FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

1. Insaciável


Fic: Momento íntimo


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Momento íntimo
 


 
 


Rony suspirou, sorrindo tolamente enquanto sentia seus batimentos voltarem lentamente ao normal.


Se alguém no seu terceiro ano em Hogwarts lhe dissesse que ele encontraria o paraíso nos braços de Hermione, ele diria que essa pessoa era completamente maluca.


Não que já não fosse de alguma forma apaixonado por Hermione naquela época, mas uma garota como ela jamais ficaria com um garoto como ele. Era totalmente ilógico!


Que bom que o coração de Hermione, diferente do seu cérebro, era irracional e completamente ilógico.


 


Deslizou a mão pelo quadril dela, sentindo mais uma vez o desejo percorrer cada célula do seu corpo. Precisava dormir, sabia disso, já tinham feito amor duas vezes. Ele deveria estar cansado, não deveria?


 


- Ron, nós precisamos dormir... eu estou exausta – choramingou Hermione, jogando uma perna sobre a coxa nua de Rony ao senti-lo apertar sua cintura com força.


 


- Mesmo? – Sussurrou colado ao ouvido da namorada, grudando seu corpo ao dela. – Então por que não para de me provocar?


 


Ela abriu os olhos que já estavam levemente fechados devido ao cansaço evidente do seu corpo. - Eu? Mas eu já estou praticamente dormindo. – Argumentou deslizando a mão pelo peito nu do namorado. – Sério, estou exausta, Ron.


 


Rony a puxou de encontro ao seu corpo sem muita gentileza, aninhando-a em seus braços. – Se você conseguir convencê-lo disso – apontou para o meio das próprias pernas – podemos dormir. – Sorriu maroto vendo-a desviar os olhos e mirar com devoção seu membro rijo.


 


- Você é insaciável! – Admirou-se com a visão privilegiada, sorrindo maliciosa.


 


- São anos de desejo contido. – Confessou afagando os cabelos castanhos.


 


Hermione sentiu um arrepio gostoso percorrer sua espinha e seus olhos pesaram, fechando-se quase de forma automática.


 


- Não acredito que vai me deixar nesse estado, Hermione – falou baixinho, mais para si mesmo.


 


- Mas, Ron, já são quase 2 horas da manhã, eu preciso dormir e você também. – Argumentou beijando gentilmente os lábios dele. Mas antes que ela pudesse evitar, o ruivo já havia invadido sua boca com a língua, sorvendo seus lábios num beijo exigente e intenso. Dando-se por vencida, enfiou as mãos nos cabelos vermelhos e suados, o beijando da forma mais febril que pôde. 
Sentiu o membro dele roçando levemente contra sua intimidade e gemeu dentro da boca de Rony, deixando clara toda a sua incapacidade em resistir aos beijos do ruivo.


 


Seu gemido pareceu despertar um desejo ainda mais devastador em Rony. Ele a virou, ficando sobre ela, prendeu seus os dois braços contra o colchão ao lado do travesseiro, entrelaçando os dedos nos dela. 
Deslizou os lábios pelo pescoço de Hermione, sugando a pele com vontade, deixando um rastro quente, sem se importar com as marcas que deixaria no pescoço da namorada. Seguiu a beijando, deslizando os lábios pelo corpo morno e úmido dela. 
Ergueu um pouco o próprio corpo, e ficou alguns segundos apenas admirando os seios redondos e empinados. Levou uma das mãos e apertou os bicos, fazendo Hermione erguer o corpo da cama e gemer baixinho. Esfregou os dedos nos seios dela, parecendo fascinado com a textura.


 


Hermione não pôde evitar, e gemeu alto quando ele abocanhou um dos mamilos, chupando e mordiscando de uma forma quase selvagem. Era dolorido, mas incrivelmente prazeroso.


 


- Oh, Ron... ahhhh....


 


- É tão macio.... e cheiroso... – sussurrou Rony entre um chupão e outro.


 


Ela enroscou as pernas no quadril dele, fazendo o membro de Rony deslizar pela entrada de sua intimidade. Sentiu-a latejar, ansiosa para ser completamente preenchida. Precisava admitir que se sentia um pouco dolorida, Rony era grande e grosso e parecia terrivelmente insaciável, mas ela não reclamava, o modo como ele a desejava a fazia sentir ainda mais amor e tesão por ele.


 


Enquanto Rony saboreava vagarosamente cada pedacinho de pele do corpo de Hermione, se perguntava como era possível sentir tanto desejo por uma pessoa. Os sentimentos que tinha por Hermione eram tão intensos que ele duvidava que outras pessoas sentissem o que ele sentia quando estava com ela. Era inexplicavelmente mágico. Ter Hermione Granger nua na sua cama, realizando seus desejos mais íntimos e insanos, fazia seu peito inflar de uma forma quase dolorosa.


