FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

10. Ou vai.. ou racha!


Fic: Ferias no Brasil


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________


Capitulo 10 – Ou vai, ou racha!

No capitulo anterior...
Sirius finalmente encontra sua estimada tartaruga e separa de Brianny (que volta para a França). Lily salva uma garotinha e recebe uma mascotinha de presente.Por influência de uma caipivodka Remo “solta a franga”(no bom sentido mentes poluídas!) num Karaokê e conquista Brenda...

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

Nesse capitulo...

(N/A: “issty” é uma espécie de “cala a boca”, ou “Ihhh seu chato”... Você fala numa espécie de assovio meio que cuspido... ¬¬)


(Autora)
A cena não poderia ser mais estranha; uma garota de aparentes dezoito anos, muito alva e ruiva estava sentada numa calçada em frente a DP.Ela segurava uma porca que (por mais estranho que pareça) parecia estar “sorrindo?”.

_Uh, mais você é uma gracinha! Cute-cute-cute da mamãe! – disse a ruiva sem perceber que um rapaz muito bonito se aproximava...
_Ai! – o garoto gritou rapidamente retirando a mão vermelha da boca da porca. (N/A: porcos mordem!? OO)
_James!
_Não se preocupe Lily, eu..
_Você lavou as mãos?
_Hã?
_Você. Lavou as mãos? Porque a Didi não pode sair por ai mordendo qualquer coisa.

(James - negrito)

Para tudo!

Ela perguntou se eu lavei a mão porque “ ... a Didi não pode sair por ai mordendo qualquer coisa.”

_Quem é Didi? – eu perguntei, pois no final das contas eu nem era bom em Adivinhação, e ainda não desenvolvi meu poderes para-normais (Oo).

_Nosso Baby! – o quê? Baby? Como assim... Será que a Lily... Mas eu num... Oh My! Estou chocado!
_Lily você está grávida?

_Claro que não seu tapado! – Ufa! Quase que eu tenho um piricupico.

(N/S: o que é um “piricupico”? ## N/A: Aff! E um piricupaco em escalas assustadoras! ## N/S: Mais o que é um piricupaco? ## N/A: Ah! É um piricupico fraquinho hshshs ## N/S *gritando*: Da pra falar a minha língua, porque u não sei o que é um piriucpico e muito menos um piricupaco! ## N/A: ih! Relax! A vida é um morango! Hum.. Como eu vou explicar? Ah! Já sei Piricupaco é um espécie de “chilique” sacas? ## N/S: Um idéia dessas.. só podia sair dessa sua mente desocupada! ## N/Um leitor na do outro lado do PC: Dá pra calar a boca que eu quero ler a fic! *Sirius e Maria saem de mansinho* )

_Então quem é Didi!
_Nosso Baby A-D-O-T-I-V-O. – ela soletrou.
_Ado...

_Isssty! – ela falou tampando as orelhas da por..
_A porca! – nossa, com essas conclusões eu vou longe.. ¬¬

_Não fale essa palavra... Ela pode se sentir rejeitada. – ela ralhou comigo por causa de uma porca?Eu não acredito.
_Rejeitada? Lily! Porcas são porcas... Não se sentem rejeitadas. Ela nem é ela, quero dizer, ela é ela, mais não é ela gente, é ela porca, um animal! Não pensa. Entendeu?

_James Potter, você é...você é... Um insensível! Como pode falar assim do nosso baby? Você é um “coração de gelo”, que decepção... – ela disse lamentando-se.

Agora eu peço um momento de reflexão para poder entender (eu não estou entendendo do meio a metade!). Vamos lá...

1º Lily pirou!
2º Eu tenho um “baby”.. Que é uma porca! Isso mesmo uma PORCA!
3º Eu estou brigando com a minha namorada (por quem sou perdidamente apaixonado) por causa de uma PORCA!
4º Minha namorada TEM uma PORCA!
5º Recapitula ai... Ela disse “... a Didi não pode sair por ai mordendo qualquer coisa.”.. Por acaso, “qualquer coisa” seria minha mão?
6º Eu fui MORDIDO por uma PORCA!
7º Vocês já viram quantas vezes eu disse “porca”?

