FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo



______________________________
Visualizando o capítulo:

15. Mansão Potter.


Fic: Eu sou seu destino - Tiago&Lílian. - Concluida.


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________



Lílian desceu as escadas do salão comunal nas nuvens, as cenas que ela protagonizara com o Tiago mais cedo não saiam da sua cabeça, se ela se permitisse fechar os olhos e se concentrar ela ainda conseguia sentir o toque dele na sua pela, a língua dele por seu corpo... Correu para chegar rápido no salão na esperança de encontrar o Tiago esperando por ela, mas quando ela finalmente o encontrou não gostou nada do que viu. Ele estava encostado na parede com os braços cruzados no peito conversando com a Cindy que estava perigosamente perto dele.
- Merlin me dê forças. – Pediu internamente.
Ela não queria – e não podia – ser dominada pelo ciúme, sua vontade era de empurrar a Cindy uns dois metros de distância do Tiago – Tamanha a sua ira – Mas ela respirou fundo e se permitiu caminhar até onde os dois conversavam. Lílian não estava mais com frio, vestia uma calça jeans e uma blusinha preta de malha de manga longa, um pedacinho de sua barriga ainda aparecia, ela secou os seus cabelos com um feitiço deixando-os extremamente lisos jogados no rosto, conforme ela ia caminhando ela reparou que o Tiago também tinha trocado de roupas, vestia uma calça jeans e uma camiseta verde que não era baby look mais ficava agarrada nos seu bíceps, os cabelos estavam molhados e espalhados para todos os lados – Perfeito.
Involuntariamente ela se lembrou dos dois em cima da cama, da forma que ele grunhia ao seu toque, do jeito apaixonado que ele a olhava e com isso uma confiança exorbitante tomou conta dela – ele a amava, ela tinha certeza desse fato!
Tiago embranqueceu quando viu a Lílian se aproximando, seu coração acelerou, não que ele estivesse fazendo algo que precisasse ser escondido, mas conhecendo o gênio da Lílian ele já estava esperando pelo barraco, e ele odiava barracos!
Lílian se aproximou e cordialmente cumprimentou a Cindy, depois sorriu para o Tiago fazendo um carinho em seu rosto.
- Já almoçou amor? – Perguntou ignorando a Cindy.
- Estava te esperando – Ele respondeu atônito.
- Então vamos, estou faminta – Disse descruzando os seus braços e segurando na sua mão.
Tiago entrelaçou seus dedos nos dela e sentiu seu amor por ela explodir dentro do peito, ela finalmente acreditava no amor dele e para o Tiago aquilo era muito importante.
- Você vem almoçar conosco? – Lílian perguntou para a Cindy com a sua melhor voz cínica.
- Não obrigado! – Cindy disse – Então Tiago, ficamos assim... – Dito isso ela se virou e subiu para o dormitório.
Lílian sentiu como se estivesse se afogando, lhe faltava o ar, seu pulmão doía, ela queria gritar com o Tiago, perguntar o que tanto ele falava com aquela idiota e porque ela estava tão perto dele, mas com muita disciplina ela foi caminhando para o quadro da mulher gorda rumo ao refeitório puxando o Tiago pela mão. Tiago parou de andar e Lílian se virou para verificar o que tinha acontecido.
- Quem é você, e o que você fez com a Lílian? – Ele perguntou num tom de brincadeira.
Lílian não entendeu a brincadeira e sua feição ficou confusa.
- Você não vai falar nada, perguntar alguma coisa, elevar o tom da sua voz, empunhar sua varinha ou algo do tipo? – Perguntou franzindo a sobrancelha.
- Não! – Respondeu enfática.
Tiago puxou-a para mais perto pela mão entrelaçada e arrumou uma mecha do seu cabelo atrás da sua orelha fitando-a.
- Obrigado – A voz dele saiu carregada de emoção.
- Pelo o que?
- Por confiar em mim e no meu imenso amor.
Ele segurou o rosto dela em suas mãos e depois encostou seus lábios com paixão, seu beijo foi calmo e doce, ele queria demonstrar para a Lílian com aquele gesto o quanto ele a amava, as mãos da Lílian ficaram inertes em seu pescoço, ela não sentia aquela necessidade de explorar o seu corpo com as mãos, parecia que o Tiago estava fazendo uma declaração de amor de tão intenso que era o beijo, quando Tiago descolou seus lábios dos dela Lílian quase chorou. Ele a abraçou forte, inspirando o perfume dos seus cabelos, depois deu um beijo em cima da sua cabeça.
