FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

15. O Edw chegou.(Porque ele veio?


Fic: Garota Malvada


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________





Capitulo Quinze: O Edw chegou.(Porque ele veio?).

Você é...Você é o ultimo!É automático, é de certeza!

Não minta...Nem tente me dizer que você não é ‘o cara’...

Por que eu tenho esperado minha vida toda por alguém como você!

Mas você é...Você é o ultimo!





No dia seguinte, domingo, entravam raios de sol pelas frestas de janelas entreabertas.

Não fazia tanto calor, mas, o sol já se mostrava presente naquela manhã razoavelmente ensolarada.

Levantou-se cambaleando por estar com muito sono ainda.Quando será que conseguiria a façanha de acordar sem sono?-Riu da própria pergunta.-Quando você dormir o suficiente sua burra!

Uma voz irritante ecoou em sua mente.

Pegou uma muda de roupa e tomou seu banho, logo se trocando e fazendo sua higiene bucal.

Entrou novamente no dormitório e viu que Gina estava de pé também procurando algo para se vestir logo após sua higiene pessoal.

-Fala ruiva da minha vida!Dormiu bem?-Sorriu debilmente para Gina que piscou ao vê-la.

-Sonhei com você...

As duas riram alegremente.

-Vou tomar um banho!Pode descer, depois a gente se fala no Salão Principal...-Murmurou ainda bocejando e pegando sua toalha foi para o banheiro.




Entrou no Salão Principal ainda sonolenta.Alguns alunos assoviaram e outras garotas fizeram cara de mau humor e fingiram nem notar sua presença.

Passou por um aglomerado de garotas que sorriam e conversavam super felizes da vida.

Observou a mesa da Grifinória e quando ia se direcionado ouviu alguém assoviar.Olhou pra trás e viu que era Cassandra que a chamava euforicamente.

Sorriu e foi até a mesa da Sonserina.

-Fala Cass, alguma novidade?-Suspirou cruzando os braços em frente ao peito.

-Senta ai...-Cassandra abriu espaço e Nicolly se sentou ao lado dela e de um garoto que parecia não ter dormido a noite inteira, pois só faltava babar em cima da mesa.

-Estranhos seus colegas de casa...-Murmurou para Cassandra que riu ironicamente.

-Esses ainda são os mais normais...

A outra morena riu e logo estava chorando de tanto que gargalhava.Seu estomago chegava até a doer.Pois a mão sobre o rosto enxugando as lágrimas.Logo em seguida tossiu um pouco e voltou a olhar para Cassandra que parecia pensar em alguma coisa muito importante.

-Algum problema Cassandra?

-Sim.

-Qual?-Perguntou curiosa.

-A Gina...-Sorriu de um canto dos lábios.-Me responde uma pergunta?

-Mais uma?Okay...

Cassandra riu.

-Bem, a Gina é afim do Malfoy?-Olhou para seu suco que se derrepente esse houvesse se tornado super interessante.

-Claro que não.-Ainda pode rir mais um pouco.-Cá entre nós, essa Hogwarts inteira sabe que a Gina ama o Harry, menos o próprio.

Cassandra sorriu feliz como que se o mundo estivesse saindo de suas costas.Mas porque essa sensação?

-Tá, a Hogwarts inteira menos o Potter e eu né?

-Você não sabia então?Meu, ela ama ele só que não admite nem pra si própria.

-Nossa...Então a Gina ainda gosta do Potter?-Sorriu de um canto dos lábios.

-Podes crer.-Riu.-E você tapada ainda achando que ela gostava do Draco.Querida, fique tranqüila!O seu Draquinho é só seu.-Ergueu uma sobrancelha e sorriu perversamente.

-Cala a boca Nicolly Melabouth...-Sorriu de um canto dos lábios.-Eu não gosto do Malfoy...

-Mas bem que ficou louca de ciúmes por ele né?-Ironizou pensativa.

-Eu?Ciúmes...-Gaguejou um pouco.-Não significa que eu goste dele.

-Ah não né?-Riu de uma forma histérica.-Só quer dizer que você teve ciúmes foi da Gina...

Cassandra franziu o cenho.

-Aff, não enche.

-Que fique bem claro que foi você que me chamou pra sentar aqui nessa mesa cheia de cobras peçonhentas.

-Cobra peçonhenta é a mãe dos teus filhos...-Franziu as sobrancelhas.

-Pois é, não se lembra que os adotei de você?

Cassandra muxoxou e logo começou a rir junto de Nicolly que parecia extremamente feliz naquela manhã.Sem perceber que um certo ruivo na mesa da Grifinória não desgrudava os olhos de si.

Logo em segundos uma ruiva parecendo procurar Nicolly entrou calmamente pelo Salão, que nem ao menos notou sua presença.

Novamente Cassandra assoviou.Vários alunos olharam interessados para ela.Gina sorriu e foi em direção à mesa da Sonserina.

-Oi meninas...-Sorriu e se espremeu entre Cassandra e Nicolly, que fizeram instantaneamente uma careta de desprazer.

-Aff, parem de fazer cara de bunda e me contem algo de bom!-Riu entre os protestou de que ela precisava de um regime.

-Bom dia...-Ouviu uma voz aguda e fria atrás de si.

Virou instantaneamente para ver que era Draco sorrindo torto.

-Bom dia loiro!-Riu ao ver Draco fazer uma careta e virar para se sentar em uma banco no outro lado da mesa em frente a si.

-Olá Melabouth, Cassandrinha...-Resmungou fazendo Cassandra cerrar os olhos em desaprovamento.

Nicolly retribuiu o cumprimento com um sorriso amigável, enquanto Cassandra dava de ombros e erguia uma sobrancelha mostrando que Draco era algo que ela não se daria ao trabalho de cumprimentar.


Tomaram tranqüilamente seus cafés.Gina hora outra dava umas olhadas em Harry que estava sentado a mesa da Corvinal com Patricia.Sorriu de modo perverso.

Ah Potter!Você não sabe como o arrependimento dói...

Ergueu uma sobrancelha.Aquela loira jezebel também iria pagar por cada palavra ofensiva que lhe fora despejada.Ah, o seu queridinho Potter teria uma surpresa em tanto.

Ergueu o queixo e fitou Draco que observava algum ponto acima de sua cabeça.

-Qual o problema?

-Nada!-Sorriu.

-Se não quer falar, beleza!-Deu um pulo pra fora da mesa da Sonserina.-Agora, tchau!Tenho que dar um ultima ordem...-Riu ironicamente.

