FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

15. Bônus II


Fic: GREENs II: A Armada Das Cobras CAP18 II ON!


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Bônus II


Bônus por Dominique Weasley e Jason Miller.


X-X


Uma simples pergunta veio à cabeça da autora, e ela resolveu escrever.


“Como seria Dominique Weasley e Jason Miller em uma boate trouxa?”


Eu não podia deixar a chance de escrever isso passar...


X-X


Cena completamente aleatória a FanFic.


Sem quaisquer fins lucrativos (?), apenas para gosto pessoal dos leitores que curtem as conversas e maluquices desses dois :9.


PS: A autora está completamente pirada, quicando na cadeira quase dançando enquanto ouve 3OH!3.


Eu realmente não me responsabilizo por esse bônus...


Existe coisa melhor do que ser ALEGRE? E viver os momentos da vida, e ser maliciosa? Nhaaaaaain! Eu quero um Jason Miller. ‘-‘ Ok, já falei demais, BOM BÔNUS!


X-X


Girl I gotta know, how you dance like that


d-d-dance like that, you dance like that


cause you're puttin' on a show


can i take you back? take you back take you back


I just gotta ask can you show me yours?


I'll show you mine.


Don't you worry, you're too fine.


We got one thing on our mind


And we got plenty of time!


(3Oh!3 – Touchin On My).


X-X


A porta da boate foi aberta. O segurança a segurou, deixando uma loira acompanhada de um moreno entrar. Eles examinaram o lugar, com certo desprezo contido. Estavam de braços dados.


A loira usava uma roupa um pouco ousada demais, parecia ter no máximo dezesseis anos, mas nada que uma identidade falsa não ajudasse. Tinha uma meia-calça arrastão, uma bota cano alto preta. Usava uma saia preta curta e uma blusa que pelo menos cobria toda sua barriga. Só alguns detalhes prateados contrastavam com a roupa negra. Seu olhar era calculista e um sorriso de lado era visto em seu rosto. Seus cabelos louros quase brancos estavam soltos como se não tivesse tido a paciência de penteá-los. A maquiagem estava carregada apenas nos olhos, destacando seu azul vivo. Ela tinha a mão na cintura, e os pés batiam no ritmo da música.


- O que achou? – Perguntou perto do ouvido do moreno. Ele estreitou os olhos enquanto crispava os lábios. Sua sobrancelha estava erguida e nenhuma sombra de sorriso era vista em seu rosto. Ao contrário da parceira, ele tinha os cabelos negros, tão escuros quanto seus olhos. Um resquício mínimo de barba por fazer podia ser visto em seu rosto. Usava uma roupa que qualquer garota diria que estava perfeita: uma calça jeans escura caía por seu abdômen bem definido. Uma cueca Calvin Klein preta podia ser vista. Sua blusa cinza não possuía imagens e destacava os músculos que ganhara fazendo esportes. Usava um tênis All Star preto e apenas um bracelete da mesma cor era visto em seu braço. Seu olhar ficou mais atento quando algumas garotas passaram olhando-o de baixo à cima e soltando alguns elogios.


- Acho que posso passar a noite aqui – disse conduzindo Dominique Weasley para dentro do local. A loira apenas riu sem humor.


- Pensei que nossa missão fosse arranjar pessoas aqui e passar a noite com elas em algum quarto.


- Eu falei passar a noite. Madrugada já é dia – Jason piscou o olho. Passou a mão no cabelo, arrepiando-o mais um pouco. Colocou a mão no final das costas da menina enquanto chegavam a um bar.


- O que vão querer? – Perguntou um homem atendendo-os. Dominique sentou-se em um banquinho e cruzou as pernas, deixando suas coxas completamente a vista. O barman ergueu as sobrancelhas e observou todo o corpo da loira. – O que vai querer gracinha?


Dominique bufou com o elogio, mas chegou para frente como se fosse sussurrar um segredo.


- Adivinha – sorriu de lado maliciosa. Jason revirou os olhos ao ver Dominique brincar com o barman. – Me surpreenda.


- É para já – falou o homem completamente afobado enquanto misturava alguns líquidos.


- São dois – falou Jason com sua voz rouca. O barman o encarou por alguns minutos e pareceu desapontado enquanto fazia a mesma mistura em outro copo. Ficou resmungando enquanto Jason tamborilava os dedos no balcão.


- Não sou muito de fazer propaganda alheia – disse Dominique puxando Jason para perto de si. Segurava-o pela gola da camisa, e levou os lábios até o ouvido do garoto. – Mas tem uma mulher loura... como vocês dizem mesmo? Ah sim, super gostosa te encarando atrás de você.


Jason fez que sim com a cabeça enquanto virava-se na maior cara de pau. Sorriu de lado ao visualizar a mulher de quem Dominique falava.