- Eu não mereço isso – Confidenciou – Todo esse autocontrole precisou de um esforço sobre-humano.
- Mais um motivo para eu te admirar – Respondeu sorrindo, seguindo de mãos dadas com ela até o refeitório.
***
Lílian e Tiago passaram o resto da tarde no salão comunal estudando com Sirius e Angélica, bom na verdade Lílian e Angélica estudavam enquanto Sirius e Tiago conversavam.
- Tiago, presta atenção na matéria, os exames são depois das férias de Natal – Lílian disse exasperada.
- Por falar em Natal – Tiago olhou sugestivamente para o Sirius.
- Há, Você acha que eu perderia a chance de passar o Natal na mansão dos Potter? Já estou lá, tudo menos passar um Natal em família! – Disse irônico.
- E você Lily – Tiago questionou.
- Eu pretendo ficar em Hogwarts esse ano, meus pais vão viajar por um mês, não tem como eu ir- ela respondeu distraidamente ainda lendo um livro.
O coração do Tiago faltou sair do peito com aquela afirmação, ele ficou inquieto o resto da tarde e quando o Sirius se levantou puxando a Angélica com ele para darem uma volta ele ficou extremamente feliz.
- Sabe princesa, estive pensando – Disse numa voz suave – Eu gostaria muito que você viesse passar o Natal comigo.
Lílian congelou.
- Não sei não Tiago, acho que minha mãe não ia gostar dessa ideia – Respondeu fazendo uma careta.
Tiago que estava sentado do seu lado a puxou para mais perto, enlaçando-a num abraço apertado.
- Tenta – ele pediu em seu ouvido. Dito isso ele pegou um pergaminho e uma pena e deu para a Lílian.
Lílian se apoiou na mesa e Tiago encostou o seu queixo no ombro dela para ler o que ela escrevia.
- Não vou conseguir me concentrar com você respirando tão perto do meu pescoço – Ela revelou constrangida.
Tiago gargalhou se afastando fazendo a Lílian sorrir junto com ele, ele se sentou na poltrona, ainda vendo o que ela escreveria.
Mãe... Fui convidada para passar o Natal na casa... – Lílian parou com a pena no ar, Tiago levantou uma sobrancelha esperando ela continuar – do Tiago Potter. Ele é – Lílian parou outra vez, dessa vez corando violentamente.
- Que foi Lily? – Tiago perguntou curioso do motivo dela ter corado daquela forma.
Lílian não queria escrever “um amigo” porque não gostava de mentir para a sua mãe, mas não se sentia segura para escrever “meu namorado” já que ele nunca tinha pedido para namorar com ela.
- Não sei o que eu escrevo – Confessou ruborizando mais.
Tiago leu novamente o que ela já tinha escrito.
- Você acha que se disser que estamos juntos ela não vai deixar você ir?
- Não, tenho certeza que essa informação é irrelevante na sua decisão.
- Então escreve que sou seu namorado ué!
- Você é? – Lílian fez essa afirmação num tom de pergunta.
Tiago a fitou, a sobrancelha franzida, cruzando os braços no peito.
- Você tem alguma dúvida?
- Bem, é que você nunca me pediu, nem disse nada a respeito – Agora sim ela estava embaraçada.
Tiago gesticulou para que ela se sentasse do seu lado no sofá, quando ela sentou ele passou suas mãos pela cintura dela.
- Por Merlin Lílian, eu nunca pedi porque para mim isso é tão óbvio – Tiago encarava os seus olhos– Até porque nosso namoro está fadado a um fim próximo.
Lílian estremeceu – Tiago sorriu.
- Eu não pretendo ser seu namorado por muito tempo, eu quero me casar com você Lílian, fazer de você a minha mulher, a Sra. Potter.
Lílian sentiu seu sangue congelar nas veias, ela nunca tinha pensado realmente nessa hipótese, mas Sra. Potter lhe soou muito bem. Lílian não conseguiu dizer nada, tinha medo de abrir a boca e danar a chorar compulsivamente.
- Pode escrever isso no bilhete para a minha futura sogra – Ele brincou.
Lílian foi até a mesinha e pegou a pena, mas ela não conseguia mais escrever de tanto que suas mãos tremiam.
- Porque você ficou tão nervosa? – Tiago perguntou sentando-se novamente ao seu lado.
- Não é nervoso, é emoção – Respondeu com a voz doce.
- Você fica linda emocionada... – Ele elogiou deixando a Lílian envergonhada.
Lílian respirou fundo e se concentrou na escrita, terminou o bilhete para a sua mãe e o dobrou.
- Amanhã cedo envio uma coruja para ela – ela disse encostando a sua cabeça no ombro do Tiago.
