FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

3. Como uma poção do amor.


Fic: A mesma história,outro desfecho - HG


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

 III



Harry se sentia extremamente feliz na casa dos Weasley, ele que nunca tivera nenhuma referencia familiar vinda dos Dursley sentia que tinha algo como uma família ali. Ele ficou ainda mais feliz ao ver Lupin e Tonks sentados à mesa da cozinha o esperando. Junto com eles estavam Fred e Jorge importunado a Sra. Molly aparatando e desaparatando a todo o momento do seu lado; e no canto esquerdo da cozinha, em pé encostadas na parede estavam Gina e Hermione.


Harry cumprimentou a todos e se dirigiu até o canto da cozinha onde estavam Mione e Gina, era incrível a felicidade que tomava conta do seu ser ao se aproximar das garotas, ele deu um longo abraço na Hermione junto com um beijo no rosto, virou-se para cumprimentar a Gina que lhe estendeu a mão, Harry olhou e sorriu de um jeito de quem diz – você só pode estar brincando – pegou na mão dela e a puxou para junto de si, desconsiderando todas as pessoas que estavam na cozinha, ele a cumprimentou da mesma forma que fez com Hermione, porém ele estava super consciente de cada movimento que fazia.


Assim que puxou Gina para o abraço o perfume dos seus cabelos inundou Harry como o cheiro de uma poção de amor muito poderosa, ele passou um braço pela suas costas e outro em sua nuca e quando sua boca encontrou a pele macia do seu rosto ele sentiu como se houvesse chamas em seus lábios.


  -... Não é mesmo Harry? 


Alguém perguntava algo, porém para o Harry a voz estava tão distante, ele não estava ali, ele estava em outro mundo, um mundo onde só existia ele e aquela menina dos cabelos flamejantes que tinha o dom de fazer com que ele perdesse a razão de tudo. Se esforçando para voltar a si ele se afastou da Gina - que deve ter percebido algo, pois estava muito vermelha.


 - O que? Eu não ouvi toda a pergunta, desculpa – Harry estava visivelmente embaraçado.


- Fui eu que falei – disse o Rony vindo para perto dele – Disse que você deveria estar com fome não é mesmo.


- Ah sim claro – Harry se sentiu aliviado por ninguém ali ser Legilimente ou saberiam que tipo de fome ele estava sentindo nesse exato momento.


 Harry passou o jantar todo pensando na Gina, às vezes algumas perguntas eram reportadas a ele, mas rapidamente ele enchia a boca de comida e apenas balançava a cabeça, ele não estava a fim de conversar. Gina não estava na mesa com eles, disse estar sem fome e foi para o seu quarto. Quando acabou de comer Harry elogiou a comida da Sra. Molly e subiu para o quarto de Rony onde ele sempre dorme. Ele subiu antes dos outros porque dispensou a sobremesa alegando estar muito cansado.


Do meio das escadas Harry a avistou, estava na porta do quarto dela, com uma camisola lilás que não era curta mais era provocante, tinha uma leve transparência e o decote era um “V” bem cavado. Seu coração pulsava na garganta e a cada degrau que ele subia os batimentos aceleravam, quando já estava bem próximo da Gina, Harry decidiu baixar a cabeça e passar despercebido por ela.


- Nossa, eu passei de namorada a murta que geme? Virei um fantasma invisível? – ela disse em tom descontraído.


Ele riu. E voltou alguns passos.


- Claro que não, só não sabia que você queria falar comigo – Ele tinha que pensar em outra coisa que não fosse ela, senão a agarraria ali mesmo.


- Não queria. – ela deu um passo à frente – Só queria te ver... – ela tirou os óculos de Harry e ficou com o rosto a centímetros do seu –... Olhar dentro dos seus olhos.


Harry tentava pensar em outra coisa que não fosse ela, tentava pensar no Quadribol, na sua Firebolt, mais novamente o seu perfume o invadiu, nublando a sua mente, e ele se sentia menos que um animago, porque os animagos continuavam a pensar mesmo estando como animais, mais com a Gina por perto Harry não conseguia pensar, ele era puro instinto. E como quem quisesse provocar, Gina levou seu corpo centímetros para frente e passou a mão direita nos cabelos bagunçados de Harry:


- Senti sua falta – ela sussurrou –Você não faz idéia de como eu preciso de você.


Gina mal terminou de falar e sentiu uma pressão empurrando seu corpo contra a parede e em seguida os lábios de Harry nos seus.


Harry colou seu corpo no de Gina, passou as mãos por seus cabelos e a beijou como nunca a tinha beijado. Seus lábios se moviam com desejo, Harry só tinha consciência da língua da Gina invadindo sua boca, dos dedos dela entrelaçados em seus cabelos e da respiração dos dois ofegantes. Harry que sempre manteve suas mãos na cintura de Gina não resistiu e desceu as duas mãos pelo seu quadril e a levantou, Gina se sobressaltou mais passou suas pernas pela cintura do Harry e a trançou atrás do seu corpo. Harry foi com ela no colo para dentro do quarto de Gina e do jeito que estavam engatados caíram na cama. Gina nunca tinha sentido Harry excitado, mais hoje ela sentia perfeitamente e excitação dele e aquilo estava deixando ela louca, ela não se cabia de felicidade de saber que Harry a desejava tanto quanto ela o desejava.


Harry foi à procura do aroma que o invadia e viu que a maior concentração do perfume de Gina estava em seu pescoço, ele chegou até o canto esquerdo do pescoço dela e puxou o ar em meio aos beijos que ele dava naquela pele tão macia, Harry ouviu um gemido de satisfação vindo de Gina, e sua mente começou a pensar no nome dela.


 Gina, Minha Gina, minha linda Weasley – WEASLEY! RONY! 


Esses pensamentos foram como um banho de água fria para Harry, que se sobressaltou e sentou na cama, ofegante, olhando para a Gina que estava ainda mais linda do que em qualquer outro dia que ele tivesse a visto. Seus olhos tinham um brilho ímpar, suas bochechas estavam rosadas e tinha um sorriso permanente nos lábios.


- O que foi? – Gina perguntou com sua voz angelical.


Nesse mesmo instante Harry ouviu passos subindo as escadas.


- Está vindo alguém – Sua voz saiu entrecortada.


Harry tirou do bolso sua capa de invisibilidade – que andava sempre com ele – e jogou em cima do seu corpo, Gina escorregou para debaixo do edredom e fingiu dormir.


Conforme o som dos passos iam se intensificando nas escadas, ficava mais fácil perceber que eram Rony e Hermione que estavam subindo, brigando como sempre.


- Eu não sou esganado – vociferava Rony – Só porque repeti a sobremesa quatro vezes? O que é que tem demais, eu amo pudim!


Harry ouviu a porta do quarto de Rony se abrir e Hermione exclamar:


- Ué, cadê o Harry?


- Deve ter ido ao banheiro – supôs Rony.


Ambos olharam para dentro do quarto de Gina e depois entraram para o quarto de Rony, fechando a porta.


Ainda com a capa da invisibilidade Harry disse a Gina: 


- Me desculpa, não queria ter feito isso, não tinha o direito de ter chegado tão longe, você nem é mais minha namorada... Perdoa-me. 


Gina sentiu como se tivesse levado uma Goles na boca do estômago, ela estava tão feliz a poucos minutos atrás e agora ele estava se desculpando, se desculpando por fazer ela tão plena e feliz? Mais ela nem teve tempo de responder, Harry se despediu tocando os lábios em sua testa e ela pode ouvir seus passos rumo ao quarto de Rony.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.