 


Apalpou as coxas dela, machucando a carne tenra, escorrendo os dedos em direção a umidade que pulsava entre as coxas macias. Hermione apenas se contorcia, gemendo coisas inaudíveis.  Aproximou sua língua da entrada levemente avermelhada dela, admirando-a com devoção por alguns instantes. Será que estava a castigando tão duramente? 
Passou os dedos pelo vale escorregadio, novamente, num carinho delicado, precisando reunir todo o seu autocontrole para não se enterrar de uma vez dentro dela; Hermione ergueu umas das pernas, dando-lhe melhor acesso, e ele classificou a posição que ela estava como absurdamente excitante.


 


Passou a língua bem de leve, e ela retesou o corpo; sorriu satisfeito. Lambeu novamente, sentindo o gosto dela preencher sua boca. Era decididamente delicioso! Empurrou sua língua com um pouco mais de força, fazendo-a penetrar o recanto úmido e avermelhado. Sentiu Hermione enterrar os dedos nos seus cabelos, implorando para que ele continuasse.


Adorava vê-la perder a razão, entregando-se as sensações de prazer que ele lhe provocava.


 


Continuou a penetrando com a língua, usando o polegar para massagear delicadamente o clitóris. Sentiu Hermione se empurrar contra sua língua, ansiosa.


 


- Oh...Ron...


 


Ouvir seu nome sussurrado por ela o deixava completamente extasiado.


 


Hermione retesou as coxas, seu corpo tremeu levemente, e ela gemeu ainda mais alto. Ele parou de penetrá-la com a língua e a encarou por alguns instantes. Estava corada, de olhos fechados, os cabelos espalhados majestosamente no travesseiro, completamente nua e suada. Linda!


 


Ficou de joelhos entre as pernas dela, apenas a apreciando. Hermione se apoiou nos cotovelos, olhando para o membro extremamente rijo que imperava absoluto entre as coxas bem torneadas de Rony. A leve penugem avermelha que descia do abdome bem trabalhado eram uma tentação que Hermione não poderia resistir mesmo que quisesse.

Sentou sobre as próprias pernas, e deixou suas mãos passearem pelo abdome de Rony, descendo lentamente, até alcançar as bolas dele que também eram cobertas por uma leve penugem avermelhada, massageou gentilmente os testículos de Rony, vendo-o fechar os olhos e jogar a cabeça para trás.


 


Que mulher resistiria a uma visão como aquela?!
Abaixou-se e lambeu toda a extensão do pau dele. Rony grunhiu em desespero, e querendo torturá-lo ainda mais, afastou os lábios, reaproximando-os em seguida, mas não o colocou na boca, brincou com a glande, dando beijos e lambidas suaves.


 


Os rosnados de Rony pareciam atingir diretamente seu baixo ventre, e sem poder conter o próprio desejo, o enfiou inteiro na boca, chupando-o, saboreando-o...


 


Ela chupava com tanta vontade que Rony tinha certeza que só pararia quando o tivesse esvaziado por completo.


 


 - Oh, inferno sangrento, Hermione, você vai me matar desse jeito.


 


Ela retirou o membro da boca e ergueu os olhos. Rony tinha os dele fechados e mordia o lábio inferior com força. Deus, que homem era aquele, como ele conseguia ser tão absurdamente tentador?


 


Ficou de joelhos e colou seu corpo ao dele, o abraçando com força. Rony deslizou as mãos por suas costas, enquanto mordiscava seu ombro, provocando arrepios que vinham desde a ponto do pé até os fiozinhos de cabelo da sua nuca.


 


O membro dele estava encaixado perfeitamente entre suas pernas, roçando de leve seu clitóris, fazendo-a a se sentir tonta e desorientada. Se mexeu, tentando fazer com que ele entrasse e a preenche-se por inteiro.



Ele riu, notando o desespero da namorada, mas achou extremamente excitante o modo como ela rebolava, querendo tê-lo dentro dela.


 


Sentou na cama, levando-a junto. Hermione ficou sobre ele, colocando as pernas em volta da sua cintura. Seu membro resvalou para dentro dela, e um choque de prazer percorreu seu corpo quando sentiu suas bolas pressionadas nas nádegas macias de Hermione.


 


- Ah... Ron...  – ela gemeu quando sentou completamente sobre ele, sentindo o membro de Rony cutucando seu útero.


 


Ele a beijou, sugando os lábios dela com luxuria. 
Hermione começou a subir e descer bem devagar, fazendo Rony sentir o mundo girar mais rápido diante dos seus olhos. 

- Oh... Caralho, Mione... não para...

A segurou pelo quadril, ajudando-a a se mover. Seu membro entrava e saia cada vez mais rápido. Os seios dela balançavam conforme ela subia e descia, e estavam simplesmente o hipnotizando. Abaixou-se e abocanhou um deles, chupando e mordiscando... Ouviu Hermione proferir algumas lamúrias, mas não pôde lhe dar atenção, estava ocupado demais sugando com sofreguidão os seios perfeitos e empinados.


