FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

3. Capítulo 3


Fic: Warrior Night


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Capítulo 3


Harry andava apressadamente pelos corredores da grande mansão, a procura de Belatrix, estava curioso depois do patrono que a mulher lhe mandara. Encontrou-a olhando para uma janela, que dava para ao portão da frente da mansão. Quando a bruxa percebeu que o garoto estava presente, virou-se com um sorriso não tão convincente e disse:


 


‘Harry? Pensei que você fosse demorar uma eternidade para chegar.’ Falou num tom brincalhão, mas o moreno percebeu algo mais... Ansiedade.


‘O que foi de tão importante que até fez o Malfoy quase se borrar de tanto medo...’ respondeu o garoto rindo, tentando disfarçar que sua cicatriz ainda estava dolorida.


‘Hum... Seu pai me pediu para levá-lo em um trabalho. ’


‘Tá, mas para que tão alarme.’


‘É que desta vez é eliminação...’ o garoto não ficou muito surpreso com isso, afinal já fora em muitas vezes junto aos comensais, até já finalizara muitos.


‘I...’


‘Sabe o Wortmail?’


‘Sim, aquele imbecil com cara de rato?’


‘Esse mesmo. Bom, ele pensa que irá nos enganar, falando com os aurores sobre nós, tch, burro mesmo.’ E Harry apenas deu um sorriso de canto, a qual Bella sempre vê em Voldemort.


‘Tá, e daí? Um idiota como ele é fácil, até o Lucius acaba com ele’ disse Harry rindo em total deboche.


‘É que, Harry, ele vai estar perto da passagem 9 ¾, o imbecil vai falar com o James Potter.’ por um momento Bella vê que o moreno fica surpreso, imagens do passado lhe atormentando, mas no momento depois ele se vira olhando-a zombeteiro e apenas diz.


‘O que tem demais? Nós temos chapuzes e você se esqueceu que eu sou o Guerreiro da Noite, como meu pai próprio me titula? E além do mais, sou filho do maior bruxo do mundo, Tom Riddle.’


‘Harry não é disso que estou falando e você sabe disso.’ A mulher fala com inquieta e Harry  a olha, que para ele, era sua mãe e diz com carinho:


‘Bella, eu nunca deixaria vocês por aqueles que me abandonaram, eu não sou filho deles, como acabei de dizer sou filho do maior bruxo de todos os tempos, Tom Riddle.’ Depois disso a mulher suspira em alívio.


‘Muito bem então, vamos nos preparar.’ Disse ela se virando (agora mais confiante) e indo para a porta. Antes de ir ouve a voz de Harry a suas costas:


‘E Bella, quando vai ser?’


‘Pelo que sabemos, por uma fonte confiante, vai ser no dia que todos os alunos vão voltar para Hogwarts, depois do Natal e do ano novo... É por isso que digo que ele é burro.’ Disse ela  balançando a cabeça em negatividade, e saiu, deixando Harry rindo baixinho.


‘Harry...’ o garoto olha para a porta novamente, onde á pouco estava Bella ele vê Draco.


‘Ei, Draco. Já não disse que é feio ficar ouvindo as conversas dos outros?’ perguntou o moreno divertido.


‘O que? Eu não estava ouvindo!’ protestou o loiro.


‘Uhum sei...’ disse Harry e depois disse cinicamente: ‘Então, o que a Bella falou?’


‘Ah, ela falou... Ei você não presta Harry.’ Continuou o loiro, saindo pela porta batendo os pés, enquanto Harry ria. Depois de um tempo o moreno olha para a janela e lembra que aquilo será daqui a sete dias.


 


Wn- Wn- Wn- Wn- Wn- Wn- Wn- Wn- Wn- Wn- Wn- Wn- Wn- Wn- Wn- Wn


 


‘Ai, Mione dá um tempo da lição, ok?’ reclamou Rony sentando-se no sofá, ao lado de Tom. Els estavam na casa dos Potter.


