FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

20. A pessoa-mancha


Fic: Ex-grifinória: A história de Gina Weasley


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________


N/a: Desculpem a demora, mas eu sou enrolada, vcs ja devem ter percebido e não há desculpas para o meu comportamento. E eu sinto muito mas acho que a qualidade dos caps esta caindo consideravelmente e se estou publicando esse do jeito que está é para nao demorar mais ainda.
Muito obrigada pelos comentários e eu também achei linda a atitude do Draco e a vida dele lá dentro vai ser muito dificil sim.


***
A pessoa-mancha


Estava chovendo lá fora e raios e trovoes ressoavam sobre os gritos, meus pés doíam de tanto correr e meu coração estava espremido de medo.


Havia gente correndo e gritando desesperadamente por todos os lados, e os corredores pareciam muito apertados para comportar aquela quantidade de alunos. Eu tomava cuidado para não ser imprensada contra a parede tarefa que se tornava cada vez mais difícil enquanto alunos de idades e casas variadas continuavam a correr e esbarrar uns nos outros.


Uma menina que devia estar ainda no primeiro ano, foi atingida por algo e caiu rolando escada a baixo, seu sangue juntou-se ao sangue que já manchava a escada, cheia de corpos. Uma menina estava caída, virada para cima sobre o corrimão, como se apenas dormisse, e foi com um arrepio sinistro que reconheci Sarah. Aquela visão começou a me dar náuseas terríveis e uma vontade louca de sumir de tudo aquilo e chorar.


Eu percebi que havia parado de correr quando um raio verde passou pelo meu ombro e então, eu estava correndo desesperadamente também, pessoas caiam e eram pisoteadas também, meninos e meninas gritavam de todas as partes e eu continuava correndo, olhando para frente, sem ver nada, com medo do que poderia ver se olhasse com atenção.


Eu não conseguia mais correr, mas também não conseguia parar de correr, não fazia ideia de onde estava minha varinha ou do que eu fugia, mas os feitiços que continuavam passando rente a mim e atingindo e levando ao chão todos a minha volta me indicavam que fugir era, sem duvidas, a coisa certa a fazer.


Eu não fazia a menor ideia do que eu estava fazendo, mas de alguma forma eu fui parar em um corredor, não tinha mais ninguém ali, as pessoas continuavam correndo em frente, sem notar aquela entrada pela lateral, apoiei-me na parede por um segundo para respirar, fechando os olhos e tentando entender que dragões estavam acontecendo.


Eu ainda estava de olhos fechados quando mais senti do que ouvi aquela gargalhada, que eriçou todos os pelos do meu corpo e me fez sentir incrivelmente enjoada e gelada. Eu abri os olhos sem conseguir me mexer meio centímetro que fosse e a vi olhando para mim, rindo abertamente e rodando sua varinha entre os dedos, meu coração disparou e eu só conseguia pensar que ia morrer ali, sem ninguém saber, sem ter Hermione, Rony ou Harry do meu lado. Estava novamente sozinha quando mais precisava, e então Bellatrix levantou a varinha e a apontou em minha direção, ainda com aquele sorrisinho horrível em seu rosto.


-Diga adeus pequena Weasley.


“Adeus” eu disse mentalmente, tentando controlar o medo e o choro e me encolhendo, deixando os olhos apenas semi-abertos, como se não ver o feitiço pudesse me impedir de ser atingida por ele.


Eu já me preparava para morrer quando tudo, que antes parecia em câmera lenta, agora parecia rápido demais. Uma mancha entrou entre mim e Bellatrix e eu só consegui ver a surpresa que transparecia de seu rosto, antes dos feitiços dela e da mancha, que imagino que era uma pessoa, a minha frente se chocaram violentamente, numa explosão de luz e poder.


 A mancha-pessoa virou-se preocupada para olhar para mim por um segundo, e eu me senti caindo no vazio. “Harry?” eu tentei perguntar enquanto tudo ficava ainda mais escuro e confuso, mas não sei se algum som saiu, eu já não tinha contato com o meio externo, e nem controle sobre mim mesma.


 


Sentei-me repentinamente, assustada, com o coração a mil e o corpo gelado e coberto de suor. Eu tentei me acalmar enquanto respirava alto demais. Olhei pela janela ao lado da minha cama para a noite lá fora, a lua brilhava com uma luminosidade sinistra e uma chuva terrível açoitava o castelo. O quarto estava frio e a única fonte de claridade vinha da lua. Eu fiquei ainda um tempo paralisada tentando em acalmar enquanto todos dormiam a minha volta.


-Sarah... – Eu murmurei percebendo então que meus olhos estavam cheio de agua.


Na cama ao lado os cabelos claros e volumosos estavam esparrados pelo travesseiro e seu peito subia e descia com a respiração, ela estava viva. Tinha sido tudo apenas um sonho.


Eu joguei os cobertores de lado e me levantei tremendo, ainda com uma sensação horrorosa. Eu só preciso de um banho para me acalmar e então tudo vai ficar bem, eu repetia para mim mesma enquanto ia em direção ao banheiro, esses dias ficaram para trás, nada disso voltara a se repetir, nunca.


Eu enchi a banheira e entrei ainda com a camisola, exausta demais para fazer o esforço que fosse para me despir. Eu fechei os olhos enquanto a agua quente e a claridade do banheiro me ajudavam a me livrar daquela sensação horrorosa.


 -Gina... – A voz assustada e chorosa de Lauren me surpreendeu na porta do banheiro cerca de meia hora mais tarde.