-Ordem?-Nicolly ergueu a sobrancelha.-Falou Gina mandona!

-Aff...-A ruiva deu nos calcanhares e saiu em passos rápidos do Salão Principal.

Todos terminaram de tomarem seus cafés e logo uns já andavam pelos jardins conversando em pura alegria, outros, jogavam nos seus respectivos Salões Comunais, e assim por diante, sendo que tinham de se divertir já que no dia seguinte começariam as tediosas aulas semanais.

Andou um pouco depressa e se encostou a o tronco de uma arvore, cruzando os braços em frente ao peito.

Novamente seus pensamentos voaram e foram parar justamente em uma garota de cabelos excessivamente ruivos e que vivia de rabo-de-cavalo.

O que será que ela quis me dizer ontem quando perguntou se seu confiava na Patricia?

Sorriu de uma maneira perversa.Maldita ruiva.

Agora a questão do baile também pairava e se alojava na flor de seus pensamentos.Tinha o fato da ruiva ter aceitado ir ao baile com ele...Ele ainda tinha que a convencer de se arrumar de uma maneira que ficasse deslumbrante.Se é que aquilo era possível...

Pegou-se pensando em como a ruiva reagiria se soubesse da aposta.

Provavelmente tentaria o matar ou azará-lo com alguma maldição.Ela ficaria furiosa.E olha só.Várias garotas querendo ir ao baile consigo, mesmo que fosse por uma aposta.Elas dariam tudo, até suas almas.Isso era tão patético.

Jogou sua cabeça pra trás e observou o lago de ponta cabeça.Várias ondinhas se faziam presente por causa do vento que soprava um pouco feroz.Os cabelos desalinhados e bagunçados de Harry esvoaçavam ao vento, brincando de cair sobre seus olhos verdes vez ou outra.

Não sabia o motivo de tudo aquilo, mas hora queria poder gritar para aqueles idiotas que lhe fizeram apostar, que não iria mais fazer parte de um joguinho besta como aquele.

Sabia muito bem que já tinha perdido, pois não haveria santo que faria Gina ganhar o baile de tão teimosa que era aquela cenoura ambulante.

Queria fazê-la entender que ele não mordia!Porque será que ela gostava de manter distância?Será que aquela cenourinha tinha medo de gostar da pouca distância entre eles?Não!Isso era a ultima coisa que deveria pensar.Se bem que aquilo não fazia diferença.

Deu uma olhada no relógio de pulso.Já era 11:00 da manhã.Daqui três horas teria ensaio pro projeto do professor Lupin.

O que faria nesse seu pouco tempo?Não estava afim de ver nem Rony nem Mione e muito menos a Patricia.Naquele instante queria ver sabe-se lá porque somente...

Ergueu uma sobrancelha ao ver quem se aproximava.

-Olá Potter...-A voz macia e suava cumprimentou.

-Oi...-Murmurou de má vontade.Okay que estava afim de ver a ruiva, mas depois de vê-la se desdenhando em sua frente, perdeu toda vontade e senso de educação.

-Se perdeu da dona ou foi ela que se perdeu de você?-Sorriu de modo perverso.

-Que engraçado...-Resmungou torcendo o nariz.

Aquela cara angelical e aquele cabelo vermelho eram simplesmente a essência perfeita para Gina.Ela parecia uma garotinha desprotegida, indefesa, mas mesmo assim, com muito poder e sensualidade.

-Bom, na verdade eu não sei nem porque parei pra falar com você!-Suspirou pesadamente.

-Porque você me ama seria a coisa mais certa a se dizer...-Suspirou.Adora provocar aquela cenoura ambulante.-Cenourinha...

-Cenourinha é o pai dos teus filhos.-Resmungou de mau humor.

-Nossa que estressada a moça.-Riu baixinho.-Posso te fazer uma perguntinha que já fiz uma vez e que não me respondeu?

-Faz.

-Bem, eu estava pensando...

-Milagre!-Resmungou fazendo Harry dar de ombros sem mostrar atenção.

-Como eu ia dizendo antes de ser interrompido, bem, eu estava pensando sobre o baile e fiquei me perguntando em como você iria...Poderia me dizer?-Sorriu esperançoso ao ver Gina franzir o cenho.

Ela olhou-o de cima abaixo.

Ah Merlin, como ele ficava lindo com aquela camiseta azul escuro e a calça jeans folgada e caindo um pouco.Os cabelos desalinhados e bagunçados de uma forma natural que o deixava sexy até o ultimo.Ele era o delírio de todas garotas.O garoto perfeito no físico.

Pegava-se pensando às vezes como seria tocar Harry, ou melhor, como seria o toque dele!Devia ser algo leve e suave...Mas, talvez não!Poderia ser agressivo, e de alguma maneira, possessivo de mais.

Merlin...Porque diabos estava pensando naquilo?Era idiota...Ridículo, improvável e...Nojento! –Tentou fazer-se acreditar-.

-Mas eu te respondi!-Ergueu uma a sobrancelha.-Disse que ia andando com as pernas...

-Aff, é sério Weasley!

-Bem, ainda não sei, depois eu descido, isso não importa!

-Não?Merlin, o assunto mais falado em Hogwarts é o tão especial baile, e você, Virginia Weasley não está se preocupando em como ir...-Riu em deboche.-Garota, você tem certeza que é normal?

-Bem, eu simplesmente não estou me preocupando em como ir porque ainda falta muito tempo, e isso também nem é o essencial.

-Não?-Harry bufou para se controlar com aquela ruiva doida á sua frente.

-Potterzinho meu bem, olha, me responde uma curiosidade!-Suspirou.-Porque diabos faz tanta questão de saber como vou ao baile?Que saco viu!

-Nossa, eu sou seu par, e acho que gostaria de ir com uma garota bem apresentável né?

-Se ser apresentável pra você é usar aqueles pedaços de pano que só faltam mostrar a bunda, vai com a Vad...-Engoliu em seco.-...A sua namorada Patricia.

-Sei, então você nunca pretende usar uma saia curta na sua vida porque acha que é ser fútil?

Gina bufou e inspirou ar aos pulmões.

-Não!Eu só disse que pra VOCÊ, uma pessoa estar apresentável, é ela usar roupas que mostrem tudo querido!

Harry riu em desdém.

-Se você acha!O que eu poderei fazer pra te provar o contrario?

Gina riu maliciosa.

-Não precisa me provar nada querido, até mesmo porque eu sei que você falharia com a promessa de me provar algo!

