FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo



______________________________
Visualizando o capítulo:

1. Voltando para o pomar


Fic: Voltando para o pomar - por Willowwand


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Voltando para o pomar 
O dia estava sufocante e quente. O pôr do sol fazia com que as folhas no pomar brilhassem. A tarde estava clara, exatamente como há um ano, quando haviam passado uma tarde inesquecível, neste mesmo local.
Ron estava suado e letárgico, mas ele não poderia culpar exclusivamente o calor por isso. Virou a cabeça preguiçosamente para encarar Hermione, que estava enrolada ao seu lado, vestindo sua camiseta surrada do Chudley Cannons. Ele podia ver o contorno de seus mamilos na camiseta desbotada, e sentiu sua excitação se agitar dentro dele. A camiseta descia até as coxas, expondo apenas uma sugestão da calcinha branca de algodão.
“Deus, eu senti sua falta”, Ron sussurrou contra seus cabelos enquanto a abraçava com força. Fazia duas longas semanas desde que a tinha visto desembarcar do Expresso de Hogwarts. Ele ficou desapontado ao descobrir que, ao contrário dos seus planos, só porque ela foi para casa depois da escola, não significava que eles passariam mais tempo juntos.
Seus pais a surpreenderam com um feriado prolongado na Itália para comemorar o fim da escola. Inesperadamente Ron e Hermione foram separados mais uma vez.
“Eu senti sua falta também, Ron”, disse ela.

O ruivo estava preocupado com o reencontro. Ele esperava que as coisas não fossem difíceis, e felizmente, tudo ocorreu muito bem. Melhor do que ele esperava, na verdade. Com a ajuda de sua mãe, ele tinha um bom almoço embalado. O plano era esticar seu cobertor dos Cannons perto da lagoa, dentro da vista da casa, mas Hermione manifestou o desejo de retornar ao local privado no pomar, onde eles haviam passado várias horas gloriosas no verão anterior.
Felizmente para Ron, o local não era a única parte daquele dia que Hermione quis rever. Ele a puxou para o cobertor, os cabelos espalhados e bagunçados sobre os retalhos cor de laranja. Fizeram amor lentamente, tendo tempo para familiarizarem-se com o corpo um do outro. Depois disso, ela vestiu a camiseta favorita dele do Chudley Cannons e a calcinha, sempre preocupada com os feitiços de privacidade que colocava rapidamente. 
Ele próprio puxou seu jeans, sem nem sequer se preocupar em abotoar. Ele sentia-se imensamente contente, tendo Hermione deitada em seus braços. Era uma sensação maravilhosa.

“Então você vai me mostrar todos os novos feitiços que você aprendeu?” Ron brincou.
Hermione riu. “Eu pensei que você não gostasse de falar sobre trabalho escolar”.
“Mas eu gosto quando você me ensina coisas novas”, disse ele com um sorriso malicioso. “Vamos, Hermione.”
“Você precisa de uma revisão?” Perguntou ela. “Talvez um pouco de gira e sacode?”
“Acho que eu tenho um que se aplica”, disse Ron. Ele tateou sua varinha com a mão esquerda, o braço livre em volta de Hermione. Girou e trouxe sua varinha para cima. Um turbilhão de flores silvestres subiu da grama e rodou sobre suas cabeças. Ron sorriu orgulhosamente. Ela riu e se virou para olhar para ele, as flores caíram sobre eles. “Hmm, eu acho que perdi minha concentração.”
“Agora?” Hermione perguntou. Se apoiou no cotovelo e se inclinou para ele, o cabelo fazendo cócegas no rosto dele, e o beijou.

Ron deslizou as mãos, descendo-as até a bunda. Ela montou em seus quadris e o beijou entusiasticamente. 
Ele serpenteava as mãos, invadindo a camiseta dela e acariciando suas costas. Com um movimento rápido, Hermione puxou a camiseta sobre a própria cabeça e a jogou descuidadamente para o lado. Ela estava tão sexy vestindo sua camiseta, mas agora parecia ainda melhor sem a peça.
Sua pele estava linda e bronzeada, com as marcas do maiô que usou em suas férias italianas. Nos últimos anos, poderia ter passado na sua mente imagens da pele dela brilhando com suor, estendida no sol. Mas a realidade de ser montado por ela, os seios cheios completamente nus e os olhos famintos era muito mais atraente. Ele mal conseguia pensar.
Ron levou as mãos aos seios dela, massageando os mamilos endurecidos com seus polegares. Ele assistia com prazer, ela fechar os olhos e gemer baixinho. Como suas carícias continuaram, Hermione firmou sua pélvis contra ele. Ron sentiu a ereção forçar seu jeans enquanto Hermione esfregava a calcinha úmida contra ele.

