FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

1. As Descobertas de Harry (PF)


Fic: SEX Hogwarts, uma história Diferente...


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Harry Potter acabara de descobrir que era um bruxo. Há pouco vira Hagrid, o guardião das chaves de Hogwarts fazer brotar um rabo em seu primo, Duda. Harry estava tentando se acostumar com a idéia de que seus pais não haviam morrido em um acidente de carro, mas sim pelas mãos de um terrível bruxo das trevas.

Ele estava no Beco Diagonal, comprando os materiais necessários para estudar em Hogwarts. Já tinha ido à vários lugares: ao Gringotes, à Farmácia, comprar seus ingredientes para as aulas de poções e à Floreios e Borrões.

- Vamos comprar logo o seu uniforme -falou Hagrid, indicando com a cabeça a loja Madame Malkin, Roupas para Todas as Ocasiões. – Escute aqui, Harry você se importa se eu der uma corrida até o Caldeirão Furado para tomar um tônico? Detesto esses vagonetes de Gringotes...

Assim, Hagrid deixou Harry sozinho para comprar suas roupas e uniforme... Ao entrar na loja, uma senhora velha e gorda o perguntou:

- Hogwarts, querido?
- Eh... – respondeu Harry meio sem jeito.
- Espere ali no fundo, por favor. Tem outro rapazinho de Hogwarts ali também.

Harry caminhou em direção ao fundo da loja e teve uma surpresa. Um menino muito bonito, de cabelos loiros, rosto pálido e pontudo estava apenas de cueca, se olhando num espelho atrás de um acortinado que estava entreaberto. Harry o observou por um momento. O garoto estava experimentando umas vestes negras com um brasão e não parecia gostar muito do uniforme. Deixou a roupa toda no chão e então tirou a última peça de roupa que ainda usava. Surpreso, Harry conteve uma exclamação. O garoto ainda não havia percebido a presença dele ali, então começou a se olhar de vários ângulos, admirando seu próprio corpo. O menino loiro tinha a pele clara e macia e ficava se olhando de frente e de costas. De repente ele começou a passar as mãos pelo corpo, e suavemente foi descendo até seu pênis. Ao pegar em seu membro já ereto, Draco começou a se masturbar vagarosamente. Harry arregalou seus olhos e sentiu um calor passar por seu corpo. Teve uma sensação estranha e quis entrar no acortinado também. Lutando contra a própria vontade, continuou apenas observando de fora.Draco gemia baixinho de prazer e agora começava a acelerar suas carícias. Com as duas mãos, fazia movimentos rápidos e fortes, soltando gemidos mais altos. Harry estava excitadíssimo e sentia que seu pênis também queria aquelas carícias. Seu membro vibrava por debaixo da calça.

A cena que estava vendo era algo novo para ele. Harry queria se masturbar ali mesmo, em público, mas isso poderia lhe trazer alguns problemas constrangedores. Discretamente, colocou sua mão direita por dentro da calça e tentou acalmar a fera que havia nele. Draco se masturbava sem se preocupar com nada. Suas mãos agiam rapidamente e já estava quase se satisfazendo. Seu rosto expressava puro prazer. A punheta estava cada vez mais forte e rápida. Draco caprichava e parecia que iria gozar a qualquer momento. Continuou a bater rapidamente e então...

Tudo aconteceu muito rápido. Draco gozara prazerosamente no espelho, soltando um gemido alto e longo. Com uma expressão de imensa satisfação, continuou a se punhetar lentamente enquanto gozava. Abrira os olhos de repente, e ao mirar o espelho viu Harry espiando por de trás da cortina. Sem saber o que fazer, constrangido e furioso, Draco puxou Harry para dentro do acortinado.

- O que você pensa que está fazendo?!! – exclamou o garoto em voz baixa, para não chamar atenção de ninguém lá fora.
- Eu... – gaguejou Harry ainda com uma das mãos por dentro das calças.

Draco percebera que Harry também estava excitado. Olhou diretamente para a mão de Harry, que segurava algo duro por debaixo das vestes.

- Uhn... então quer dizer que você também está excitado, não é?! – disse Draco com um sorriso maroto. – Certo. Então me prometa que não vai contar a ninguém o que me viu fazendo e eu não sairei espalhando por aí que você se masturbou olhando para mim!
- Certo! – disse Harry ainda excitado.

Draco começou a se vestir novamente. Parecia não se envergonhar por estar totalmente pelado na frente de um estranho. Olhando para o volume que havia na calça de harry, teve uma idéia:
- Você ainda está de pau duro, não?! Então agora é a minha vez! Quero ver você se masturbando aqui e agora!

Meio sem jeito, Harry pensou se deveria fazer aquilo ou não. Depois de pensar um pouco, decidiu retribuir. Abaixou suas calças e mostrou seu pênis. Ele estava totalmente ereto e duro, tremendo de excitação. Sua cabeça estava vermelha e deixava escorrer uma substância lubrificante. Olhando para seu próprio membro, Harry começou a bater uma punheta devagar e rítmica. Os olhos de Draco brilhavam de maldade. Harry se sentia nervoso, mas o nervosismo deu lugar ao prazer. Satisfazendo seu desejo na frente de um desconhecido, e cada vez mais rápido, Harry soltava leves gemidos, que deixava Draco cada vez mais excitado. Os dois agora tinham um pacto de prazer secreto. Harry queria que sua punheta proporcionasse tanto prazer ao colega quanto a que acabara de assistir. Quando sentiu que iria gozar, Harry fechou os olhos e lançou um jato forte de esperma no espelho. A substância escorreu por cima daquela que Draco lançara antes.

Draco observava atentamente a expressão de prazer e tesão de Harry, que gemia olhando para colega. De repente, se ouviram passos. Harry vestiu sua calça rapidamente e Draco limpou o espelho com a parte de dentro de sua camisa.

- Meninos, -disse Madame Malkin abrindo a cortina- o que vocês... estão fazendo? –perguntou olhando desconfiada para os dois. – Bom... aqui estão suas vestes. Senhor Malfoy, queira terminar de provar suas roupas no provador ao lado?

Com um olhar mal intencionado, Draco passa pelo acortinado e vai provar suas roupas ao lado.

- Ei, garoto! –diz Draco, através da cortina.- Qual é mesmo o teu nome?
- Eh... –começou harry.
- Bem, não importa. Você vai para Hogwarts, não?! –interrompeu Draco -tomara que nós fiquemos na mesma Casa. Tenho certeza que vou para Sonserina, e você?
- Não sei... –falou Harry.
- Se você for para a Sonserina, poderemos nos divertir muito...



Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.