FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

19. Sangue de Trouxa.


Fic: HP e Nossa História. 1


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

   O dia se passou sem mais aulas. A aula de Poções e Feitiços foi cancelada e nenhuma explicação do porquê foi dada. Tiago contou o que vira para todos, exceto Deise e Rogério. Todos ficaram excitados.


 - Que máximo! – disse Yasmin – O que eu não daria para estar no seu lugar!


 - Mas há algo estranho. – disse Camila – Por que eles estavam chorando, e por que eles ficaram tão estranhos quando você tocou no nome do Harry?


 - Eu não sei... – disse Tiago.


 - Não oprima o meu amor, ele já sofreu demais por hoje! – disse Jhonnatan


 - Eu não estou oprimindo ele!


            Rindo, Tiago se jogou em cima de Jhonnatan. Mariana chegou e contou ao grupo que estivera com o namorado todo o tempo.


 - Venham aqui vocês. Não! – disse quando todos se levantaram – Só Camila, Yasmin e Tiago... Perdoem-me...


            O trio se levantou e se juntou a Mariana num cantinho reservado da sala.


 - Vocês se lembram do que Dumbledore disse? – perguntou.


 - Ah é! – responderam.


 - Pois bem, disfarce e depois que todos se deitarem, vamos nos encontrar lá embaixo!


            Uma hora depois, o castelo inteiro parecia ter adormecido e os 4 já estavam lá embaixo.                                   


 - Pois então... Vamos? – perguntou Mariana, nervosa.


 - E se nos pegarem? – perguntou Tiago.


 - Bem, o máximo que pode acontecer é a expulsão. – falou Yasmin


 - E virarmos ótimas presas desprotegidas para os Comensais de Morte. – completou Camila.


 - Bem, vendo por este lado... – disse Tiago sonhador – Até que seria interessante ser morto pelos comensais de...


 - AH, CALA A BOCA! – disseram todos os três.                                                                                                 -60-


 - Bem, onde será que deveríamos ir? – perguntou Camila


 - Dumbledore mandou nós irmos à biblioteca...


            Todos concordaram e seguiram pelo silencioso castelo. Passaram pelo corredor da Sala Precisa, desceram as escadas e abriram o portão da biblioteca que rangeu.


 -Pronto. E agora?


            Tiago fechou a porta da biblioteca, porém escorregou e fez um barulho imenso que ecoou pelos corredores do castelo. Silêncio momentâneo... Até que uma voz seca falou.


 - Quem está aí? Madame Norra vá à frente e tente encontrar alguém.


            O quarteto se entreolhou.


 - É o Filch! – Yasmin.


 - Vamos sair! - Tiago.


 - Não podemos, a voz dele vem lá de fora... – Camila


 - Então vamos nos esconder aqui dentro... – Mariana


            Um miado bem próximo fez com que todos corressem para mais ao fundo da biblioteca, entravam e saíam dos corredores com estantes imensas, até se darem por perdidos. Continuaram andando, em silêncio, até que se depararam com outra porta.


 - É a Sessão Reservada! – disse Mariana.


 - Foi aqui que Harry procurou o livro sobre Nicolau Flamel!


 - Silêncio, Tiago! Todos nós já sabemos disso! – disse Camila


            Mariana viu um rabo de gato passar bem próximo e, antes que ele chegasse, ela abriu o portão e todos entraram na Sessão Reservada.  


 - Não deveríamos estar aqui... – disse Yasmin


            De fato, eles não deveriam. Aquela parte da biblioteca parecia ser silenciosa por demais. Embora, todo o castelo já fosse silencioso, ali parecia que todo ou qualquer som eram engolidos. Suas vozes nem ecoaram, pareciam sumir antes mesmo de terminar a frase...


 - Vamos entrar. – disse Camila.


 - Não podemos e... Não estou gostando deste lugar. – disse Mary.


 - Harry entrou. – disse Tiago.


 - Gente, não posso ter emoções fortes... Estou grávida! – disse Yasmin.


            Mariana ergueu sua varinha e disse:


 - LUMUS!


            Densas prateleiras foram iluminadas por sua varinha, ali até os livros pareciam estarem dormindo... Camila e Yasmin fizeram o mesmo. Tiago abraçou a cintura de Camila, sentindo os cabelos de sua nuca se arrepiarem. Andaram lentamente. Seus passos morriam no silêncio modorrento. Até que chegaram a um beco sem saída.


 - O que esta estante está fazendo no meio da passagem? – perguntou Mariana


 - Ela não deve estar aqui por acaso. – disse Tiago que olhava a estante atentamente. Apontou e disse – Aqui! 


            Entre tantos livros de capas grossas, um de letras azuis metálica reluzia à luz da varinha de Yasmin. Intitulado de  “A Profecia Perdida”.