 


- Porra, isso é... inferno san-gren-to... Ah Mione... você é maravilhosa...ohhhhh.... – murmurou assim que abandou os seios dela. Admirando fascinado seu membro entrar e sair do vale escorregadio e coberto por uma rala penugem castanha.


 


- Vai Ron... mais forte... ahhhh... – pediu enquanto subia e descia cada vez mais forte, mais rápido.


 


Ele jogou a cabeça para trás apertando-a com ainda mais força, e ela enterrou a cabeça em seu ombro, enquanto o sentia arremeter ainda com mais força, como se quisesse esvaziar até a alma dentro dela.


 


As sensações cresceram de tal modo que Hermione sentiu o tremor a percorrer da cabeça aos pés no mesmo instante em que a sensação em seu clitóris foi demais, correndo por cada tensão nervosa de seu corpo, incendiando aquele ponto em especial dentro dela. A sensação de plenitude era inexplicável, e aquele pênis fabuloso acariciava sem trégua sua intimidade em cada funda penetração.


 


Ela não ouviu o próprio grito quando o prazer a cegou, pois ele foi abafado pelo beijo molhado e desesperado que Rony lhe deu, gozando junto ao sentir seu orgasmo apertá-lo em ondulações desesperadamente deliciosas.


 


Ficaram abraçados por um tempo, a respiração de ambos rápida e irregular. Rony tencionou de mover, mas Hermione não descolou seus corpos.


- Eu quero ficar assim para sempre, sentindo você latejar dentro de mim. – sussurrou, beijando seu pescoço.



- O Merlin, assim você vai me matar, Hermione. – disse sorrindo, alisando as costas dela carinhosamente com as palmas das mãos.


 


- Mas eu pensei que o insaciável fosse você – brincou enterrando a cabeça na curva do pescoço dele.



- Não me provoca, Granger. – brincou, fazendo seu membro, ainda duro apesar do gozo, palpitar dentro dela.


Hermione soltou um gemido, achando melhor parar de provocar o namorado.



- Você venceu, eu não agüento mais – disse rindo, saindo de cima dele, e soltando outro gemido ao senti-lo sair completamente de dentro da sua intimidade. – Ele nunca fica normal? – perguntou olhando impressionada para o membro rijo de Rony.


 


- Não quando ele está perto de você. – disse malicioso a beijando delicadamente nos lábios, e deitando, em seguida, exausto, trazendo-a junto com ele.


- Boa noite, Ron. – sussurrou Hermione sentindo os olhos pesarem.



- Boa noite, Mione, eu te amo.



Ela sorriu, adormecendo em seguida aninhada nos braços fortes e protetores do Rony.
 
 






.........................................................
 
N/A: É tão bom relatar esses momentos de intimidade entre eles! Ainda mais pq imaginar o Ron e o quanto ele é sexy e atraente não é nem um pouco difícil...hehehehe...
Bem, como sabem a opinião de vcs é muito importante para mim, portanto deixam suas impressões da short, please!
Lembrando sempre que minha inspiração para as NCs provem das fics da Marja, que são arrebatadoras.
Ah e obrigada pelos comments que antecederam o capítulo :)
Bjs...


 

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 15

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Diênifer Santos Granger em 10/12/2013

Ameeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeei!

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por July evans potter em 01/02/2013

A Marja é praticamente a nossa mestra das fics ! Adoreeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeei a sua ! perfeita !

Nota: 1

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por pricila weasley em 18/11/2012

nem tenho palavras ameiii parabéns!!!

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Camys Lovegood em 23/10/2012

Gzuissss! Amoooooo esses dois!

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Dira em 21/09/2012

Amo esses dois!

Nota: 4

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Sheilinha Araujo em 30/06/2012

Dizer o que????  sou sua fã!!!

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Andye em 24/02/2012

Voei longe agora...

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Aylane Cristina Macedo em 27/12/2011

Muito fofa ^^

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por lara- em 14/11/2011

maravilhosa! parabens!

 

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Priscila Carla em 09/11/2011

mto boa. adorei.

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por pottermaniaca21 em 11/10/2011

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH LINDOS LINDOS E LINDOS.   ameiiii. vc escreve muiiiiiiiiiiiiiiiito *-*

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por FafisAmorim em 26/08/2011

sem palavras...

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Malicius Potter em 31/07/2011

Putz ainda to tentando entrar na realidade

muito boas short !!

parabéns!!

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Isabelle Weasley Malfoy em 22/07/2011

OMFM,Nossaaaa..

Essa short é incrivelmente perfeitaa..

Eu estou lendo todas as suas fics e eu sinceramente amei a todas...

(:

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Júlia Henn em 01/07/2011

Maravilha... Absurdamente incrivel

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2023
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.