FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo



______________________________
Visualizando o capítulo:

9. O Noivado


Fic: Uma Linda e Perfeita História De Amor hg comentem!


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

    Harry  foi  para  seu  escritório  pretendendo  terminar   seu
formulário, mas ao entrar percebeu que uma coruja que  ele  nunca  havia
           visto estava o esperando em cima da escrivaninha.
                      -Quem é você? Nunca te vi?
    A coruja deu um piu e esticou a pata onde trazia  um  rolo  de
                              pergaminho.
    Harry se encaminhou até a coruja e  retirou  o  pergaminho,  a
coruja não levantou vôo então ele supôs que ela esperava  uma  resposta.
                    Desenrolou o pergaminho e leu;
    -Olá meu amor, tudo bem? Como eu havia te dito na minha  carta
anterior já estou em Londres, estou morando no centro em um  apartamento
pequeno, pretendo te verm em breve, por isso quero  convidar  você  para
jantar aqui em casa para a gente se ver  de  novo,  estou  com  saudades
                              beijos Cho.
    Harry deu um longo suspiro e pegou  uma  pena  e  escreveu  no
                         verso do pergaminho.
    -Cho, fico feliz em saber que conseguiu se estabelecer bem  em
Londres mas estou bem com Gina e logo iremos nos casar  não  sinto  nada
por você e peço que por favor não faça mais tentativas por que nós  dois
                        não existe mais. Harry.
    Amarrou na pata dsa coruja e ela levantou vôo.  Não,  Cho  não
podia destruir tudo que ele havia conseguido, ele amava Gina  e  lutaria
para ser feliz com ela. No mesmo momento que  Harry  pensava  isso  Gina
entrou no escritório linda, vestia  um  vestido  leve  de  verão  e  uma
                            sandália baixa.
                   -Oi meu amor, estou atrapalhando?
                  -Não Gi, claro que não pode entrar.
    -Vim saber se está tudo bem e trazer  uma  carta  que  Edwiges
                          acabou de entregar.
                             -Ah! De quem?
                            -De Andrômeda.
              -Que bom! Estava esperando o contato dela.
    Desde que a guerra começou, Tonx e Lupim haviam mandado a Sra.
Tonx para o Brasil com Teddy porém até o momento,  depois  do  final  da
        guerra, a Sra. Tonx ainda não havia entrado em contato.
              Harry pegou a carta das mãos de Gina e leu.
    -Olá Harry querido! Como está? Espero que esteje tudo bem  por
ai, me desculpe só entrar em contato hoje mais se você  me  entende,  eu
quis ficar um pouco longe de tudo isso mesmo com o término de  tudo,  as
mortes de Dora e Lupim me abalaram muito e também por Teddy  queria  que
ele crescece mais um pouquinho, mas estou voltando na semana que  vem  e
você poderá se não for te encomodar me ajudar a cuidar de Teddy, sei que
Dora e Lupim estarão feliz  por  isso  você  foi  a  melhor  escolha  de
padrinho para Teddy e ninguém melhor que você e Gina façam o  que  minha
filha não pode fazer pois no momento  ela  pensava  no  futuro  dele,  e
