FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

9. Nunca mais diga que não te amo


Fic: A mesma história,outro desfecho - HG


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

IX


 


Eles aparataram em uma casa visivelmente de trouxas, estavam no meio da sala, havia um grande sofá branco, um tapete creme combinando com as cortinas. Na estante tinha uma televisão e vários retratos com fotos de pessoas que Harry reconheceu no momento em que os viu.


- Onde estamos? – perguntou Gina curiosa.


- Na hora que desaparatamos eu só pensei que queria um lugar para conversamos e viemos para a casa abandonada da Hermione.


- Como sabe que é a casa da Hermione?


- Esse casal nas fotos, eu vejo eles direto nas coisas dela, são seus pais. – Harry respondeu pegando um dos retratos para ver melhor.


Harry estava se sentindo muito triste, destruído pelas ultimas palavras que ouvira de Gina, então ela realmente achava que ele não a amava como alguém podia ser tão cega? Tinha que ser irmã do Rony mesmo!


- E então? Porque queria tanto conversar comigo? – Gina perguntou cruzando os braços.


Ela tentava manter a sua posição de durona, não queria que Harry percebesse o quanto ela o amava, o quanto ele podia fazê-la sofrer.


Harry que continuava olhando as fotos da estante e tentava manter certa indiferença respondeu:


- Eu pensei em você quando conjurei o patrono celeste – Nesse momento ele se virou para encará-la.


Gina conhecia a história, sabia dos requisitos para conjurar tal patrono. Harry colocou o retrato em cima da estante e foi andando em direção a ela, ele levou suas mãos uma de cada lado do rosto de Gina e a fitou. Harry suspirou e uma dor muito grande tomou conta do seu peito, como era possível alguém amar assim.


- N u n c a  m a i s  diga que eu não te amo.


Gina tentou desviar o olhar daqueles olhos verdes, mais Harry segurou seu rosto de uma forma que ela não conseguia move-lo.


- Você pode falar o que quiser de mim – ele continuou – que eu te enganei que eu sou um monstro, mais nunca dizer que eu não te amo, você é a pessoa que eu mais amo na minha vida agora, você entendeu?


Harry encostou sua testa na testa de Gina e continuou sustentando seu olhar fixo nos olhos de Gina.


- Eu também te amo Harry, desde a primeira vez que eu te vi e a cada dia que passa parece que eu amo mais.


As palavras de Gina foram um alento para o coração de Harry que a abraçou bem forte, afundando seu rosto nos cabelos vermelhos de sua amada.


- Acho melhor desaparatarmos de volta, Rony e Mione devem estar preocupados. – Harry disse de má vontade.


Gina riu.


- Rony e Mione devem estar se pegando em alguma esquina isso sim. E então ela apertou seus braços em torno do pescoço de Harry.


- Fica comigo – ela sussurrou em seu ouvido.


Harry a encarou assustado, ele sabia que se deixasse as coisas fluírem não teria forças para parar dessa vez.


- Não estou pedindo nada de mais – disse Gina inocentemente – Só quero você aqui um pouco comigo, como se fosse meu namorado de novo.


- Na verdade, eu sinto como se nunca tivesse deixado de ser.


Dizendo isso Harry se rendeu aos encantos de Gina, deixou a razão de lado e resolveu curtir o momento, afinal que mal um beijo poderia fazer. Mais como da ultima vez Harry foi invadido pelo perfume de Gina, se desconcertou com o seu gosto. Gina prendia os dedos em seus cabelos, esfregava seu corpo no dele de uma forma que ele não lembrava nem do seu próprio nome. Harry também entrelaçou os dedos de uma das mão nos cabelos longos e flamejantes dela, enquanto a outra mão estava fixa em sua cintura. Gina soltou os cabelos de Harry e foi descendo as mãos pelas suas costas, o fazendo sentir um longo arrepio, ela levou suas mãos até o peito de Harry e um a um foi abrindo os botões de sua camisa tirando-a. Harry sentiu a pele do ombro da Gina tocar na sua pele e foi como se uma onda de magia estivesse passando do seu corpo para o dela. Instintivamente Harry subiu a mão que estava na cintura de Gina por suas costas até achar o zíper do seu vestido, num único movimento Harry baixou o zíper que ia até seu quadril. Gina puxou seu vestido para baixo pisando em cima dele e colou seu peito nu no de Harry. A sensação foi indescritível, o mundo lá fora poderia estar acabando que Harry não se importaria, a única coisa que importava era ele e a mulher que ele amava loucamente.


Harry percorreu sua mão por todo o corpo macio de Gina e a cada toque de Harry Gina dava um gemido de satisfação que o deixava mais inebriado ainda. Do nada eles desaparataram e aparataram em cima de uma grande cama de casal.


- Você fez isso? – perguntou Gina.


- Fiz – confirmou Harry que olhava abobalhado para o corpo semi nu de Gina.


- Não faz isso – disse Gina encabulada – eu fico com vergonha.


- Vergonha? – disse Harry – De mim?


Gina confirmou com a cabeça. Harry foi deitando lentamente por cima dela, fixando seu olhar em seus olhos e a beijou, Harry nunca se sentiu tão feliz em toda a sua vida, se tivesse que conjurar um patrono agora era capaz de cegar o mundo.


Enquanto a beijava Harry apertava seus seios fartos e macios e repetia tudo que ele fazia que fizesse Gina gemer. Gina levou suas mãos até a calça de Harry, abriu o botão e o zíper, Harry fez o resto, ficando completamente nu, num ímpeto Harry terminou de despir Gina. Nenhum dos dois nunca tinha visto uma pessoa completamente nua, mais aquilo não ficou estranho, era lindo de se ver, Harry tinha certeza que levaria aquela imagem da Gina nua em cima da cama, se entregando para ele, para sempre.


Harry não teve a menor dificuldade em penetrá-la, apesar de ser a primeira vez de Gina aquilo era tudo que ela mais queria, ela não tinha medo, nem insegurança, ela tinha certeza que queria se entregar completamente para ele.


Ambos explodiram de prazer quase simultaneamente, era incrível o sincronismo dos dois. Ainda com a respiração aos arquejos Harry disse:


- Eu vou fazer o possível para voltar, e então quando tudo acabar você quer se casar comigo?


Gina que já tinha superado seu limite de felicidade não conteve a emoção e chorou, várias lágrimas caíram de seus olhos, o que era uma coisa inédita para Harry.


- É tudo que eu mais quero. – Sua voz saiu entrecortada.


E então sentaram na cama se abraçando, seus corpos colavam um no outro, Harry podia sentir o coração de Gina martelando no mesmo ritmo acelerado do que o seu e aquela sensação era única.


Eles ficaram um bom tempo assim, abraçados, em silêncio. Harry sabia que aquela noite tinha sido importante, mais o que ele não sabia era que depois daquela noite ele não seria a pessoa que Voldemort mais desejaria matar, o ser que Voldemort ia caçar até o fim estava se fecundando naquele momento no útero da Gina.


 

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.