FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

7. Aquele Cabelo Rosa-Chiclete...


Fic: Ferias no Brasil


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

N/A: hoje é o Sirius que vai responder os comentários porque eu to com preguiça.. Muito obrigado a todos os comentários..

carol cardilli: Sabe, eu não dou uma de herói, eu sou um herói.. e eu realmente não sei o que vocês vêm no Pontas.. Sou mais eu... E continue comentando *piscada marota*
AnA!: Confirmando aquele FDP virou comensal, e o que achou do “jeitinho Black ” de resolver as coisas.
Julinha Potter: Apoiado, também não fui com a cara dele, já com a da imã.. Sabe Julinha P. você tem visão...
Lady Tromevold: Minha Beta, AVISANDO: só depois do feriado, por isso não liguem para os erros dessa autora analfabeta.
Veronica Diana Mesquita: Pode deixar que eu vou dar um jeito nessa autora,. Como pode deixar minhas fãs ansiosas
Mari =* Evans (L)³ Potter: Que bom que você está adorando uma fic em que EU participo.
Bruh ternicelli: Lindo!? Espero que esteja falando de mim... E eu sei que a única coisa engraçada e linda dessa fic sou eu... Apesar de que o aluado ta mostrando as garrinhas
BELA_BLACK: Concordo.. Ele se ferrou bem ferrado...
carol cardilli: Ei! Eu jhá falei com você hoje! Só por isso vou te mandar um beijo Black® pelo o que a autora me disse é algo como "desce Glamurosa da Tati quer barco..(n/A: Da Tati QUEBRA BARRACO) ou isso...
Mania do Potter: O meu mano James que o diga....
Fran Potter Granger: Mais uma inteligente que não viu nada de bom naquele horroroso do Diego.. PARABENS E BEIJOS BLACK® (N/A; Quando vai atualizar a fic?)
Rebecca Travaglia: Com trecho narrado pela a perfeição para você... E nós já vamos pra‘i(?)...

AGORA.. AFICTION....

Photobucket - Video and Image Hosting

Aquele cabelo rosa-chiclete.

James voltou, entrelaçou Lily em seus braços e se deitou ao lado da garota que mais amava. Era muito mais do que aparentava, era mais porque seu amor não era platônico como quando estudavam em Hogwarts... Agora Lily o correspondia.
_Lily você me ama? - ele perguntou receoso.
_Não... – James gelou, e por um momento seu coração parou.
_Não?
_Não seu bobo, eu te adoro, te amo, te idolatro. Você é meu sol, meu oxigênio, a razão do meu sorrir, a questão do meu viver...- James sorriu, sorriu como nunca havia sorrido antes, uma imensa felicidade imunda seu coração, e ele se vê realizado.
(N/A: Que piegas!
N/S: Concordo!
N/J: Desinfeta inveja, vou até tomar banho com sal grosso!
N/R:Oi.
N/A: Hã?
N/R: Todo mundo aparece nos “N/A’s” então resolvi marcar presença...
N/L: se é assim, OI! *com cara de boba*.
N/A: Hshshs
N/L: retire o ‘com cara de boba”
N/J: Ninguém chama minha ruiva de boba!
N/A: Dá um tempo?
N/J: Que tal todo mundo sumir e deixar eu terminar o meu “momento Dom Juan”?
N/A:A..tá... Falo’s
N/S:Bye...
N/R:Até mais... Se bem que...
N/J:Remo...
N/R: tá, ta.. até...
N/J: Por que será que eu odeio A AUTORA e os marotos? Resposta:Pq eles são o meu carma... Agora voltando ao que interessa... – sorriso maroto³)
_Eu também...- eles começaram a se beijar carinhosamente. Um sorriso se formou nos lábios de James, enquanto Lily murmurava palavras sem nexo.

James passou sua mão sorrateiramente nas costas da ruiva retirando delicadamente seu vestido. Lily beijava arduamente James, enquanto retirava-lhe a blusa...