Agora, voltando ao desespero emocional...

_Lily meu amor... – sentei-me ao seu lado – você andou bebendo? Porque eu sei que você tem fraco para bebidas e...

_Potter! – ela falou ofendida. E ainda me chamou de Potter? Mau sinal...
_Evans! - brinquei.

_James! – ela disse fazendo uma careta.
_Lily! – Hshsh, eu sou mau com um pica-pau... Muahhh

_Não se faça de engraçadinho. _ Issty! Ta falando que nem minha mãe. – Só porque eu quero cuidar da nossa família.
_Família? Mais que fami... – Oho! Lily saiu, ou melhor, entrou correndo para a DP, onde Siriu (acho eu) ainda tentava passa uma cantada na policial... Aff, ele não tem jeito...

Mas.. Voltando ao assunto principal... Minha ruivinha está estranha... Isso de ficar “cara-a-cara” com o perigo acabou por afetá-la. Sabe, desde que ganhou aquele bicho é só “fofinha” pra cá...“Gracinha” pra lá... Humpf


N/A: E impressão minha ou tem alguém com ciúmes? ## N/S: não é sua impressão não cara autora, o Pontas está com ciúmes.. Hshsh.. Que decadência pode chegar um homem? ## N/A: Eu não sei em que mais acreditar.. ## N/S: Quero dizer.. Ciúmes já é ruim.. ## N/A; Yeh! ## N/S: Mais ciúmes de uma porca... È triste! ## *morrendo de rir* ## N/J: Vão se !@#$% seus @#$%¨#$ A me deixem terminar meu depoimento! ## N/S : Mau jeito Pontas.. ## N/A: Hshshshs tive uma idéia “constrangedora”. ## N/S: Hã? Não gostei! ## N/A: Não vai ser ruim... Pelo menos não para nós *olha maquiavelicamente para Sirius* ## N/A-S: Muahhhh)

_James?
_Ah. O que há Almofadinhas?
_Acho que terminamos tudo por aqui.
_Onde está a minha ruivinha?
_Ela ta conversando com a Fran.
_Fran? Que Fran?
_A policial “oh cabeção”.
_Ah, tá.
_Desanimado Pontitas?
_Eu? Que nada... – o Almofadinhas saiu e eu fiquei sentado, olhando o transito...

Mas por Merlin! O que está acontecendo? Já estamos viajando há dois meses; visitamos três estado; nos metemos em mil e uma confusões.. Passamos por Minas e... Oh My god! Esquecemos o Aluado... E pra completar, a Lily está tão estranha...

O Almofadinhas, outro estranho... Não leva nada a sério, a vida dele se resume em mulheres, comer, dormir me irritar (essa não podia faltar), comer, mulher... (não necessariamente nessa ordem.).


(N/S: O pontas ás vezes é tão esquisito.. ## N/A: *faz careta engraçada*Eu sei! ## N/J: Issty!)

O Aluado virou um “pegador”, por essa nem mesmo eu esperava... Oo. E o Rabicho, ihh. Esse eu nem falo, anda estranho (mais do que ela já era ¬¬). Um caos!

(N/A: *Olhar assassino*: Vamos matar o Rabicho? Aquele porco, sujo... AhG!)

Almofadinhas saiu e Lily apareceu e começou a passar as mãos no meu cabelo e beijar a pontinha do meu nariz. Pode ser infantil, mais eu adoro receber um carinha... (N/A: Ahhh *suspira*)

Dentro da DP; depois chamamos a Fran para almoçar, precisávamos agradecer... Afinal, não é todo dia que um idiota perde uma tartaruga de 45 mil reais... ¬¬, Além do mais, a tempos não como uma comida decente...
Passamos antes na casa da Fran (ela mora num república, legal né? ), ela trabalhava averiguando telefonemas, que na maioria eram trotes (Xx). Mas, sabe o que ela disse? Que a “missão” de resgate, havia sido seu primeiro trabalho de campo... hshs.. Depois nos contou que era do interior, e que o pai era militar reformado, o Almofadinhas chegou a fica da cor de um fantasma, até diminuiu as indiretas.. ou será diretas mesmo?