“Porra, Hermione,” ele murmurou.
“Ron”, ela gemeu. “Eu quero”

Foda-se. Ele queria, ela também. Ele cercou-a com seus braços, apertando uma mão na parte inferior das costas e sentindo os seios roçando em seu peito. Desceu a outra mão, grato por não ter abotoado o jeans, e libertou o membro dolorido. Ele bombeou brevemente, querendo desesperadamente aliviar a tensão. Precisava tirar a calcinha dela, mas estava relutante em fazer qualquer coisa que pudesse levá-la a mudar de posição. Ron achou que Hermione parecia muito selvagem e sexy, enquanto o cavalgava. Ele mergulhou seus dedos entre as pernas dela, encontrando a calcinha quente e escorregadia como ele queria. Com uma súbita inspiração, Ron afastou o tecido fino que cobria a umidade.

Hermione pareceu entender, porque posicionou seu corpo mais para baixo,agarrou o pênis com firmeza, e guiou para dentro.

“Oh,” Hermione quase gritou quando o afundou dentro de si. A sensação foi incrível. Ele nunca tinha estado tão profundamente dentro dela.
“Caralho”, ele disse. “É muito bom.”

Hermione recuou e chocou-se contra seu membro novamente. Ele agarrou sua bunda enquanto ela se balançava contra ele. Seus seios saltaram sensualmente e Ron se esticou para capturar um mamilo perfeito em sua boca. Ela jogou a cabeça para trás e um gutural gemido escapou dos lábios.

Foi incrível a forma como eles se moveram juntos em um ritmo certo e envolvente, mesmo depois de meses de intervalo. Não havia nada do sexo paciente e gentil do início da tarde. Este era urgente, frenético, como se não tivessem certeza de quando seria o próximo encontro íntimo. Lembrou-se dos poucos momentos roubados durante a semana com Hermione em Hogsmeade. A antecipação, a acumulação e a doce liberação.
A testa de Hermione estava enrugada em concentração, ela balançava seus quadris ao mesmo tempo em que Ron puxava-a cada vez mais profundamente. Ele a impulsionava para cima, sentindo a pressão cada vez mais intensa.
Finalmente, Hermione soltou um gemido baixo, e ele sentiu um pulsar em torno de seu membro. O poder do orgasmo dela empurrou-o para o clímax, e com um grito, ele derramou-se profundamente dentro dela.
Depois de Hermione se afastar, grudenta de suor, descansou a bochecha contra o peito de Ron. Ele segurou-a firmemente, colocando um beijo leve na testa úmida.
 
“Uau”, disse ela sem fôlego, e ele sentiu o sorriso dela contra seu peito.
“Bem, isso valeu nota máxima”, disse Ron. “Espero que eles não ensinem isso na escola.”
“Não muito, mas eu consegui algumas sessões com um professor particular, em Hogsmeade.”
“Cara talentoso?”, Perguntou ele.
“O melhor”, disse ela.
 
Ron sorriu, apertando os lábios contra a testa dela de novo. “Eu já disse o quanto senti sua falta?”
“Várias vezes.”
“Nunca me deixe outra vez, ok?”
Hermione levantou-se sobre um cotovelo para olhá-lo. A expressão dela estava um pouco surpresa. “Eu não vou.”
“Isso é bom”, disse ele, sentindo-se satisfeito.

Quando Hermione se inclinou e beijou-o, Ron fechou os olhos e concentrou-se na brisa morna, o farfalhar das folhas leve na parte de cima das árvores, e os lábios macios e sedosos movendo-se contra os seus.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 1

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por RomioneATTOS em 01/01/2017

vc é incríve!!!
ameeeei s2

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.