FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

10. O melhor pro grupo?


Fic: Heroes -O Torneio dos Deuses


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Harry e Eragon verificaram que apesar de inconscientes, ambas pareciam bem, ao contrário do cenário ao redor. Boa parte da plantação havia sido destruída, vários pedaços de cavaleiros estavam espalhados e estátuas se amontoavam por todo pátio.


-Vamos cuidar delas primeiro. –Harry diz, porém Eragon parecia assombrado, fazendo-o desviar o olhar para onde estivera Jura. –O que é aquilo?!


-Surgiram “do nada”, Jura explodiu e lá estava o cavalo alado e o bebê. –Eragon diz incerto sobre o que significava tudo aquilo.


-Leve as duas pra dentro, acomode-as juntas no quarto de Hermione. Vou cuidar dos bebês. –Harry diz já se afastando.


Havia um cavalo alado de pelo branco que mal chegava à altura de seu joelho e um bebê, assustadoramente, quase tão grande quanto. A criança tinha os cabelos dourados e olhos azuis como o mar, não possuía dentes e chorava a altos brados, porém assim que Harry se abaixou e tocou sua cabeça, abriu um sorriso caloroso que fez o moreno sorrir também.


*****************************************************************


Holly e Morgana estavam do lado de fora de um grande povoado, esperavam com os cavalos e pareciam atentas ao movimento dos guardas. Foi então que Artemis apareceu e ambas se aproximaram em expectativa.


-É um reino bem forte, muitos cavaleiros por todos os lados, muitas construções que poderiam tornar difícil ver arqueiros, certamente uma invasão feita por nós três poderia render muitos ferimentos em nós, além de muitos mortos no lado deles. Porém, falei com um guarda do castelo e consegui uma audiência com o rei. –Artemis diz seriamente.


-E qual o plano? –Holly pergunta não gostando do relatório inicial.


-Apenas jantar e reconhecer o terreno. Poderei aproveitar para sentir as maiores concentrações de metal no castelo, que devem ser dois ou três lugares. Cozinha, sala de armas e a sala do tesouro. –Artemis diz dando de ombros. –Depois tentarei pensar num modo de chegar aos locais sem sermos vistos.


-Me parece um bom plano. –Morgana diz e Holly acena em concordância. –Vamos até o palácio.


Com isto os três montam em seus cavalos e dirigem-se para dentro das muralhas fortificadas. Do lado de dentro se via um grande número de pessoas, crianças corriam brincando, imagem que os fez agradecer internamente a separação do grupo determinada por Sauron, visto que se os outros três tivessem ali, teriam simplesmente invadido o reino e ido até o castelo pegar o anel da missão, sem importarem-se de estar matando inocentes.


*****************************************************************


-Boa noite! –Hermione ouve a voz musical de Arya e abre os olhos, na direção aproximada da voz. –Como se sente? –A elfa, que parecia ter também acabado de acordar, pergunta atenciosa.


-Um trapo. Pelo visto, vencemos. –Comenta esforçando-se para sentar. –Já viu os rapazes? –Pergunta um pouco preocupada.


-Não, acordei há poucos minutos.


-Olá. –Harry diz aparecendo à porta, como se houvesse sido invocado pela pergunta. –Como estão? –Pergunta permanecendo na porta, as roupas e braços estavam sujos e parecia bastante suado.


-Acho que melhor que você. O que houve? –Arya pergunta estranhando o estado deplorável de Harry.


-Eragon e eu estamos nos desdobrando entre juntar os pedaços de todo mundo, usando o reparo para remontar as estátuas, e cuidar de dois bebês, coisa nada fácil! Não tenho jeito pra isso! –Diz desolado, fazendo as garotas segurarem o riso.


-Que bebês são esses? –Arya pergunta estranhando a declaração.


-Não sabemos direito. Eragon os viu aparecer do nada sob o que era a estátua de Jura, aliás, os corpos de Medusa e Jadis desapareceram. –Harry responde tentando lembrar dos detalhes.


-Um bebê gigante e um cavalo alado? –Hermione pergunta parecendo estar concentrada em algo.


-Isso mesmo! Como sabe? –Harry pergunta surpreso, Arya também olhava intrigada.


