FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

4. Eu sei me virar sozinha!


Fic: Sinceramente ...Te Amo


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

 Até que seus lábios se encontraram,o beijo era suave, e ambos sentiam necessidade de aprofundar cada vez mais, até que Lily se separou dele ofegante, do jeito que estava insana naquele dia era possível fazer coisas “piores”, então resolveu parar por ali, “ cada coisa por sua vez “disse a consciência.


- Lily, olhe eu não vou pedir desculpa, pois... – disse Tiago corando


- Não diga nada, só vá para o banho e me encontre lá em baixo ok?- disse ela sentindo o rosto esquentar


- Certo - disse ele virando e entrando no banheiro enquanto Lily saia do quarto e descia as escadas, pensando no que acabara de acontecer, não era a primeira vez que Tiago a beijara mais ainda assim era a melhor de todas as vezes , tinha algo de especial, mas ela não entendia o por que... ela ainda estava confusa por causa daquele sonho,chegou ao dormitório feminino  pensando em tomar mais um banho e descer, e assim o fez , quando desceu percebeu que Tiago ainda não tinha descido.“Nossa, o que será que ele está fazendo que demora tanto?” pensou ela enquanto se sentava numa poltrona, e fechou os olhos levemente ela estava tão cansada.


----


Tiago viu a ruiva sair do quarto, aquilo era estranho parecia que ela queria tanto aquilo quanto ele, “acho que agora você pegou a ruiva de vez, Tiago”  pensou ele, ele tinha beijado a Lily diversas vezes mas nunca tinha sido tão especial, talvez por que não veio um tapa na cara e um “ TE ODEIO POTTER” ou mesmo “POTTER , VOCÊ É UM ARROGANTE” , ele resolveu ir logo pro banho não queria que Lily pensasse que ele era irresponsável . Depois de muito tempo para tomar banho e se trocar, ele desceu a escada e encontrou Lily, dormindo numa poltrona, ele sentou de frente para ela, e resolveu ficar observando-a dormir, poderia ser minutos ou até horas, o salão comunal já estava cheio quando Lily acordou:


- Mas o que diabos está acontecendo aqui? - disse ela tomando um susto - Potter por que você não me acordou? – gritou ela – Que horas são?


- Calma amor – disse ele sorrindo.


- EVANS, para você Potter- disse ela irritada.


-Ta bem – disse ele meio impaciente - Sabe como é... Como você aceitou sair comigo eu achei que nós poderíamos nos chamar do que quiser, não é meu Lírio?


- De preferência Evans e no maximo Lily - disse ela, que pelo jeito ainda tava irritada como maroto.


- Ok, minha ruivi...- começou Tiago no que a ruiva lhe soltou um  olhar assassino, e ele nem ousou continuar - Mas que tal irmos jantar ?


- Que? Já é hora do jantar, mas... - começou ela indignada.


- Mas nada, já são 7:30 vamos - disse ele enquanto passava as mãos pelos cabelos.


- Quer dizer que eu dormi umas três horas? - gritou ela – E o que você ficou fazendo todo esse tempo em Potter?


- Bem, eu fiquei... - explicou ele.


- Não vai dizer que tava se trocando até agora? - interrompeu a ruiva.


- Deixa eu terminar- disse ele meio emburrado - bem, eu fiquei aqui te observando, além de ter descoberto algumas coisas sobre você por exemplo que você fala dormindo, que você tava sonhando com o cara mais lindo do mundo – disse as ultimas palavras enquanto apontava pra si mesmo, com um sorriso maroto, ele sabia que a ruiva ia dar o maior escândalo por ele ter insinuado que ela sonhou com ele, mais não era mentira, ela havia murmurado seu nome diversas vezes, enquanto dormia.


- O que eu disse? - sussurrou ela desesperada, Tiago ficou pasmo em ouvir um sussurro em vez de gritos.


- Bem – disse ele – Você murmurou meu nome diversas vezes, enquanto dormia.


- Hmm, vamos jantar? – disse ela mudando bruscamente de assunto.


- Perai, Lily – disse ele curioso – Você não me contou o seu sonho ainda ...


