FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

12. Não Era Pra Ter Sido Assim - F


Fic: Projeto Cartas - Envie sua carta


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________




Autora:
Ioshy (Karina de Sá)


Título: Não Era Pra Ter Sido Assim


Shipper: Tonks/Fleur


Resumo: Numa carta os sentimentos de uma Auror que deixou esse Mundo, mas que continuava olhando para ele, e para seu amor.
 




Não era pra ter sido assim,
por Ninfadora Tonks


 


 


O envelope ainda se encontrava fechado em cima da mesa. Fleur sabia que era comum os aurores deixarem cartas que deveriam ser entregue caso eles morressem em ‘serviço’. O que a loira não esperava era que Ninfadora Tonks deixaria uma carta ‘endereçada’ a ela.  Se munindo de toda a coragem que podia reunir,Fleur abriu o envelope e começou a ler o conteúdo da carta:




Fleur,


 Se está carta chegou a você, quer dizer que infelizmente não consegui cumprir minha promessa de nunca te deixar e bom, peço desculpas por isso.


 Minha linda, isso quer dizer que alguma coisa deu errado e eu já não estou por perto. Mas peço que não chores por mim,  pois prefiro te ver sorrindo. Peço também que se lembre de mim de vez em quando , nem que seja bem de vez em quando. M as quero que seja uma lembrança feliz, quem sabe a lembrança do nosso primeiro beijo (Graças ao tapa que você me deu os seus dedos ficaram marcados no meu rosto por muito tempo, lembra disso?) .


   Eu nunca fui boa em expressar sentimentos e as vezes acho que é por isso que você não acreditava, quando eu dizia que te amava. ‘Mas o que é o amor para você?’ Você sempre me perguntava e eu sempre me calava e sorria para escapar da resposta. Esse foi só mais um dos meus erros.


 Amor pra mim, é aquele sentimento que te consome por inteiro, que te deixa sem fome, sem sono. Amor é a vontade insaciável de ter a pessoa por perto. É o toque que queima, é o beijo que se eterniza. Amor é a saudade que corrói, é o coração querendo sair de dentro do peito. Amor é o frio na barriga, o frio na espinha. Amor são as noites viradas, os dias mais bonitos, as flores com mais cor. Amor é frio, é quente. Amor não se explica, amor se sente. Amor é o que eu sinto por você.


  Por que eu realmente te amo Fleur. Eu sei que neguei isso várias vezes,e sei também que te feria cada vez que eu dizia que com você era só desejo. Mas será que dá para você entender o quanto era difícil pra mim? Te ver todos os dias e não poder te tocar me matava por dentro. Cada vez que te via minha vontade era de te abraçar, te beijar e não te soltar nunca mais. Só que as coisas não eram tão fáceis assim, mesmo que você estivesse disposta a lutar pelo nosso amor, eu não conseguia ignorar o mundo lá fora. Confesso, eu tinha medo.


 Medo de fazer alguma besteira, de te decepcionar, de me decepcionar, eu tinha medo de me entregar pra você. Eu sei que esse ‘medo’ não justifica todas as vezes que eu te machuquei, mas eu juro pra você minha linda, eu não sabia exatamente o que estava fazendo. Você me deixava sem reação, simples assim.


 Enfim, quero que não se preocupe comigo. Estou em algum lugar acima das nuvens, te olhando, cuidando de você. Sei que agora deve estar doendo, sei que você deve estar me odiando, mas peço que espere, pois eu tenho certeza, esse sentimento ruim vai passar. Eu sei que dói (e muito), mas vai passar.


Estou aqui em cima te esperando minha linda. Esperando para poder te ter nos braços novamente, esperando para ouvir sua voz dizendo o meu nome, esperando para ouvir seu coração batendo por mim. Isso não está sendo um Adeus minha linda, é apenas um até breve.


 


  Apenas continue olhando para o céu, e tenha certeza de que estarei olhando de volta.


 


Da sempre sua, Tonks.






Fleur deixou as lágrimas escorrerem pelo rosto, deixou que lavassem sua alma. Mas não pode deixar de sorrir, afinal Tonks estava certa, não era um Adeus, era apenas um até logo...


 E pensando nisso, secou as lágrimas, guardou a carta no bolso das vestes e saiu pela rua. Não para chorar pela certeza da morte e sim, para comemorar a existência do amor.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2021
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.