-Se você não quer tentar.-Suspirou em fingido vencimento.

Gina deu de ombros como que se estivesse encerrando a conversa.

-Weasley, eu não sou especialista em mulheres, mas posso te dar umas dicas?

Quando ele viu que Gina ia dar um não bem dado, sorriu e começou a falar rapidamente.

-Sabe, você poderia soltar esse seu cabelo, tirar os óculos e usar algum tipo de feitiço.Também poderia fazer um regime e usar roupas mais apropriadas e leves.

Gina arregalou os olhos.

-Olha benzinho, nem venha me dizer que estou gorda porque eu não sou!

O moreno soltou uma alta gargalhada.

-Vai me dizer que é esbelta?

Gina mordeu a língua para não dizer umas poucas e boas para aquele moreno, mas tratou de calar a boca.Em poucos segundos ele teria uma surpresa que o deixaria de boca no chão.

Quem ri por ultimo, ri melhor Potter

Conformou-se em saber que aquele moreno ia ver só o que dava ele gostar de garotas fúteis.

-Bom, nos vemos no almoço.-A ruiva deu nos calcanhares e saiu em passos suaves de lá.

Harry ainda pôde à fitar por alguns segundos antes que a ruiva sumisse.O que era aquela vontade de ser algo que não fosse inimigo, dela?

Respirou levando ar aos pulmões e os soltando levemente pelos lábios entreabertos.

Estava ficando louco e precisava urgentemente de um psicólogo.




-Ah, então quer dizer que seu primo chega sábado que vem?-Cassandra perguntou passando os dedos levemente pelo queixo, num gesto pensativo.

-Exatamente, nem sabe como estou com vontade de fugir daqui.

A amiga riu, mas logo parou.

-Pois é, mas pelo que ele diz na carta, a megera na história é você.

-Eu?-Nicolly ergueu uma sobrancelha, logo após franzindo o cenho.

-É sim mocinha, foi a Srta que tacou o jarro na cabeça do coitado.

-Ah, nem vem, eu tinha uns cinco anos!

-E já era maléfica desse jeito!-Riu enquanto Nicolly passava nervosa a mão pelo cabelo liso e sedoso.

-Maléfica é?-Sorriu.-Você nem me conhece direito benzinho...

-Tadinha da Gin, tenho pena dela!-Cassandra acrescentou erguendo as sobrancelhas.

-Falando nela, eu to morrendo de vontade de saber o que ela aprontou pro Potter.

-E você acha que eu não?-Sorriu para a amiga que se levantou do sofá do Salão Comunal da Sonserina.-Sei lá, esse seu salão é muito gelado.

-Eu gosto daqui.-Olhou ao redor.

-Isso é bom...-Riu baixinho.-Vamos descer pra almoçar?

Cassandra fez que sim com um gesto da cabeça e acompanhou a amiga até o quadro do Sr raquítico.

Saíram e começaram seus caminhos rumo ao Salão principal, onde um almoço delicioso as esperava.

Cassandra usava uma calça jeans folgada, mas que moldava perfeitamente suas curvas, junto com uma camiseta preta com uma enorme rosa branca no centro.Os cabelos presos nos coque onde deixava com que fios se soltassem por seu rosto, a dando um ar angelical.

Nicolly estava com uma saia jeans até um pouco acima do joelho.Junto usava uma blusa que se cruzava em frente ao peito assim sendo amarrada atrás do pescoço.Os cabelos soltos com duas mechas presas atrás por uma presilha em formato de borboleta.

Já estavam chegando na entrada do Salão Principal quando avistaram Gina vindo correndo em suas direções.

-Hei, onde estavam?-A ruiva perguntou eufórica entrando no Salão com as duas, que arrancaram suspiro dos garotos, com exceção a Gina.

-Conversando no Salão Comunal da Sonserina.-Nicolly respondeu rapidamente, fazendo Gina suspirar.

-Um dia eu quero entrar lá tá Cass?-Sorriu de forma amável.

-Pode deixar, depois do almoço podemos ir lá.-As garotas sorriram.-Mas tem uma condição.

Gina e Nicolly suspiram.

-Eu também quero ir ao de vocês qualquer dia.

-Trato feito.-A ruiva estendeu a mão para Cassandra que segurou.

Sentaram-se as três na mesa da Grifinória.

Cassandra cumprimentou todos que sorriram e responderam atenciosamente.Gina cumprimentou apenas Hermione, deixando que seus irmãos bufassem em estresse.

-Não vai falar com nós Gina?-Rony perguntou fazendo cara de bobo.

A ruiva assoviou como se não tivesse ouvido nada, deu de ombros e se sentou sossegada entre Nicolly e Cassandra.

-Gina, tá tudo okay...-Ouviu Colin exclamar animado acenando.

Raciocinou e se lembrou o que estava pronto.

-Ah, e quando chega?-Perguntou um pouco disfarçadamente, mas todos pareciam muito curiosos, assim os fitando de modo apreensivo.

-Hoje, daqui segundos quando algum aluno resolver ler.-O pequeno loirinho sorriu e virou o rosto, voltando-se para seus colegas que lhe jogavam milhares de perguntas.

Riu de um modo perverso, fazendo Cassandra e Nicolly se entreolharem antes de caírem na gargalhada também.

-Ler o que ruiva?-Cass perguntou enxugando as lágrimas que lhe escorriam dos olhos devido às risadas.

-Vocês verão...-Sorriu maléficamente mais uma vez.

Nesse momento Harry entrou folgado no Salão Principal, fazendo várias garotas se levantarem num pulo e ficar olhando pra ele, que sorria de uma maneira Sexy e impressionante.Aqueles olhos verdinhos brilhando em pura malicia e satisfação ao ver todas garotas do Salão Comunal o fitando.

Gina sorriu e ergueu uma sobrancelha.

-Mais alguns segundos Potter...-Murmurou fazendo suas duas amigas virarem instantaneamente.

-Segundos pra que?

-Já disse que vocês vão ver...

-Quer matar a gente de curiosidade ruiva?-Cassandra perguntou coçando a nuca e torcendo o nariz.

-Digamos que sim...!-Respondeu sorridente.

Harry se sentou ao seu lado, assim fazendo-a prender a respiração pra não sentir o cheiro acolhedor dele, fazendo-a se obrigar a jogar todos exemplares no lixo.

Fred se levantou num pulo.

-Aonde vai?-Nicolly perguntou num impulso, fazendo com que ela fizesse uma nota mental de se afogar quando estivesse tomando banho.