(Sirius - italico)

Fomos a um restaurante bem legal, acho que era japonês .. Ou chinês... Sei lá, nunca sei direito a diferença. O Pontas estava estranho, “caladão”.. E a Lily ficou o dia inteiro com aquela porca horrorosa dela num carrinho (que ela conjurou escondida) e o Rabicho resolveu que iria voltar para casa ele “já tinha sofrido demais por um dia só”, rsrsrs o bobão tá morrendo de medo, que “bundão”!

A Fran tinha vestido um macacão bem justinho (Tharam, tharam.. E os Gostoso Black ataca novamente!), a Lily finalmente tinha aceitado deixar aquele animal rosa e gordo na casa da Fran e o Remo (pelo que o Pontas havia me falado) tinha ficado em Araxá com uma garota! Hshshshs, to orgulhoso do lobinho!


(James - negrito)

_Você não me parece bem... –Lily falou pegando na minha mão.
_Lily, eu não sei... – falei desanimado – Veja bem, há dois meses estamos viajando, nossas derias já vão acabar e meu curso de au.. –parei de falar. Havia me esquecido que Fran era trouxa. Não posso simplesmente dizer “Meu curso de auror, sabe? Caçar bruxos das trevas... começa em Março, o de curandeira da Lily também, e o Sirius... há o Sirius tem uma fortuna deixada por um tio rico e mais um bocado que ele pegou da família... Oh! Sem se esquecer que a família dele é partidária de “você-sabe-quem”, mas é obvio que você não sabe quem é “você-sabe-quem”, e aproveitando esse momento de revelações.. eu tenho um amigo que é lobisomem, o qual eu o acompanho nas luas cheias, porque afinal de contas eu e o Sirius ali somos animagos, eu sou um cervo e ele um cão... A ta.. Até parece...

_Ei! – lily gritou no meu ouvido. – Onde você está com a cabeça?
_Sinceramente Lily, nem eu sei.. – ela me olhou ternamente, como não olhava a tempo... meu coração ficou quentinho, quentinho.. (N/A: Ahhhh*suspira*)
_Vem cá pretinho..- ela me chamou de pretinho? Sabe o que isso significa?Que ela vai me mimar... Acho que pretinho, é meio que uma ironia pela minha pele muito branca... Nada contra os brancos, mas é tão triste ir para o sol e em vez de ficar moreno feito o Almofadinha eu fico igual a um pimentão...
_Você sabe que eu te amo, né? – eu perguntei, bem, não era uma pergunta; era só pra ela fazer o que ela esta fazendo agora.
Mas é obvio que você não sabe que ele está fazendo agora. Aliás, eu nem sei quem é você!
(N/A: Down!) Ela começou a passar a mão nos meus cabelos e beijar meu nariz, eu não sei se já disse, mas.. Eu adoro um carinho!

_Eu sei o que está acontecendo com você. – sabe? A Lily realmente sabe tudo.
_O quê é? – eu perguntei, porque afinal, eu não sei.

_Você está amadurecendo!
_Eu o quê?
_Isso mesmo; você não é mais o chato que enfeitiçava minhas tranças no segundo ano. – ela riu.
No que eu me lembrei que a historia da trança foi na primeira vez que nos encontramos.. Eu e o Almofadinhas (para variar um pouco ¬¬) resolvemos enfeitiçar as trancinhas da “CDF metida Evans”... Essa, também, foi a primeira vez que eu senti os cinco (maravilhosos (?)) dedos dela no meu rosto...
_Eu adoro sua tranças..
Ela sorrio.

_Eu percebi que você ia falar do seu curso de auror..
_Lily, issty!
_Veja. – ela disse apontando para o Almofadinhas que tentava botar as mãos na cintura da Fran enquanto à mostrava o aquário do restaurante.
_Aff!

_Deixa o Black amor; ele ainda não amadureceu...
_Mas ruiva, eu também não.. Eu estou tão inseguro e tenho medo! Os seguidores de “você-sebe-quem” estão por toda parte. – eu fechei a mão me lembrando do desgraçado do Diego.. ou Diogo.. sei lá como aquele @#$% se chamava.