- Não contei, e nem irei contar – disse ela sentindo o rosto ficar quente sinal que ela estava corando - Sonhos são particulares, Potter.


- A não ser que você tenha sonhado com o “Papi” aqui – Disse ele apontando novamente para o próprio corpo - não há motivos para não contar - terminou com um sorriso maroto.


serif'; color: #2a2a2a;">- Não te importa com quem ou com que eu sonhei - disse ela ainda mais corada.


- Ah, para mim importa e muito - falou Tiago - e não vou parar de te encher até você contar como foi o sonho e com quem foi esse sonho.


- Ta bom eu conto – disse ela docemente - o Sonho foi com você- “até ai não tem nenhuma mentira” pensou ela – E o que eu fiz no sonho com você.... foi simplesmente um assassinato - disse ela rindo – “ quanta mentira Lilian, por que não contou logo que você tava sonhando com o passeio á Hogsmeade com ele “disse a consciência - Por que só ia ajudar a inchar mais aquele ego já inflado”


- Nossa, ruivinha , assim você machuca esse pobre maroto, sabia? - disse ele fazendo cara de cervo abandonado.


- Vamos logo comer - disse ela revirando os olhos e levantando da poltrona.


- Ah, ta bom – falou ele, o assunto do sonho ainda não tinha sido resolvido ele ainda ia descobrir o que Lily tinha sonhado.


Ao saírem do salão comunal grifinório Tiago passou o braço pela cintura de Lily.


- Potter, faça o favor de me soltar - gritou ela irritada.


- Hmm, não - disse ele sorrindo – Agora você é minha e não adianta negar - terminou o maroto, enquanto a ruiva bufava e revirava os olhos. Chegando ao salão principal os dois sentaram, no que Tiago pegou o prato de Lily.


- O que vai querer comer minha deusa ruiva? - disse ele.


- Dá o meu prato, Potter - disse ela irritada, ele já tava saindo dos limites.


- O que vai comer meu Lírio?


- Dá o prato...


- O que vai comer?


- Eu quero o meu prato AGORA!


- Fale logo o que vai querer comer.


- Ta bom – disse ela contrariada - eu só quero um pouco de empadão.


- Ok, só isso? – disse ele.


- Só isso, você encheu o meu prato de empadão, eu não sei de você mais eu não tenho um buraco negro no lugar do estomago!


- Ah, come logo - disse ele enquanto se servia de uma coxa de frango. O resto do jantar foi tranqüilo até chegar na hora da sobremesa, Tiago pegou novamente o prato de Lilian.


-Doce de abobora, pavê, torta de morango...


- Eu não quero nada – disse a garota.


- Vai comer algo sim – disse Tiago sério.


- Ok – resmungou ela revirando os olhos – Eu quero um PEQUENO pedaço de torta.


Após ter feito o que Lily ‘pediu’ ele foi pegar seu prato mais o mesmo não estava ali.


- O que vai querer comer, Tiaguito? - disse ela no intuito de irritar o maroto.


- Obrigada, Lily mais eu sei me virar sozinho, e a propósito nunca mais me chame de Tiaguito, esse apelido é horrível – disse ele enquanto tentava tirar o prato das mãos da ruiva.


- O que vai querer? – repetiu ela.


- Doce de abobora – disse ele emburrado.


- Agora estamos quites - disse ela enquanto devolvia o prato do maroto.


Depois de eles terem jantado eles voltaram ao salão comunal.


- Potter, eu vou subir, boa noite - disse ela rapidamente.


- Boa noite, meu amor - disse ele enquanto puxava ela pela cintura e lhe tascava um beijo.


-Err, boa noite – disse ela totalmente corada subindo rapidamente as escadas.
-------------------------------------------------------------------------------------------- Bom pessoal espero que tenham gostado....
eu vou pedir novamente que comentem mesmo que for pra falar que eu sou péssima e que não tenho vocação pra nada mesmo....
e vou fazer um avisinho , eu vou começar a postar todas as quartas
então é só , eu espero que tenham gostado

CRACK

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2023
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.