 - O que vocês acham? – perguntou – Devemos arriscar?


 - Ora, já chegamos até aqui! – disse Camila.


 - Com tanto que vocês me protejam, afinal estou grávida...


            Tiago puxou o livro, porém ele não saiu do lugar. A estante tremeu e começou a levitar misteriosamente mostrando uma vala escura e oculta no chão. O quarteto entrou pelo buraco. A estante voltou a descer, colocando-os em total escuridão. Vários archotes se acenderam ao redor deles, iluminando todo o local. Era um quadrado sem saída.


 - Ok... Ok... Como vamos sair daqui? – desesperou-se Yasmin respirando fundo.


 - Não vamos. É sem saída. – concluiu Mariana


 - O quê? – Yasmin começou a arquejar e sussurrar para si mesma “Estou calma... Estou calma... Calma e grávida...”


 - PARE, YASMIN! – gritou Camila – Você está me irritando.


 - CALADAS!!! – finalizou Mariana – Tem algo escrito nas paredes.


            De fato, letras surgiram nas paredes:                                                                                                                    


 


                                                            Por aqui você quer passar


                                                            Mas trouxa você não é...


                                                            Porém para atravessar


                                                            Trouxa você terá de ser!


 


 - Ótimo! O Tiago é trouxa, agora abra! – ordenou Mariana. Mais letras surgiram...                                              -61-


 


                                                           Uma prova terá de dar


                                                           Algo valioso precisa ceder


                                                           Sangue terá de ser


                                                           Ou a morte certa será!


 


            Mariana olhou Tiago.


 - Não me olhe assim. Meu sangue é muito valioso para ser dado assim. – argumentou Tiago.


 - Olhe. Tem mais coisa.


 


Quem deste sangue beber, o poder de atravessar seus amigos e você pode ter...


 


 - O QUÊ?!  Eu não vou beber sangue de trouxa nenhum nem de ninguém! Ai que nojo! – reclamou Camila.


 - Eu não posso... Estou grávida e meu bebê não é vampiro! – Yasmin


 - Nem olhem para mim. – Mariana


            Por fim, os quatro sentaram-se e ficaram se encarando. Quanto tempo se passou ninguém sabe, mas o Sol já despontava quando alguém falou.


 - Estou com fome... E sede. – reclamou Yasmin – Eu não posso ficar assim, como e bebo por dois. Pô, eu tô grá...


 - Aii! Pare, pare, pare Yasmin! Todos nós estamos sentindo a mesma coisa, se quiser beba o sangue do Tiago! – Camila.


 - Não repito mais o motivo.


 - Por que o Tiago não bebe? O sangue é dele mesmo.


 - Não pode, dããã! Lembre-se do que está escrito. – disse Mariana.


 - O Trent faz falta, quero beijar na boca!!!


 - Chega! – disse Mariana se levantando – Tiago corta seu pulso agora.


 - Por que o pulso? Não quero morrer!


            Tiago olhou desacreditado para a amiga. Ela, porém balançou sua varinha fazendo Tiago cambalear para trás e um retalho surgiu no braço de Tiago, o sangue logo começou a escorrer.


 - Uhhh, que violência! – debochou Camila.


            Mariana voltou a agitar sua varinha e conjurou uma taça de cristal; apertou um pouco o braço de Tiago, fazendo-o gritar de dor. A taça encheu-se até a metade. Voltou a balançar sua varinha e cicatrizou o braço do garoto perfeitamente.


 - Nossa! – exclamou Yasmin.


 - Vocês ainda não viram nada! – disse Mariana erguendo a taça num brinde único – Pelo fim do reinado de Lord Voldemort! – e tomou um gole. O rosto de Mariana começou a se esverdear e rapidamente abafou com as mãos para evitar pôr tudo pra fora. Cambaleou para trás enojada. Por fim Mariana ergueu o rosto e não encontrou parede à sua frente, apenas um extenso corredor fracamente iluminado.


 - Então, vamos? – perguntou


 - Mas para onde? E a parede? – apontou Yasmin


 - Que parede?


 - A que está na sua frente.


 - Não vejo parede nenhuma


            Yasmin colocou a mão no ombro da amiga, desacreditada. Porém, ao tocar na pele de Mariana, a parede sumiu. Assustada, Yasmin largou a amiga e a parede reapareceu.


 - O que foi, Bituca? – perguntou Camila ao ver a expressão da amiga.


            A garota não respondeu apenas começou a raciocinar sobre o acontecido. Percebeu que ao tocar Mariana, que bebeu o sangue de trouxa, ela também poderia atravessar a parede. Não era necessário que todos bebessem o sangue. Então, após repassar tudo o que pensou, todos seguiram o sugerido e atravessaram a parede, agora inexistente, numa espécie de corrente.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.