graças a Merlim por ela e muitos outros e você  Harry  posso  olha  hoje
para meu neto e saber que ele crescerá longe de tudo  que  eu  não  pude
fazer com Dora, sei que você deve ter  outros  planos  mais  queria  que
pudesse me ajudar a dar carinho ao Teddy, mesmo com apenas 3  meses  ele
já olha para as outras crianças com os pais e sei que se  pudesse  falar
perguntaria pelos os seus. Mas chega de coisas tristes não é,  deixa  eu
falar ele tá com 3 pra 4 meses já começou a aprender a trocar a cor,  as
vezes se enrola mais já consegue quando gosta muito das  pessoas  é  uma
forma de saber se ele se dá bem com  a  pessoa.  Bom  minha  carta  está
virando um testamento então vou indo e nos  encontramos  na  semana  que
                             vem! Beijos!
    Harry terminou de ler a carta e Gina  pode  perceber  lágrimas
             rolarem dos olhos verdes que ela tanto amava.
                          -Harry, o que foi?
    -Gi, ele está como eu, essa guerra  me  levou  tantas  pessoas
         queridas e não queria que Teddy crescece sem os pais.
      -Harry vem aqui. E puxou o moreno para deitar em seu colo.
    -Olha, Teddy ficou sem os pais mas ele não é  exatamente  como
você, ele perdeu os pais mas tem você e eu, tem a avó, tem toda  família
Weasley que sei que nunca deixariam ele  e  a  Sra.  Tonx  sozinhos  ele
apesar de tudo crescerá com amor e  será  feliz  e  tenho  certeza,  que
quando ele crescer mais um pouco ficará muito feliz em  saber  que  seus
    pais morreram mais foi por algo bom e pra que ele fosse feliz.
    -Você tem razão Gi, eu vou fazer de tudo para que  Teddy  seje
                                feliz.
    -É assim que se fala amor, agora, pode subindo e ir se arrumar
                  que daqui a pouco a família chega.
    -Ok estou indo. Harry se levantou se espriguiçou e seguiu para
                      seu quarto para se arrumar.
               Enquanto isso em outro lugar de Londres.
                               -Richard!
                -Sim Cho já estou indo, já estou indo.
       -Venha agora, olha, olha o que aquele ingrato me mandou.
    Cho sacudia o rolo de pergaminho com a resposta  de  Harry  na
cara de Richard, um homem meio careca alto  e  com  feições  duras  mais
parecia ser dos Estados Unidos pois seu inglês era muito  igual  ao  dos
                              americanos.
    -Acho que ele não gostou muito da  sua  proposta.  e  Deu  uma
                        risada que irritou Cho.
    -Parece é? Bom, Harry querido, se você não me quer  quando  eu
tento ficar com você por livre  e  espontanha  vontade,  estou  aqui  me
oferecendo a você inteira mais você não quer, terei que ser má com  você
                             amorzinho...
    Richard  olhava  para  Cho  com  um  olhar  de   confusão    e
                           desentendimento.
                      -Em que está pensando Cho?
    -Em algo  Richard,  agora  por  favor  chame  nossos  "amigos"
preciso conversar com eles e articular meu plano, Harry Potter será meu,
                              será meu...
                                  