‘Tem que estar feliz por a mim para ter ajudar’ retrucou a morena brava desabando ao lado de Katherine


 ‘Mas depois de amanhã é o baile de Natal “atrasado”, como Dumblodore disse e eu tenho que estar preparado não só fisicamente, mas mentalmente, quero dizer, eu vou com a Lavender, ô garota pegajosa.’ Disse ele coçando a cabeça.


‘Ninguém mandou convidá-la’ disse Katherine.


‘Mas pelo menos ela é bonita‘


‘Idiota’ continuou a loira, olhando curiosa para Hermione, que fingia que não ouvia.


‘E você Kat?’ disse Tom, repentinamente.


‘Eu o que?’


‘Vai com quem mesmo...?’


‘Hum, com o Cedrico...’ respondeu ela, sem interesse.


‘Vê?’ Não é muito melhor do que o meu par’ disse Ron.


‘Ah é mesmo, né?’ começou Tom debochado ‘Tirando a parte que o Diggory não chama a Katy de Roniquinho...’ continuou ele rindo, deixando o ruivo bravo.


‘Só que todo mundo já sacou que ele convidou a nossa amiga, pois tá a fim de fazer ciúmes na Cho.’


 


Wn- Wn- Wn- Wn- Wn- Wn- Wn- Wn- Wn- Wn- Wn- Wn- Wn- Wn- Wn- Wn


 


‘Bella... Onde esta a chave de portal?’ perguntou Harry, a mulher virou-se para o garoto e viu agora via não só um adolescente, mas um verdadeiro seguidor de Voldemort. Viu que os cabelos desarrumados de Harry estavam mais desarrumados, seus belos olhos verdes estavam totalmente escuros e sua expressão era totalmente profissional. O garoto que vira crescer, desde seus nove anos estava totalmente pronto para eliminar mais uma pessoa.


 


‘Ham, siga-me’ disse ela incerta, estavam indo em direção aos jardins, onde já estavam alguns comensais, antes de chegar até eles a mulher para e pergunta ao moreno ‘Tem certeza, Harry?’


‘Claro, é um dia normal...’ disse ele indiferente, e Bella percebeu a máscara que formou-se, um máscara de guerra.


‘Hum, está bem.’


‘Bom, é o seguinte, eu irei primeiro, vocês esperam uns dez minutos e atravessem a passagem da estação, ok?’ disse Harry com a voz arrastada, enquanto os comensais apenas balançavam a cabeça em afirmação. Bella deu mais última olhada em Harry, mas ele já havia posto sua máscara e colocado o capuz. E então todos preparam-se com suas chaves de portal.


 


Wn- Wn- Wn- Wn- Wn- Wn- Wn- Wn- Wn- Wn- Wn- Wn- Wn- Wn- Wn- Wn


 


Os três Potter andavam pela Estação de King’s Cross, quando James vê Sirius, Marlene e Katherine se aproximando. Depois de se cumprimentarem, Prongs olha para Padfoot e os dois se encaram em olhar em total preocupação e atravessam a passagem rapidamente, que são seguidos pelos outros. Ainda estava muito cedo, então esperaram pelos Weasley’s.


 


‘Ei gente’ ouviram uma voz a suas costas. Viram Hermione e Rony e um pouco mais afastados, Moly e Arthur.


‘Enfim vocês chegaram, tô querendo já entrar no trem, meu pai é muito infantil’ reclamou Kat, enquanto todos, menos Sirius, riam.


‘Eu, infantil? Onde? Vem cá minha filha, me dê à mão que eu vou te ajudar a procurar o seu parafuso que está faltando’ disse Padfoot divertido e olhando para o chão tentando procurar algo, enquanto a miniatura de Lene bufava.


‘Iiih, tio, parafuso perdido dessa aí é o que não falta...’ respondeu Tom rindo.


‘Fica quieto, Tom’ disse a loira brava.


