FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

32. Cedo ou Tarde - H²


Fic: Projeto Cartas - Envie sua carta


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________





Autor: Pamy Potter


Título: Cedo ou tarde


Shipper: Harry/Hermione


Resumo: Nem o tempo acaba com os sentimentos mais puros.


 


Cedo ou tarde, por Hermione Granger


 


Uma floresta fechada e escura, à noite sem lua refletia os sentimentos dela. Uma pista, que podia ser tola, mas era uma pista, e ela se agarrou nessa tolice com todas as suas forças. Avançou mais um pouco e o sentiu. Seria só imaginação? Mas o pacto era sério, de verdade, e não parte da sua imaginação.


 


Quando perco a fé,
Fico sem controle
E me sinto mal, sem esperança
E ao meu redor,
A inveja vai, fazendo
as pessoas se odiarem mais.


 


Parou em frente a uma pequena clareira, vazia, sem nada por perto. Mas ela sabia que ele estava ali. Tirou um pergaminho do bolso da calça jeans surrada, uma carta que havia rabiscado naquela manhã.


 


Me sinto só,(me sinto só)
Mas sei que não estou (Mas sei que não estou)
Pois levo você no pensamento
Meu medo se vai, (Meu medo se vai)
Recupero a fé, (Recupero a fé,)
E sinto que algum dia
ainda vou te ver
Cedo ou Tarde (Cedo ou Tarde)


 


Começou a lê-la em voz alta:


 


Harry,


 


Hoje fez um ano, sabia? Um ano que você me abandonou, faz um ano que a pior das dores me invadiu, faz um ano que eu não te escuto mais, não te abraço, nem mexo nos seus cabelos.


Devia ter aprendido, não é? A não confiar em ninguém, mas você... Você é especial, achei que você nunca faria isso, Harry!


Por causa daquele monstro maldito nós nos separamos! O Rony saiu atrás daqueles que mataram e separaram a nossa família, dos que nos separaram de nossos amigos! E você, por querer me proteger, por não conseguir confiar em mim, me abandonou! Por achar que o peso das Horcruxes seria demais para mim, uma simples garota, me deixou para trás, fugiu.


Por mais que doa, eu não consigo fazer o mesmo. Talvez por causa do pacto, ou por causa de seis anos de amizade. Seis anos de confidências, te contei coisas que nem meus pais sabem, e você jogou tudo no lixo com tanta facilidade.


Pergunto-me se ainda lembra que eu existo? Porque eu, todos os dias, lembro-me de você, assim que acordo eu vejo você, mas só na minha mente, só em mais uma dolorosa lembrança.


Sou uma tola! Sair correndo por você, sendo que você saiu correndo de mim. Irônico, não é?


Só escrevo essa carta, porque eu não conseguiria viver, ou morrer, sabendo que você não sabe do que eu sinto. Que é muito mais que um amor de amigos, nunca foi só isso.


Porque primeiro eu me apaixonei por Harry Potter, aquele que sobreviveu à Maldição da Morte, depois pelo menino que não conhecia o novo mundo em que entramos, assim como eu. Depois por aquele herói, aquele que me salvou tantas vezes. E depois por Harry, meu amigo, meu melhor amigo.


E é isso!


Eu te amo, Harry Potter, e sei, que a cada vez que eu sofro, penso, canto, escrevo por você ou em você, Harry, você também sente, pensa, canta, escreve por mim.


 


De sua melhor amiga eternamente apaixonada por você, Hermione Granger.


 


Cedo ou tarde
A gente vai se encontrar,
Tenho certeza, numa bem melhor.
Sei que quando canto você pode me escutar.


 


Acabou de ler e as lágrimas, que tiveram vazão em quanto lia, já molhavam todo o seu rosto, olhou para frente, esperando vê-lo. Mas tudo estava tão ou mais silencioso que antes. Soltou um soluço dolorido e deu as costas, depois de jogar a carta aos seus pés, e saiu abalada para dentro da floresta.


