FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

15. A confirmação.


Fic: A mesma história,outro desfecho - HG


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Harry não tinha a menor vontade de sair do lado da sua amada, mas era necessário, já se ouvia sons vindos da cozinha, o que queria dizer que a Sra. Molly estava fazendo café.


Ele se levantou, se vestiu, pegou um pente da Gina que estava na penteadeira e passou nos cabelos.


- Estou apresentável? – Ele perguntou para ela alisando a camisa na altura do peito.


- Não. Está irresistível – Ela respondeu.


Harry riu e corou de vergonha, ele amava esse jeito espontâneo da namorada.


Gina levantou e foi até seu guarda-roupa procurar o que vestir deixando Harry atônito com a sua nudez.


- Que foi? – ela questionou sorrindo – Nunca viu?


- Harry queria agarrá-la novamente, ela estava o provocando! Ele respirou fundo fechando seus olhos.


- Te vejo na cozinha – ele disse e desaparatou.


Assim que Harry aparatou na cozinha a Sra. Molly veio correndo lhe abraçar, tão rápido ela beijou-lhe a bochecha ela perguntou do Rony.


- Ele deve estar chegando, ficou para trás resolvendo pendencias com a Hermione.


A fisionomia dela se suavizou na hora; por um momento ela acreditou que a ida do Harry sozinho para a Toca pudesse ser para levar até ela alguma notícia ruim.


Neste momento Rony e Hermione aparataram na cozinha.


- Ué, cadê os feitiços de proteção? – Rony questionou.


- Sua mãe desfez para nós lembra-se – Hermione respondeu revirando os olhos para a falta de atenção do Rony.


A Sra. Molly os abraçou com vontade os enchendo de beijos molhados no rosto, Rony limpava a bochecha com a manga da blusa enquanto sua mãe colocava o café na mesa.


- Sua mãe pensa que eu acabei de chegar – disse-lhe Harry – Não fala que eu cheguei ontem à noite ok.


- Mas aonde você dormiu? Rony perguntou ficando com as orelhas vermelhas.


Antes que Harry respondesse Hermione interferiu.


- Não vamos falar – ela disse com um sorriso nos lábios.


Fred e Jorge apareceram para o café, com olheiras enormes e os cabelos todos embaraçados.


- Nossa, o que houve com vocês? Rony perguntou apreensivo.


-Nada – os dois responderam juntos.


-Vocês tomaram um banho com o perfume da Gina? – Harry perguntou.


Os gêmeos caíram na gargalhada.


-Não é o perfume da Gina, é a poção do amor que estamos trabalhando na fórmula – disse Fred.


- Isso quer dizer que essa ficou perfeita – concluiu Jorge.


Harry corou de vergonha e neste momento Gina surgiu na porta da cozinha, os cabelos estavam presos em um rabo de cavalo bem alto, ela usava uma calça jeans clara e uma blusinha frente única rosa –estava perfeita – Ela correu para os braços de Harry como se eles nem tivessem se visto e lhe deu um caloroso beijo.


-Por onde você andou? – ela perguntou piscando para ele.


Rony ia dizer alguma coisa, mas Mione pisou no seu pé antes que ele pudesse verbalizar seus pensamentos.


Harry notou uma mancha roxa no pescoço da Gina então tirou o lacinho do seu cabelo deixando-os soltos nos ombros.


- Fica mais bonito assim – ele disse disfarçando.


Após o café Harry e Rony foram a uma reunião da ordem para ficar a par de tudo o que aconteceu durante o período que eles pularam no tempo, Mione também queria ter ido, mas Gina suplicou para que ela ficasse, pois precisava conversar.


Depois que todos tinham saído, Mione pegou duas garrafas de cerveja amanteigada e levou para o quarto de Gina.


- Então – Mione perguntou bebericando sua cerveja e estendendo a outra para Gina que estava sentada na cama – O que houve?


- Eu não vou beber – Gina disse recusando a garrafa estendida por Mione.


- Não? Mas você ama cerveja amanteigada.


- Eu sei, mas... – Gina não sabia como falar – É que aconteceu uma coisa sabe.


Hermione sentou-se na cama esperando o desenrolar da história.


Gina respirou fundo, ela tinha que ter coragem, Hermione era sábia e era a única que poderia ajuda-la.