-Nossa, não sabia que se preocupava comigo...-Ergueu uma sobrancelha.

-Engraçadinho...-Ironizou.

-Bem, já volto.-Deu de ombros e saiu de lá, fazendo algumas garotas suspirarem também, ao vê-lo com a camiseta branca e calça jeans preta, marcando o formato das coxas.

Em segundos Fred entrava novamente, mas dessa vez trazia um exemplar do jornal de Hogwarts enrolado em meio dos braços.

O coração de Gina pulou fortemente.Era agora a hora da verdade.A hora de provar o gostinho da vingança.Iria sentir Harry queimando em raiva e Patricia se humilhando e pedindo desculpas.

Conformou-se muito ao saber que estaria abrindo os olhos de muitas pessoas ao desmascarar aquela loira jezebel falsificada.Um dia realizaria seu sonho de provar que o que ela usava era algum feitiço para colorir os olhos ou apenas uma lente de contato.

Fred se aproximava lentamente, parecia que tudo ocorria em câmera lenta, pois o ruivo nunca chegava até eles e muito menos abria o jornal.

Viu quando o irmão parou em meio a mesa da Grifinória e da Corvinal, onde Patricia sorriu de uma maneira estúpida.

-Olhem só, a nova edição do Jornal de Hogwarts chegou.-Fred ironizou coçando a nuca.-E, vejam só, primeira pagina...-Abriu o jornal e arregalou os olhos.-Harry, a Patricia te chifrou de Novo!

O moreno parou de comer no mesmo instante e olhou para Fred que tinha o lábio contorcido em um sorriso incrédulo.Só poderia ser mentira!Ah, se fosse verdade aquela loira estaria ferrada.

Gina se levantou junto de Nicolly e Cassandra.As três se entreolharam e as duas morenas arregalaram os olhos.

-Gina, você mandou a foto pro...-Iam dizendo em coro.

-Eu não, mas o Colin me fez este pequeno favor!

As duas morenas caíram na gargalhada e ficaram olhando indignadas para Fred que ficava vermelho ao olhar a foto.Parecia estar se segurando muito pra não rir.

Patricia olhou intrigada para o ruivo que não desgrudava os olhos do jornal.Todos alunos de Hogwarts o fitavam com umas caras de indignados.Algumas garotas riam e diziam frases do tipo: Eu sempre soube que ela não prestava.

Harry se levantou e ficou ao lado de Gina que olhava eufórica para Fred que pigarreou.

-Escutem isso...-Riu alto enquanto todos prestavam atenção, sem nem ao menos piscarem.

-Achamos que isso realmente merecia primeira página, até porque não é todo dia que vemos um verdadeiro Deus Grego sendo chifrado.Essa garota se chama Patricia Regina Jordan.É da Corvinal e já foi muitas vezes classificada a mais linda de Hogwarts.Namorada de Harry Potter o nosso herói e príncipe.Nós, garotas do jornal de Hogwarts ainda estamos nos perguntando como ela foi capaz.Harryzinho é tudo que uma garota em Sã consciência poderia desejar.Bem, fizemos uma pergunta a Virginia Weasley da Grifinória sobre o que ela achava disso, até mesmo porque fora ela que nós enviou a foto...-Fred arregalou os olhos e olhou indignado pra Gina.Harry arregalou os olhos enquanto a ruiva sorriu docemente.O salão começou a fazer um alvoroço, mas quando Fred voltou a ler todos se calaram.-Perguntamos o que ela achava disso tudo e ela nós disse que sempre soube que a loira da Corvinal era uma verdadeira garota que não prestava e não sabia como o ‘Potter’ ainda a agüentava.
Concordamos plenamente com nossa camarada Gina.Bem, terminamos por aqui, deixando um ‘fica comigo’ para Harry Potter e um ‘vá pros quintos do inferno’ para a loira oxigenada da Patricia.
-Fred terminou tossido e virando o Jornal para que todos pudessem ver a foto de Patricia agarrada aos beijos ardentes com um loiro.

Harry correu até Fred apanhando a foto em suas mãos e olhando com nojo.Maldita garota traidora.

O Salão inteiro começou a cochichar coisas do tipo: ‘tadinho do Harry gostosinho’, ou então: ‘Aquela garota realmente não presta’.

Por um segundo Gina começou a ficar com pena de Harry por tal humilhação.Mas bem que ele mereceu, quem sabe assim não abria os olhos de uma vez por todas.

O moreno deu um ultima olhada no Jornal e viu no final escrito:

Reportagem por Larissa Weisberg.Foto tirada por Cassandra Thrnbury e enviada por Virginia Weasley.

Então era isso que aquela ruiva miserável pretendia com as perguntinhas sem nexo?Odiava ela e mais ainda Patricia!

Como Gina pudera o humilhar daquela maneira?

Olhou indignado para Patricia que vinha em sua direção com uma terrível cara de preocupação.Apanhou o jornal das mãos de Harry.

Novamente o Salão inteiro ficou em silencio, apenas observando.

-É mentira.-Ela protestou jogando o jornal no chão.-Tudo calunia de pessoas que tem inveja do nosso relacionamento Harryzinho.-Tentou beijar Harry que a empurrou fazendo que por pouco essa não caísse como uma pamonha no chão.

-Não chegue perto de mim...Eu sinto náusea só de olhar pra esse seu rosto de vagabunda!-Suspirou de forma pesada e violenta.Patricia encolheu os ombros tentando se passar por desentendida.

-Harry, não to entendendo, porque não quer me beijar?

O moreno olhou com total repudia.

Gina se aproximou ficando ao lado de Fred que observava tudo de boca aberta.Harry nem parecia ter notado sua chegada.

-Não se lembra amorzinho?-Riu ironicamente.-Vou te refrescar a memória.-Pegou o Jornal do chão e tacou na loira que parecia estar prestes a ter um desmaio de tão pálida que ficava.-Sabe essa fotinho?Só prova que você só merece meu desprezo e pena por ser tão vaca!-Riu e cruzou os braços em frente ao peito, no mesmo instante que Gina arregalava os olhos e o Salão continuava em silencio.-Eu digo e repito, nunca mais toque em mim ou ouse olhar na minha cara.Sabe...Eu sinto nojo em lembrar que já tive o desprazer de tocar em você.Nem posso imaginar quantos já fizeram o mesmo nesse seu corpo imundo e coberto por oferecimento.Olha garota, eu só quero te jogar algumas coisas na cara, até mesmo porque eu estava a muito tempo querendo me livrar de você, só não sabia como...

