FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo



______________________________
Visualizando o capítulo:

3. Ciúmes...


Fic: Dividindo o apê, by Rê Malfoy AVISO ON


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

O Duende Verde era o bar favorito dos jovens. Com uma decoração tipicamente irlandesa, uma comida excelente e uma enorme variedade de bebidas, o pub atraía todos os tipos de pessoas, tanto pelo seu preço modesto (apenas 13 sicles a entrada) como pelo bom gosto musical.
 
Draco dançava com Suzie, já tendo dançado anteriormente com Nina. Nina balançava de um lado para o outro com o namorado, Peter Cohen, o qual se encontrara com eles no pub. Draco e Suzie não sabiam se dançavam ou se riam da falta de coordenação do rapaz para dançar na pista pequena e apinhada de gente.
 
No balcão de vidro do bar, Fred e Hermione conversavam há tempos...
 
- Por que não chamou seu namorado? – o loiro perguntou, balançando a cabeça no ritmo da música.
 
- Quê??? – Suzie berrou, rindo, sem ouvir.
 
- Seu namorado! – Draco berrou, rindo também, sua boca próxima ao ouvido da jovem.
 
- Não tenho! – Suzie explicou, prendendo os cabelos negros e rosas num rabo de cavalo, alguns fios colados ao pescoço devido ao suor – E a sua???
 
- Não tenho! – o loiro comentou, mexendo o corpo de um lado para o outro.
 
Suzie assentiu com a cabeça.
 
- Gay? – perguntou, rindo ao ver a cara de espanto dele.
 
- Não! – Draco disse, recuperando-se do susto – Lésbica? – perguntou, rindo.
 
Espantou-se ao obter um sorriso maroto como resposta positiva.
 
- Incomoda você? – perguntou, vacilante, e foi a vez de Draco rir.
 
- Nada contra. – explicou, dando de ombros, dizendo a verdade – Namorada, então? – perguntou, no que Suzana sorriu, aliviada.
 
- Alicia Parker. – disse, requebrando, balançando um braço no ar – Viajando com a família. Casamento de uma prima em Paris!
 
Draco assentiu, sorrindo. Olhou para o bar, não conseguiu se conter.
 
- Hey, Suzie. – disse, curioso – O que rola entre a Granger e o Weasley?
 
- Qual deles? - a garota perguntou e o loiro indicou o bar com a cabeça.
 
Suzie deu de ombros e riu.
 
- Nada. – disse, revirando os olhos – Por quê? Interessado??? – quis saber, animando-se. Adorava formar casais.
 
- Achei que namorassem ou algo assim. – o loiro disse, não tirando os olhos do casal – Eles não moram juntos?
 
- E? – a garota questionou, dando de ombros – Uma coisa não tem nada a ver com a outra. Fred foi morar com a Mione pra poder dar mais liberdade pro Jorge e a namorada. Eles simplesmente dividem um apartamento. É muito comum hoje em dia!
 
- Não sei, não... – murmurou, pensativo – Parece que tem algo a mais...
 
Suzie revirou os olhos e deixou passar. Não por muito tempo, porém...
 
- Já sei. – disse, pegando a mão dele e arrastando-o para fora da pista – Vamos descobrir!
 
- Hey, Suzie, acho melh... – mas calou-se ao parar de frente para Fred e Hermione.
 
- Você fica com ela, você vem comigo! – a garota disse, apontando para Draco e Fred respectivamente.
 
- Mas...
 
- Nada de mais, Fred! – Suzana disse, puxando-o pela mão – Já monopolizei o Draco por muito tempo. Quero você agora! – enfatizou, rindo, arrastando o ruivo dali.
 
Draco ficou estático e Hermione riu.
 
- Senta. – a morena disse, indicando o lugar vago de Fred – Não mordo!
 
O loiro sentou-se e pediu uma bebida ao barman enquanto a morena via Suzie e Fred na pista de dança: a garota, animada; Fred, um tanto tenso...
 
- Então? – o sonserino decidiu ir direto ao assunto – Trocou um Weasley pelo outro?
 
Hermione deu-lhe a língua e ele riu, achando graça.
 
- Idiota! – disse, brincando - Rony e eu somos apenas bons amigos. – ela disse, bebericando sua cerveja amanteigada – Sempre fomos, sempre seremos.
 
- Vai me dizer que vocês nunca ficaram? – Draco questionou, descrente – Pra cima de mim, não, né, Granger...
 
- Ficamos. – ela assentiu, pegando-o de surpresa com sua sinceridade, fazendo-o se engasgar com o copo de whisky de fogo – Mas nunca fomos além disso. Ficamos e iremos continuar apenas bons amigos. – disse, dando de ombros – Ou vai me dizer que por conta de um beijo eu devo partir logo pro namoro? Se fosse assim... teria mais namorados que a Gina! – brincou, rindo.
 
- E esse Weasley? – indicou o novo chefe com a cabeça, sua curiosidade aguçada pela sinceridade dela – Já ficou, mas permaneceram apenas na amizade? – caçoou, no que ela respondeu com um “Vai ver se eu tô na esquina!”.
 
Draco continuou com as alfinetadas e Hermione, rebatendo-as. Num determinado instante da conversa, porém, ela começou a implicar com ele e seu relacionamento fajuto com Pansy Parkinson, no que ele começou a se defender. Quando viram, estavam rindo juntos, divertindo-se como nunca pensaram ser possível.
 
- Jack, mais uma! – Hermione pediu ao já conhecido barman, no que Draco a corrigiu, pedindo duas.
 
Bebiam, riam, achavam graça de tudo. Fred e Suzie chegaram para lhes fazer companhia e a conversa prolongou-se.
 