‘Calma priminha, só estou falando a verdade’ continuou o ruivo, fingindo-se de inocente. Fazendo com que a loira saísse de lá arrastando seus malão para o trem. ‘Ah, deixa agente ir lá para ajudar a mal humorada.’ Continuou ele rindo, seguido por Hermione e Rony. Pouco depois, todos os adolescentes estavam já no trem, enquanto Lene se despedia de Lily que já ia embarcar. Já James e Sirius se adiantavam um pouco de olho se alguém aparecia. De longe, os dois marotos veem quem tanto procuravam, Wortmail, estava escondido em uma das pilastras mais afastadas.


 


‘Sirius?’ chamou James, antes deles chegarem há Pettigrew ‘E a Lene?’


‘Avisei a ela que irei me atrasar’


‘Hum.’


‘Até que enfim, hein.’ Começou Peter, irritado ‘Estou aqui faz um bom tempo...’


‘Olha aqui Pettigrew, você não está em posições de reclamar, entendeu?’ começou Sirius irritado, segurando Wortmail pelo colarinho ‘Se você não percebeu, está um monte de aurores em volta. Se você esta fazendo isso para trazer seus amiguinhos tem uma prisão que te faria muito bem...’


‘Não! Não Sirius, por favor eles me matariam’


‘É, Padfoot. Deixa ele falar’ disse James, segurando o ombro do amigo, que olhou-o e com muita dificuldade, soltou Pettigrew. ‘Bom, fale logo...’


‘Ham... Primeiro eu tenho que dizer que o seu filho, bem...’ começou Peter envergonhado.


‘Desembucha focinho de rato, o que tem o Harry?’ irritou-se Sirius.


‘Hum, ele esta vivo.’ Continuou ele, deixando Prongs e Padfoot chocados.


 


Wn- Wn- Wn- Wn- Wn- Wn- Wn- Wn- Wn- Wn- Wn- Wn- Wn- Wn- Wn- Wn


 


Pouco, Harry percebeu que já estava na Estação de King’s Cross, olhou em volta, apenas atravessou a passagem 9 ¾, de começo viu que não havia mais ninguém lá, mas olhando um pouco afastadamente, viu Wortmail, conversando com mais duas pessoas, que pelo jeito deviam trabalhar para o Ministério, viu mais quatro aurores, mas eles estavam tão entreditos na conversa que nem perceberam que o moreno se aproximava. Chegou perto e se escondeu em uma das pilastras.


 


‘... Primeiro eu tenho que dizer que o seu filho, bem...’ começou Peter, entendendo o que o Pettigrew ia falar, o moreno prede o ar.


‘Desembucha focinho de rato, o que tem o Harry?’ irritou-se Black.


‘Hum, ele esta vivo.’ Tch, agora já chega né? Pensa Harry saindo de trás da pilastra.


Avada Kedavra’ murmura ele, apontando para Wortmail.


‘Mas o quê...!?’ grita Black. Ah, que beleza agora esse imbecis chegam pensa o moreno olhando em volta, vendo os comensais. Sem vendo mais importância em tudo aquilo, o moreno dá as costas andando calmamente de volta a passagem. Mas ao voltar, dá de cara com mais três aurores, não tendo muito tempo para uma reação apenas ouve uma voz dizendo Estupefaça e tudo escurece.


 


Wn- Wn- Wn- Wn- Wn- Wn- Wn- Wn- Wn- Wn- Wn- Wn- Wn- Wn- Wn- Wn


 


‘Ei, Sirius, peguei um!’ gritou Remus, olhando para o comensal. Quando os o maroto se aproximou, Moony se agacha, pronto para desmascará-lo.


‘Ai, Meu Merlin! James, o Remus te estuporou!’ gritou Sirius em pânico.


‘Não, Padfoot, eu estou bem aqui!’ disse James aparecendo atrás de Sirius.


‘Ah. Então, Ai Meu Merlin, o Wortmail estava certo.’ Continuou Padfoot, olhando o moreno ao seu lado. Que por um momento ficou em choque e um segundo depois agachava-se ao lado de Harry chorando.


‘Eu...’


‘James, vamos leva-lo ao Alvus, ele saberá o que fazer.’ Disse Remus, colocando uma mão no ombro de seu amigo.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.