                        ___________-----------
                                  
    Ao meio dia, todos já se encontravam na  casa  de  Harry,  uma
 mesa foi posta no jardim onde pudessem caber confortávelmente todos.
    O almoço foi servido e  todos  se  deliciaram  com  os  pratos
ministrados por Gina e a Sra. Weasley. No final quando todos já  estavam
         satisfeitos Harry se levantou e começou muito corado.
    -Bom, gostaria de falar principalmente com  a  Sra.  e  o  Sr.
Weasley mais também com toda família, ontem quando Gina veio pra  cá  eu
havia com uma ajudinha  feito  um  jantar  para  ela  para  comemorar  o
aniversário dela e para mostrar essa casa, essa casa é a que foi um  dia
dos meus pais e antes dos antepassados dos Potters, a algum  tempo  ando
reformando e está asim como vocês tão vendo agora. Mas morar aqui não  é
                    a única finalidade que eu quero
                          Harry abraçou Gina.
    -Quero também, pedir a mão de Gina em casamento pois essa casa
                           será dela também.
    Todos abriram enormes sorrisos pois já era sabido por todos do
                      enorme amor entre os dois.
    -Claro  que  sim  Harry  não  poderíamos  ouvir  pedido   mais
                   maravilhoso. Disse o Sr. Weasley.
            Harry deu um abraço no sogro e outro na sogra.
      Hermione por sua vez parecia ter achado o momento perfeito.
        -Hum, hum. por favor eu gostaria de dizer algo também.
                    Todos se viraram para olha-la.
    -Harry, Gina, preciso conversar com vocês sobre algo  sério  e
algumas partes serão meio embarassosas. Tudo bem ou preferem  algo  mais
                              particular?
    -Não Mione, acho que já sabemos do que se trata,  e  se  todos
por favor prometerem que as varinhas e tentativas  de  morte  não  serão
       feitas tá tudo bem. Harry disse tirando risadas de todos.
              -Ok cunhadinho, prometemos mais cuidado em.
                              Fred disse.
                                 -Bom,
                           Começou Hermione.
    -Todos soubemos que Harry é um bruxo muito  poderoso,  não  só
pela derrota de Voldemorte mais sua magia é muito forte, a de Gina maior
                                ainda.
    -Como assim Mione, por favor, não estou entendendo. Gina disse
                   prestando mais atenção na amiga.
    -Gi, a algum tempo Harry estava querendo saber de sua  família
        então me pediu que pesquisasse sua árvore genealógica.
      -Sim, me lembro foi quando estávamos procurando as orcrux.
    -Sim Harry mais com tudo que ouve,  então  apenas  tive  tempo
agora e descobri algo em sua  genética  que  me  fez  pesquisar  as  dos
                               Weasleys.
                  -O que? Todos entoaram em conjunto.
    -Os Potters e os Weasley foram ligados a muitos séculos atrás.
                -Como assim? A Sra. Weasley perguntou.
    -Ah muito  tempo,  além  de  Merlim,  existiam  muitos  bruxos
realmente poderosos. Não quanto Merlim mais quase podiam chegar  em  seu
poder, então existia um que foi  o  sucessor  de  toda  raça  de  bruxos
poderosos, pois, conforme sabemos os mais sábios bruxos  se  estinguiram
com o tempo  pois  ninguém  mais  teria  interesse  verdadeiro  em  seus
ensinamentos ou em continuar a linhagem, porém existia duas famílias que
eram as últimas a terem  sábios  mais  ninguém  sabia,  as  magias  eram
escondidas e a todos seus pais diziam ser  apenas  bem  ensinados.  Eram
Marília Potter e Ender Weasley, esse dois cresceram e se conheceram e em
certa parte da adolescencia se  apaixonaram  e  logo  se  casaram.  Eles
tiveram dois filhos, Godrico  Gryffindor  e  Rowena  Ravenclaw,  e  como
sabemos, naquela época eram muito raros os casos de  casamento  bruxo  e
troucha então as famílias  casavam-se  entre  si  para  que  a  linhagem
continuasse puro sangue. Mas ao contrário dos outros, Rowena  e  Godrico
se amaram, mais que irmãos, e essa linhagem veio e veio, até  chegar  em
Lilian e Tiago. Sendo assim, Lilian descendente de  Rowena  e  Tiago  de
Godrico, pois os nomes completos antes de tudo eram,  Marília  Potter  e
Ender Weasley Evans. Como era de se esperar, Lilian ligados pelo amor  e
também pelo sentimento de todos os seus antepassados se casaram, e nesse
momento, mais uma  vez,  ouve  a  união  entre  as  duas  famílias  mais
                      poderosas, Evans e Potters.
    Todos ouviam Hermione e tentavam acimilar suas palavras, Harry
   e Gina estavam as solvendo como uma deliciosa cerveja amantegada.