-Por favor, Harry, eu não fiz por mal, você tem que me entender...Eu sempre te amei e sei que você nunca foi fiel a mim.

O moreno sentiu vontade de gargalhar naquele momento.Ela era idiota, ridícula.Odiava ela por ser daquele jeito.

Olhou-a indignado.Porque aquela maldita loira não se dava nunca ao respeito?Odiava ela, odiava lembrar de que já havia a tocado...Sentiu nojo daqueles olhos ridículos.Queria que ela se explodisse.

-Eu não era fiel a você?Dou graças a Deus por isso...!Sabe porque?Porque pra mim você sempre foi um brinquedo ao qual só me servia pra diversão.-Riu.-Isso mesmo, eu te usei Jordan, sempre te usei, até mesmo porque nenhum cara seria capaz de ter coragem pra ter algo sério com você!A não ser que ele goste de ser corno!Bem, nós nunca namoramos...Como eu disse, apenas te usava pra satisfazer meus desejos!Apenas pra isso!

-Harry, por favor.-Pediu com os olhos marejados em falsas lágrimas.

-Por favor digo eu...-Deu de ombros.-Me deixa em paz, nunca mais olha na minha cara.Se você sente pelo menos um desejo que seja por mim, me DEIXA EM PAZ.-Gritou as ultimas palavras, fazendo a loira gritar e começar a soluçar junto ao choro.Gina arregalou ainda mais os olhos.

-Isso...É...Tudo culpa...Su...Sua!-Patricia choramingou enxugando as lágrimas de crocodilo enquanto olhava de uma forma animal para Gina que apenas sorriu desdenhosa.

Só naquele momento Harry pareceu notá-la!Olhou de uma forma brutal e foi até a ruiva apontando para ela.

-E você?-Apontou cruelmente para a ruiva que apenas olhava para o dedo de Harry.-Está satisfeita?Já ganhou o ano né?Conseguiu provar pra todos o quanto que aquela idiota não presta, e acima de tudo, me humilhou!

-Sabe, eu realmente ganhei o ano, e não por ter te humilhado, mas sim por ter mostrado a verdade a todos.-Ergueu uma sobrancelha.-E, por favor, tira esse maldito dedo da minha cara.-Abaixou brutamente o dedo de Harry, que olhou intrigado.-E...Bem, acho que já fiz a boa ação do dia.Olha pessoal, agora vocês sabem o perigo que é essa feiosa que atende pelo nome de Patricia Jordan.Ah, mais uma coisinha.Crucifiquem esse babaca chamado Potter, porque eu acho que ele gosta de ser corno pra não querer ter visto que tipo de namoradinha era ou ainda é a dele.

Deu meia volta e saiu a passos largos de lá.Harry olhou para todos que sorriam como se ele tivesse perdido.

Olhou indignado e saiu correndo à procura de Gina.

-Que barraco!-Cassandra murmurou.

-A Gina tem uma coragem que é realmente marca de Grifinórios.




Andava tão rapidamente que nem viu que Harry se aproximava.Só percebeu quando um par de mãos quentes a seguram pelos pulsos a empurrando de encontro a parede, assim pondo as mãos ao lado de seu corpo a impedindo de sair.

-Quer fazer o favor de me largar Potter...-Ergueu uma sobrancelha.-Não quero me infectar!

-Acha realmente que eu sou corno né?Acha também que eu te odeio né?

-É!-Respondeu simplesmente.-Mas não fique triste que na parte do me odiar você também é correspondido!

Harry riu com vontade.

-Sabia que você não presta?

-Eu presto sim Potter, é você que não se enxerga seu miserável.-Sorriu de um canto dos lábios.

-Ah, eu presto pra muitas coisas Weasley...-Murmurou.

Gina pode sentir o hálito quente dele encontro ao seu corpo.Um hálito febril e bom, como em puro ódio.

-Até pra levar um par de chifres bem dado.

-Cala a boca sua cenoura babaca.

-Porque você não me faz calar?-Sorriu maliciosa.

-Não me provoque...-Harry babucilhou sem ação, soltando Gina que aproveitou o momento.

-Cresce e aparece Potter...-Riu desdenhosa e saiu correndo de lá, deixando novamente um Harry pasmo e indignado com o tanto de coisas que lhe aconteceram em menos de uma hora.




Logo após o almoço Cassandra e Nicolly foram procurar Gina para irem ao Salão Comunal da Sonserina.

Acharam a ruiva deitada pensativa no Salão Comunal da Grifinória.Saíram para logo em seguida entrarem no da Sonserina.

-Senta ai Gina!-Cassandra ofereceu poltrona para Gina e pra Nicolly.

Ambas se sentaram em poltronas diferentes.

-Gininha do nosso coração, me diz como você teve a santa coragem de fazer aquilo.

-Fazendo.-A ruiva respondeu dando de ombros.

-Gina, sua corajosa.-Dessa vez fora Cassandra que se manifestara.

-Isso que eu fiz não se chama coragem e sim bom cenho e admiração á verdade!

As duas morenas riram e Gina as fitou de uma maneira estranha.

-Vocês duas tem certeza que não são irmãs?

-Temos!-Responderam em coro.

-São tão parecidas...

Riram mais um pouco.

-E ainda tem padrastos!

-Pra você ver...

Ficaram mais um bom tempo conversando até que o dia terminou e foram para seus respectivos Salões Comunais.




Na manhã seguinte seria segunda feira e as tediosas aulas semanais começariam.Ficava até mias intediada em pensar nisso.Teria que voltar á acordar as 8:30 e 9:00 horas.

Subiu até seu dormitório, tomou um banho e foi se deitar.Amanhã o dia seria sossegado.




Era ela mais uma vez.Uma garotinha com seus cabelos negros presos em um rabo de cavalo até o ombro.

Ela estava sentada em uma cadeira e escrevendo algo em um caderno!Ela era muito familiar para seus olhos.Onde já teria a visto?

O velho Sr entrou novamente na cozinha.Foi até um armário e pegou uma garrafa de whiskey.Bebeu todo o conteúdo em alguns poucos goles.

A garotinha nem olhou pra ele.Parecia tremer e estar com medo;

-Cadê sua mãe?-O velho rabugento praticamente gritou.

-Saiu...-Respondeu numa voz fininha e fraca.

-Pra onde?-Limpou a boca na manga da camisa.

-Eu não sei.

-Mentirosa!-Urrou.-Pode dizer onde a puta da sua mãe está!

