FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

2. Novas Descobertas (Novo)


Fic: Assunto De Meninas - ÚLTIMO CAPÍTULO POSTADO


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

As aulas haviam começado à duas semanas em Hogwarts, no reencontro entre os colegas muitas novidades, entre elas um garoto novo que havia sido transferido de Durmstang e que estava deixando todas as garotas da Grifinória loucas.

Hermione por sua vez as achava completamente patéticas e o garoto, mais patético e convencido do que muitos garotos de Hogwarts. Era ridículo ver a cena que se desenrolava no salão da Grifinória toda noite, quando ficavam todas, mas exatamente todas as garotas em volta do mais novo rei de Hgwarts.

- Bom... Mass foe assimm que eo non parrticipe da Torneo Tribruxo... Eo simplesmente no me enscrevi!

- E por que não? Com certeza você teria sido escolhido! - Uma garota loira do segundo ano falou e todas as outras concordaram.

- Non Non... Foe melhoor Krum parrticipar, querendo o non ele ser melhorr do que eo.

- Não, claro que não! - Todas as garotas eram só sorrisos para ele.

- Isso é realmente patético! - Murmurou Hermione

- Quem é patético? - Harry havia acabado de sentar do lado de Hermione.

- Ele... Essa cena... - Hermione apontou para o motim - Não é Harry?

- Uhm... Realmente é... Mas, que mal tem elas ficarem bajulando ele?

- Harry! Todas amavam o Krum, agora amam esse tal de... de... Ah sei lá como ele chama!

Harry riu e fez cara de Não-Está-Mais-Aqui-Quem-Falou e virou-se para olhar o amontoado de meninas. Sorriu por dentro ao constatar que Gina não estava no meio delas.

_____

Outra coisa diferente foi que até agora, nenhum dos três havia visto Katrina pelos corredores, e mais estranho foi não ter visto ela em quase nenhuma aula, a não ser uma de poções. Era realmente estranho alguém de Hogwarts ficar cabulando aula.

- Vocês não acham estranho ela ter aparecido apenas em uma aula sendo que a maioria das aulas nós temos em conjunto com a Sonserina? - Disse Rony tentando desamarrar a gravata.

- Eu nunca vi gente de Hogwarts cabular tantas aulas.

- Fazer o que Harry? - Rony parou por um momento

- Cabular Rony.

- O que é isso? Catular?

- É CA-BU-LAR.... Matar aula sabe... Faltar...

- Isso é coisa de trouxa né? - Rony voltou à tarefa de desamarrar a gravata

- Sim é... Uma gíria trouxa.

- Cabular aula também é coisa de Trouxa - Disse Hermione séria.

- Em qual dos sentidos?

______

Rony não havia conseguido desamarrar o nó de sua gravata quando chegaram no salão principal para a janta, Hermione finlamente ficou com dó e foi tentar ajudar.

- Rony, é só para dar um nó na gravata e não um nó cego!

- Eu estava com pressa quando me arrumei hoje! - Disse Rony se defendendo.

Finalmente Dumbledore havia dado início ao Campeonato de Quadribol, fazendo com que a rivalidade entre as casas aumentasse cada vez mais.

A tabela havia ficado assim, o primeiro jogo seria entre Grifinória e Corvinal e Sonserina Versus Lufa-Lufa, todos já imaginavam o resultado, agora que Lufa-Lufa não tinha mais Cedrico Diggory. Harry ficava pesaroso toda vez que pensava em Cedrico, mas sabia que deveria esquecer o que havia acontecido. Esse ano, esperava entrar na posição de Capitão do time da Grifinória, já que Olívio havia saido.

Havia um grande vergão roxo no pescoço de Rony quando Hermione conseguiu, enfim, tirar a gravata dele.

- Você queria o que? Se enforcar?

- Ah.... Não enche... E Obrigado viu!

Hermione conversava com Harry quando seus olhos se encontraram, do outro lado do salão, com os olhos azuis de Katrina, não conseguiu suprimir um sorriso quando a outra sorriu para ela.

- Focê non eh a menina que beijou o Krrum? - Hermione se assustou com a voz que veio por trás da sua cabeça - Eh non eh?

- Sou e você é... - Disse Hermione o mais fria possível

- Youri... Youri Von Craskov - Estendeu a mão que Hermione apertou de mal grado - Sua nome eh...

- Hermione Granger!

- Hermio... Hermi-mio... - Youri ficou sem graça - Desculpé ainda non saber falar direito.

- Não se preocupe - Falou Hermione rindo.