- Só não ganha de mim – comentou Dominique suspirando. – Cara, às vezes eu me impressiono com minha beleza. – Pegou o drink que o barman lhe servira e piscou o olho em agradecimento. Pegou o canudo com os dedos e o levou a boca. Sorriu maliciosa para o barman examinando-o enquanto bebia a mistura. – Aprovada.


O barman sorriu de lado. Jason havia acabado de pegar a bebida e tomou um gole sem nem se preocupar com o canudo. Apreciou o gosto amargo do drink.


- Já tomei melhores – disse Jason simplesmente dando de ombros. Dominique suspirou e olhou para o barman.


- Desculpe meu irmão, ele é tão sem modos – falou divertindo-se com a expressão de descrença do homem.


- Ele é seu irmão? – Perguntou um pouco aliviado. Dominique avaliou melhor quais seriam as chances do barman com ela naquela noite. Era óbvio que ele não chegava nem aos pés de Jason, mas ela duvidava que tivesse algum garoto que conseguisse tal feito. O homem deveria ter uns vinte anos, o cabelo castanho era liso e jogado de qualquer jeito; os músculos deveriam ser devido ao excesso de malhação, os de Jason pareciam que nasceram com ele – não literalmente; o homem usava uma blusa com estampa de alguma banda de rock trouxa; a calça estava sendo segurada por um cinto que Dominique considerou fora de moda. Mas tinha uma tara por piercings e aquele no lábio do homem era extremamente chamativo.


- Talvez – falou um pouco misteriosa. Sentiu que poderia encontrar alguma companhia melhor naquela noite. Mas não podia deixar de se divertir. Enroscou a perna na de Jason como se o avisasse para parar de secar a loira e dar uma ajudinha ali. Jason chegou mais perto dela, passando a mão em sua cintura enquanto ficava atrás do banco de Dominique.


- O que quer, maninha? – Perguntou no ouvido de Dominique enquanto olhava de esguelha para o barman. Ele parecia um pouco confuso.


- Parecemos irmãos? – Perguntou Dominique enquanto passava as mãos pelo pescoço de Jason. O mesmo encostou o queixo no topo da cabeça de Dominique e deu seu melhor sorriso ao homem. Ele riu baixinho.


- Talvez – disse piscando para Dominique. A loira ergueu a sobrancelha.


- Boa resposta – falou aprovando a ousadia dele. Jason riu sem humor achando-o um completo fracassado. Se não havia conseguido pegar Dominique, não era mais tarde que conseguiria.


- Eu vou dar uma volta, maninha – falou Jason beijando-a no pescoço e saindo de perto dos dois.


- Se comporte, honey – cantarolou Dominique fazendo Jason rir enquanto se afastava. – Ele é um doce de pessoa, não concorda?


O barman achou que “um doce” não era a melhor descrição para Jason.


- Ainda não sei seu nome – comentou Dominique enquanto olhava para a pista de dança.


- Carl. Me chame de Carl. – Falou o homem com certa malícia. Dominique se possível deu um sorriso ainda mais malicioso.


- Certo, Carl.


X-X


Hahaha


We're gonna rock and roll


Ra Ra


Alright I drink more than you


I party harder than you do


And my car's faster than yours too


(Pink – ‘Cuz I Can)


X-X


 


Jason caminhou pela pista apinhada de pessoas. Já deixara para trás a loira a qual Dominique se referira. Como ele ia dizer isso gentilmente...? Ela não era boa o suficiente para ele. Certo, era exatamente nessas meigas palavras que ele a dispensaria se ela viesse perguntar se tinha alguma chance. “Não” – era uma palavra bem usada no dicionário de Jason Miller. Às vezes um “talvez”. Raramente um “sim” direto, isso acontecia em ocasiões raras como, por exemplo, quando uma menina como Dominique Weasley o prensava em um corredor. Ele não era idiota. Algumas vezes a garota poderia não ser tão bonita quanto ele, mas acabava ficando. Não saberia dizer, mas algumas simplesmente lhe chamavam atenção por seus atos.


Sempre teve uma queda maior por morenas... e loiras... as ruivas também... pensando bem só não gostava das com cabelo branco... ou laranja... ou azul. Já ficara com uma garota de cabelo rosa e piercing no umbigo. Tinha sido uma experiência e tanto.


Colocou as mãos nos bolsos da calça enquanto se esquivava de uma menina ruiva que dançava alegremente... virou-se para não dar de cara com uma loura metida que acabara de visualizar. Deu uma risada rouca enquanto continuava a caminhar cada vez para mais dentro da boate, quando sentiu alguém apertar-lhe... A bunda?!