 


-Hermione! –Mais uma peça pregada por sua mente, só podia ser. –Mione! –Continuou andando, ignorando os chamados, era coisa de sua mente. –Mi! –Soltou de uma forma fraca. Ela estacou. Só uma pessoa chamava-a de Mi. O queixo tremeu e ela se virou rapidamente.


 


******


 


Lá estava ela, não era coisa de sua mente. Os mesmos cabelos alisados por Fléur para o casamento, um ano atrás, estavam desgrenhado por causa da corrida pela mata fechada. Um suéter protegia a pele sensível e alva do frio congelante que fazia e uma calça jeans surrada e rasgada, revelando pequenos arranhões e escoriações, mas ela estava diferente, exalava uma aura madura, poderosa, como se quisesse provar que ela era mais forte que ele pensava, ele sabia que Hermione, sua Hermione, era a mais forte garota que estava nessa guerra. O rosto da morena, que estava bem cuidado, só que mais duro, começou a ficar lívido e ele sabia o que estava por vir.


 


******


 


Lá estava ele, não era coisa de sua mente. Os mesmos cabelos negros e rebeldes, só que mais longos e mal tratados, a pesada jaqueta para protegê-lo do frio, uma calça tão surrada quanto à dela. Mas o rosto dele estava diferente, mais cansado, mais maduro. O que mais lhe fez falta, aqueles olhos verdes, sem o brilho de sempre, talvez apagado pela solidão. Ela sentiu seu rosto esquentar e viu que Harry também percebeu isto.


 


-Harry... –Soltou descrente, sentiu-se patética pela declaração em meio a uma nevasca. Mas passou por cima, levantando o queixo. –Harry! –Soltou com raiva, avançando até o garoto e lhe acertando um forte murro no rosto. –Seu idiota! –Acusou, empurrando-o. –Você me abandonou! Deixou-me sozinha! E achando que eu não te ajudaria! Seu burro! Você estragou tudo! –A cada acusação, mais um empurrão. –Tudo! –Repetiu, com a voz fraca, tendo os pulsos segurados por Harry, que lhe deu um sorriso que fez sua melhor muralha derreter e as lágrimas rolarem novamente. Abriu a boca mais uma vez, mas Harry foi mais rápido e colou seus lábios aos dela, que se surpreendeu, pelo gesto casto, mas apaixonante.


 


-Você ficou forte. –Murmurou, com uma voz rouca que parecia não ser usada há tempos, depois de se afastar apenas o suficiente para encara-la. A morena continuava com a boca aberta, mas com um pequeno sorriso de canto. –Não fala isso Mione. –Pediu. –Eu só quero o seu bem, volte para a casa...


 


-Harry, nem começa! Se não eu te azaro com um feitiço tão forte que o cara de cobra vai me dar um prêmio. –Ameaçou baixinho e ouviu uma risada rouca.


 


-Você não existe. –Disse abraçando-a.


 


-Nunca mais me abandone! –Exigiu escondendo o rosto na curva de seu pescoço.


 


-Nunca. –Prometeu e se afastou dela, Hermione olhou-o confusa. Novamente ele juntou seus lábios, em um beijo mais profundo, mais apaixonado, como se espantasse toda a saudade que havia sentido de seu ser. Os dois se separaram. –De seu melhor amigo eternamente apaixonado por você, Harry Potter. –Ela riu, em meio a algumas lágrimas, e empurrou-o para dentro daquela barraca. Sabiam que, cedo ou tarde, ela o encontraria.


 


Você me faz querer viver,
E o que é nosso,
Está guardado
em mim e em você
E apenas isso basta


 


********************************************************************************************************************


Música Cedo ou tarde, NX Zero


 

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 3

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Luisa Weasley em 12/05/2012

emocionante,
adorei
 ;) 

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Livia Fringeee em 11/05/2012

aiiii amei a carta !!! muito cheia de emoção !!!

Nota: 1

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por MiSyroff em 08/02/2012

Adoro essa múscia do NX, e toda história que envolve ela e o Gee *-*

A carta ficou muito linda mesmo, parabéns!

Beeeijos 

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2021
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.