- Posso me sentar? - Disse ele apontando para o banco.

- Pode sim, já vou me levantar, não é Harry? - E lançou um olhar inquisidor para Harry que havia acabado de colocar um enoprme pedaço de tortão decarne na boca.

- Ah...Aham - Harry engoliu o mais rápido que seu maxiliar pode - Vamos Rony?

Osa três se dirigiram para a porta deixando o Russo um tanto quanto desapontado.


- Hei Katrina, Aqui olha !!! – Rony acenava feito um louco por cima da cabeça de Harry.

Katrina olhou para os lados e avistou uma moita ruiva acenando para ela, falou alguma coisa para uma menina que estava ao seu lado e caminhou para perto deles.
Seu modo de andar era um tanto quando hipnotizante, pelo menos para Rony, que só faltava babar. Suas vestes caiam perfeitamente sobre os ombros e como eram deixadas aberta, esbanjava o corpo de dar inveja a qualquer outra menina, e enlouquecer qualquer menino. Sua saia, Hermione desconfiava, deveria ter sido cortada, pois estava um tanto quanto curta e um pouco desfiada na barra e a camisa, deixada aberta, de propósito ou não
fazia aparecer o pescoço e mais um pouco. Hermione gostaria apenas de descobrir onde havia ido parar a gravata.

Um grupo de garotos da Corvinal ficaram olhando e quase babando também.

- Tira uma foto que dura mais!

Rony e Harry riram, Hermione não sabioa se riam ou ficava séria, às vezes achava que Katrina fazia isso para se mostrar.

- Oi Rony, Harry….Hermione...

- Oi, você sumiu... Nem vimos você nas aulas – Rony continuava abismado com a beleza da garota.

- É, eu andei não indo numas aulas aí, mas nada demais. Fiquei sabendo que Você – apontando para Hermione – e Você – apontando para Rony – Viraram monitores?

- Sim, é um cargo de responsabilidade, coisa que o Senhor Ronald Weasley não tem!

- Ah Mione, dá um tempo! Eu tenho responsabilidade sim... É que às vezes eu não sei usá-la.

- Relaxa Hermione, não se apegue tanto as regras! - Disse Katrina sorrindo.

- Falando nisso, o que você fez com seu uniforme? - Disse Hermione olhando Katrina de baixo a cima.

- Customização... Mas, isso é um puxão de orelha?

- Ah. não... - Foi Hermione que ficou sem graça agora - Só estava perguntando e... aonde foi para sua gravata?

- Tá aqui ó - Ela tirou um embolado verde e prata do bolso - Quer que eu ponhe ela? - Disse Katrina piscando para Hermione.

- Se você quiser...

- Eu não gosto de gravata mas, só para você não me dar uma detenção eu ponho okay? - E riu.

- Não sério, não precisa...

- Tá melhor assim? - Disse Katrina com a gravata toda embolada no pescoço.

- Você está brincando comigo né? - Hermione levantou uma sobrancelha - Ninguém arruma tão mal uma gravata, nem o Rony!

- Eu já disse que estava com pressa.... - Começou Rony

- Eu não gosto de gravatas, já disse, mas se você gosta tanto de ver os outros com o uniforme bonitinho, arruma ela para mim.

Harry e Rony olharam sorrindo para Hermione e Hermione ficou muito vermelha.

- Você quer que eu arrume a sua gravata?

- Por que não?

Hermione pos as mãos na gravata de Katrina e essa ficou sorrindo para Hermione, levou quase uns 5 minutos para conseguir dar certo, pois o olhar fixo de Katrina a deixava, sabia lá por que motivos, nervosa.

- Pronto... Vamos andando agora né?

Os quatro saíram andando, Hermione reparou que Katrina não parava de olhar-la, mas conversava normalmente com Rony e Harry.

- Banda preferida? Sex Pistols e Ramones e a sua Harry?

- Ramones é legal... Mas, acho que prefiro... U2...

- Que mal gosto Harry! - Katrina fez cara de nojo - E você Hermione, qual sua banda preferida?

- Não ouço quase rádio... Mas - Hermione olhou para Katrina - Conhece Janis Joplin? Não é o melhor som mas...

- Não acredito que você curte Janis! - Katrina olhou abismada - É muito foda! - Hermione não pode deixar de sorrir

- As Esquisitonas também são legais, bem melhor que esses sons trouxas! - Rony disse querendo se entreter nma conversa e causando uma discussão entre ele e Harry

- Uhm, então gente... Amanha eu vou na aula então a gente se vê lá - Falou Katrina ao pé da escada

- Ah.... – Rony queria passar mais tempo com ela – Não quer... Ir na cozinha comigo? - Harry. Hermione e Katrina olharam com cara de QUÊ? - Sei lá...