- Primeiro promete que não vai contar nada do que eu te dizer para ninguém, nem para o Rony e principalmente para o Harry.


- Prometo – Mione disse aflita pelo nervosismo da Gina.


- No dia que fomos para a balada – Gina começou – Eu e o Harry, bem, nos empolgamos um pouco sabe, agente tinha bebido um pouco também e...


- Vocês transaram? – Hermione perguntou com naturalidade.


Gina quase morreu de vergonha.


-Sim – Gina respondeu.


- E daí, o que isso tem de mais? Vocês se amam tanto.


- Eu sei, mas... Eu acho que fiquei grávida.


A garrafa que Hermione segurava caiu no chão se espatifando, se coração quase parou.


- Porque acha isso – Mione perguntou com a voz fraca.


- Porque vai fazer três meses que eu não menstruo.


- Mal sinal, péssimo sinal eu diria, você já fez algum teste? – Mione questionou.


- Como assim teste? – disse Gina confusa


- Deixa pra lá é coisa de trouxa, espera aqui que vou a alguma farmácia comprar esse teste está bem, vamos tirar essa história a limpo.


Em menos de vinte minutos Hermione voltara com três testes de marcas diferentes nas mãos, ela explicou da melhor maneira possível para Gina o que era um teste de gravides e como ele funcionava, ela não entendeu como a urina podia dizer se uma mulher estava grávida ou não, mas ela confiava na Hermione.


- Tem que aguardar cinco minutos – Mione falou – se aparecer uma listra no teste você não está gravida, se aparecer duas listras no teste gravidíssima.


Gina foi até o banheiro, colheu urina nos três “potinhos” e depois colocou o teste dentro dos mesmos, saiu do banheiro para aguardar os cinco minutos no quarto.


Mione tinha usado o feitiço Limpar para tirar a cerveja que tinha se esparramado pelo chão, mas ainda tinha resquícios de cheiro de cerveja no quarto e Gina estava ficando enjoada.


- Já se passaram cinco minutos – Mione avisou a amiga que já sabia, mas estava com medo de ir ver as listras no teste.


Gina se levantou a passos lentos, o medo a dominava, porém ao chegar na porta do banheiro todo o seu medo se dissipou, tinha dado negativo, muito negativo! Ela pegou os testes e foi correndo para o quarto rindo.


- Deu negativo – ela disse no auge da felicidade para Mione. Dois tracinhos quer dizer positivo não é? O meu deu seis tracinhos, negativo!


- Seis tracinhos? Perguntou Hermione incrédula – Deixa-me ver.


Hermione pegou os três testes e em cada um deles havia dois tracinhos.


- Não Gina, são testes diferentes, em cada um desses tinha que ter uma tracinho, mas tem dois, isso quer dizer que você fez três testes diferentes e os três demonstraram que você está sim grávida.


Gina sentiu como se o chão tivesse se aberto em baixo dos seus pés, ter uma suspeita é uma coisa, agora a confirmação estava a despedaçando por dentro.


- Calma Gina – Hermione falou – Todos nós vamos ficar do seu lado e o Harry vai ficar tão feliz quando souber.


- NÃO – Gina disse num rompante – Você prometeu que não ia contar.


- Mas... Você não vai contar ao Harry? Ele é o pai dessa criança, ele tem o direito! – Hermione estava indignada.


- Eu vou contar, mas não agora, tem algo muito maior acontecendo Mione, pensa um pouco, e se ele desistir de destruir aquela pessoa por causa dessa criança o que será do mundo a mercê de um louco, não quero meu filho crescendo sob as ordens daquele que não deve ser nomeado, imagine como ficará a cabeça dele Mione, por favor, respeite minha decisão – Lágrimas escorriam dos olhos de Gina – Não vai ser fácil para mim, mas vou tentar esconder o máximo que eu puder.


Hermione compreendeu a amiga, realmente um filho agora confundiria demais a cabeça do Harry que já tinha tantos problemas.


- Está bem – Hermione disse por fim – Eu farei o possível para ajudar o Harry a acabar com essa guerra o mais rápido possível para que vocês possam viver em paz, vocês três – Ao dizer isso Hermione colocou suas mãos sobre a barriga da Gina que sorriu para a amiga.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.