FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

2. Longas semanas.


Fic: A mesma história,outro desfecho - HG


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

                                                         II



No expresso de volta a Londres os amigos quase não conversaram, nem compraram os doces costumeiros da viagem, Harry não parava de pensar em qual vagão Gina estaria e com quem, depois ele lembrava que não tinha esse direito e tentava pensar em outra coisa. Ao chegarem à estação King’s Cross foi Rony quem quebrou o silêncio.


- Você fica alguns dias com os Dursley e quando quiser ir para a Toca me mande uma coruja que vou te buscar imediatamente.


Harry se sentiu muito feliz com a demonstração de amizade de Rony.


- Pode deixar, fico lá umas duas semanas e então como de costume vou passar meu aniversário com os Weasley, e depois partimos rumo as Horcruxes!


Hermione que até então estava quieta sentiu um frio percorrer pela sua espinha, ao perceber que a viagem estava tão perto.


- Rony – sua voz era quase inaudível – Posso ficar na Toca essas férias?


Rony deu um sorriso imenso


- Mais é claro Mione, você nem precisava perguntar – e depois percebendo seu entusiasmo acrescentou – A Gina vai adorar.


Hermione ficou muito feliz de nenhum dos dois perguntarem o porquê dela não ir para a casa, ela não queria ter que explicar o que os pais estavam fazendo na Austrália à uma hora dessas.


Hermione deu um longo abraço de despedida em Harry e foi saindo do vagão para encontrar com os Weasley, Rony estava indo atrás dela quando Harry o chamou para dizer alguma coisa, mais nesse instante Gina apareceu na porta do vagão e o encarou, seu coração não estava esperando por isso mais ele tentou manter as aparências.


- O que você ia me dizer – Rony perguntou como se não tivesse visto a irmã ali.


Harry colocou a mão no bolso para pegar a varinha disfarçadamente e disse num tom inaudível – Abaffiato.


Hermione o fuzilou com os olhos.


- Eu só queria te pedir uma coisa – Harry estava sem graça.


- Pode pedir cara – Rony o encorajou.


Harry respirou bem fundo e disse:


- É a Gina... Cuida dela para mim, eu não suportaria se algo de ruim acontecesse com ela.


Rony se sentiu estranho, ele e Harry nunca tinham tido esse tipo de conversa mais ele fez uma analogia rápida se algo de ruim acontecesse com Hermione e soube exatamente do que o amigo estava falando.


- Pode deixar, afinal de contas ela é minha irmã, eu também gosto dela.


Harry sorriu aliviado e quando olhou novamente para a porta do vagão elas não estavam mais lá.


Os dois atravessaram a coluna da plataforma nove e meia e viram primeiro os Weasley e logo atrás os Dursley – de nariz torcido como sempre – Harry cumprimentou os Weasley rapidamente se demorando um pouco mais na Sra. Molly que cismava em dizer que ele tinha crescido muito nesses últimos meses.


- Você vai passar o seu aniversário em casa não vai Harry?


Harry teve a nítida impressão que Gina virou o rosto alguns centímetros para ouvir sua resposta.


- Claro que vou – ele apressou em responder – Não troco meu aniversário na Toca por nada nesse mundo.


Depois disso Harry foi arrastando o seu malão de má vontade até os tios, que nem lhes cumprimentaram e já lhe deram as costas. Ele seguiu os tios até o carro, abriu o porta-malas e guardou o seu malão, sentou no banco traseiro colocando a gaiola com a Edwiges em seu colo. Seu primo Duda se sentou ao seu lado e faltou pouco para que ele ocupasse todo o restante do banco traseiro, de tão enorme que ele estava. A viagem até a rua dos Alfeneiros número quatro foi silenciosa, Harry não via a hora de subir para o seu quarto e ficar trancado ali duas semanas pensando na sua vida.


E praticamente foi isso que aconteceu, Harry só saia do seu quarto para ir ao banheiro e para pegar comida, o resto do tempo ele passava olhando a Horcruxes falsa, aquele medalhão lhe dava a terrível sensação de que Dumbledore tinha morrido em vão, porque todas as pessoas que ele amava tinham que morrer, às vezes Harry tinha vontade de dar um Avada Kedavra no roteirista do seu destino. 


Mais de vinte dias do mês de Julho já tinha se passado quando Harry resolveu que não adiantaria nada ficar se escondendo dos seus problemas naquele quarto, então pegou um pedaço de pergaminho e escreveu:


 


Podem vir me buscar – se quiserem – se não quiserem tudo bem. Harry
 


Então ele pegou a Edwiges e colocou o recado, devidamente enrolado em sua pata e disse:


- Leve ao Rony para mim na Toca.


Edwiges saiu voando toda graciosa e contente por esticar as asas depois de tanto tempo, Harry sentiu certa inveja daquela liberdade toda.


Naquela mesma noite, já de madrugada, Harry escutou um barulho em sua janela, colocou os óculos que estavam na cabeceira da cama e foi ver do que se tratava, ao abrir a janela quase morreu de susto ao ver Rony flutuando.


 


 


- A Hermione está lá em baixo – disse ele – ela usou algo como o Wingardium Leviosa” coisas da Hermione sabe como é.


Harry se sentiu extremamente feliz por finalmente sair do quarto.


- E que idéia foi aquela de “vir me buscar se quiserem”? – Rony disse imitando muito mal a voz do Harry.- Sempre vamos querer você na toca.


Harry simplesmente riu da péssima imitação do amigo, juntou suas coisas espalhadas pelo chão do quarto e desceu correndo as escadas.


Lá fora o Sr. Weasley o esperava no seu Ford Anglia Azul, Rony e Hermione já esperavam por ele no banco traseiro. Harry guardou seu malão no porta-malas e sentou no banco dianteiro do lado do Sr. Weasley.


- Boa noite Mione, Sr. Weasley...


- Ótima noite eu diria – disse Hermione.


- Realmente muito boa – completou o Sr. Weasley.


E então o carro levantou voo rumo a Toca.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.