- O que você responde quando alguém pergunta se nós estamos namorando? – Perguntou de repente.
- Acho que sim... – ela respondeu.
- ACHO? – ele disse num tom acima do normal – Acho! – ele bufou.
**
A semana passou rápido, o ritmo dos estudos estava elevadíssimo para a Lílian que não queria ficar estudando no recesso de natal, então estava adiantando a matéria.
Já era o meio da semana quando uma coruja marrom pousou no ombro da Lílian durante o café da manhã, ela retirou o pergaminho da coruja que pertencia ao correio de Hogwarts e viu que o bilhete veio de sua mãe. Lílian abriu o pergaminho rapidamente, ela podia sentir os olhos do Tiago cravados no papel, suas mãos suavam um pouco diante da expectativa da resposta de sua mãe.
Querida Lilian.
Fico imensamente feliz de saber que você não vai passar o Natal sozinha, confesso que estava me sentindo culpada por viajar enquanto você ficava na escola! Divirta-se na casa do seu namorado – Que aliás precisa ser apresentado para nós!  Tem telefone na casa desse rapaz? Se tiver me liga.
Lílian não conteve um sorriso quando terminou de ler o bilhete da sua mãe, ela era tão compreensível e sempre confiava nas suas decisões.
- O que diz o bilhete? – Tiago perguntou curioso.
- Ela me deixou passar o Natal na sua casa – ela respondeu eufórica.
- Mansão Lílian, Mansão... – Sirius disse debochado.
Lílian baixou a cabeça para o seu prato, será que o Tiago era assim tão rico, ela nunca tinha conversado com ele sobre isso, tudo que ela sabia era o que ela ouvia pelos cantos de Hogwarts. De repente ela pensou que iria conhecer os pais do Tiago, será que ele a apresentaria como sendo sua namorada? E se apresentasse será que gostariam dela... E se eles a achassem uma sangue ruim? Ou pobre demais... O estomago da Lílian revirou, ela já não tinha mais certeza se queria ir.
- Eu não sei se eu vou. – Disse mordendo uma maça.
Tiago levantou uma sobrancelha e a encarou.
- Você não tem essa opção. – Brincou – Já avisei minha mãe que você vai.
Lílian sentiu o pedaço de maça entalar em sua garganta.
- Como assim? Minha mãe acabou de responder – Disse sacudindo o bilhete nas mãos.
Tiago gargalhou da expressão cômica da Lílian.
- Mas eu já previa a resposta, sou um bruxo sabia! – Ele disse maroto.
Lílian revirou os olhos.
- A Angélica vai conosco. – Sirius disse de repente.
- Vou é? Não me lembro de ter respondido nada.
Se a Angélica fosse Lílian se sentiria bem mais a vontade.
- Vamos Angélica, por favor – Lílian pediu com as mãos postas na frente do rosto.
- Está bem! – Ela concordou exasperada.
- Podemos não ir a Hogsmeade no sábado e já irmos para casa. – Tiago sugeriu.
Lílian ficou pensativa.
- O que foi princesa? – Tiago perguntou tirando-a dos seus devaneios.
- É que meus chocolates estão no fim...
- Eu compro mais para você – Ele disse sorrindo.
- Hum... Doces trouxas – Lílian disse fechando os olhos e tentando se lembrar do sabor dos chocolates vendidos em barras nos supermercados.
***
- Angélica, você vai se mudar para a mansão dos Potter? – Lílian indagou ao constatar que a amiga estava levando dois malões gigantescos.
-Ai amiga, estou tão indecisa com o que levar – ela confessou – Você está levando o seu biquíni?
- Biquini? – Lílian disse aflita.
- Sim, Sirius me disse que a mansão do Tiago tem duas piscinas enormes.
Isso era tudo que a Lílian precisava ouvir para querer ficar de vez em Hogwarts.
- E por que raios eu traria um biquíni para Hogwarts? – ela disse irritada – E estamos em pleno inverno!
- Eu trouxe vários, acho que esse vermelho vai ficar lindo em você – ela disse estendendo um biquíni para a amiga – E a piscina é coberta e aquecida!
Lílian olhou o biquíni e já sentiu vergonha, a parte de cima era uma cortininha que não ia tampar nem 25% dos seus seios fartos, e a parte de baixo era cavada demais para o seu gosto.
- Isso é dois número menor do que eu uso! – ela disse irônica.
- Vai ficar lindo! – Angélica respondeu, puxando o biquíni das mãos da Lílian e guardando-o dentro da sua bolsa.
