FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

18. Tranfiguração.


Fic: HP e Nossa História. 1


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

- ATENÇÃO!


            A voz da professora Minerva ecoou por todo o dormitório.


 - Nunca vi! s não acordam! Meus alunos não são assim... Preguiçosos! O café da manhã está posto na sala da Torre. Logo virei buscá-los para o treinamento contra Você-Sabe-Quem.


            Tiago se levantou da cama, a qual estava ao lado da de seu namorado. Não teve coragem de ficar com ele, não sabia como as pessoas reagiriam à sua homossexualidade. Mas Jhonnatan parecia não pensar o mesmo. Acordou e após escovar os dentes, beijou Tiago passando-lhe um hálito fresco de Colgate. Algumas pessoas apontaram, outras olharam, outras até riram. Mas o coração de Tiago agitou-se quando o senhor Weasley veio em sua direção.


 - Vocês é que tem sorte! – disse – Minha mulher ficou em outra torre, fiquei nesta porque a outra lotou.


 - Vamos! – disse Rogério – Continuo sendo o responsável por vocês!


            Eles saíram do dormitório e entraram na sala, onde encontraram Camila, Yasmin, Mariana e Deise já tomando café. Camila abraçou Trent e lhe deu um beijo com os lábios sujos de torrada. Yasmin ficou sentada esperando Diego se aproximar, mas este estava conversando com Jhonnatan. Tiago sentou-se entre Camila e Yasmin enquanto Mariana estava em outra mesa.


 - Você nunca vai conseguir nada. – confessou Tiago a Yasmin.


 - Como assim?


 - Você espera que ele venha até você e ele espera que você vá até ele, alguém vai enlouquecer!


 - Eu estou grávida, tenho prioridade. – mordeu um pedaço de torrada com bastante geléia.


 - Ai, não tô ouvindo isso. – reclamou Camila enquanto Tiago se engasgava com um pedaço de torrada.


 - PARA O TREINAMENTO! – surgiu Minerva com seu coque lhe apertando a cabeça – Não tenho culpa se s são preguiçosos! Você-Sabe-Quem não tem hora certa para aparecer, pode atacar enquanto dorrmem!


            A porta se escancarou repentinamente e a figura de Severo Snape apareceu.


 - Precisamos de você na ala secreta! Agora! – murmurou ele.


 - O que houve?


 - Ele piorou!


            O rosto de Minerva empalideceu e ela desceu as escadas sem nada dizer.


 - Quero vocês em 15 minutos lá embaixo! – ordenou Snape.


            Tiago deu sua ultima mordida e acompanhou todos. No meio da escada, Yasmin lhe perguntou:                          


- Como você pretende participar da aula?                             


            Tiago se viu espantado. Por um momento se esqueceu que era trouxa.


 - Vou ver como é. – disfarçou.


            Ao chegarem ao fim da escada, encontraram Snape os esperando. Ele os levou até uma sala onde a professora Minerva já os aguardava. A professora ergueu a cabeça de sua mesa e todos perceberam uma lágrima escorrida por seu rosto severo.


 - Isto é loucura, jamais poderemos vencê-lo! Ensinar adultos e crianças ao mesmo tempo... Dumbledore está louco! – Minerva, ainda murmurando, se levantou e pediu que todos se sentassem. Adolescentes de um lado, adultos do outro.


- Transfiguração é de extrema importância. É claro que se você estiver de frente com o próprio Você-Sabe-Quem nem um milagre adianta. Já contra seus comensais... – respirou fundo – Bem, há certas coisas que todos devem saber. Molly e Arthur queiram parar de se beijar e prestar atenção! Creio que com tantos filhos vocês deveriam ser mais cautelosos! 


Molly, que há segundos estava agarrando o marido, o largou vermelha.


 - Desculpe. – disse o senhor Weasley – Voltar a Hogwarts nos relembra velhos tempos.


 - Senhor Weasley, por favor, queira transformar esta ave num cálice de água.                                                                      


             A professora McGonagall agitou sua varinha e conjurou um corvo. Um tanto depenado, mas estava lá. O bruxo continuou observando o animal, incapaz de pensar em algo.


 - Que vergonha! – irritou-se a professora – Matéria de 2º ano, que vergonha! O mais completo ignorante desta sala seria capaz disto! David venha cá.


            Tiago, surpreso, sentiu cada parte de seu corpo formigar, andou até ela e encarou o depenado corvo.                 -59-


 - Mostre para aquele bruxo ali como se faz.


            Tiago encarou o corvo e o corvo o encarou.


 - Ande! Pegue sua varinha, David! Não se porte como um completo trouxa!


            O garoto começou a tremer e ,antes que alguém percebesse que ele chorava, saiu correndo da sala de aula e seguiu até o corredor da Sala Precisa, procurando um lugar onde pudesse chorar em paz. Até que uma porta surgiu e ele passou por ela.


 - Isto sim é um absurdo! – argumentou a sra. Weasley se levantando –  Não pode oprimir toda a sua turma desta forma! E como você acha que todos nós nos sentimos?!  Pensa que não entendemos o que há? MEUS FILHOS JÁ QUASE FORAM MORTOS POR AQUELE-QUE-NÃO-DEVE-SER-NOMEADO! EU SEI MUITO BEM DA SITUAÇÃO EM QUE ESTAMOS. E ACHO QUE TODOS SABEM!!!


            Molly estava vermelha e quente como uma pimenta, prestes a bofetear Minerva, se precisasse. Minerva, pelo contrário, continuou encarando Molly sem poder dizer nada; apenas retirou-se da sala calada enquanto o corvo conjurado ardia em chamas que ela mesma pôs.


            Uma salva de palmas rompeu o silêncio em favor da  sra. Weasley.


 


                                                                                  -//-


 


            Tiago olhou ao redor. Folhas de lenço de papel, caixas de lenço estavam espalhados por todos os cantos. No chão, almofadas super macias para se deitar. O garoto demorou a perceber a presença de mais alguém na sala.


            Num canto havia duas pessoas. Um garoto alto, de cabelos ruivos e com sardas. E uma garota, de cabelos volumosos, deitada no colo daquele. Ambos choravam deprimidos. Ao notar a presença de um estranho, o ruivo indagou:


 - Quem é você? – a garota se levantou pra ver quem estava ali.


 - Sou Tiago. E s?


 - Ronald Weasley. Hermione Granger – ambos se apresentaram


            O coração de Tiago se agitou violentamente. Eram os melhores amigos de Harry Potter. Então... Ele poderia estar a um passo de conhecê-lo.


 - Onde está Harry?


            Os olhos da garota tremeram repentinamente e ela voltou a chorar soluçantemente. Rony o encarou com fúria.


 - Como você tem a frieza de perguntar isto?


 - Desculpe, mas...


 - SAIA DAQUI! – gritou


            Tiago irritado abandonou a sala em direção à Torre de Astronomia. Encontrou com todos lá.


 

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.