FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

10. Chega de Ministério!


Fic: Dividindo o apê, by Rê Malfoy AVISO ON


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Hermione acordou seu ruivo no dia seguinte com o café da manhã na cama. Torradas, geléia de morango, café preto e forte. O melhor de tudo, porém, segundo ele, foi o beijo longo e carinhoso que recebera assim que abrira os olhos.


 


Fred não fora trabalhar. Enviara uma coruja para o irmão, dizendo que estava doente e que ficaria em casa para se recuperar, afinal, ‘custara’ a dormir de noite. O irmão lhe desejara melhoras e disse que, se quisesse, poderia faltar na segunda-feira também. O ruivo agradeceu e decidiu ‘repousar’ no domingo e na segunda.


 


Passearam em um parque trouxa, levaram Draco consigo. Voltaram para casa, tentaram dar banho no cachorro. Saíram mais molhados que o pequeno mascote. Aproveitaram para dar banho um no outro...


 


Pediram comida tailandesa, Fred reclamou da pimenta em demasia. Deixou de reclamar quando Hermione o beijou de surpresa, a boca cheia de pimenta...


 


Assistiram ao Manchester ganhar a Liga dos Campeões. Fred decidiu que Hermione deveria comemorar vestindo a camisa do time e nada mais...


 


Foram até a locadora mais próxima, alugaram alguns filmes. Assistiram a nenhum. Decidiram ir para a cama mais cedo, indo dormir apenas com o raiar do dia...


 


A morena dissera ao seu chefe que estava se sentindo indisposta, que acreditava estar com febre dragonina. Recebera a semana de licença para se recuperar.


 


Passaram a segunda-feira na cama, debaixo do edredom, pois o tempo mudara de repente. Assistiram “Qual é a Poção”, dormiram no meio do programa, agarradinhos...


 


Hermione passou a semana inteira na loja, cada dia com uma desculpa diferente. Almoçara com Suzie e Nina todos os dias. Fugira com Fred para o depósito todas as tardes...


 


Sofrera um choque ao descobrir que Draco estava saindo com Astoria Greengrass. Rira imensamente quando ouviu a loira dizer, quinze dias depois, que estava namorando, quando ela ouvira, naquela mesma tarde, de Draco que ele não estava namorando. “Transar não é namorar!” berrara na loja, atraindo a atenção de diversos clientes “Será que é tão difícil entender isso?!”...


 


************************************************************************************


 


Um dia antes do baile beneficente, Fred, Nina e Draco encontravam-se nos fundos da loja, fazendo o balanço do mês, quando Hermione aparecera correndo, completamente vermelha, parecendo um furacão.


 


- Aquela VACA! – gritou, seus olhos presos em Draco – Vaca, vaca, VACA!!!


 


De início, ninguém soube exatamente o que dizer. Estavam todos espantados demais por conta do rompante da morena...


 


- Respira. – Nina sugeriu, levantando-se e indo pegar um copo de água para a morena.


 


Hermione virou tudo num gole, amassando o copo descartável ao final.


 


- O que aconteceu, Hermione? – Fred perguntou, com toda a cautela possível.


 


Sabia bem o quão estourada a garota podia ser...


 


- Greengrass conseguiu o cargo. – disse, irritada – Conseguiu! Ela simplesmente CONSEGUIU!!!


 


- Não olhe para mim! – o loiro disse, as mãos erguidas no ar em sinal de rendição – Pulei desse barco há muito tempo. Dez dias, pra ser mais exato! Os dês melhores dias da minha vida! – acrescentou, não evitando um sorriso maroto nos lábios.


 


- E nunca foi tão feliz, o nosso loiro... – Nina murmurou, no que ele assentiu, ambos sorrindo e achando graça.


 


- Piranha, vagabunda! – Hermione dizia, andando de um lado para o outro – Sabem como ela conseguiu esse cargo? Sabem?!


 


Ninguém respondeu. Sabiam que a morena lhes diria de qualquer jeito...


 


- Ela transou com Baxter!!! – gritou, furiosa, as mãos fechadas, os nós dos dedos já brancos – Com BAXTER! – repetiu – Aquele velho tarado, desgraçado, PERVERTIDO! – continuou, faíscas explodindo de seus olhos – Merlin, isso é nojento! – exclamou – A Greengrass é mais nova que eu e o Baxter tem o que? Quase 80 anos!


 


- Ecaaaa!!! – Nina disse, fazendo uma careta de nojo.


 


- Como você sabe que eles transaram? – Fred perguntou, tentando conter o riso.


 


Adorava-a vê-la furiosa...


 


Hermione cruzou os braços junto ao corpo, ergueu uma sobrancelha. Bateu com um pé no chão, os lábios contraídos.


 


Foi a vez de Fred e Draco dizerem ‘Ecaaaa!!!’ juntos.


 


Hermione se sentou em um dos caixotes de mercadoria que havia ali, respirou fundo, tentando se acalmar.


 


- Obrigada. – disse, quando Nina lhe entregou outro copo com água.


 


- Como... foi? – a garota perguntou, parando ao lado da morena, curiosa.


 


Hermione soltou um longo suspiro.


 


- Baxter me chamou mais cedo para dizer que ele havia escolhido a Greengrass. – disse, não conseguindo esconder a irritação em sua voz – De início, fiquei pasma, perplexa, então, não soube exatamente o que dizer na hora. – sorveu um gole de água – Voltei pra minha sala, tentei me acalmar, pensar. Meia hora depois, voltei à sala dele. A secretária havia saído para o almoço, então... – parou, mordendo o lábio inferior com força.


