FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

21. Odeio me sentir assim D/H


Fic: Projeto Cartas - Envie sua carta


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________




Autora:
 Láh Jane Weasley


Título: Odeio me sentir assim

Shipper:
Draco/Hermione

Resumo:
As vezes um desabafo é necessário, em cartas a muito escritas, ou mesmo da semana passada, que revela que podemos amar, não impostando quem seja, mas podemos, e devemoa. (MiSyroff)


 


 


Odeio me sentir assim, por Draco Malfoy


Morena,

Ultimamente estou te odiando cada vez mais.
Cada vez que você passa, sinto uma onda de ódio percorrer meu corpo.
Ódio de mim mesmo, por não poder te abraçar.
Ódio por não poder estar tão perto de ti quanto esses idiotas com os quais te vejo todos os dias.
Ódio por estar tão amargamente fadado ao seu descaso, à sua indiferença e à sua falta de interesse por mim.
Ó maldito orgulho. O mesmo que me faz agora rascunhar estas palavras sem a real intenção de que cheguem até o seu destino.
Odeio ficar muito tempo perto de você, por saber que não conseguiria me afastar depois.
O modo como você me encara faz com quee caiam por terra todas as barreiras que eu construí em torno do meu coração. E eu odeio essa sua capacidade.
Odeio sua voz e seu sorriso, pois eles me encantam de um jeito tão natural que é como se eu tivesse nascido para te escutar e te admirar, chego a ficar sem graça.
Porém, o que eu mais odeio e o que mais me faz te odiar, é o fato de teres me conquistado sem nenhum esforço e me feito te amar tão profundamente, com tanta intensidade e tanta força que tenho medo.
Medo de não ser o melhor pra ti. Medo de te fazer sofrer. Medo de te ter e ter que te deixar. Medo de te fazer chorar. Eu sei que te faria chorar. Somos muito diferentes, de mundos opostos. E infelizmente, meu mundo está fadado ao fracasso.
Por isso tenho medo. Medo de algo dar errado. Medo de ter um relacionamento. Medo de te fazer algum mal. Eu enlouqueceria se um dia te prejudicasse de qualquer forma, pois não veria mais seu sorriso, seu beicinho lindo quando fica emburrada, um momento de silêncio onde nossos olhares se encontram...
Como me odeio! Queria tanto poder voltar àquele dia...
Desfazer o que fiz, o que disse. Sabe que aquilo foi por puro orgulho, mais uma vez. Sei que te perdi aquele dia e me repreendo a cada hora por isso.
Odeio dormir e acordar pensando em ti. Odeio saber que não posso te amar sem te fazer sofrer e odeio mais ainda o fato de saber que não tenho como voltar no tempo, mais especificamente àquela noite de Halloween em que pediu que eu me decidisse.
Sempre estive convicto de minha missão. Ainda estou. A vida da minha mãe está em jogo. Não poderia simplesmente descartá-la assim. Te odeio por ter me deixado entrar na sua vida e depois me tirar dela tão bruscamente.
Odeio sentir falta dos teus abraços, teus beijos, tuas mãos... Odeio saber que tudo ficou no passado. Na memória... Saiba que as lembrançãs mais felizes que eu tenho são contigo e que todos os momentos bons da minha vida passei ao teu lado.
Só odeio o fato de que talvez nunca venhas a saber disso. Mesmo não querendo tu me fez mudar. Hoje não cumpro mais minha missão pelo desejo de matar, mas só pelo desejo de salvar minha mãe das mãos daquele ser desprezível que pensa que pode nos escravizar.
A verdade que eu insisto em negar...
Que eu odeio tudo isso, por não poder te amar. Odeio tudo isso, pois só com você me sinto assim..
Só você consegue, ao mesmo tempo trazer e levar embora a minha paz.

De um arrependido,
        Draco Malfoy.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 3

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Ninah em 08/05/2012
Você simplesmente me impressionou com a forma de auto sacrifício do Draco ficando longe da hermione e mesmo assim não deixou de colocar a raiva que ele sentia de si mesmo e dela por estar longe .parabéns pela criatividade.:)
Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Láh Jane Weasley em 20/11/2011

brigada, Mi.

adoro shippers impossíveis..   -q

Nota: 1

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por MiSyroff em 10/10/2011

Muito boa, e embora não acredite nesse shipper, você colocou a carta muito bem, parabéns mesmo!

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2021
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.