FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

4. Sirius não sabe brincar


Fic: A Aposta de Lily Evans


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Capitulo quatro– Sirius não sabe brincar.


 


14 dias para o Fim da aposta – 14 dias para Perder o encontro com Amos – Parte um do plano: Maquiagem ON!


 


         O dia em Hogwarts amanheceu como qualquer outro. Mas não para Lilian Evans, agora que só faltavam 14 dias para Sirius ganhar a aposta – coisa que parecia a dois dias atrás completamente impossíveis -, agora estava mais próximo do que nunca. Ou não.


 


         Não, não se ela conseguisse seus objetivos . Karol e Jesse tinham lhe emprestado algumas roupas e uma quantidade alarmante de maquiagem. Não, ela não parecia uma p., apenas não parecia ela mesma. Ela riu com aquilo.


 


         - Ual, Lily! Assim você vai causar um incêndio em Hogwarts. – Amy riu, dando um tapinha na bunda da ruiva quando ela saiu do banheiro. Ela corou.


 


         - Eu to legal?


 


         - Se você está legal? Você está muito gostosa. De onde tirou esse vestido amiga? Você nunca se arruma tanto assim em dias que não tem aulas... Na verdade – Amy parou para pensar por um minuto – Cara, eu nunca vi você se arrumar assim!


 


         - Ah, eu queria ver o treino de quadribol, é hoje não é?- Ela perguntou dando uma ultima olhada no seu cabelo e revisando mentalmente seu plano.


 


         - É hoje sim... Lilian Evans, o que você está aprontando?- Amy perguntou alarmada, olhando bem para ela, não parecia a mesma garota que ela conhecia. Parece que a temporada de caça estava aberta. HÁ, Amy nem imaginava. – É treino da Grifinoria, e não da Lufa Lufa, você sabe não? O Amos não vai estar lá.


 


         Ela disse categoricamente. Sentia-se pela primeira vez na vida feia do lado de Lilian, ela correu para o espelho da penteadeira, para arrumar o cabelo.


 


         - Hmmm... Eu sei. Eu queria ver o... – Lilian respirou fundo, tentando se acostumar com aquela idéia – Eu queria ver o James.


 


         - O James, Lily? Como assim? – Amy olhou desconfiada para Lilian.


 


         - É o James... Eu quero vê-lo, não posso? – Perguntou a ruiva irritada. Tentando se equilibrar naquele maldito salto que Jess havia lhe entregado.


 


         - Poder até pode... Mas eu só acho estranho... Quer dizer, você nunca foi a maior fã do James por assim dizer, e agora... Isso! – Amy apontou sugestivamente para a roupa de Lilian.


 


         - Fique quieta ok? E apenas se concentre em não me deixar cair.


 


-


 


         Era uma bela manhã ensolarada, perfeita para treinar no campo do colégio. A temperatura estava mais do que agradável. O dia não poderia ser melhor... Pelo menos era o que parecia.


 


         - Vamos lá Potter, eu sei que você vai mais rápido do que isso! Deixem de agir como meninas! Black! Rebata mais e olhe menos para a arquibancada. E PELO AMOR DE DEUS GIBBS, QUE TIPO DE GOLEIRO É VOCÊ? Quer dizer, se é que podemos te chamar de goleiro! O que vocês querem? Perder para aquele bando de cobras? – Gritava Oliver, observando o desempenho do time sentado na arquibancada.


 


         - Assim é fácil mandar que nós façamos as coisas... Sentado lá. – Dizia Sirius indignado.


 


         - Black, não reclame! – Gritou Oliver no alto falante, quando de repente ele olhou para o lado, seus olhos se arregalaram para ver a ultima pessoa que ele esperava entrar na arquibancada e... Daquele jeito. Ele disse sem nem se lembrar que estava com o alto falante nas mãos – Lilian Evans? Meu deus!


 


         O time de quadribol inteiro se virou para olhar Lilian, em seu mini vestido tomara-que-caia (tomara mesmo, pensava Oliver) preto com um belo broche da Grifinoria sobre o peito (E que peito! Diria James Potter), seus cabelos em grandes cachos soltos sobre os ombros. Uma maquiagem bem leve no rosto, e um belo batom vermelho que deixavam seus lábios em evidencia.


 


         - Bom dia Oliver. – Ela disse na maior casualidade que conseguiu, sentando-se na arquibancada e cruzando suas (belas, como observava Sirius) pernas, e pegando a bandeirinha com o mascote da Grifinoria – Ah, por favor não parem por mim.


 


         Amy revirou os olhos.


