorte em tudo cara.... a gente aqui ralando e ele de amasso com a Hermione lá em cima, em um quarto privativo.. esse cara é sortudo.. sempre escapa destas roubadas... e ainda fica com os melhores quartos, e a gente aqui trabalhando como dois elfos.  

 

Rony riu e seu sorriso sumiu da mesma forma que veio quando ele viu que Mila estava atrás de uma pilastra de flores, aparentemente ouvido a conversa dos dois.

 

Draco olhou para trás e também percebeu que ela estava ali parada, mas viu que ela estava com Peter, tentando ajeitar a coluna que teimava em pender para o lado, e eles estavam em um papo animado.

 

Rony olhou para Draco e disse:

 

---- Será que ela ouviu o que a gente dizia?

 

---- Acho que não.. ultimamente ela anda meio distraída com este tal de Peter.. nossa Hogwarts está virando um encontro de casais....

 

Rony se despreocupou e disse:

 

---- Cara, vamos subir antes que Fred e Jorge cheguem e nos façam trabalhar mais que os elfos daqui do castelo. Que Hermione não nos ouça...

 

---- Tem razão.. hora de sumir... e por falar em sumir.. aquelas duas deram uma desculpa esfarrapada e vazaram já faz mais de uma hora...

 

---- É e a gente aqui se ferrando e chega à noite elas ainda querem rendimento.. disse Rony desanimado

 

Draco riu e eles sairam de fininho...

 

x/x/x/x/x//x/x/x/x/x/x/x/x/x/

 

Snape estava no dispensário de suprimentos, recontando as peles de ararambóia pois nas próximas aulas ela seria essencial, os alunos não sabiam, mas as poções fabricadas por eles seriam estocadas e usadas em caso de uma batalha iminente...

 

Um caldeiraão borbulhava no canto da sala e para Severo tinha cheiro de grama molhada e dos cabelos de Jéssica... a Felix Felicis estava prestes a ficar pronta, e ele sabia que ela seria essencial...

 

---- Hum que cheiro de licor de chocolate, misturado com o cheiro das masmorras na época que eu tinha 17 anos... disse uma Jéssica animada assim que entrou no dispensário..

 

Severo sorriu, isso para ele estava se tornando mais fácil...

 

---- Felix Felicis... disse ele apontando o caldeirão.... Fico feliz que tenha sentido estes cheiros, isso quer dizer que a poção está quase pronta...  ele disse recolocando um vidro no lugar e se virando para ela...

 

Ela era mais que ele merecia.. era linda, inteligente, divertida... e ele ainda não acreditava e não achava que merecia viver esse romance...

 

O sorriso dele se desvaneceu e ela percebeu e chegou perto dele e disse:

 

---Sabe que as vezes consigo ler seus pensamentos e suas expressões... pelo amor de Merlim, pare de analisar nosso relacionamento.. quando vai entender que eu amo você, que nunca amei ninguém mais e que não quero outra pessoa na minha vida, então vá se acostumando Severo, você mesmo me deu a escolha se poderia ou não expor nosso relacionamento.. e acho que chegou a hora... na festa.. na masmorra..

 

Severo gemeu, só de pensar do jeito que as masmorras estavam ficando e gemeu mais abafado ainda quando ela se juntou a ele e enlaçou os braços envolta do pescoço dele.

 

Ele não ofereceu resistência e a beijou suavemente dizendo:

 

---- Ok, que assim seja.. na festa da masmorra... no sábado...

 

Jessica sorriu e eles sairam dali para o salão de jantar.

 

x/x/x//x/x/x/x/x/x/x//x/x/x

 

Gina antes de ir para o salão de jantar puxou Harry em um canto e disse:

 

---- Vem aqui que vou te mostrar o que compramos para " apimentar o final de semana" disse ela o levando para um corredor e abrindo um armário de vassouras perto da bruxa de um olho só.

 

Ela tirou uma caixa imensa, que estava sobre uma pilha de cobertores....

 

---- Guardamos aqui, porque se o Draco acha isso aí, ele ia achar que era pra mim, daí a coisa não ia prestar, disse ela com uma careta..

 

Ela colocou a caixa imensa em uma aparador de pedra e abriu para Harry ver... ele ficou deslumbrado... tinha lingeries de todas as cores, tamanhos e transparências... ele pegou uma calcinha branca, de renda minúscula com um dedo e ficou analisando sem fala...

 

---- Wow Gina... disse ele sem fala..

 

---- É eu sei.. compramos por meio de nossos representantes secretos... nossos mensageiros ...

 

--- Não me diga que são Fred e Jorge - disse Harry gemendo somente de pensar que os gêmeos fizeram parte deste complô erótico.

 

---- Exatamente, quem mais poderia sair do castelo e comprar isto... sem ser percebido.

 

Gina pegou a caixa e disse:

 

----- Vou deixar a caixa aqui, trancada e antes de vocês irem, ou de você preparar devidamente a sala, você pega aqui antes... disse ela fazendo um feitiço de desilusão no armário, ele ele ficou como se fizesse parte da parede de pedras.

 

Harry agradeceu e seguiram para o salão.

 

x/x/x/x//x/x/x/x/x//x/x/

 

Hermione chegou com Luna e logo se encontraram com Rony e Draco.

 

Conversaram um pouco mas a morena ainda estava inquieta esperando Harry e Gina que estavam atrasados.

 

---- Mione pára de olhar para porta... disse Rony se sentando ao lado de Luna

 

De longe Cho, Pansy e Lilá observavam a mesa dos amigos.