Ela me abraçou e deixou uma lagrima cair, isso me deixou tão triste.


_Sabe de uma coisa. – ela disse limpando a lagrima e abrindo um sorriso. – Ainda temos dois meses de viagem e eu quero conhecer um bando de lugares... O nordeste do Brasil, Pernambuco, Ceará, Bahia! Huuuu, a Amazônia! Soube que lá tem um dos melhores centros de curandeiros do mundo! Hum, vai ser uma ótima experiência...

_O que vai ser uma ótima experiência? – perguntou o Almofadinhas que chegou com o rosto vermelho e ligeiramente inchado de um lado ao lado de uma Fran, com a boca (e o resto do rosto) completamente vermelha...

_Nossas férias,! – disse Lily entregando um guardanapo onde estava escrito com lápis de olho... (Oo)

10 DIAS – RECIFE
10 DIAS – FORTALEZA
10 DIAS SALVADOR
10 DIAS MANAUS
10 DIAS CURITIBA


_E o restante das férias? – ele perguntou, no que a ruivinha deu uns tapinha no ombro dele e sorriu marotamente.
_Lembra da Maya Soares? A intercambista?
_Maya.. Maya.. Ah! A Maya.. – disse com um sorriso safado no rosto, enquanto desenhava um violão no ar. – A morena bonitinha...
_Ah Black! Seu imaturo.
_Ei, eu não sou imaturo. Minha maturidade está em construção...
_Sua maturidade deve ser igual a obra publica no Brasil. – falou Fran sorridente.
_Como assim? – nos três perguntamos ao mesmo tempo.
_Sabe, corta o mato e coloca uma plaquinha escrita “Em construção” e entrega na mão de deus..

(N/A: Falaram isso comigo ¬¬, Injustiça!)

(Sirius - italico)

Eu estou mesmo sem moral. Todo mundo começo a rir de mi. Porque ninguém acredita que eu sou um cara maduro e responsável? (N/A: porque ai seria mentira. hshsh ## N/S: Issty!)

_Agora que acabamos com o show “ Vamos subjugar o cara mais lindo do mundo” podemos ir dormi?
_Dormi? – James perguntou com aquela cara de “bocóio” que só ele sabe fazer.. . – Hum, eu ainda não havia pensado nisso... Temos que voltar, ou vocês se esqueceram do Aluado?
_Ah! Sei lá... Vamos buscar o Aluda! – falei subindo na cadeira enquanto todo mundo me olhava.

(Lily - sublinhado)

James estava diferente, também depois de tantos problemas.. Soube que o pai dele está doente... Quem vê nem pensa, o cara é todo charmoso. O problema é no coração.. Algo com “ele está grande demais”, é.. Foi assim que ele disse.
Deixamos a Fran em casa e fomos “ao aeroporto”, na verdade só falamos isso pra Fran, porque aparatamos na esquina mais próxima e deserta que encontramos...


(Sirius – itálico)

Quando chegamos no hotel (que por sinal era muito bonito) a Lily arregalou os olhos (eu achei que ela ia imitar o Jájá, de um programa trouxa que eu assistir anteontem... )

_James..
_Sim?
_Cadê o Peter?

Resolvi brincar com a Lily.. eu sou cruel Muahhh, muahhh

_Esquecemos o Peter! – eu gritei no que o James estreitou os olhos. Eu pisquei pra ele e ele sussurrou algo como “você não tem jeito”. – Ah não! Eu não vou voltar para buscar ele nem que me paguem! – Eu disse passando a mão na minha tartaruga...

_Sabe, em outra situação, eu até brigaria com você... mas eu to com um soninho.. – ela disse olhando manhosa para o Pontas.. Hshsh Hoje tem!

(N/A: Mente poluída! ## N/S: Ei! Eu não disse nada! ## N/J: Issty!) •.
_Pontas, Lily! – eu gritei apontando para o saguão do hotel e vendo a cena mais inesperada da minha vida.

O Remo estava sem camisa, caindo de rir e.. Bêbado? Mas o Remo nem bebe! E... Oh my god! Ele esta abraçado com uma garota...