 


Draco riu pelo nariz.


 


- Você foi logo entrando sem sequer bater. – murmurou, no que ela assentiu, sem jeito.


 


- Eu tinha saído da fase do espanto para a de fúria. – justificou-se, dando de ombros – E quando entrei... – seus olhos encontraram as íris cinzas do loiro – Bom, não precisa explicar muito. – disse, meneando a cabeça – Arre! – exclamou – Vou ter pesadelos essa noite, podem ter certeza!


 


- Mas o que você fez depois, amor? - Fred perguntou, decidindo ignorar o ‘Uhm...’ de Nina ao ouvir a palavra ‘amor’.


 


Na loja, ninguém sabia da amizade colorida deles. Mas Nina e Suzie já estavam desconfiadas das idas constantes da morena ao beco diagonal...


 


- O que você faria no meu lugar?! – Hermione questionou, cética.


 


- Lançaria uma azaração nos dois. – Draco sugeriu, sendo prático.


 


- Pularia no pescoço dela. Depois, no dele. – Nina disse, sorrindo.


 


- Eu pularia no dele. Depois no dela. – Fred disse, piscando um olho para Nina.


 


Hermione revirou os olhos, entediada.


 


- Bom, nunca fui boa com violência física, e também jamais tive intenção de ter minha varinha partida por azarar dois membros do Ministério da Magia. – disse, sorrindo, ironicamente – Então, fiz o que podia na hora. Gritei! – explicou, no que eles riram – Armei um escândalo daqueles. Tenho certeza que pude ser ouvida nos demais andares. O escândalo do século! – disse, sentindo estranhamente orgulhosa de si mesma.


 


- E??? – Nina quis saber.


 


- E que o babaca do Baxter me implorou, de joelhos,... – enfatizou - ... para que eu não contasse nada a ninguém. Greengrass ficou puta quando ele me ofereceu o cargo de chefe do Escritório Internacional de Direito em Magia como suborno.


 


- E você aceitou? – Draco murmurou, duvidando muito.


 


- Não. – a morena explicou, paciente – Mas disse que queria que ele despedisse a Greengrass e se demitisse do cargo depois. Só assim eu não iria para o Profeta, diretamente para Rita Skeeter, para contar como os funcionários do Ministério andam conseguindo suas promoções.


 


- Essa é minha garota! – Nina exclamou, satisfeita – Mas e aí? Ele a demitiu e se demitiu?


 


- Uhum. – Hermione assentiu, sorrindo pela primeira vez – Alexis Knight vai assumir o cargo interinamente. Ela me ofereceu a vaga como chefe do Escritório, mas eu recusei.


 


- Por que??? – Fred, Nina e Draco perguntaram, abismados.


 


- Porque eu estou farta daquele lugar! – desabafou, suspirando longamente – Não agüento mais essa vida. Pra mim, chega! Quero alguma coisa me dê prazer, que me anime. – disse, ignorando o ‘Sexo’ murmurado por Nina – Quero trabalhar com algo que eu goste, não em que apenas eu seja boa. – explicou.


 


- E o que seria isso? – Fred perguntou, mas, pelo sorriso da morena, já sabia qual era a resposta.


 


- Estive pensando... – disse, sendo cautelosa, olhando a todos nos olhos – Eu sempre fui boa com feitiços, poções, magia em geral.


 


- Modeeeesta! – Draco murmurou, recebendo uma língua da morena.


 


- Pensei em ficar em casa por um tempo. – explicou – Escrever um livro. “Descomplicando a magia”. – pensou no título – Ajudar os jovens que têm dificuldades em se adaptar a certos feitiços, contra-azarações... Explicar métodos mais práticos de preparo de poções... Coisas do tipo.


 


- Sucesso! – Nina disse, animada – Vai vender como cerveja amanteigada. Se precisar de um revisor, conheço a pessoa perfeita pra te ajudar.


 


Hermione agradeceu.


 


- Tenho minhas economias guardadas, não preciso voltar a trabalhar agora. – continuou – Posso tirar umas férias e encontrar um bom emprego depois.


 


- Nada de Ministério. – Draco disse, piscando maliciosamente para ela.


 


- Nada de Ministério. – ela assentiu, sorrindo.


 


- Estamos certos então. – Fred disse, por fim – Qualquer coisa, você pode vir trabalhar aqui. – sugeriu, Hermione compreendendo as segundas intenções na voz do ruivo – Suzie está para entrar de férias daqui a uns meses e depois, ela comentou que vai tentar entrar pra Academia de Aurores do Ministério. Dando tudo certo, você pode ficar com a vaga dela.


 


Hermione sorriu, agradecida.


 


- Ok, então, acho que você poderia ir, Fred. – Nina sugeriu, piscando discretamente para a grifinória – Hermione ainda está um tanto tensa, você poderia levar ela pra sair, fazer alguma coisa. – sorriu – Draco e eu damos conta do recado aqui.


 


- Claro, vão se divertir. – o loiro murmurou, sentindo uma pontada de ciúmes, mas sorrindo – Nos vemos amanhã.


 


Fred saiu com Hermione da loja. Não iriam sair. Iriam direto para casa. Para o quarto dele. Para o quarto dela...


 


************************************************************************************

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 1

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Her Granger Malfoy em 29/12/2011

Tô com uma dó do Dracoooo. Meu coração tá miudinho :(
Mas sempre achei Astoria uma vagaba mesmo, kkkk Bem feito! Demitida!
:*

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.