 


         - Para de babar, Black – Gritou Fletcher risonho, rebatendo o balaço para Sirius.


 


         - Você está maluco Fletcher? – Gritou Sirius, rebatendo por pouco o balaço que quase acertou sua cara sem nem ao menos ver para onde, James que ainda estava meio (ou totalmente) abestalhado nem teve tempo de desviar quando o baloço acertou em cheio sua cabeça. Fazendo-o se desequilibrar e cair de cima da vassoura.


 


         - Oh caramba! James! – Sirius tentou chegar a tempo de pega-lo, mas já era muito tarde.


 


-


 


         James finalmente abriu os olhos quase quatro horas mais tarde, na Ala Hospitalar, ele sentia seu corpo inteiro doer.


 


         - Meu Deus, sonhei que Lilian Evans estava semi nua vendo um jogo de Quadribol, foi uma das coisas mais maravilhosas que já vi na vida. – Ele disse ainda sorrindo, antes de finalmente conseguir abrir seus olhos por completo para a luz branca e forte.


 


         - Eu não estou semi nua, é mesmo roupa do que eu costumo a usar, mas pêra lá. – Lilian disse em sua defesa. Ela estava sentada na beira da cama de James, e Sirius estava indignado com a roupa dela encostado na parede ao lado da cama do amigo.


 


          - Caramba James, você me deu um tremendo susto! – Disse Sirius sorrindo, tentando ficar na frente da visão de James.


 


         - Nossa Lily, nunca te vi mais bonita. – James ignorou completamente Sirius, esticando a cabeça.


 


         - Só se você achar que eu fico bonita preocupada, por que por Merlin James! Você me assustou! – Lilian empurrou Sirius pra fora da cama, piscando pra ele.  Sirius revirou os olhos.


 


         - Ah Merda Lilian, eu morri não foi? Eu morri e fui pro céu. – James fechou os olhos, fingindo tristeza. Lilian riu, tentando imitar aquilo que Jesse havia lhe ensinado, de jogar o cabelo para trás, ao rir, para seus peitos subirem e descerem e não haver nada impedindo essa visão. Até Sirius arregalou os olhos. Lilian Evans queria jogar baixo? Ele sabia jogar baixo.


 


Lilian anotou mentalmente, parte número um do plano: completa.


 


         - Você tem sorte, só quebrou a perna. Mas a enfermeira já deu um jeito nisso, você vai poder sair daqui a algumas horas. Sorte sua, vai perder as três primeiras aulas do dia. – Lilian sorriu. Olhando para o grande relógio da parede.- Nossa! Está tarde eu tenho que ir... Melhoras James. – Ela deu seu maior sorriso, dando um beijinho no rosto de James, é! Lilian Evans gogo! Até ela estava surpresa com sua capacidade de parecer uma garota sedutora e safadeenha. Seu sorriso desapareceu, quando olhou pra cima e encarou os olhos de Sirius. Eles estavam semi cerrados como se dissessem “ Eu sei o que você fez no verão passado Evans”, ela não tinha medo de Sirius, não mais. – Black.


 


         - Evans. – Ele respondeu contendo um impulso louco de mostrar a língua para ela, enquanto ela saia rebolando o Maximo possível. Assim que a porta bateu James sentiu vontade de gritar de felicidade.


 


         - CARAMBA! – Ele deu um soquinho no ar – Você viu o que eu vi Almofadinhas?!


 


         - Sabe o que eu vi, Pontas? – Sirius apoiou as duas mãos na cama de James, balançando a cabeça desaprovadoramente. – Eu vi Lilian Evans em um mini vestido, te bajulando pra fazer ciúme para Amor Diggory, e mais... Vi você pagando de tremendo ótario.


 


         - Do que você está falando, Almofadinhas? – James disse balançou a cabeça, sem entender.


 


         - Você não está vendo, Pontas, seu idiota?- Sirius deu um suspiro dramático. – Por que acha que Lilian Evans em sã consciência, colocaria um vestido, maquiagem e seria tão gostosa e normal? Você conhece a  Lilian, eu conheço a Lilian! Quer dizer, aquele ser, não era Lilian Evans, agora me pergunte por que ela faz isso?


 


         - Por que?


 


         - Faça a pergunta completa, Pontas.


 


         - Por que ela está sendo tão gostosa?


 


         - Eu te digo por que Lilian Evans esta sendo tão gostosa, ela esta sendo gostosa por que sabe que Amos vai sair com a Sasha e dar um tremendo pega nela daqui a 14 dias em Hogsmead, e o que ela faz?!


 


         - O que ela faz?!