                                -Então
         Recomeçou Hermione depois de olhar para Harry e Gina.
    -Chegamos aos poderes incríveis de Gina, pois eu acredito  que
depois de tudo isso, vocês supoem que Harry é mais poderoso do  que  ele
mesmo pode saber, apenas ainda não manifestou  todos  os  seus  poderes.
Gina como podemos perceber, se lhes mostrarem foi a única  sétima  filha
                            desde Marília.
    -Sim, Marília era uma sétima e depois dela apenas Gina  nasceu
qualquer um pensaria que não tem nada haver ser  sétima  mas  tem  muita
coisa sim. Uma sétima tem poderes jamais alguns descobertos por qualquer
bruxo existente hoje, Gina pode fazer o  que  desejar  e  seus  feitiços
podem ter a intensidade que ela quiser, Gina é muito mais que apenas uma
bruxa, ela é a única sétima filha de uma família puro sangue em séculos.
Então, se olharmos, poderemos ver que mais uma vez, Potters e Weasley se
juntam através agora de Harry e Gina. Agora, devo  perguntar  algo  para
                                vocês.
                       -Sim Mi. Respondeu Gina.
    Harry ficou satisfeito pois com tudo que acabará  ouvindo  não
                    sabia onde havia ido sua fala.
    -Vocês, na noite passada celaram seu amor? Hermione  perguntou
                     olhando para cada um na mesa.
    -Sim. Eu me entreguei a Harry,  e  sobre  isso  que  queríamos
conversar hoje, pois na hora, bom, na hora  Gina  estava  ficando  muito
corada. -Bom Mi na hora que a barreira entre  nós  se  rompeu,  uma  luz
muito intensa azulada circundou nossos corpos, ficamos com medo  mais  a
               luz trazia paz, amor, nos dava segurança.
                   Hermione abriu um enorme sorriso.
    -Sim Gi, pois, vocês são os  únicos  decendentes  das  maiores
família de bruxos existentes a séculos e você  uma  sétima,  apartir  do
momento que o sangue de  vocês  se  encontraram  uma  antiga  magia  foi
             reativada e os poderes se fundiram em um só.
       -Como assim Mi? Harry parecia ter encontrado as palavras.
    -Harry, você e Gina tem uma ligação mais intensa,  mais  forte
que qualquer casal, tentem, falem algo  em  pensamento  pensando  um  no
                                outro.
    -Claro! Desde ontem, sinto  que  estou  mais  junto  de  Harry
sentimos algo diferente mais forte, sinto que qualquer magia ou  feitiço
                              é simples.
                        -Isso Gi, agora tentem.
    Gina e Harry pensaram um no outro e  disseram  mentalmente  um
                             para o outro.
                              -Te amo Gi.
                           -Eu também Harry.
       Os dois sorriram, um ouviu o outro como se conversassem.
                             -Conseguiram?
                      -Sim. Responderam os dois.
                        -Então, acho que é só.
    -Hermione minha filha, creio que ninguém da  comunidade  bruxa
                            sabe disso não?
    -Não Sra. Weasley e acho que Harry e Gina concordaram que está
melhor  assim,  eles  seriam  interrogados,  vítimas  de  pesquisas    e
                             especulações.
      -Claro, eu entendo e concordo também. O Sr. Weasley falou.
    -Bom, mais depois de tudo isso vamos comer duas coisinhas  que
                  eu fiz hoje pra vocês uma surpresa.
    Gina se levantou e com a varinha fez aparecer  duas  travessas
                               na mesa.
                -Maninha, o que é isso? Perguntou Gui.
    -Maninho isso são receitas trouchas que procurei no ceputadore
                               do Harry.
                          -Amor, computador.
    -Isso ai, então, é um pavê de sonho de valsa, um bombom  muito
gostoso que Harry me deu um dia e a outra, uma torta gelada  de  morango
                             com sorvete.
    -Harry, você ganhou uma boa  mulher  em,  vai  ficar  gordinho
                         rápido! Disse Jorge.
                   -Pois é minha ruivinha sabe tudo!
    -Ei, não tirem esse nome da  Mione!  Disse  Rone  levando  uma
                         cutucada de Hermione.
    Tudo parecia muito bem, mais era apenas o que aparentava, Gina
estava confusa e saber de tudo que ela havia acabado de saber de  alguma
forma preocupou ela, mais como sabia que deveriam conversar a  sós  após
todos irem embora com Hermione e Rony preferiu mudar de assunto para  as
                                tortas.
    Mas tarde, quando só estavam Rony e  Hermione  em  casa  os  4
                           foram para sala.
                             -Querem algo?