(Remo - sublinhado)

Ai! Eu to vendo tudo trocado! Que confusão (N/R: Eu disse pra você não ler essa fic! Eu disse que ela ia ser confusa! Agora agüenta!). A Brenda está aqui do meu lado... Mais... O cabelo dela está cor de rosa?

Sacudi a cabeça, mais isso só piorou..

_Oi “personal”! – eu gritei ao ver os marotos.

_Remo o quê que aconteceu? – Perguntou a “Ivy”, a namorado do “Chotas”.
_Calma Ivy! Eu só bebi um “negocinho”.

_É “Ivy” “arente” só bebeu um “negocinho”. – falou a Brenda, antes de cair no riso.. Acho que ela também não é acostumada com bebida...
_Meu Deus! - a “Ivy” disse arregalando aqueles olhos “verdaços” dela... Sabe, eu já fui apaixonado por ela no segundo anos.. mas ai passou...
_Oh “Ivy” eu “gosssto” de você “masssss” é só como amigo, o “Chotassss” é “qui” é seu “anamorado”

O Almofadinhas começou a rir.. Ele adora rir das desgraças alheias...

_Ihhh “Brack” num ri não, eu “pulguento”...

Foi a ultima coisa que me lembro de ter dito ante de bater com a cabeça numa coisa dura e cair desacordado...

Acordei no quarto d hotel, estava com uma baita dor de cabeça.. eu achei que ia explodi igual ao sapo do Joseph Bell na aula de transfiguração ano passado, foi realmente nojento!

_Ai! Minha cabeça!

_Como foi seu primeiro porre Aluado? – perguntou Sirius.
_Não grita “o coisa”!
_Eu não estou gritando, esse é só um sintoma do RPP.
_RPP?
_É, Ressaca Pós Porre.
_Onde está a Brenda?
_Humm... Brenda...
_Pode tira o hipogrifo da chuva!
_Ihhh, relax! Ela ta com a Lily. Toma. – ele me deu um liquido azul viscoso. - foi a Lily que fez. – Eu tomei, afinal Lily é uma ótima preparadora de poções...

Realmente me senti melhor... Mas eu não recomendo isso a ninguém!


(Lily – itálico )

Eu não sei onde o Remo estava com a cabeça sempre tão responsável... Acho que foi aquela tal garota... A Tonks... Deve está gostando dela...

_Onde você conheceu o Remo? – eu perguntei para a garota que já havia tomado minha poção (mas é obvio que eu não disse que era uma poção feita com um pouco de pó de fada mordente)


_Minha mãe é dona do restaurante do hotel... Então eu o chamei para ir da uma olhada, eu ofereci um pouco de caipivodka e ele aceitou... Só ai ele me disse que não era acostumado a beber.. Mas ele estava tão feliz. Que até eu (que nunca tinha bebido) cai na farra.. Ai meu deus, que vergonha...

_Calma. – eu sorri para ela. – Acontece.. hshsh. Que tal você esquecer esse. oh... desvio – disse sem idéia de que palavra usar. – E nós mostrar um pouco a cidade; vamos embora amanhã.
_Já? – ela estava meio que decepcionada.
_Muito que fazer..

_Bem, já sei! Vamos fazer Bung-jump (N/A: Ou seja lá como se chama aquela loucura que as pessoas fazem de se atira de uma ponte com uma corda na cintura Oo).

Eu sorri, havia acabado de ter um plano brilhante..

Quando eu tinha quinze anos, a Petúnia (a cavala) me deu de presente um convite para um parque de esportes radicais (e eu, besta e inocente nem desconfiei de nada!); e fui, toda feliz com a She (minha amiga trouxa que é apaixonada pelo Black), mas quando agente chegou lá os amigos rolhas de poço, do rolha de poço (ou namorado da minha irmã, se assim você preferir) nos obrigaram a saltar... O que ela (Petúnia, a cavala) não imaginava era que eu gostaria, ou melhor, me apaixonaria pelo esporte!