 


         - Eu te digo o que ela faz, ela veste um mini vestido e tenta fazer você de otario, por que sabe que você é o único idiota que ama Lilian Evans daquele jeito histérico dela, e o que ela quer com isso?! Ela quer fazer ciúmes no Diggory é claro! Quer mostrar pra ele o quanto ela é gostosa! Por que você é o cara mais legal desse colégio, mesmo tendo um péssimo gosto para garotas. Então, agora me pergunte o que você vai fazer?! – Sirius colocou as mãos atrás da cabeça, no encosto da cadeira se recostando, agora era só esperar a sementinha do ódio germinar no coraçãozinho apaixonado de James.


 


         - O que eu faço?!- James sentia seus olhos queimarem com ódio.


 


         - Eu vou te dizer o que você faz – Sirius, estava feliz por ter assistido todos aqueles programas trouxas de auditório em casa para irritar seus pais, aquele truque era o melhor que existia. – Você vai ignorar Lilian Evans, e mostrar pra ela quem manda. Você vai fazê-la se arrepender de ter nascido tão gostosa e de ter tentado enganar você – Sirius gritou a ultima parte abrindo os braços como se tivesse resolvido todos os problemas do mundo. – Bate aqui cara, e me diz, você é um ótario?


 


         - É claro que não.


 


         - Então o que você vai fazer?


 


         - Vou sair dessa cama e fazer Lilian se arrepender de ser tão maravilhosamente gostosa e de ter tentado me enganar. – James gritou também.


 


         - Será que vocês dois poderiam ficar quietos? – Perguntou a enfermeira com as duas mãos no quadril.


 


         - Eu já estava de saída. – Sirius e James deram um ultimo soquinho. – Cara, te espero no almoço.


 


         - Pode esperar.


 


         Sirius saiu da Ala Hospitalar com um sorriso sacana na face, ah, Lilian Evans. Ela definitivamente não sabia com quem estava se metendo.


 


-


 


         - Lilian – Amy começou a falar bem calmamente, no meio da aula de poções. Ela percebia que todos os caras da sala estavam com a atenção voltada para Lilian .- Eu vou te perguntar de novo, e bem calmamente. – Ela prolongou a palavra “bem” respirando fundo.


 


         - Diga Amy. – Lilian disse se concentrando em anotar a poção que a professora havia passado no quadro, dessa vez ela iria acertar.


 


          - QUE DIABOS ESTÁ ACONTECENDO?! – Amy gritou, batendo na mesa. As pessoas olharam para ela, Amy respirou fundo, a professora somente balançou a cabeça, a muito já tinha desistido de todos eles. A cada ano que passava as pessoas ficavam mais histéricas naquela escola, hormônios.


 


         - Amy, respire fundo ok? Esta tudo bem, eu não posso te dizer o que está acontecendo...


 


         - O Black tem alguma coisa a ver com isso não tem?! – Lilian corou.


 


         - É, mais ou menos.


 


         - E por que você está metida nisso? O que está fazendo? Por que precisa de bajular o James e vestir roupas bonitas? E finalmente mostrar sua belas pernas. Quer dizer, não que eu não esteja feliz. Mas os fins não justificam os meios justificam? Você me ensinou isso, e agora está mudando de idéia?


 


         Lilian respirou fundo. Largando a pena e se virando para olhar Amy.


 


         - Olha, relaxa ok? Você me ensinou isso lembra? Vai dar tudo certo, eu não estou fazendo nada de ilegal, só quero dar uma rasteira no Black, e fazê-lo quebrar a cara, é só isso.


 


         - Só tente fazer isso sem magoar o James, ok? Ele confia em você, e no idiota do Black também. Então peguem leve!


 


         - Tudo bem Amy, relaxa. – Disse ela balançando a cabeça e voltando a anotar a poção.


 


-


 


Salão Principal – Mesa da Lufa Lufa.


 


         - Hey Diggory! – Sirius parou batendo a mão no ombro de Amos, que estava sentado na mesa da Lufa Lufa, e levantou o olhar para Sirius sem muita vontade.


 


         - O que foi Black?


 


         - Ei, ei. Calma ai Amos, eu só vim aqui prestar um favor pra você. Ta vendo a Evans ali? – Ele apontou para Lilian que estava sentada na mesa da Grifinoria. Rindo com Amy e Jesse.


 


         - O que tem? – Ele disse, ainda encarando Lilian sorrindo.


 


         - Ela me pediu pra vir aqui, pra dizer que quer te ver. Ela quer sair com você Amos, ela... Esta desesperada. Ela te ama loucamente, e quer que você chegue lá dando um beijão nela. As 4horas no pátio.