-Já disse que não sei!-Abaixou os ombros fechando o caderno com a capa preta escrito: ‘My Best Friend’.

O homem foi até ela a segurando pelos cabelos.

-Não vai me dizer onde está sua mãe, sua miserável?

-Eu não sei...Eu juro.Ela não me disse...Por favor, me larga!-Pediu chorando á dor do puxão no cabelo.

-DIZ ONDE A PORRA DA SUA MÃE ESTÁ!-Gritou.

A menina fechou os olhos e deixou que uma lágrima dolorosa caísse sobre a capa do caderno.

-Me solta Sr, me solta.

-E me chame de pai!-Pediu praticamente cuspindo nela.

-Pai...-Engoliu em seco sentindo um nó na garganta.-Você não é meu pai!Ele morreu...E disse que me amava!

O velho a segurou pelo pescoço, apertando com força, puxou-a até um aquário cheio de peixinhos que nadavam tranqüilamente e enfiou a cabeça da garotinha que se debatia com as mãos no aquário.

-Nunca mais me desafie sua pequena vagabunda!

Retirou a cabeça dela do aquário Pingando água, e ela respirou fundo ao sentir o ar voltar a encher seus pulmões.

-Agora diz onde se meteu a prostituta que é a sua mãe!

-NÃO FALA ASSIM DELA...-Gritou.

Novamente ele mergulhou a cabeça dela dentro da água.Não tirou e a menina foi ficando roxa até que parou de se debater.

-Miserável, eu quero que você morra!

Vários fleches e uma luz forte.


Acordou suando frio.Seu pijama estava molhado e sentia a testa arder junto ao estômago que dava umas pontadas.

-Não acredito que esses pesadelos voltaram...-Murmurou antes de se cobrir até o abdômen e fechar fortemente os olhos.

Porque esses pesadelos que não eram seus tinha que o atormentar?Porque?




Mais uma semana se passou rapidamente.Parecia que com a aproximação do baile as aulas passavam muito rápidas e logo já era Sábado dia treze, faltando apenas 19 dias para o baile de Halloween.

Levantou-se para mais um sábado.Ah!Ia adorar passar o dia zoando com suas amigas.

-Ah, acorda Nick, olha só, estamos no Outono, mas tá fazendo um lindo dia de sol!-Gina gargalhou e retirou a coberta de cima de Nicolly que se virou abrindo lentamente os olhos.

-Bom dia...-A amiga respondeu se levantando e coçando os olhos.




-Oi Harry, já está acordado?-Rony se levantou super cansado.-Pulga na cama?

-Pior, eu não paro de pensar no que a babaca da Patricia fez.Odeio ela!-Resmungou torcendo o nariz.

-Pois é, eu não sei como me sentiria.É a segunda vez né?

Harry olhou sem muita vontade e apanhou os óculos, colocando-os.

-Bem, eu sei que já faz uma semana que isso aconteceu, mas é que eu odeio ser traído.

-Entendo.Você tem falado com a minha irmã?

-Não, a ultima vez foi domingo.

-Hum...

-Porque?

-Nada.Curiosidade.-Deu de ombros se levantando pegando uma muda de roupas e sua toalha azul claro.

-Vou tomar uma ducha.




Salão Principal.
Café da Manhã.


Gina entrou junto com Nicolly, acenaram para Cassandra que retribuiu com uma cara de entediada.

Sentou-se ao lado de Fred e Nicolly ao de Hermione.

-Weasley, teremos treinamento amanhã.-Um certo moreno murmurou sem olhar Gina nos olhos.

-Ótimo!-Sorriu voltando a conversar com Nicolly.

-Eu disse amanhã, mas não me lembro de ter te falado o horário...-Harry sorriu olhando para Gina que virava lentamente a cabeça.

-E eu acho que estou ocupada agora...-Praguejou com os olhos e os dentes cerrados.

-Quer dizer que pra você tanto faz o quadribol né?

-Eu por acaso mencionei isso?Não, porque eu não estou lembrada!-Sorriu ironicamente.

-Não disse, mas é o que deixa transparecer...-Retrucou.

-Quais os motivos?

-Hum...Em vez de me perguntar que horas que será o treino, prefere ficar conversando com essa garota...-Murmurou apontado pra Nicolly com um gesto da cabeça.

-Essa garota tem nome e se chama Nicolly.-A morena pestanejou nervosa.

-Que seja...-Harry murmurou.

-Olha Potter, eu converso com a Nick porque nós temos coisas importantes a dizer também, então...Uma coisinha pra você...-Sorriu de um canto dos lábios.-Não se Mete!

-Sei...Conversar sobre seu namoradinho agora é mais importante...?-Harry ergueu uma sobrancelha e tossiu de uma forma irônica.

-Não mais importante que o quadribol, mas é bem melhor do que te dar atenção.-Virou o rosto por alguns segundos para depois voltar a olhar para Harry e vê-lo pasmo.-E, falando nisso, qual o horário do treino?

-As duas da tarde.-Disse dando-se por vencido.Chegaria o dia em que ele ganharia no dialogo com aquela ruiva do mau.

Tomaram o café tranqüilamente.

Vezes ou outra Patricia ficava fitando Harry sem parar.Isso começava a encher.Será que ela queria que ele ficasse com pena?Aquela garota era o verdadeiro corrimão de escada...Todo mundo passa a mão! –Riu do próprio pensamento progressista-.

Cassandra Gina e Nicolly decidiram que iriam passar o dia conversando à beira do lago.Afinal, o que era melhor para um lindo dia de sol como aquele?Era uma ótima e agradável manhã.

-Gina, você discutiu de novo com o Potter?-Cassandra perguntou como que quem na queria nada enquanto passava o dedo sobre a superfície do lago.

-Brigar?Nada!Aquele foi o relacionamento mais amigável entre eles...-Nicolly respondeu por Gina, de uma forma tão natural que parecia ser verdade.

Gina bufou e começou a olhar para o horizonte do lago.

Como uma simples paisagem poderia transmitir tanta calma?Era lindo.O sol estava bem acima do lago, deixando com que sua imagem transparecesse no lago que tinha leves ondinhas feitas pela lula que nadava de uma forma tranqüila.

Suspirou e inspirou o ar.Ar puro que a fez até se sentir nas nuvens como que se não tocasse mais o solo.

-Gina...Planeta terra chamando!-Nicolly ironizou passando a mão em frente ao rosto da ruiva que piscou algumas vezes um tanto confusa.

