FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

3. Só por você.


Fic: Sinceramente ...Te Amo


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

 Tiago acordou no meio da noite assustado ele havia sonhado com uma coisa horrível.


“Um menino de aproximadamente 1 ano brincava com pequena bolhas coloridas enquanto ria de algo a sua frente. Ele era lindo e tinha os olhos verdes que Tiago conhecia tão bem.  Um baque lhe avisou que algo estava errado e antes que pudesse reprimir, o homem ao seu lado gritou – É ele , suba com Harry, Lily, irei atrasá-lo – Tiago se surpreendeu ao ouvir o homem chamando o nome dela e correu para a porta sem saber o que lhe esperava, o que estava acontecendo? E com um clarão verde desaba no chão. Então ele viu, era ele, o bruxo que mais temia – e ele, Tiago Potter jazia morto no chão do hall de entrada. O homem encapuzado passa ao seu lado sem ao menos o ver e vai em direção as escadas. Tiago o seguiu e ao entrar no quarto uma mulher de cabelos acaju e olhos muito verdes se joga a frente do clarão verde que invadiu o quarto segundos depois – Lily!”


- Acho que ele já acordou, porque parou de gritar o nome da Evans. - disse Sirius


-Tiago, você está nos ouvindo... Se tiver poderia responder, por favor?- disse Remo calmamente


Tiago os ignorou e fingiu estar dormindo novamente. Os marotos tentaram abrir o cortinado e falar com ele, mas ele ainda não respondia, e foi assim até eles ficarem muito atrasados para a aula.


-Tiago, nós estamos indo para a aula, na hora do almoço você terá que estar lá se não eu te mato seu cervo de uma figa - Disse Sirius irritado, odiava ficar curioso, e por isso até ganhou o apelido de Vizinha fofoqueira entre os marotos.


O maroto colocou a cara no travesseiro, ele não agüentava mais teria que esquecer Lilian Evans, mas será que ele conseguiria? E o que aquele sonho significaria? E por que Voldemort queria matar ele e Lily? E quem era aquele lindo bebe, seria ele filho de Lily com algum outro homem?


Lily não encontrou Tiago em lugar algum na noite anterior nem mesmo no dia seguinte, pois o maroto não compareceu em nenhuma das aulas. ”Será que aconteceu alguma coisa ?” ela estava preocupada “ e desde quando você se importa com o Potter ?”respondia a si mesma.


Na hora do almoço ela procurou na mesa os marotos porem só achou  remo e Sirius que pela cara estavam bem mal humorados.


-Olá garotos- disse ela inocentemente


-Olá Lily- responderam Sirius e Remo, enquanto Pedro mastigava seu terceiro pedaço de empadão.


-Olha se você quer saber de Tiago, Evans, suba naquele bendito dormitório e o puxe pela orelha – Disse Sirius secamente.


pelo jeito não contara nada ao Sirius e como eles mesmo dizem, Sirius é uma vizinha fofoqueira e não agüenta ficar fora dos babados”


-Lilian, o que aconteceu ontem? – disse Remo curioso - Sabe você estava do lado de Vam o que houve?


- Éee , bem vamos dizer que Vam e eu estávamos namorando e o Potter o atacou bem na hora  que percebeu o que estava acontecendo.


- E cadê seu namorado?- perguntou Sirius desconfiado


-Pois bem, eu terminei com ele ontem após o incidente- disse Lily corando


- Se eu não te conhecesse bem, eu falaria que você só fez isso para irritar Tiago, Lilian- disse ele ainda mais desconfiado


- SIRIUS BLACK, como você pode falar isso de mim, você acha que eu sou o que ?


-Ah tudo bem Lily - disse Remo-Sirius estava só brincando, Não é Sr. BLACK? –Disse Remo irritado com o Maroto


- Claro que sim – disse Sirius com um tom irônico.


- E ah Lily precisamos da sua ajuda – disse Remo


- Claro pode falar - disse Lilian


- Queremos que tire Pontas daquele quarto, faz mais de 24 horas que não come nem sai da cama – disse Remo que pelo seu tom estava muito preocupado.


- Certo, mas não me peça para fazer milagres, mas antes tenho que dar uma palavrinha com Charlotte Williams, me esperem aqui. – disse ela


- Lily, o que você vai fazer? - disse Sirius assustado


- Só acertar contas com uma pessoa- disse ela enquanto caminhava em direção a outra ponta da mesa.


Charlotte estava conversando com Bianca Johnson, uma sextanista da Lufa-Lufa.


- Williams, posso te chamar de Charlotte né? – disse ela um pouco insegura.


Pode sim, Evans – disse ela num tom entediado.


- Pode me chamar de Lily se quiser – respondeu.


- OK, então, o que você gostaria? – perguntou secamente.


- Ah – disse ela – sabe o Derek Vam?


- Sei sim, por quê? – disse a garota reprimindo um sorriso.


- Eu acho que você combina com ele – disse Lilian.


- Sério? – perguntou Charlotte sem conseguir esconder sua animação.


- Claro, vai lá falar com ele, acho que ele gostaria que você fizesse isso – disse enquanto já se levantava.


- OK, eu vou até a mesa da Corvinal... – disse super feliz – ah e... Obrigada Evans.


Já no corredor encontrou os dois marotos discutindo a melhor maneira de arrancar Tiago da cama.


- Então vamos? – disse Lily


- Vamos - concordaram os marotos.