Lílian e Angélica desceram carregando suas malas, a da Lílian era compacta e ela carregava sem dificuldades, mas a Angélica teve que subir duas vezes ao dormitório para descer tudo o que ela iria levar, Sirius ficou olhando com cara de assustado, mas não disse nada, apenas sorriu quando a namorada disse: - Pronto, essa é a última!
O diretor Dumbledore desfez alguns feitiços de proteção e permitiu que os quatro viajassem com o pó de flu. Sirius foi o primeiro a jogar o pó prateado na lareira e sumir na chama verde dizendo – Mansão dos Potter – depois foi à vez da Angélica, Lílian e por fim o Tiago.
Quando a Lílian caiu no tapete da sala dos Potter ela achou que tinha dito alguma coisa errada, foi só quando ela olhou para o lado e viu o Sirius e a Angélica que ela concluiu que seria muita coincidência todos terem errado o nome, o cômodo que ela estava era quase do tamanho da sua casa inteira, era uma sala ampla, muito clara, com lustres enormes e quadros que se mexiam, o tapete tinha a cor bege e era fofo e peludo, os sofás brancos pareciam ser muito confortáveis.
- Vamos princesa – Tiago disse pegando nas mãos geladas da Lílian – Minha mãe deve estar na cozinha.
- E as malas? – Angélica perguntou quando Sirius pegou em suas mãos a guiando para dentro.
- Os nossos Elfos vão levar para o quarto de hóspedes. – Tiago respondeu.
Lílian tentava decorar os padrões do lugar, ela tinha certeza que se precisasse voltar para a sala não saberia, a mansão parecia um labirinto, cheia de portas e curvas, num determinado momento Lílian sentiu um cheiro típico de bolo de chocolate, ela não conteve um sorriso, ela amava bolo de chocolate!
Quando Lílian entrou na cozinha – Outro susto! Parecia uma cozinha industrial, a mesa do centro era a maior que ela já vira na vida, uma senhora muito bonita, com os cabelos bem pretos presos em um coque e de olhos castanhos esverdeados veio sorrindo para o lado deles, ela abriu os braços e apertou o Tiago num abraço forte. Depois olhou sugestivamente para a Lílian.
- Mãe essa é a Lílian, minha namorada!
Lílian sentiu o rosto esquentar, ela não sabia se estendia a mão, se dizia prazer...
- Seja bem vinda minha filha – A Sra. Potter disse abraçando-a com o mesmo afinco que fez com o Tiago – Sabe que você é a primeira namorada que esse menino trás em casa – ela disse brincando – E olha que eu sei que ele já teve algumas namoradas.
Algumas? Milhares! – Lílian pensou.
Depois disso ela foi cumprimentar o Sirius e a Angélica que estavam quase na outra ponta da mesa.
- Viu, não foi tão ruim assim – Tiago sussurrou no ouvido da Lílian que tremeu com o contato inesperado – Pedi para o Elfo da família ar rumar as suas coisas no meu quarto...
Lílian virou-se para ele com a feição assustada, nem em sonho dormiria no mesmo quarto que ele, o que a mãe dele iria pensar?
- Não mesmo! – Respondeu vermelha como seus cabelos.
Tiago riu tão alto que as outras pessoas da cozinha se viraram para ele.
- Brincadeira Lílian – ele disse afagando o seu rosto – Eu queria muito, mas eu já sabia a sua resposta, mas o seu quarto é de frente para o meu, caso você mude de ideia!
- Eu não vou mudar – Disse enfática.
- Temos muitos dias pela frente... – A provocou.
- Nada vai me fazer dormir com você no seu quarto – Disse cruzando os braços o encarando.
- Quer apostar? – Ele disse com um sorriso malicioso.
Lílian fez que sim com a cabeça.
- Se eu não passar nenhuma noite com você em seu quarto as férias inteira, você vai estudar comigo todos os dias até tarde, mas estudar de verdade. – ela propôs.
- Mas se você não aguentar e pedir para dormir comigo...
- Pedir? – Lílian o interrompeu sorrindo – Eu ainda tenho que pedir!
- Claro que sim – ele afirmou – Sempre.
- Se você pedir – ele continuou – Você vai estudar só até as oito e depois vai namorar comigo até não aguentar mais de sono.
Agora foi a vez da Lílian chamar a atenção das pessoas com a sua gargalhada alta.
- Feito – ela disse estendendo a mão para o Tiago que a apertou selando a aposta.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 1

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por camila prongs. em 11/04/2011

AAA, MAN! EU PEDIRIA PARA DORMIR COM O THIAGO :X UAHUAHAUHAUAHUAA

capítulo 16 é o mais hot de todos? tó até com medo... uahauhauahuahau

 

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.