Virou-se incrédulo perguntando quem teria tal coragem. Deparou-se com uma morena alta, tinha os cabelos volumosos cacheados pretos. Os cílios grandes com uma camada de rímel destacavam seus olhos verdes. Não tinha tanto corpo, mas era praticamente da altura do menino. Usava uma saia curta jeans, uma blusa branca que destacava sua silhueta e uma bota marrom não muito alta. Poderia ser muito bem uma daquelas modelos completamente obcecadas por perder peso que estivesse curtindo uma noite na Inglaterra.


- Olá você – cumprimentou divertida enquanto Jason se aproximava. O garoto sorriu malicioso.


- Boa noite – respondeu pegando a mão da garota e dando um beijo cheio de segundas intenções. A morena mordeu o lábio inferior.


- Ótima noite – falou chegando mais perto de Jason. – Gostaria de dançar?


Jason concordou enquanto deixava a menina conduzi-lo pela pista de dança. Colocou as mãos na cintura da morena, trazendo-a para perto de seu corpo e acompanhando-a no ritmo da música.


Aquela noite estava só começando. Ainda era meia noite.


X-X


I must confess


A thousand degrees


Bring out the beast inside of me


Don't be afraid


Go into the place


It's gonna melt your fears away


I'm gonna get this fire started


Impossible for you to breath


The temperatures rising up (up, so hot)


And I'm burning up


(Cascada – Pyromania)


X-X


 


- Carl – repetiu Dominique com desgosto enquanto se enfiava na pista de dança. Até parece que ela ficaria com um cara que se chama Carl. Não, obrigada. Ela passava.


Mexeu em seus vários colares pratas enquanto se embrenhava pela pista e deixava-se guiar pelo som de David Guetta que tocava alto fazendo todos dançarem animados. Conseguia sentir o gosto da bebida que tomara ainda na língua. Que porra era aquela que havia tomado? Foda-se, não sabia. Era bom demais dançar I’m In Miami Bitch enquanto sentia os corpos das outras pessoas se chocarem contra o seu.


- Drink all day. Play all night. Let's get it poppin – cantava Dominique concordando plenamente com a música enquanto seu corpo ia até o chão e subia novamente. – I’M IN MIAMI BITCH!


Seu cabelo se possível conseguiu ficar mais bagunçado ainda. Sentiu quando um menino cutucou seu ombro, fazendo-a virar e começar a dançar junto dele. Não conseguia ver seu rosto direito, mas dava para ver que ele era moreno. E usava uma camisa cinza. Deixou-se guiar pelo corpo do garoto, ficando praticamente colada ao mesmo.


Sorriu maliciosa quando ele ergueu o rosto. Tinha os olhos azuis e um sorriso com covinhas.


Bingo pensou Dominique ao notar que ele usava um piercing na boca. A maioria das garotas não gostava, mas ela achava no mínimo excitante. Chegou um pouco mais perto do garoto – se é que aquilo era possível – para sussurrar em seu ouvido:


- Então, você não acha que podemos sair daqui para nos conhecermos melhor? – Perguntou passando as mãos no cabelo do mesmo. O menino sorriu de lado:


- Jemand erzählt, du bist schön? (Tradução google: Alguém já te disse que você é linda?) – falou fazendo Dominique se assustar e chegar para trás. A garota o encarou sem entender.


- Wtf? – Exclamou piscando os olhos. – Que língua que você está falando, meu filho?


- Ich bin Deutscher (Tradução google: sou alemão). – Dominique fez mais algum esforço para entender e então caiu a ficha.


- Ah! Você é alemão. – Disse finalmente, estalando o dedo. O menino abriu um enorme sorriso.


- Ja! (Tradução google: Sim!). – A loira revirou os olhos enquanto batia no ombro do garoto.


- Pra você também – falou sem a menor paciência. Afastou-se esperando não tê-lo magoado muito. – Eu hein, cada um que me aparece.


X-X


Hot and dangerous


If you're one of us, then roll with us


Cause we make the hipsters fall in love


And we've got hot-pants on enough


And yes of course we does


We're running this town just like a club


And no, you don't wanna mess with us


Got Jesus on my necklace


(Ke$ha We R Who We R)


X-X


Saiu do banheiro acompanhado de uma mulher. A morena olhava para os lados enquanto ajeitava o cabelo. Os lábios de ambos estavam completamente vermelhos e inchados. Jason ajeitava a camisa tentando desamassá-la.


- Foi um prazer te conhecer – murmurou a morena dando um beijo na bochecha de Jason e saindo de perto. A verdade? Bom, não haviam feito nada demais naquele banheiro. Nada demais no quesito de Jason Miller. Não era como se tivessem feito sexo, principalmente em um banheiro de boate trouxa. Eles apenas se divertiram um na companhia do outro... bastante. Bom, talvez por Jason achar que não seria muito adequado levá-la para a cama. Era incrível como em algumas noites ficava difícil achar alguém com quem pudesse se divertir.


- Olá playboy – alguém o cumprimentou e ele reconheceu a voz. Virou-se se deparando com Dominique. Ela sorriu de lado enquanto analisava o estado do garoto.