-Ah, desculpem, eu me perdi no lago por alguns minutos...-Riu e abaixou a cabeça.

-Tá com cara de apaixonada!-Cassandra comentou com um pouco de malicia na voz.

-Só se for por mim mesma...-Riu e Nicolly balançou a cabeça de um lado para o outro.

-O que vocês mais gostariam de ter?-Nicolly perguntava com o cenho franzido.-Tipo, tem que ser algo muito importante mesmo que vocês já tenham perdido as esperanças.

Gina e Cassandra fizeram cara de desentendidas e mudaram de assunto.

-Sério gente, sem zueira, o que vocês mais queriam...-Nicolly insistiu.

As outras duas suspiraram e deram de ombros.

-Diz você primeiro.-A ruiva mandou arqueando a sobrancelha.

-Tá!-Nick suspirou e fechou os olhos de uma forma sonhadora.-O que eu mais queria era poder viver um amor Incondicional...Sem fronteiras...-Suspirou mais uma vez.-Onde nada nem ninguém fossem capazes de impedir.Algo como nos filmes de romance onde eles sempre no final acabam juntos construindo uma vida!

Gina piscou algumas vezes e olhou para Nick com uma cara de feliz.

-Legal, mas como você acha que isso é impossível?

-Não sei, amores sem fronteiras é só pra filme ou para livros de romance.

-Não!Ninguém...Sabe!-Suspirou pesadamente enquanto fitava Nick que olhava para as águas negras do lago.

-Eu não digo mais nada.-Cassandra fez-se presente na conversa.

Nesse momento Gina e Nicolly olharam para Cassandra de um modo maléfico e perverso.

-Agora é a sua vez!-As duas amigas quase gritaram fazendo Cassandra se sobressaltar.

-Nossa...Não precisam gritar!

As duas riram, mas logo se calaram quando Cassandra começou a falar.

-Bem, são tantas coisas que eu queria, mas acho que são impossíveis...-Riu.-Só tem a que mais desejo...-Inspirou ar.-Poder encontrar meu pai...Rever ele...Eu não posso dizer mais nada pra vocês...Mas é o que mais desejo...Poder revelo um dia.Um dia...-Abaixou a cabeça.

Gina e Nicolly a fitaram com um pouco de pena no olhar.O que era a vida de Cassandra?Porque ela não podia se abrir?O que havia de errado nisso?

-Não podemos te dizer se é o não impossível, até mesmo porque não sabemos o que aconteceu com seu pai...-Gina sussurrou.

-Bem, agora diz o que você deseja Gina!-Cassandra pediu mudando rapidamente de assunto e erguendo a cabeça.

A ruivinha ergueu a sobrancelha e ficou alguns instantes pensativa.

-Olha, não tem algo que eu ache impossível, mas o que eu gostaria e acho muito difícil de acontecer é...

-Você parar de brigar com o Potter um dia!-As duas morenas disseram ao mesmo tempo, fazendo-as se entreolharem e caírem na gargalhada enquanto Gina as fitava seriamente.-Zueira, pode continuar...-Nicolly murmurou enxugando as lágrimas causadas pelo riso.

A ruivinha bufou, mas logo voltou a dizer.

-Então, a coisa que eu acho que só irá acontecer se nós tomarmos consciência, é a discriminação.-Suspirou.-Hoje em dia parece que as pessoas só conseguem enxergar aquelas que tem um belo par de seios e uma bunda grande.-Nicolly e Cassandra riram perante o comentário.-Não conseguem enxergar a beleza interior dos outros.Bem, vejam a maioria dos garotos desse colégio...São uns bandos de superficiais.Só ligam para garotas lindas.-Riu com sarcasmo.-Eu gostaria que todos fossem tratados com igualdade...Que não existisse essa besteira de Jornal de Hogwarts colocando as garotas e garotos mais bonitos e feios...Queria apenas que existisse humildade e acima de tudo consciência!-Soluçou tendo que parar de falar enquanto sentia seu mundo dar voltas.-Olha, eu queria, resumindo em poucas palavras, que o superficionalismo se explodisse em mil pedaços.

-Wow, arrasou no discurso Gina!-Nicolly disse se levantando com Cassandra e batendo palmas pra Gina que corou instantaneamente.

-Então esse é seu sonho?

Gina pensou em Harry, em como queria realmente que ele não ligasse apenas para a beleza externa.Como queria que fossem amigos, ou talvez até...-Engoliu em seco ao pensar naquela besteira.Harry nunca teria consciência de nada!-.

-Queria que me notassem...-Disse por fim.

Nick e Cassandra se entreolharam abismadas.Nunca imaginariam em suas vidas que Gina gostaria de ser bonita como todas garotas.Nunca pensaram que ela gostaria que a olhassem com outros olhos.Dessa vez aquela ruivinha havia as impressionado.

-Notassem?-Cassandra perguntou um pouco baixo, tendo que Gina ler seus lábios para entender.

A ruiva fez que sim com a cabeça ainda olhando para o chão gramado.

-Então Gina querida, só temos uma coisa para dizer...-Cassandra olhou para Nicolly, que sorriu tomando a vez das palavras.

-Mude e mostre que apesar de uma garota poder ser bonita ela pode ser melhor ainda por dentro...

A ruivinha levantou a cabeça e se levantou, fazendo com que as amigas fizessem o mesmo e ficassem a fitando.

Mudar...

Mudar...

O que seria mudar para elas?O que seria isso?Era algo incompreensível...Mudar seria a formula para a igualdade?Seria o jeito certo?

Não!Talvez isso apenas a fizesse mais uma...Apenas deixasse mais comprovado que uma garota só poderia ser valorizada por suas beleza feminina.

Isso não era o que desejava...Mas e se...

Suspirou encarando as duas e disse num murmúrio de lamento:

-Eu não posso!Não sei se seria certo...

Deu meia volta saindo de lá.




-Harry eu to falando com você!-Rony chamou a atenção de Harry pela milésima vez.

-E eu já disse que tô ouvindo!-Praguejou entediado.

-Tá ouvindo, mas não responde né?-O ruivo sentou entediado no sofá do Salão Comunal.

-Tá, desculpa Rony, sobre o que era o assunto mesmo?

Rony crispou os lábios e cerrou os olhos.

-Depois diz que tá ouvindo né?

-Desculpa!

-Tá, eu te perguntei quando que vai ter mais ensaio para o projeto do Lupin.

-Ah, terça.-Harry suspirou.-Nas duas aulas dele.