(Contado por James - negrito)

Lily não usava um sutiã por baixo do vestido, o que me fez ficar um pouco encabulado, no entanto usava uma calcinha rosa bordada com pequenas rosas brancas.Ele olhou para o meu peito nu e me abraçou passando todo o seu calor para mim. Timidamente eu retirei minha calça, ficando apenas com uma branca. Lily sorriu e marotamente disse em meu ouvido um “Uau!”, eu retribui com um sorriso. Voltamos a nos beijar e tudo ficou bem mais quente...

(Contado por Lily - italico)

Eu não sabia o que fazer, a principio fiquei receosa, mas depois do carinho passado por James me soltei, me senti livre e extremamente feliz. Não sentia vergonha por estar praticamente nu na frente dele, ele era eu e eu era ele, éramos um só... Um amor que talvez você nunca irá sentir, algo que me completa, uma felicidade inexplicável, um amor pra ficar na historia... Nunca vou me esquecer daquele inicio de setembro...

(N/A: Lindo? Eu achei! Só consegui escrever depois de dois supre-duper-mega-master-laster-power taças de pudim de chocolate...
N/S: Vai ficar gorda...
N/A: Gorda e feliz, dá licença?
N/S: Não estou na sua frente!
N/A: você entendeu, agora deixa de ser estraga prazer, e para de cortar o clima da fic.. Que guri sem graça!
N/S: Em 1º lugar, eu não estrago prazer, eu dou prazer, em segundo lugar, a cena já tinha acabado mesmo, e em 3º lugar.. não precisa de 3º lugar!
N/A: Some! * autora empurra Sirius para dentro do banheiro, rouba-lhe a varinha e tranca a porta.
N/S: Dexa.. Depois eu me vingo, sei esperar...*ri maquiavelicamente*.)

(Autora)

TOC, TOC... (N/A: Eu sei que é tosco, mas fazer o quê?)

Sirius levantou-se da cama, olhou para remo que sorria enquanto dormia na cama ao lado. Abriu a porta e se deparou com uma jovem camareira. Ela era loira, baixinha, magra e muito bonita; tinha olhos cor de mel e uma boca num tom quase rosa... Ela ficou encabulada quando notou que “o senhor Black” estava apenas de bermuda, exibindo todo o seu físico...
_Eh.. Senhor Black
_Sim. – ele sorriu.
_A senhorita Álvares deseja lhe falar. – ela completou sem tirar os olhos do “senhor Black”.
_Peça a senhorita para sorrir.. quero dizer subir... E se você quiser me visitar a manhã..- ele sorriu, ela retribuiu e saiu entre sorrisinhos.
Alguns minutos depois, bateram novamente a porta do quarto. Era Camila com os olhos muito vermelhos (lê-se morrendo de chorar); atrás da garota estava uma segunda desconhecida, no entanto o lembrava alguém, tinha cabelos rosa chiclete e olhos claros.
Camila rapidamente pulou em seus braços nus e começou a chorar.Remo assustou-se e levantou-se.
_O quê houve? – perguntou a Camila sem notar a garota com cabelos rosa-chiclete. (N/A: Que sonso! Como ele não notou? Hellowwwwww CABELO ROSA-CHICLETE, meio difícil de não notar.. Se liga Aluado!## N/R: Não enche, até parece que você é muito ligada na vida né!?## N/A: Não fui eu que não vi um cabelo ROSA-CHICLETE...##N/R: Desisto!)
_O Diego – ela soluçou – comensal da morte...- desatou a chorar nos ombros de Sirius...

(Contado Por Aluado - sublinhado)

(N/R: Porque às vezes você fala “contado por Aluado” e outra “contado por Remo”?
N/A: Porque sim!
N/R: “Porque sim” não é resposta!
N/A: NhAAAAAA. Também assistia “Castelo Ra-Tim_bum” Hshshs..
N/R: RE-RE, uma palma e meia para nossa estimada autor...
N/A: Viva!*bate palminhas*
N/R: Realmente desisto de você.. Só o Sirius para te agüentar..
N/A: AFF!
*Remo começa a escrever no Pc*)

Bom, como eu ia dizendo...