Hshshshs, eu descobri, depois, que o parque era caríssimo! E mais uma vez o dia foi salvo graças às meninas... Opa texto errado... E mais uma vez a Lily mostrou ser superior a Petúnia (a cavala)... hshshsh

Issty! Já ia esquecendo de contar meu plano!

Pouca gente sabe, mais o James não confia em “coisas de trouxa”, ele não disse, mas estava morrendo de medo no avião! Apertou tanto a minha mão, que eu quase tive que fazer nescer de novo meus ossos... E o Black, só papo... Fala, fala, fala... Mas no fundo todos os homens não passam de meninos que cresceram demais!


(N/S-J: Que absurdo! ##N/S: Essa historia está feminista demais para o meu gosto! ## N/A: em outra historia, se eu estivesse com saco pra agüentar vocês eu até discutiria mas... *autora estala os dedos e das sombras saem todas as “ex” de Sirius Black com olhares devoradores”. ## N/S; Mais o quê que é isso? ## N/J: Sabe Almofadinhas.. Acho que eu ouvi a Lily me chamando.. Já vou amor! *James sai de mansinho e déia Sirius sozinho com as milhares de ex-namoradas e ficantes dele* ## N/S: Piedade! *cara de cachorro na chuva ®* ## N/A: Muahhh * vai digitar no PC*)

_Você me ajudaria a pregar uma peça no meu namorado? – eu devo ter perguntado com uma cara muito perversa, porque ela me respondeu rapidinho.

_Claro!

Eu fui chamar o Remo, porque afinal ele é “Remo demais” pra eu fazer uma maldade dessas com ele. Pedi para conversar um pouco com ele... Fiz uma cara seria que o James deve ter pensado que eu iria aplicar um sermão “a la McGonagall”; eu só ri no meu interior. Depois contei a ideia todinha a ele que ficou um pouco apreensivo.

_Não sei não Lily, isso é.. Maldade!
_Eu sei! – eu respondi animada.

Depois de muita insistência e meus dotes de persuasão (Tá, a Brenda ajudou! Mas me deixem sonhar um pouco) ele acabou cedendo...
Fomos (todos muito animados com “a grande surpresa preparada com muito carinho pela Lily”) a uma grande ponte, onde dois istruturores
(N/A: Que palavra estranha!) nos esperavam.. E é obvio que James e Sirius estavam de venda (como eu sou má!).

_Lily! Você já esta me assustando. – Sirius quase chorou (N/S: Mentira).
_Calma.. é uma coisa muito legal. – eu falei com uma voz visivelmente falsa.

_Lily! Eu não gosto quando você faz esse tipo de brincadeira! – ele estava tão apreensivo que por um momento cheguei a pensar em desistir... (mas, só por um momento Muah)

Coloquei os dois em frente a ponte e os mandei tirar as faixas...

_E ai? Vocês são marotos o suficiente?

Sirius olhou para James, que retribuiu o olhar... O pobre James me olhou assustado, depois deu uma piscadinha sexy; olhou mais uma vez para o black e deu um suspiro:


_E ai cachorrão, ou vai ou racha!


N/A: muahhhhhhhh vão ter que esperar! Eu sei que é maldade (foi o espírito da Lily que baixou em mim)...
Comentem ai gente...
Aiaia, o meu teclado ta com o X estragado, então toda vez que eu tenho que digita-lo eu tenho que dá uma porrada.. Então desculpa ai se tiver faltando.. As desculpas de sempre, sobre o meu péssimo português.. e as promessas de que um dia essa fic será betada...
O próximo capitulo vem... Deus sabe quando.. Mais vem!

MUITO OBRIGADO AOS COMENTARIOS!

Larissa Manhães : nem me diga menina, eu to toda doida (tive que aproveitar que minha mama num ta em casa pra digitar)
Gê Black: uh, que honra, no favorito ah?
Bárbara Thiemi: Oo.. Ele é um galinha por natureza!
Camila Valério: brigadérimo
Brianny: pela bilionésima vez MUITO obrigado pelos comentários
Marcela: Pode aparecer mesmo. Esse tem bastante Remo!
flá marley: Que bom que você adora, pq eu adoro os comentários

Desculpa aê se eu esquecer alguém, bjus e comentem!

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2023
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.