FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

11. Irmão


Fic: Projeto Cartas - Envie sua carta


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________




Autora:
Cecilia Potter.


Título: Irmão.


Shipper: Nenhum.


Resumo: Quem sabe eu não possa brilhar de novo, Sirius? Assim como você brilhou durante toda a sua vida.
 


Irmão, por Régulo Black
 


“Talvez eu fosse o preferido dos nossos pais, talvez vovó e vovô me dessem presentes melhores. Eu era o filho que eles sempre sonharam – eu tinha mania de sangue-puro, eu desprezava os grifinórios assim como qualquer outro que não fosse da minha amada Sonserina. Eu entrei para o grupo dos Comensais da Morte, ato que você negou fervorosamente em fazer.


Mas você, Sirius, sempre foi a estrela mais brilhante. Sempre se destacou, enquanto eu era apenas seu irmão mais novo. Você tinha uma coragem que eu invejava; você seguia seus ideais sem que os familiares conseguissem mudar sua cabeça. Eu era fraco, na realidade, eu continuo fraco. E agora tenho certeza que morrerei. Morrerei por ter escolhido um caminho a qual recuei. Mas é tarde demais, e nós dois sabemos disso. Ele irá me procurar e quando me achar eu espero que pelo menos tenha conseguido me livrar de uma parte dele. Talvez assim outros tantos adolescentes não cometam o mesmo erro que eu.


Eu gostaria de ter sorrido mais como você fazia em Hogwarts, de ter conseguido amigos tão fiéis, de ter achado mais graça na vida quando parecia só haver tristeza no mundo. Eu fui me apagando, até sobrar somente poucas centelhas para continuar a brilhar a minha estrada. Você, Sirius, aah... você foi crescendo a medida do tempo. Você virou imenso, com um poder inimaginável e conseguiu conquistar todos com sua luz. Eu desaparecerei da história como se nunca tivesse existido, mas quando sua luz se apagar todos se lembrarão de você. Você é eterno, enquanto eu sou apenas mais um bruxo passageiro que se deixou guiar pelas Artes das Trevas.


Talvez, Sirius, eu precisasse apenas de um irmão mais velho que pudesse me dizer o que fazer. Mas você não estava lá, você preferia ensinar a James Potter como elaborar melhor uma poção; ensinar a Peter a não temer; ensinar a Remus o que é uma amizade verdadeira. Você nunca esteve ao meu lado, pois encontrou novos irmãos. Eu estava sozinho naquele Universo tão grande. Você encontrou aonde se refugiar, e por mais que eles possam te abandonar alguma hora na sua vida, você terá lembranças. Eu não tenho essas lembranças boas, eu tenho apenas pesadelos. E eles me atormentam cada vez mais, como um dementador sugando todo o resto de alegria que eu pudesse ter.


Sinto falta de te chamar de Six, de roubar seus brinquedos, pois sempre os considerei melhores. Você era meu ídolo e infelizmente, mesmo agora bem mais velho, você continua a ser um ídolo para mim. Mas dessa vez você é inalcançável. Eu sou apenas mais um fã entre tantos.


Quando eu me for, peço apenas que não se lembre de mim como um comensal, como um inimigo ou como uma pessoa odiada. Peço apenas que se lembre de mim como seu irmão mais novo, pois eu sempre o fui e sempre te considerei o meu protetor, mesmo que você não estivesse ao meu lado. Não guardo rancor, pois aprendi que de irmão nós não devemos ter ódio. Somos do mesmo sangue, Sirius. Eu gostaria de ter participado da Ordem com você, talvez assim você se sentisse orgulhoso de mim uma vez na vida. Mas creio que depois do que eu fizer você talvez possa sentir orgulho do seu irmão mais novo.


Quem sabe eu não vire imortal como você? Quem sabe alguém não se lembre de mim?


Quem sabe eu não possa brilhar de novo, Sirius? Assim como você brilhou durante toda a sua vida.


Abraços,


R.A.B.”

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 3

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por perfil offline em 31/10/2011

amei a capa que fizeram pra minha carta *-* Está perfeita! E obrigada pelos comentários! *---* Ótimo projeto!! Boa sorte \o/

quem sabe eu não faça outra carta? :p

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Lai Prince Slytherin em 28/10/2011

queria que os dois tivessem se acertado [2] porq no final o Regulus se arrependeu e foi tão corajoso quanto Sirius, e morreu com a mesma imagem de covarde aos olhos do Sirius T_T

Nota: 1

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por IsaBlack em 14/10/2011

chorei. Fato.

Sirius e Regulus mexem demais comigo... 

queria muito que os dois tivessem se acertado. :/

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2021
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.