Quando vi aquela garota de cabelos rosa-chiclete, meu coração apertou, senti uma imensa vontade de sair daquele lugar depressivo, sai do quarto puxando a garota.
_Acho que sobramos... – puxei-a e mesmo só de bermuda saiu do quarto deixando Sirius e Camila conversando.


(Autora)
A garota notou a beleza do rapaz; não era magro nem gordo, baixo nem alto, moreno nem loiro, estava no meio, na exata medida. Sua barba está á fazer, seu corpo um pouco bronzeado do sol... sem duvida era muito bonito.
_Oi, sou Tonks, Nymphadora Tonks; mas pode me chamar de Tonks. – ela sorri e ele retribuio.
_Lupin, Remo Jonh Lupin; mas pode me chamar do jeito que você quiser... – ele disse maroto.
_Espetinho você, não!?
_São seus belos olhos...

(Remo - sublinhado)

Ela sorriu pra mim. Eu podia fazer o que o James me ensinou, sabe aquela “coisa” que ele faz com o cabelo... Decidi não arriscar. Se ele fosse realmente bom, já namoraria a Lily desde o quinto ano... Bom, mas agora voltando ao que interessa, ou seja, “EU”; tenho que dar um jeito de conquistar essa garota (OPA! Conquistar não, isso é muito vulgar, talvez fazer com que ela goste de mim).
_Lupin? – ela me chamou, acho que daria cada fio do seu cabelo rosa chiclete para saber sobre o que eu estava pensando.
_Pode me chamar de Remo.

_Oho, claro... – ela estava com as bochechas rosadas. Já disse o quanto ela é linda? (Isso é uma pergunta retórica.) Pois digo; ela é linda e já vai ter dono.
_Você quer tomar uma água de coco? Um sorvete? Um suco?

_Prefiro o coco.
Nós ficamos a noite toda (de mãos dadas) passeando pela praia, “It’s perfect³!”.
Ela olhou para o relógio trouxa que possuía no pulso esquerdo, olhou para mim, sorriu e disse num sussurro:

_02:00 hs da manhã! Nem vi o tempo passar...
_Essa noite foi quase perfeita...
_Eh... Gostaria de ter te conhecido em uma ocasião melhor e ...
Antes que ela pudesse falar ou fazer alguma coisa, à agarrei-a em um beijo [muito bom, modéstia à (minha) parte], que durou um minuto, que me pareceu uma eternidade... Sabe aquela frase “que seja eterno enquanto dure”? Ela resume o que eu senti quando beijei pela primeira vez Nymphandora Tonks.

(Lily – itálico )

Eu ainda estava aproveitando aquele momento de nostalgia, mas de repente James começou a cantar no meu ouvido:

AMOR DA MINHA VIDA
DAQUI ATÉ A ETERNIDADE
NOSSOS DESTINOS
FORAM TRAÇADOS
NA MATERNIDADE

Eu comecei a sorrir e a beijá-lo.

PAIXÃO CRUEL DESENFREADA
TE TRAGO MIL
ROSAS ROUBADAS
PRA DESCULPAR
MINHAS MENTIRAS
MINHAS MANCADAS

Um lagrima caiu em meus olhos, enquanto a felicidade invadia por inteiro meu coração...

EXAGERADO
JOGADO AOS TEUS PÉS
EU SOU MESMO EXAGERADO
ADORO UM AMOR INVENTADO

Ele me abraçou come se eu fosse o tesouro mais importante de sua vida...

EU NUNCA MAIS VOU RESPIRAR
SE VOCÊ NÃO ME NOTAR
EU POSSO ATÉ
MORRER DE FOME
SE VOCÊ NÃO ME AMAR

... e eu me senti a coisa mais importante do mundo...

POR VOCÊ
EU LARGO TUDO
VOU MENDIGAR,
ROUBAR, MATAR
ATÉ AS COISAS MAIS BANAIS
PRA MIM É TUDO
OU NUNCA MAIS

Comecei a sorrir escandalosamente, James olhava pra mim como se absorvesse cada momento, cada sorriso...