Por volta das 22:00, Nina anunciou que ia embora e Suzie fez coro, afinal, tinham que “abrir a loja no dia seguinte”, disseram, em uníssono, implicando com Fred.
 
O ruivo pensou em ir embora também, mas Hermione não indicou nenhum sinal de que queria deixar Draco e voltar para casa. Pelo contrário: a grifinória parecia estar gostando da companhia do sonserino.
 
- Vou ao banheiro. – anunciou, dez minutos depois, já irritado. Não queria, porém demonstrar que estava com ciúmes. Primeiro, porque Hermione sequer sabia dos sentimentos que vinham crescendo em seu peito nos últimos meses. Segundo, porque não queria arranjar motivo para discutir com Draco, ainda mais agora que o contratara como funcionário de sua loja.
 
Voltou do banheiro, seu queixo caiu. Draco estava acariciando a face da morena.
 
Correu para perto dos dois, sério, seu coração a mil.
 
- Preciso acordar cedo amanhã. – anunciou, tentando disfarçar a raiva na voz – Vamos? – e estendeu uma mão para Hermione.
 
A garota assentiu e a segurou, levantando-se.
 
- Pode ficar! – Fred disse ao ver que Draco se levantava também – Você não precisa ir pra loja amanhã, lembra?
 
- Sozinho não tem graça. – o rapaz disse, rindo, piscando um olho para a morena.
 
Hermione riu de uma piada interna entre eles. Fred a puxou para si e a arrastou até o caixa.
 
- Quê foi??? – ela quis saber, ao ver que ele bufava.
 
- Nada. – mentiu, entregando sua comanda e a de Hermione, pagando-as – Só estou cansado.
 
- Quanto deu a minha? – ela quis saber, abrindo a carteira.
 
- Esquece! – ele disse, puxando-a para fora do bar.
 
- Espera, falta o Draco! – a morena o puxou de volta, no que Fred a encarou, perplexo.
 
- ‘Draco’?! – repetiu, aproximando sua face da dela, seus olhos brilhando de raiva – Desde quando ele passou de Malfoy para Draco?!
 
Hermione revirou os olhos e ignorou o comentário, até mesmo porque o sonserino acabara de pagar sua conta e se aproximara deles.
 
Fred bufou mais um pouco e saiu do bar. O loiro não entendeu a mudança de comportamento do ruivo...
 
- Bom... Nos vemos segunda! – disse, cauteloso, despedindo-se de Fred.
 
- Não se atrase! – o ruivo disse, no que Hermione murmurou seu nome, indignada com a grosseria dele.
 
- Granger. – Draco disse, sem jeito, voltando-se para a morena.
 
- Até qualquer dia, Draco. – assentiu, sem jeito, aparatando em seguida em seu apartamento.
 
************************************************************************************
 
Hermione esperou o ruivo sair do banho, os braços cruzados junto ao peito, a cara fechada.
 
- O que diabos foi aquilo?! – disparou, assim que ele saiu do banheiro, usando apenas a calça do pijama.
 
- Nem vem. – disse, irritado, abrindo a geladeira e pegando uma garrafa de água – Você é quem tem que dar explicações aqui. Por que diabos ficou de conversinha mole com o Malfoy a noite toda?! Virou melhor amiga dele agora, é?!
 
- Do que diabos você ta falando, Fred?! – a morena disparou, sentando-se de frente para ele: ele no sofá, ela na mesinha de centro.
 
- Nem vem, Hermione, você sabe exatamente do que estou falando! – retorquiu, furioso.
 
- Não sei, não. – disse, irritada também – Quer, por favor, me esclarecer o que diabos está acontecendo aqui?!
 
- É simples! – ele disse, jogando a garrafa de lado – Você. Malfoy. Conversinhas a noite toda. Fofoquinhas. Carinho no rosto...
 
- ‘Carinho no rosto’?! – Hermione repetiu, confusa – Bebeu demais, foi?! Draco não fez carinho no meu rosto em momento algum!
 
- Fez que eu vi! – ele a corrigiu, sério – Quando estava voltando do banheiro. Vi perfeitamente.
 
- O que você deve ter visto, sua besta, foi ele tirando um cílio que havia caído. – explicou, no que Fred se levantou e riu, debochadamente.
 
- Então foi isso. – disse, sarcasmo impregnado em sua voz – O velho truque do cílio que cai... ACORDA, Hermione! – exclamou, sério – Esse truque é mais velho que Dumbledore!
 
Hermione bufou, as mãos sobre a cabeça, andando pelo apartamento.
 
- Não entendo o motivo pra tanta raiva. – disse, emburrada – Não aconteceu nada de mais entre nós. Começamos a conversar depois que você e Suzie foram pra pista de dança. Se não me quisesse perto dele, NÃO FOSSE! – berrou, devolvendo no mesmo tom.
 
- Você é uma idiota, sabia?! – vociferou, irritando-a mais ainda – Basta o cara ser legal um pouquinho e você se derrete toda!
 
- Você é um babaca mesmo! – devolveu, indo para o quarto – Não há nada entre eu e o Malfoy! Mas, quer saber, quem sabe aja! – disse, segurando a porta, pegando-o desprevenido – Quem sabe, assim, você não abre os seus olhos!
 
Bateu a porta com força, amaldiçoou-se baixinho. Acabara de declarar que gostava dele, de algum modo. Que esperava que algo a mais pudesse haver entre os dois...
 
Fred respirava com dificuldade, seu peito subindo e descendo rapidamente. Foi para o seu quarto, bateu a porta com mais força ainda. Se Hermione queria guerra, ela teria...
 
************************************************************************************

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 1

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Her Granger Malfoy em 28/12/2011

AAAAAAAAAHHHHH!!!!
Como? Qd? O Q?
Estou amando essa fic...
Fantástica!!!
Tenho que ler mais :P

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.