- Você andou lutando com a Lula Gigante?


 - Há há. Muito engraçadinha... então, se divertindo? – Perguntou Jason tentando ajeitar o cabelo. Dominique deu de ombros.


- Ninguém muito interessante. Já peguei melhores. Ninguém que me satisfaça por essa noite.


- Wow. Acho que depois dessa eu vou te chamar para dançar. Quem sabe suas expectativas não aumentem? – Perguntou Jason pegando-a pela mão e a conduzindo pela pista de dança. Dominique riu com gosto.


Jason colou seu corpo ao da loira, dançando sensualmente. Dominique podia sentir os olhares de raiva de algumas dançarinas e alguns dançarinos. Era claro que muitas queriam estar no lugar de Dominique; e muitos queriam estar no lugar de Jason. Mas nenhum se atrevia a atrapalhá-los, por isso continuaram dançando. As mãos de Jason foram descendo perigosamente até as coxas de Dominique e sentiram sua meia-calça. Começou a aproximar seu rosto do rosto da loira, colando suas testas. Observava os olhos azuis de Dominique sentindo a malícia emanar da garota a sua frente.


- Hm... acho que encontrei com quem passar a madrugada – murmurou Dominique maliciosa segurando o garoto pela gola da camisa. Jason sorriu de lado percorrendo seus lábios pelo pescoço da companheira.


- Então não percamos tempo – comentou com a voz rouca no ouvido da mesma. Dominique sentiu as mãos apertarem com mais força suas coxas. Os lábios de Jason procuraram os seus para beijar-lhe de maneira quente e provocante. Seu beijo queimava-a por dentro, parecendo gelo seco. A língua de Jason explorava a boca de Dominique, fazendo-a perder o ar e um formigamento subir-lhe dos pés à cabeça. As mãos do menino passaram de sua coxa para sua cintura.


Foi quando Dominique já conseguira alcançar o tórax de Jason, que o garoto afastou-se um pouco da loira, beijando-lhe no lóbulo da orelha e descendo até seu pescoço explorando sua pele. O cheiro de Jason impregnou-se em Dominique, fazendo-a perder completamente a razão. E a garota sabia que Jason não usava perfume. Meu Merlin, tudo naquele garoto era bom.


Quando as mãos de Dominique desceram perigosamente para o cós da calça de Jason, o moreno a encarou com um sorriso malicioso.


- Que tal sairmos daqui? – Perguntou sugestivamente. Dominique concordou com a cabeça e logo estavam alcançando a porta da boate.


A música poderia ter ficado para trás.


Os possíveis futuros casos também.


A bebida.


A fumaça.


O cheiro de cigarro.


A noite.


Mas eles sabiam que tinham algo bem melhor para eles esperando-os.


A Madrugada era uma criança.


X-X


Piece Of Me... You want a piece of me?


(Britney Spears.)


X-X


 


n/autora: Hi Girls... and Boys. Se tiver algum garoto que leia essa fanfic ‘-‘ Então, eu espero que vocês tenham gostado do capítulo, pois... bem... amei fazer esse bônus. Eu só queria avisar uma única coisa: isso não significa que eles acabarão juntos na FanFic. Como vocês sabem, ainda tem muita coisa para rolar entre Rox/Jason/Domi. Mas eu precisava fazer essa cena. Ela surgiu na minha cabeça e eu precisava colocá-la no papel sabe? Eu cheguei a visualizá-los entrando na boate. Hohohoho. E eu preciso admitir que imagino a Dominique igualzinha a Taylor M. da banda The Pretty Reckless.


E aquele garoto alemão... bom, desculpem minhas loucuras momentâneas. É que eu achei que seria uma boa forma de enganar a todos pensando que era o Jason dançando com ela – foi mal!! Eu sou cruel né? Desculpinha ;X


Mas fala sério, o Jason não é perfeito? Cara, eu me apaixonei pelo meu próprio personagem – talvez seja por isso que eu estou escrevendo um livro com um personagem chamado Jason. Ele é tão perfeito quanto ‘-‘ e é um delinqüente que nem esse daqui!!! Hahaha adooooro. *-----*


Queria dedicar esse capítulo à Souhait. Vocês não têm ideia do quanto essa menina está louca pelo Jason – ela me ligou para me contar cada ideia que teve dele e do que ele devia fazer. – Ainda faço a cena em que ela me falou dos óculos escuros, mas isso é surpresa ;D


Eu demorei a postar porque minha mãe quebrou meu lap top e eu passei uma semana fora de casa me divertindo com minha família ;) Agora estou de volta e minha irmã me deixou usar o pc dela. Meu pai já levou o meu para consertar. Obrigada por entenderem.


Beijos, pessoal.


I Love u, guys.


Cecília ;****


 

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2021
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.