FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

5. Capítulo V


Fic: A princesa do Egito - HG DL HR


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________


 


Ao chegar no castelo, Harry desceu do cavalo.


– Quer ajuda para descer? – ele perguntou, educado.


– Não – ela pulou do cavalo – muito obrigada.


Os dois sorriram.


Ela chamou um dos guardas que ficavam do lado de dentro do castelo.


– Leve ele ao jardim norte, e ele precisa de cenouras – ao citar o nome do legume o cavalo passou o focinho no braço da princesa – ele foi um bom garoto – ela passou a mão na crina do animal.


Após isso, ela e Harry, seguida dos guardas de Harry, caminhavam em direção a porta que levava a sala principal.


– Você é incrível – ele disse.


– Obrigada – ela sorriu. – Não me encha de elogios, fico encabulada.


Ele riu dela, e ela o olhou um tanto séria.


– Você merece mais que elogios – ele afirmou, a fitando nos olhos.


Gina abriu a porta da sala.


– Acho que temos uma campeã, a areia do meu vira tempo está quase toda aqui ainda. Ele nem ficou pela metade – brincou Hermione


– Mereço uma coroa nova – ela piscou.


– Ok Gina – riu, Hermione.


Eles se sentaram na mesa.


– Está faltando alguém –  sussurrou Hermione, para Gina.


Gina riu, e logo encontrou os olhos do libiano.


Ele a cuidava.


– Aonde está Ronald? – Gina perguntou.


– Deve estar chegando – ele afirmou.


O ruivo adentrou a sala e ficou em pé, ao lado do príncipe.


– Sente-se – ordenou Luna.


O garoto sentou-se ao lado do príncipe, ficando a frente de Hermione.


Luna ocupava a ponta da mesa.


– Estamos em pânico. Voldemort pode voltar a qualquer momento, e não temos nada a fazer. – desabafou Luna.


– Precisamos contar com o apoio de vocês, é muito importante – disse Hermione.


– Com toda certeza! – disse, positivamente, Harry.


– Precisamos de um plano – disse Luna.


– Disso eu acho que não precisamos nos preocupar. Temos dois conselheiros ótimos presentes no momento – começou Gina – acho que se eles passarem no mínimo um ou dois dias juntos, conseguimos ótimos resultados – disse Gina, apertando os lábios ironicamente e mirando Hermione, que a fuzilou com os olhos.


– Creio que sim – disse Harry, com um sorriso maroto.


– E sintam-se convidados a ficar no castelo – disse Gina – temos aposentos para todos.


– Obrigada – disse Harry.


Por um momento, Gina observou Harry.


Ele era bonito a qualquer momento.


Ele era sério, maduro e lindo.


Ela ficou em transe por minutos.


Seria esse, o começo do amor sem fim que ela teria por ele?


– Gina? – disse Luna.


– Sim.


– Pode mostrar ao Potter aquele quarto de hóspedes. O do terceiro andar? – ela arqueou a sobrancelha.


– Ok. – Gina se levantou.


O príncipe caminhou devagar ao lado dela.


Os dois permaneceram em silencio total.


– Aqui – ela abriu a porta.


O quarto era decorado em dourado e branco.


– Obrigada.


Entraram os guardas do príncipe, com os seus pertences.


– Ok, guardas. Enquanto estivermos aqui, não precisam ficar comigo toda hora. Perguntem aos guardas do castelo no que podem ajudar. Exijo alguns guardas que fiquem apostos no salão que estávamos antes.


Os guardas fizeram que positivo e saíram do quarto.


Harry caminhou pelo quarto.


– Bonito o quarto.


Gina apenas apertou os lábios.


– Bom, vou indo. A gente se vê por ai – ela disse, se virando e indo em direção a porta.


Sua ida foi interrompida pela mão de Harry.


Seu coração bateu mais forte ao toque do garoto.


– Fica – ele sussurrou.


Ela estremeceu.


Não sabia o certo qual sentimento era aquele, mas sabia que era algo bom.


Sentiu vontade de aproximar-se dele.


Ela estava apreensiva.


Sabia que era proibido.


Se soubessem ela seria expulsa.


Ela se virou para ele.


Sua voz era trêmula e soava em desejo.


– Porque eu ficaria? – ela disse, doce e paciente.


A mão de Harry encontrou a cintura de Gina.


Ele não a puxou.


Ele não queria parecer brusco, não queria parecer impaciente ou grosso.


A porta que reluzia em dourado estava entreaberta.


Harry fez um movimento que sua outra mão encontrou a porta e Gina se virou.


A porta foi fechada, e consigo o quarto ficou escuro.


Algumas velas estavam acesas.


Poucas, Gina olhou o quarto.


Eram duas, três ou quatro.


Ela não terminou de contar, o corpo de Harry e o dela ficaram em choque.


Ele colocou suas mãos na cintura dela.


Uma mão passou uma mecha do cabelo dela para trás da orelha.


Ele fitava viu os olhos azuis da garota, o conjunto do rosto da garota era perfeito.


– O que foi? – ela estava preocupada.


– É que você é tão bonita – ele disse.


Ela sentiu seu corpo estremecer novamente.


– É errado, eu sei – ela disse, do nada.


– O que? Você ser bonita? – ele respondeu, preocupado.


– Não, o que eu estou prestes a fazer...


Ela colocou suas mãos nas bochechas do rosto de Harry.


E seus lábios encostaram os dele.


Era lábios macios e com um sabor inigualável.


Harry e Gina iniciaram um beijo apaixonado e demorado.


Os dois se separaram por um instante.


– Desculpe – ela pediu, com passando os dedos nos lábios.


Ele riu.


– Você não fez nada de errado! – ele afirmou. – E se não se importa, pode repedir a dose?


Ela estava séria, mais ao escutar a frase dita por Harry ela sorriu.


Os dois se beijaram novamente.


Várias e várias vezes.


O calor foi aumentando.


Gina estava quente, e Harry também.


 Ela estava ofegante e ele também.


Gina sentia vontade de se livrar dos tecidos que a cobriam.


O vestido em tons creme parecia um incomodo.


Harry parecia ter entendido o recado.



______________________________________
Ok, eu sei que irão me matar por eu não ter terminado essa cena haha
Mais quero deixar vocês com um gostinho de quero mais, e ver se estão gostando. 
Hoje eu estava inspirada e escrevi esse cap, afinal, hoje é aniversário do meu querido Severo Snape (09/01)
Por isso, comentem. Beijos e boa noite anjos  


Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.