- Ah...Valeu Rony, sério... Mas estou com sono

- Ok então.... A gente se vê, se você não faltar né?

- Certo.... – E começou a subir as escadas.


Quando já não se ouvia mais seus passos, Hermione virou para os dois e cochichou:

– Isso é estranho não é?

– O quê – Perguntou Harry – O que é estranho...

Hermine ia responder mas parou no meio da frase:

– Nada não .... Vocês não vão dormir? Eu preciso ir ao banheiro

- Essa hora Mione? – Rony achou mais estranho ainda – Filch não gosta de pegar ninguém fora dos dormitórios depois das noves.

- Relaxa Rony, sou monitora – Rony abriu a boca para contestar - E também só vou ao banheiro.

Harry interrompeu Rony quanse esse tentou contestar de novo – Vamos Rony, deixa a Mione – E ao se retirarem lançou um último olhar para ela.

Hermione saiu em disparada para o banheiro no segundo andar, sabia que era para lá que ela deveria ter ido, ninguém freqüenta aquele banheiro, então não tinha como ninguém entrar lá, principalmente a essas horas. Chegou de mansinho mas não bateu na porta, ao entrar deparou com um cheiro muito diferente, nunca havia sentido aquilo. Foi até o último boxe e encontrou Katrina, sentada no vaso... Fumando.

- Katrina? – Chamou Hermione baixinho.

- AHHH – Katrina se assustou e meteu o pé no lixo – Ta querendo me matar de susto garota?? – levantou-se e saiu para fora do boxe – Que ta fazendo aqui ? – Tinha a voz meio pastosa e parecia meio desnorteada.

- Ah, fiquei preocupada com você. O que é isso na sua mão.... Não é.... É?

- Por favor, não fala pro velho careca, ele vai ferrar tudo... Apesar de você ser monitora não é?

- Não falo com uma condição – andou até ela e retirou o que ela tinha na mão – Isso vai ficar comigo...

- Mas...

- Ou isso, ou eu dou detenção para você!

- Experimenta fazer isso! - Disse Katrina desafiando Hermione.

- Para Katrina, por favor vai, você não precisa disso!

- Ah, você não sabe como é ser excluída do colégio, como é você passar e todo mundo rir, cochichar, sabe, eu tenho uma, exatamente UMA amiga aqui, e realmente isso na sua mão me faz sentir melhor!

- Você não tem só UMA amiga... Você tem eu, o Rony, o Harry...

- É... eu sei – Katrina parecia realmente arrependida – Eu uso isso desde meus treze anos, é difícil parar sabe, mas.... Você não tem nada a ver com isso.... – Virou-se de costas.

Hermione andou até ela e a virou, de perto, Katrina era uns bons centímetros maiores que Hermione e ela já haviareparado nisso quando estava arrumando sua gravata.

– Eu quero te ajudar, você é linda, inteligente, não precisa dessas porcarias -De perto, Katrina sentia que realmente, que a garota Granger queria ajudar, era diferente dos outros, ela parecia ser tão sincera – Sabe, eu acho que você tem um potencial.... E tanto... Não te conheço direito mas que.... – Alguma coisa no olhar de Katrina estava deixando Hermione encabulada – E sabe... Talvez...

Hermione se afastou, estava perturbada, não sabia o que estava acontecendo com ela, toda vez que chava muito perto de Katrina subia algo em seu estômago. Sentiu a mão de Katrina pousar no seu ombro, como era leve:

– Hei, tudo que você me disse é verdade? – Hermione não queria se virar, na verdade queria, mas não podia:

– Ah... é sim.. Eu quero te ajudar, de verdade.... Não gosto disso - E olhou para sua mão que estava segurando um baseado - Afinla, como conseguiu trazer isso pra cá?

- Isso não é exclusividade do mundo trouxa sabia?

A mão de katrina virou Hermione, agora as duas estavam cara-a-cara, poucos centímetros de distância, os olhos castanhos de Hermione se encontraram com os azuis de Katrina, podiam sentir uma a respiração da outra, um cheiro amadeirado penetrava na cabeça de Hermione, era o perfume de Katrina que estava entorpecendo a sua mente.

Os olhos de Hermione estava se fechando, ela queria, sua razão dizia que não, mas e seu coração?

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.