-Hum...Isso é entediante...Sabe aqueles passos de tago...Tingo...-Dizia tentando se lembrar.

-Tango!-Harry corrigiu.-O que tem?

-São horríveis...Eu quase caí naquele dia...Esse negócio de ficar trançando as pernas não é comigo não!

Harry riu e começou a morder a junta do dedo.

-Hum...Eu achei interessante...

-Mas vai ter que dançar com a mina que te chifrou...-Riu.

-Hahaha, vai achando...E mesmo que eu tenha, eu não to nem ai pra ela, vou fazer de tudo pra que ela erre e tropece no próprio pé!

-Que malvado...

-Nem vem Ronald...!-Harry se levantou indo até a escada do dormitório masculino.

-‘Onde você vai?

-Pra bem longe das suas ironias!-Respondeu mal humorado, fazendo Rony arregalar os olhos.




Jantar,
7:30.


O jantar estaria normal se os professores não estivessem com caras apreensivas de que esperavam por algo.Dumbledore tamborilava os dedos na mesa onde comiam um delicioso banquete.Os outros professores conversavam ansiosos entre si.

Os alunos estavam normais como que se aquele fosse apenas mais um jantar.Mas Gina sabia que estava acontecendo ou iria acontecer algo de novo na escola.Olhou para Nicolly que sorriu.

-Nick, o que será que vai acontecer que os professores estão conversando de um jeito tão estranho?

Nicolly encolheu os ombros.

-Sabe que não sei...Eu também tinha percebido.

-Eu queria saber, mas...-Gina arregalou os olhos como se estivesse acabado de descobrir algo de muita importância em menos de dois minutos.

-Que foi?-A morena perguntou ansiosa.

-Nick, não se abale, mas pelo que me lembro, seu primo chega hoje!-Respondeu pondo a mão na boca.

Nicolly parou o garfo no meio do caminho voltando com ele para o prato e tossindo.

-Eu...Não...Acredito...-Disse pausadamente arregalando os olhos.-Que zica...

-Agora eu até que fiquei asiosa pra saber como ele deve ser...-Riu de forma alegre enquanto Nicolly revirava os olhos e balançava a cabeça de um lado para o outro.

Dumbledore se levantou lentamente e bateu com o garfo em sua taça fazendo com que o Salão inteiro se calasse e o olhassem apreensivos para ouvir o que o diretor diria.

-Bom, estimados alunos de Hogwarts, tenho duas notícia para dar para vocês...Ambas ótimas.-O velho bruxo anunciou.

Murmúrios explodiram pelo salão.Dumbledore pigarreou e logo se calaram.

-A primeira noticia tem dois lados positivos.Bem, vocês terão dois bailes.-Todos sorriram, mas continuavam calados esperando pelo resto.-Um será dia 31 de Outubro, que será para o dia das bruxas...Nesse serão recolhidos os votos que deverão ser depositados em um cálice que ficará exposto no dia 31.O outro baile será no dia 1º Novembro, onde serão dados os resultados de Rei e Rainha do Baile.Creio que esse segundo baile será bem mais emocionante.-Dumbledore olhou para Gina e piscou.A ruivinha sabia exatamente o que ele quis dizer piscando para ela.-Terão várias surpresas.-Num suspiro o diretor mudou de assunto.-Agora a segunda noticia é que...-Olhou em direção a porta do Salão Principal. -Alunos!Quero dizer que teremos um novo integrante em nossa escola de magia e bruxaria de Hogwarts.Espero que o recebam de braços abertos...-Dumbledore bateu palmas com a mão e a porta se abriu, deixando amostra um garoto.

Todos olharam boquiabertos.Um novo aluno, como assim?

Nicolly franziu o cenho e virou o rosto lentamente, como em câmera lenta.

Gina virou de uma forma muito rápida e arregalou os olhos ao ver o garoto parado nas portas abertas, onde várias garotas mantinham-se de boca aberta e outros garotos cerravam os olhos.

Nicolly ficará pasma.Aquele garoto era mesmo seu primo?Tinha que admitir que deslumbrante era muito pouco para descrevê-lo.Ele fugia ao convencional.Não era como moço bonito que se tornara ator de cinema.As feições de Edward Loved eram marcantes, a ossatura bem-feita, escultural.

A avantajada estrutura de seu corpo, aliada aos cabelos negros caídos até o queixo impedindo a visão de um dos olhos sensuais, provocavam um impacto incrível.Tinha ombros largos e percebia-se que a musculatura era rija e o peso, exato.Parecia um esportista, tão devastador que deixava suas admiradoras boquiabertas.

Era absolutamente o fenômeno de Hogwarts...

Gina exclamou algo incompreensível...Nicolly babucilhou o nome do primo algumas vezes em descrença enquanto algumas garotas ficavam boquiabertas.

Com certeza se perguntando em que casa aquele garoto sexy cairia...

CONTINUA...




Next Chapter (Próximo Capitulo) :

*Nicolly ficou o fitando.Ele não podia ter dito todas aquelas coisas lindas...Agora estava simplesmente juntando sua vontade de dizer que também o Amava com todas as forças e que...

*-Bom dia Harry...-Ela murmurou no ouvido dele, fazendo calafrios passar por seu copo.

*-Ai minha cabeça...-Gina, pois rapidamente as duas mãos na cabeça.

*-Hahaha, engraçadinha...Quero só ver você rir depois do que eu vou te contar...




N/A: Oi...Td bem queridos?Espero que sim...Bom, eu sei que não devia ter parado ai....Mas é que pretendo deixar vcs curiosos...Huahuahuahua!Bom...Agradeço a todos q estão lendo...E ah, Miaka, eu não to entrando no MSN pq vive travando, mas quando eu arrumar ele...Eu apareço por lá okay?Bom, postei essa capitulo antes do que eu imaginava né?????Espero que gostem e deixem suas opiniões;

Ah, se vcs tiverem ORKUT, podem me adicionar tá!O meu é: Mikaele Fitzgerald

**********************************

URGENTE: AH, POR FAVOR, ENTREM NO MEU BLOG E DEIXEM UM COMENTÁRIO.AGORA É BLOG NOVO...TEM OUTRO LAYOUT...ESTÁ BEM MAIS MANEIRO!POR FAVOR TÁ?LÁ ENCONTRARÃO CAPAS DE EXTRAS DE GAROTA MALVADA OKAY?

http://gingerfitzgerald.blog.uol.com.br/

BJKS PRA TODOS....ADORO-LHES!

XAUXAU T+++++++++++!

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.