EXAGERADO
JOGADO AOS TEUS PÉS
EU SOU MESMO EXAGERADO
ADORO UM AMOR INVENTADO

POR VOCÊ
EU LARGO TUDO
CARREIRA,
DINHEIRO, CANUDO
ATÉ AS COISAS MAIS BANAIS
PRA MIM É TUDO
OU NUNCA MAIS

... e foi nesse momento que eu senti que eu morreria pelo meu amor, James, que ele era tudo na minha vida..

EXAGERADO
JOGADO AOS TEUS PÉS
EU SOU MESMO EXAGERADO
ADORO UM AMOR INVENTADO (OH OH...)

...e eu faria tudo para deixá-lo feliz..

(N/A: Autora retirando o mel do teclado... Doce, não!? Mais tinha que ser né... agora um pouco mais de doce e depois vou tentar parecer engraçada.)

(Autora...)

No quarto ao lado Sirius abraçava Camila, que não mais chova...
_Você entendeu né?
_Por mais sacana e sem escrúpulos que ele seja, é meu irmão...
_Não estou falando que não.. Mas ele não merece suas lagrimas...
_Sabe, foi bom te conhecer...
_Hã?
_Eu gostei muito de você e vai ser uma pena que não continuou....
_Só se você não quiser.Eu te amo. – ele falou marotamente.
_Vamos falar a verdade. Você não me ama.

Sirius parou um momento. Aquela não foi à primeira vez que ele dizia aquilo; pra falar a verdade, ele dizia isso com freqüência. Ao contrario de James que dizia “só falar te amo pro verdadeiro amor” como quando ele falou a primeira vez para Lily no sétimo ano, Sirius repetia muitas vezes, com facilidade, para muitas garotas...

_Mas ...
_Não minta pra nós dois... – ela disse com um sorriso amargo.(N/A: Sorriso amargo? Nem eu entendi... *Sirius arrebenta aa porta do quarto sorrido* N/S: Que novidade...)
Sirius entendeu, (N/A: Milagre! ## N/S: Sabia que os “n/A’s” atrapalha a leitura da fic? *olhar mortal* ## N/A: Ta.. é que hoje eu to inspirada...)deu um longo abraço, murmurando um “foi bom enquanto durou” Camila aparatou, esquecendo de uma certa garota de cabelos rosa-chiclete.

(Remo Lupin feliz demais da conta - sublinhado)

Tonks se afastou de mim e sorriu (que sorriso!).
_Acho que estamos indo rápido demais... quero dizer... Eu sou um idiota!
_Não você é maravilhosa!
_Eu só tenho 12 anos... – Ops! F*D*U pedofilia é crime... Mas ela não me parece ter 15 anos...
_Hã? Há HSHSHS uma piada, entendi... – ah! Só o thongo do R.J. Lupin pra não entender uma piada.. Mas, espere! Ela não esta rindo...

_Não é uma piada... Sou uma metamorfoga (N/A: Acho que escreve assim). – Oho, por isso eu não esperava. Realmente eu não esperava que aquela escultura que aparentava no mínimo 17, tivesse 12 anos! Eu sorri sem graça...
_Desculpa, mas você me enganou! – acusei-a, afinal quem essa pirralha pensa que é? Oh! Ainda bem que ela não é uma marota...

_Mas eu sinto algo, por você... – Eu também! Mas antes um Lupin calado, que um lupin culpado! Maroto sim! Fora da lei, nunca! Já não basta meu “probleminha cabeludo”.
_Sabe, também gostei de você.. Mas já tenho problemas o suficiente.. Então que tal você me procurar daqui a uns seis anos... – disse rindo. Eu não resisto aquele cabelo rosa-choque, e antes de fazer algo que possa me arrepender depois, dei um beijo estalado em sua bochecha e aparatei com ela para o hotel...


(Sirius TDBMP Black narrando a fic – Os bons comandam Yeh! - negrito)

(N/A: Eu realmente desisto! ## N/S: Oh! Não desista de mim *rindo escandalorosamente* ## N/A: Ufa! “Escandalorosamente” existe? Se existi, que palavra escrota! ## N/S: voltando a fic... Há, e pedaço dedicado a Rebecca Travaglia “as mineira comandam” ## N/A: *Autora mineirinha Uai* N/S: como EU ia dizendo.. Volando a fic. )

Quando remo aparatou no quarto com aquela garota estranha, levei um susto e depois comecei a rir...