No salão comunal eles colocaram seu plano em ação, foram correndo até o dormitório – Tiago... Tiaguito... Pontas... Ei seu Veado temos uma visita pra você – disse Sirius sabendo que ele ficaria bravo pelos apelidos.


Tiago os ignorou, ele não ia abrir para ninguém.


- Hmm, Lily nó já tentamos tudo o que é feitiço, o cortinado não abre – disse Remo.


 Tiago ao ouvir o nome dela abre os olhos rapidamente antes da ruiva abrir o cortinado e um murmúrio abafado preencher seus ouvidos ‘’ incrivel’’.


Quando olhou para cama, Lily o encontrou muito pálido e com o aspecto de abandono. Ele a fintou achando aquilo tudo muito estranho – Impossível – E então saiu pelo outro lado da cama, entrando no banheiro.


- Potter, dá pra parar de ser tão cabeça dura e vir aqui falar comigo? – gritou ela antes dele bater a porta.


- Olha Evans, por que não vai ficar se agarrando com o seu namorado em algum canto e me deixa em paz? – retrucou ele com uma voz amargurada.


- É-é-é q-q-que e-e-eu –“ah por que eu tenho que gaguejar nessas horas?” – Bem , Potter, eu não sei o que estou fazendo aqui, acho que é melhor eu ir – terminou ela, virou para ir embora quando sentiu alguém lhe abraçar por trás , virou-se novamente e encontrou um Tiago extremamente branco e por incrível que pareça , chorando – ‘’ Não acredito, Tiago Potter chorando’’


- Lily...- disse ele encostando a cabeça no ombro dela.


- Venha aqui, Potter, vamos conversar – disse ela segurando sua mão e o guiando até a cama mais próxima. O maroto desabou ao seu lado e recostou a cabeça em seu colo.


Lily lançou um olhar severo e suplicante informando aos marotos para que fossem embora quando Tiago começou a falar.


- Lily... – disse ele fracamente – me desculpa...


- Te desculpar do que? – disse  garota curiosa.


- Eu bati no seu namorado- explicou ele – é que, bem, eu perdi o controle, não agüentei ver você com aquele imbecil que não te ama – terminou ele agitado.


- Tiago, relaxa, eu terminei com ele – disse passando a mão sobre os cabelos arrepiados dele.


- S-sério? – perguntou ele enquanto se sentava e a fintava desesperadamente, já não estava chorando, mas as antigas lagrimas escorriam pelo seu lindo rosto.


- Sério, mas eu não entendo por que se importa tanto? E seja sincero - disse ela completando.


- OK, sinceramente é que... – disse ele ainda confuso.


- É que? – continuou Lily.


- Bem, sinceramente? – disse ele, sabia que não adiantava enrolar, mas mesmo assim o fazia.


- Fale logo, Potter – ela disse já irritada.


- To bom – disse corando – Sinceramente... Eu Te Amo – Olha, não precisa falar nada. Eu sei que você não me ama e e-eu vou parar de te aborrecer.


- Cala a boca – disse ela bem baixinho.


- Que? – disse ele muito mais alto.


- Cala a boca – ela repetiu se levantando da cama.


- Lily... mas por que você...?-falou ele ainda muito alto


Tiago foi interrompido pelo barulho de Sirius caindo no chão.


-BLAAACK! O QUE VOCÊ ESTAVA FAZENDO ATRÁS DA PORTA? EU NÃO MANDEI VOCÊ SAIR??  VÁ EMBORA JÁ, E NÃO OUSE VOLTAR, POR QUE SE VOLTAR SERÁ A ULTIMA COISA QUE VOCÊ FARA NA SUA VIDA! – disse uma Lily vermelha de raiva.


-Lily você realmente mataria este pobre cachorrinho que foi abandonado pelos amigos à sua porta - literalmente, pois Remo e Pedro estavam ali segundos antes da porta ser aberta - disse Sirius com cara de cachorro sem dono.


-Sim – disse Lily sem se abalar


- Nossa , que coração gélido o seu não?- disse ele enquanto saia do quarto ainda sem equilíbrio do quarto e Lily se virou para Tiago


-Olhe,Tiago, lhe darei uma chance, vou com você a Hogsmeade, mas agora você irá tomar banho e descer, estarei te esperando lá em baixo para comermos alguma coisa, acho que posso perder as aulas da tarde, e suponho que você saiba o caminho para a cozinha .-disse Lily se virando para sair. Ela se sentia tão estranha, se alguém dissesse a ela que um dia ela mataria aula , para ficar com Tiago Potter e ainda aceitar um pedido dele para ir á Hogsmeade ela diria que a pessoa está completamente insana e pediria que a levassem para o St. Mungus.


-Lily espere – disse Tiago a segurando ela para não sair do lugar.


-O que foi Potter?- disse ela preocupada.


-Obrigada-disse ele a abraçando pela cintura. Lily estava um pouco assustada com proximidade de seus rostos porem não fazia nada para afastar, pior ela aproximava cada vez mais do rosto dele,Lily sentia aquele aroma cítrico que vinha do maroto , enquanto Tiago estava quase enlouquecendo com o cheiro de lírios que emanava do cabelo ruivo de Lilian.
----------------------------------------------------------------------------------Bom é isso pessoal ... espero que tenham gostado ... e antes de ir embora vou fazer um apelo .... Comentem Por favor ... só assim vou saber se vocês estam gostando da Fic .....
ok... vou deixar uma brechinhaa o quarto cap ta quase terminado ....
então é só isso
CRACK

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2023
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.