 


         - Impossível, essa não é a Lilian Evans que eu conheço. – Amos disse encarando Sirius seriamente.


 


         - Amos, meu jovem; olhe para aquela mulher – Ele apontou para Lilian, dando um beijinho na bochecha de Remus, que corava. – Aquela, não é a Lilian Evans que você conhece. Vai Amos, vai e arrasa amigo, vai que é tua. – Sirius disse dando um tapa na cabeça de Amos e saindo rindo.


 


-


 


         - Lilian – Kaitlin Rowven chegou até Lilian na aula de Astronomia, de braços dados com Fatima Rowven, as duas eram irmãs, baixinhas e sardentas. (n/a: HAHAAHHA, pra Bia e Branca :D) . – O Amos pediu pra vir falar com você.


 


         - O Amos é?- Lilian se animou, virando para as garotas, que sorriam.


 


         - É, ele quer se encontrar com você, no pátio, as 4 horas. – Fatima sorriu.


 


         - Jura?!


 


         - Sim! Ele disse que vai pirar e invadir a sala comunal da Grifinoria e te agarrar se você não for, ele ta maluco de paixão Lilian, não sei do que ele é capaz. – Kaitlin exagerou um pouco, piscando exageradamente.


 


         - Diz pra ele que eu vou estar lá. – O coração de Lilian pulava, ela iria ficar louca até as quatro.


 


         - Estão dispensados. – Disse o professor, e Lilian se apressou em sair da sala para se arrumar mais ainda.


 


         - Meninas, vocês são maravilhosas, é sério! Já pensaram em serem atrizes ou qualquer coisa do tipo? – Sirius sorria encantadoramente para elas, ambas coraram.


 


         - Ah Sirius...


 


         - Gentileza sua...


 


         - Venham aqui minhas meninas. – Ela deu um beijo na bochecha das duas. – Vocês são as melhores!


 


-


 


         - James, esta frio aqui nessa sala. Vamos tomar sol... sair dessa fossa. – Sirius disse, pegando seu óculos de sol. – Vamos lá no pátio.


 


         - Não to afim. – James suspirou, ainda pensando em Lilian.


 


         - Vamos lá! Quem sabe não encontramos a Evans?


 


         - Almofadinhas, esquece a Evans – Resmungou Remus, irritado – Vamos lá Pontas, vai ser legal.


 


         - É, vamos lá!


 


-


 


         Lilian correu para o pátio, eram 4 horas. Ela encontrou-se com Amos na metade do pátio.


 


         - Você queria falar comigo? – Disseram os dois ao mesmo tempo. Eles riram.


 


         - Fala você primeiro. – Disseram de novo.


 


         - Ah deixa pra lá. – Eles riram e Amos a puxou pela nuca, dando-lhe um grande beijo.


 


         - Não disse Pontas? Lilian Evans... – Sirius riu, estava deitado em um dos bancos com o óculos de sol. O ódio queimava dentro dele.


 


         - Lilian! – James não se segurou, se levantando do banco e indo até os dois, que se separaram imediatamente.


 


         - Êpa, isso não estava no plano.- Sirius coçou a cabeça. Remus olhou para Sirius desconfiado.


 


         - Potter? – Lilian perguntou sem entender, Amos ainda estava perdido com o beijo.


 


         - Como você pode fazer isso só pra fazer ciúmes? Isso é horrível! Nunca pensei que fosse tão baixa! Primeiro o jogo, agora isso!


 


         - Ciúmes? Do que ele esta falando Lilian? Foi por isso que você me chamou aqui? Para fazer ciúmes no Potter?


 


         - Não eu...- Lilian tentou se explicar, mas logo percebeu que havia algo errado. – Você me chamou.


 


         - A Diggory, cala a boca seu safado! – James nem se lembrou que tinha uma varinha e virou um soco na cara de Amos derrubando-o.


 


         Lilian olhou para Sirius, e então ela entendeu, Sirius levantou as mãos em sinal de rendição.


 


         - Almofadinhas... – Começou Remus.


 


         - Anota ai, Aluado, “Sirius Black não teve absolutamente nada a ver com isso”.


 


         - A gente não devia ajudar o Pontas? – Perguntou Remus, fazendo uma careta enquanto James subia em cima de Amos dando-lhe mais um soco.


 


         - Não, deixa ele se divertir. – Disse Sirius, recolocando os óculos e se deitando para tomar sol.


 


Placar final: Lilian Evans 1 x Sirius Black 3

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.