_Onde está Camila? – ela me perguntou (Dãah)
_Foi embora.

_O quê você fez seu grosso? – vocês não vão acreditar, tentem adivinhar o que ela fez... *10 minutos depois*

[N/A: Sirius? Hello! Terra para Black! ## N/S: Que foi? ## N/A: O que ela fez? ## N/S : Adivinha? ## N/A: Adivinha a mão na sua orelha! * mão fechada indicando “porrada” (que tosco) ## N/S: já que é com carinho eu falo... Curiosa? Ahhh *suspira* N/A: desenrola! ## N/S: Ta,ta,ta, mas ninguém tem paciência comigo... *Chaves na cabeça* ##N/A: Agh! *pega no pescoço de Sirius e começa a engorca-lo* ## N/S: ‘taeucontoahhhh’ *autora deixa Sirius respirar e sorri]

.. Não adivinhou? Ela me deu um tapa, chorou e aparatou... Mulher é um bicho muito estranho *autora ameaça fechando as mãos* corrigindo, mulheres são seres perfeitos incompreendidos por trasgos apelidados de homem. *atora sorri e abaixa a mão*
_Remo Jonh Lupin, o quê você fez? – e adivinhem o que aconteceu? Uma banana pra quem acertar... Vamos lá tentem... *autora mostra os punhos mais uma vez* Ele me deu um soco e foi dormi! Hoje tiraram o pobre senhor perfeição para saco de descarrego emocional (N/A; tadinhu-inho-inho). Acho que o Remo finalmente assumiu o lado “maroto despedaçador (N/A: Hã? Que palavra é essa? Espero que indique o que eu quero dizer.. ## N/S: Cara*** você é muito tosca!) de coração”

_Remo você ta acordado? – sussurrei (lê-se gritei).

_Não! To descansando os meus olhos méis.. – Méis, méis, méis... que palavra B-I-Z-A-R-A.
_Ah! Que bom que você não dormiu..
. (N/A: Tadinho...)
_Tenho certeza que não... – disse mal humorado.
_Onde nós vamos amanhã? Cinzas Cheirais..

_Merlin, paciência... Poucos têm, muitos cobiçam...
_Hã? – eu não estava entendendo do meio, a metade.
_Nós vamos, amanhã, para um estado brasileiro chamado Minas Gerais,com aproximadamente 17 891 494 habitantes, 588.383,60 km2, o equivalente a perto de 7% do total do Brasil e 63% da região Sudeste. É o quarto estado de maior área no País, abaixo somente de Amazonas, Pará e Mato Grosso. Em âmbito internacional, corresponde à extensão de França e Bélgica e praticamente se iguala à da Península Ibérica (Espanha e Portugal). Por outro lado, tamanha área é cortada, em todas as direções, por vias rodoviárias que incluem os mais importantes eixos estratégicos do País, somando ao redor de 300.000 km, dos quais mais de 95% pavimentados. - A ta, e agora eu pergunto “I o Kiko?” Você sabem o que significa “I o Kiko?”. Nãããão!? Vou ensinar, quando você não tem nada haver com uma coisa você fala “I o Kiko”, que é o mesmo que “E o que ‘qui’ eu tenho haver com isso (em resumo) “I o Kiko”.. Sirius Black é cultura.. (N/A: Percebe-se)
- Ah.. Boa noite... – é ele estava maroto demais pro meu gosto...

N/A:
PERDOEM ESSA MERA MORTAL PELOS CRUEIS ERROS DE PORTUGUES>>>
A BETÀ SÓ VAI COMEÇAR A BETAR DEPOIS DO FERIADO....

(Ps(SEM IMPORTANCIA) eU SEI QUE QUANDO EU CLICAR VAI APARECER QUE EU NÃO ESTOU LONGADO(?), MAS EU SOU MAIS ESPERTA... CTRL +V ... HUAAAAHUUAAAA

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2023
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.