                            Gina perguntou.
    -Acho que um chocolate quente Gi, o frio tá chegando. Hermione
                                disse.
    Monstro trouxe 4 canecas  fomegantes  de  chocolate  quente  e
biscoitos, todos se sentaram nos sofás, Ron e Mione em um e Gina e Harry
                              em frente.
    -Mione, sei que há mais coisas nessa história, e quero  saber,
 mais também tenho que dizer que estou muito assustada com tudo isso.
    -Eu sei Gi conheço muito bem vocês dois para saber  que  estão
preocupados e também que estão tentando entender tudo, mas calma,  vocês
não estão sozinhos, eu e o Ron estamos aqui e todos  os  Weasleys  e  de
             alguma forma, Marília, Ender, Tiago e Lilian.
    Harry virou tão rápido para fitar  Hermione  que  seu  pescoço
                               estalou.
                          -Como, como Mione?
    -Harry, Marília escreveu um  diário  para  a  próxima  sétima,
guardado muito bem e apenas Lilian teve acesso a ele,  e  também,  mesmo
não sendo  uma  sétima  escreveu  nele  também,  mais  outros  tipos  de
              explicações, como o amor, a ligação e etc.
    -Ah, Então Mi quer dizer que esse diário  vai  ajudar  Gina  e
Harry a entenderem os poderes, controla-los e também saberem da história
                                deles?
    -Sim Ron, pois para Marília e Lílian era uma  preocupação  que
uma sétima pudesse nascer um dia mais  não  saber  como  controlar  seus
poderes ou usa-los para o mau, por isso, apenas uma  sétima  legítima  e
que tenha amor em seu coração e não tenha raiva, nem maldade e seje pura
             poderá abrir o baú e retirar de lá o diário.
    -E, onde tá esse diário? Disse Gina pousando a sua  caneca  na
                          mesinha de centro.
                                -Aqui.
               -Aqui? Diserram juntos Ron, Gina e Harry.
    -Sim, há uma espécie de fundo  falso  nessa  casa  onde  estão
escondidas tudo sobre os potters e também os Weasleys e  tudo  sobre  os
                         decendentes de vocês.
          -E, em que parte está? Foi a vez de Rony perguntar.
      -Não sabemos Ron, esse é o problema, teremos que procurar.
    -Hermione, onde que você achou tudo isso e soube de tudo isso.
          Harry fizera a pergunta que todos estavam querendo.
    -Dumbledore, e os quadros de Griffindor e Rowena no escritório
da Diretora ou Profa. Minerva em Hogwarts, eles me indicaram livros onde
eu  poderia  saber  mais  que  estavam  escondidos  nos  aposentos    de
                              Dumbledore.
    -Então, amanhã começaremos as buscas, devemos  encontrar  esse
diário logo, e tudo relacionado a eu e Gina, quero saber mais sobre mim,
depois de tanto tempo, é tão bom saber mais sobre minha história,  minha
                               família.
                   -Sim Harry, e há mais uma coisa.
                             -O que Mione?
    -Você e Gina, são os únicos herdeiros  de  Godrico  e  Rowena,
então, herdam toda furtuna deixada e nunca tocada por ninguém  deles  em
                              Gringotes.
    Harry e Gina arregalaram os olhos, Rony deu um  pulo  do  sofá
                quase derrubando chocolate em Hermione.
    -Como é? Hermione lá existem milhões e eu já tenho  a  herança
                      de Sílios e dos meus pais.
    -Sim, mais agora terão  também  Gina  de  Rowena  e  Harry  de
                               Godrico.
    Todos ficaram calados por um tempo absorvendo o que fora dito.
    -Bom, recomendo que durmamos, amanhã será  um  dia  agitado  e
precisaremos estar descansados, e peço Harry e Gina que  por  favor  não
fiquem pensando nisso, nem que se assustem, tudo ficará bem vocês verão.
                              -Sim Mione.
           Os 4 subiram para seus quartos e foram se deitar.
                                  
                                  
                                 N/A:
                                Olá!!!
    Esse cap foi de agitar em, e ai, que tão achando da fic?  Está
                                 boa?
                  Beijos a todos e até o próximo cap.
    Obs: Não ressuscitei Lupim e Tonx, nem Dumbledore,  pois  acho
muito legal essa coisa de padrinho afilhado, e  vai  ser  emocionante  a
                     convivência de Teddy e Harry.
                                Beijos!
                                  
                              E-mail/Msn:
                        su.abreu.0130@gmail.com
 

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2023
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.