FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

1. Algum segredo


Fic: Amo Noite e Dia. - CAP 6 ON ultimo cap ON - Concluida- Dramione


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Hey pessoal, mais uma fic minha! Essa é uma long com apenas 6 capitulos. Todos eles ja estão escritos, só falta beta-los. Ah sim, esse capitulo não está betado, então me perdoem por qualquer erro de portugues ou até mesmo de concordancia! hehehehe. 
Ficarei esperando por reviews... =) 
Ah sim, classifiquei essa fic como +18 anos porque no ultimo capitulo tem uma NC um pouco mais forte, mas nada de muito assim. =) 

Beijos =*
Angel_S
--**--

Tem um pedaço do meu peito bem colado ao teu
Alguma chave, algum segredo, que me prende ao seu.


Mais uma dose. Outra, outra e outra. Há quantas horas estava naquele balcão? Quantas doses de whisky havia tomado? Aquilo não tinha importancia, não mais. Aqueles copos sujos cheios de liquido cor de âmbar era o unico refugio que Draco Malfoy tinha, o unico que tinha arranjado no meio daquela solidão abrasadora. A bebida que consumia todas as noites era o refugio de uma vida mediocre sem a unica mulher que amara. A mulher que aprendera a amar a duras penas, a mulher que lhe ensinara o verdadeiro valor da vida. 


Quanto tempo estava naquela vida? 1 mes? 6 meses? 1 ano? O tempo se arrastava, sua vida havia se tornando um grande nada desde que Hermione resolvera partir. Ele ajeitou-se melhor no banco. 


- Mais uma dose. - resmungou batendo o copo o balcão imundo. 


- Voce bebeu demais, Draco. - disse a garçonete. - Vá para casa, se quiser, chamo Blaise para te ajudar. 


- Não se meta na minha vida, Linn. - sua voz era quase um sussuro. - Eu sei me cuidar. 


A moça suspirou e negou com a cabeça, Draco Malfoy estava chegando no fundo do poço. Faltava muito pouco para que uma desgraça pudesse vir a acontecer. Linn via o loiro sair todos os dias do pub quando a madrugada ja estava alta. Ele ia cambaleando até a porta e sumia no meio da escuridão. Era uma pena que um homem tão bonito tivesse caido numa situação deplorável como aquela. 


- Ela me deixou, Linn. - resmungou Draco olhando para o whisky com seus intensos olhos cinzas. 


- Ela quem, Draco? 


O loiro jamais havia comentado qualquer coisa. Era sempre seco e reservado. Chegava todos os dias por volta das 8 horas da noite, sentava-se naquela mesma cadeira, e só saia dali quando seu corpo não surportava sequer um outra gota de alcool. 


- Ela me deixou pelo maldito Weasel. - ele tomou outro gole. - Enche meu copo. - ordenou ele quando o copo estava perigosamente vazio. 


- Vamos Draco, por hoje ta bom. - insistiu a garçonete. 


- Enche essa porra de copo logo, Linn. 


A mulher não tinha como dizer não, tornou a encher o copo o loiro, ele supirou. Levantou a cabeça e a fitou com seus belos olhos grises. Chacoalhou o paliteiro, e pegou um palito com displicencia. Começou a quebra-lo sem muito interesse. 


- Ela foi atrás do maldito Weasel e do Santo Potter. 


- Faz muito tempo?


- 1 ano talvez. - disse ele coçando a cabeça. - 2 quem sabe. Eu não sei, me perdi no tempo. 


- Não tornou a ve-la?


- Oh sim, tornei a ve-la. - ele riu, mas não tinha felicidade nenhuma naquele ato, apenas sarcasmo. - Ela estava namorando com o imbecil do Krum. Me largou por um maldito jogador de quadribol. 


- Quadri o que? 


- Futebol. - se corrigiu. Linn era uma maldita trouxa que não entendia nada do seu mundo, e não seria ele quem a explicaria. - Ela me largou para ficar com um jogador de futebol burro e horrivel. 


- Ele deve ter dinheiro. - disse a mulher inocentemente. 


- Dinheiro? - ele riu novamente, parecia ter achado graça no que ela falara. - Não acredito que Hermione faça tanta questão do dinheiro. - disse ele convicto. - Se for assim, ela estaria comigo. Krum jamais tera o dinheiro que eu tenho. 


Linn sorriu, ele estava bebado demais e não deveria saber o que estava falando. Malditos bebados. A conversa até que estava interessante, jamais ele havia falado mais do que meia duzia de palavras com qualquer pessoa que trabalhava naquele local. 


- Por que não tenta reconquista-la, Draco?


- Para isso eu preciso estar sóbrio. - disse ele tomando o conteudo do copo de uma vez só.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.