-Esta tudo bem Lauren – Eu disse levantando-me e pegando uma toalha – Eu tive um pesadelo e estava tentando me acalmar... Só isso... – Eu sentia-me profundamente irritada por dentro, ela tinha que ter entrado no banheiro?


-Você tem certeza? – Ela lutava contra as lagrimas.


-Eu já disse que aquilo foi um acidente Lauren! – Eu disse mais ríspida e irritada do que pretendia – Pode me deixar em paz agora?


Ela saiu rapidamente de perto e eu terminei de me enxugar e me troquei sentindo-me muito melhor. Eu me sentia aquecida e limpa e conseguia pensar com logica novamente. E tinha deixado Lauren aborrecida, eu sabia que devia ir atrás dela me desculpar, ela realmente tinha razões para estar assustada, mas eu só queria deixar aquela noite onde ela pertencia, ao passado.


Quando eu voltei para o quarto vi que ainda estava escuro, embora eu soubesse que amanheceria a qualquer instante, e todas dormiam, com exceção de Lauren que olhava pela janela com uma expressão cansada.


-Anda – Eu disse para ela – Vai se trocar para irmos comer alguma coisa que eu te conto o que eu sonhei lá.


Ela concordou rapidamente ainda olhando insegura para mim e logo deixou o quarto. Eu me deixei cair sentada na cama enquanto aguardava o retorno dela. Porque as coisas tinham que ser tão diferentes esse ano? Porque eu me sentia tão diferente?


 


-E dai... Bem daí eu acordei – Eu terminei de explicar dando de ombros, enquanto Lauren terminava sua torrada.


Ela havia me analisado atentamente enquanto contava toda a história fazendo expressões de medo e horror durante a maior parte dela. Dava para ver que eu ainda teria muito que ouvir dela.


-Isso obviamente é o reflexo de tudo o que você passou no ultima ano, de seus medos e traumas que não deve tempo de colocar para fora, de conversar com alguém a respeito – Ela disse mais para si mesma do que para mim.


-E o que você falou sobre estar sozinha, sem mim, Rony ou Harry é outra prova disso – Disse Hermione, que havia se juntado a nós em algum ponto daquela manhã, visivelmente arrependida e culpada.


-Mas... E quanto a “pessoa-mancha” que te salvou... – Recomeçou Lauren – Era mesmo o Harry?


-Eu não sei... – Murmurei franzindo a testa enquanto tentava me lembrar – Eu sabia quem era, mas não consigo me lembrar...


Eu olhei pelo salão, ainda com a testa franzida, observando enquanto ele se enchia de alunos, quando chegamos haviam apenas outros 5 alunos e agora mais da metade dos assentos já estavam ocupados.


Eu analisava mesa por mesa distraidamente quando repentinamente minha atenção voltou-se para a porta e foi como se meus olhos fossem puxados de encontro aqueles que, com um arrepio, reconheci como sendo os olhos do meu sonho. Os olhos pareceram olhar em minha direção, reconhecendo-me e chamando-me novamente antes de se voltar para o chão, durante todo o percurso ate a ponta da mesa de sua casa.


-Ah... – Eu disse nervosamente engolindo em seco – É, acho que era o Harry mesmo, e eu tenho que ir – Disse me levantando e deixando o salão com pressa.


Eu não podia dizer a verdade a elas, elas não entenderiam, eu não entendia, eu estava assustada e abalada, eu não podia explicar aquilo, eu não tinha previsto aquilo.


E toda essa minha confusão devia-se ao simples fato de que aqueles olhos preocupados que haviam me salvado no sonho e me chamado no salão, pertenciam a ninguém mais e ninguém menos do que Draco Malfoy.

Continua... 
 



 

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por vritupotter em 11/02/2021
Se o sonho disse, dito está... Adorei a sequência do sonho! Fiquei confuso quando apareceu a Bellatrix porque eu pensei "ué ela não ******?" e pensei "hummmm pode ser um sonho" e era mesmo kakaka quer dizer incrível. Bora, casal!
Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por vritupotter em 11/02/2021
Se o sonho disse, dito está... Adorei a sequência do sonho! Fiquei confuso quando apareceu a Bellatrix porque eu pensei "ué ela não ******?" e pensei "hummmm pode ser um sonho" e era mesmo kakaka quer dizer incrível. Bora, casal!
Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Anne Martins Rosa em 22/07/2011

Deixe-me respirar.... ok . Draco Malfoy é  top na balada fla serioo!! apóio total os dois juntossss!! A gina olha mto pro passado e tipo ela concerteza tem uma queda pelo draco, afinal a gente nao sonha q nossos inimigos nos salam né?? só se gostarmos deleesss, né gininha1!!! :3  chuchu amei a historiaa mas to me matando pra saber o resto!!! Gostaria de um pouco mais de romance, e acho que agora nao vai faltar inspiração (Tudo graças ao Harry né???? ihihiihihihihihihihi)!!  beijinhosss
continue escrevendoo....!!!!!!!!!!!!!

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Ana Slytherin em 21/07/2011

Fiquei tão feliz que vc postou!!Concordo com a Barbara ficar muito tempo sem postar mata
O capitulo ficou maravilhoso e fiquei curiosa pra saber pq o Draco salvou a Gina e adorei a troca de olhares no salão principal 
Beijos 

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por barbara aguiar azevedo em 20/07/2011

AMIGA, TANTO TEMPO SEM POSTAR MATA A GENTE, SABIA?!

CAPIITULO SENSACIONAL... O PROBLEMA É QUE VC ME DEIXOU CURIOSA PARA VER O QUE O DRACO QUER COM A GINA!!!

Beijos, B.

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.