 

--- Onde eles se meteram ?

 

Eles estavam chegando, seguidos de Snape e Jéssica.

 

Se sentaram em uma só mesa e Mione comentou:

 

---- Onde vocês estavam????

 

Antes de Harry responder Gina disse:

 

---- Ficamos no corredor da ala leste conversando com a Prof. Jéssica disse ela cutucando Harry para que não estragasse a surpresa.

 

A explicação de Gina, despretensiosa, fez Hermione relaxar. Draco olhou a ruiva e fez um sinal e ela piscou para ele..

 

x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x/x//xx/x/x/x/

 

Todos animados e excitados com a festa do final de semana. A sexta-feira ficou livre para terminarem os arranjos da festa e uma outra turma foi recrutada para ajudar nos terrenos subterrâneos de Hogwarts, onde os seus parentes ficariam hospedados.

 

A mais de 10 metros no subsolo de Hogwarts havia uma verdadeira cidade construída, com a ajuda dos professores e de Dumbldore, tudo ia se transformando em uma imensa vila, cheia de casas e comodidades de um bairro moderno.

 

Cada um ajudava na "construção" da casa de sua família. Eles faziam tudo com muito capircho e perfeição pois sabiam que os parentes não poderiam sair nos terrenos aberto do castelo, que somente teriam permissões ocasionais para circularem por ali.

 

Hermione foi rápida em montar um chalé para seus pais, e aproveitou para montar um biblioteca para seu pai e sua mãe com livros de odontologia e paleontologia, uma paixão compartilhada pelos dois.

 

Harry era o único que não teve o que fazer, mas nem por isso se sentia triste, mas não deixava de sentir um vazio dentro dele, pensando que poderia também estar ali, construindo algo pelos seus pais. Ele se lembrou de Godric's Hollow. A única imagem que ele tinha de um lar, era da casa parcialmente destruída, que se tornara um monumento na cidade. Ele suspirou e continuou ajudando.

 

Hermione chegou perto dele com um vaso de flores nas mãos e disse:

 

--- Venha aqui, quero te mostrar algo - disse ela puxando-o pelas mãos.

 

Na casa que ela havia preparado para os pais, ela havia feito um cômodo especial, e com a ajuda de todos os professores e principalmente de Dumbledore e Snape, ela decorou o cômodo, com objetos, provas antigas, livros e até a vassoura usada pelo pai de Harry estava ali. Tinha duas poltronas confortáveis, e as paredes estavam recheadas de paineis com fotos dos pais e dos amigos em tempos de escola, tinha até uma foto do casamento dos dois... e uma de Lilian grávida abraçada a Tiago e Sirius.

 

Harry ficou sem palavras, andou pelo quarto quieto, tocando cada objeto possível enquanto Hermione ficou encostada na porta observando e respeitando o momento que ele estava passando.

 

Ele olhou para ela, com os olhos marejados de lágrimas e balbuciou a palabra "obrigado" que ela conseguiu ler pelos lábios dele, pois a voz dele havia sumido.

 

Ela atravessou o quarto e o abraçou. Ele extravasou a emoção e chorou copiosamente abraçado à morena.

 

Depois de algum tempo ele falou:

 

--- Onde conseguiu tudo isso? Como? disse ele se encaminhando para um armário onde tinha os prêmios de quadribol do seu pai, um pomo de ouro estava em uma caixa de veludo e tinha o nome de Tiago. Harry passou a mão por cima do vidro.

 

--- Acho que todos aqui devem ter uma referência de suas famílias...falei com Dumbledore, e Snape me ajudou, Hagrid conseguiu a maioria das coisas e até Filch veio carregado de coisas para colocarmos aqui... todos trabalharam neste cômodo.. todos que te amam...

 

Harry suspirou fundo e disse:

 

---- Sabe eu fico pensando... se eles nõ tivessem morrido, se ele apenas tivesse conseguido me matar.... eles ainda estariam aqui lutando.... e eu me sinto culpado as vezes, pois eles fizeram tudo pra me proteger... e pagaram com suas vidas por isso - disse ele soluçando.

 

Hermione ficou extremamente penalizada, era a primeira vez que Harry se abria assim a respeito deste assunto. Ela o abraçou e disse:

 

---- Não se sinta culpado, você sabe que a culpa de tudo isso reside em uma só pessoa : Voldemort. A maldade foi dele, e graças à proteção de sua mãe, pois é assim que amor de mãe funciona, é que você está vivo... e durante todos esses anos conseguiu salvar tanta gente... é graças a este amor, que estamos todos aqui, ainda lutando para nos ver livre deste ser que já trouxe muita tristeza a todos nós...

 

--- Não entendo Mione, com pode, o amor, essa proteção que minha mãe passou para mim, salvasse minha pele da morte por duas vezes mas não foi capaz de eliminar este monstro.... não sei o que vamos fazer para destruí-lo... não há mais horcruxes, e ele ainda sobrevive... como??? disse ele se sentando na poltrona e passando as mãos nos cabelos

 

---- Não sei, mas sei que se tem uma pessoa que pode descobrir isto, esta pessoa é você, acho que quando chegar a hora você vai saber o que fazer, e isso vai fazer toda diferença..

 

Ele a abraçou e beijou o topo de sua cabeça e disse:

 

--- Obrigado, agora vamos nos preparar para o nosso final de semana... quero ir à sala precisa para deixar tudo pronto...

 

Ela sorriu e saiu abraçada com ele.

 

 

 

 

 

 

 


 

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.