-Pegasus, o primeiro cavalo alado, e Crisaor, o gigante, nascem de Medusa quando Perseu a decapita. São filhos dela com Poseidon. –Responde pensativa, não imaginava que o mito poderia “repercutir” em outro mundo.


-Você disse que são bebês? –Arya pergunta a Harry.


-Sim, ambos quase batem no meu joelho em tamanho, o menino sequer tem dentes. Estão sob os cuidados da unicórnio, mamam nela, mas ainda temos que trocar fraldas, o que é muito mais complicado do que deveria! –Arya e Hermione riram diante do tom quase desesperado de Harry.


*****************************************************************


O jantar fora bastante proveitoso, descobriram sobre um grupo aparentemente muito forte magicamente que era aliado de um reino inimigo e cujo tamanho e ramificações tomavam boa parte do continente, o que fora bastante preocupante. O que talvez explicasse o jeito gentil do rei para com eles, afinal ter um grupo de sacerdotes ao seu favor parecia ser uma grande vantagem.


A má notícia ficara por conta do anel que deveriam roubar. Artemis não precisara encontrar a sala do tesouro, pois o anel estava na mão direita do rei, que tinha uma forte guarda sempre muito vigilante e aparentemente disciplinada.


Tendo as dificuldades bem claras em mente, Morgana separou-se do grupo, explicando rapidamente o plano para Holly, que mesmo desgostosa segurou Artemis na orla da floresta, ficando fora do campo de visão da guarda da muralha.


*****************************************************************


Assim que o rei adentrou seu quarto, encontrou-se surpreso ao ver Morgana apoiada contra a janela aberta de seu quarto, os braços cruzados, um sorriso misterioso nos lábios.


-Como entrou aqui? –Pergunta já empunhando sua espada.


-A melhor pergunta seria: O que você faz aqui? –Retruca em voz macia, quase musical. O movimento lento abria os cadarços que fechavam o colete.


-O que faz aqui? –Pergunta baixando a espada, os olhos entregavam que estava rendido a luxúria.


-Em sua ausência tomei a liberdade de nos preparar um banho. –Responde andando para frente, o colete aberto deixava uma pequena faixa da pele alva à mostra, não usava as botas ou o cinto com a arma.


-Nos? –Pergunta com a voz rouca, os olhos acompanhando o movimento felino hipnotizados.


-Imagino que as mulheres daqui apenas se deixam tocar, ficam imóveis deixando todo o trabalho para você, sua esposa sequer deve ter ficado nua em sua frente. –Diz suavemente porém em um misto de reprovação e solidariedade a ele. –Vou ensinar-lhe o que é o verdadeiro prazer. –A última palavra foi dita bem perto dele, os olhos prendendo os dele, enquanto as mãos habilidosamente lhe retiravam o colete.


-Não sou um menino tolo. –Diz livrando-se rapidamente de todas as camisas em um puxão. –O que devo dar-lhe em troca, bela sacerdotisa?


-Nossa missão é o seu anel e, poderíamos tê-lo tomado a força, mas achei que seria um desperdício ferir um homem tão interessante. –Diz percorrendo o dorso forte com os olhos, uma das mãos tocando suavemente uma longa cicatriz que ia do peito direito a cintura. –Nada é mais atraente que um homem poderoso, belo e que conquista suas vitórias com as próprias mãos.


-Minhas mãos podem fazer muito mais que empunhar espadas. –Diz a puxando e abraçando com firmeza.


-O banho primeiro, não sejamos apressados. –Diz o empurrando sem por muita força, ao que ele a deixa ir, parecia disposto a ser obediente. –Não preciso ir embora antes do nascer do Sol.


-Então que esta seja a noite mais longa do ano. –Diz a seguindo com um grande e malicioso sorriso.


*****************************************************************


-Ela está demorando, não me parece ter apenas ido fazer uma ronda de perímetro. –Artemis diz andando nervosamente em frente aos cavalos, Holly apenas se distraía com o computador de Artemis.


-Ela tinha um plano para pegar o anel, disse que não deveria agir sozinha, fui contra ela nos deixar, mas não havia como impedi-la sem chamar a atenção dos guardas. –Holly responde vendo que não adiantava sustentar a mentira.


-O que? Porque não me avisou? –Artemis diz parecendo a beira de perder a calma.


-Não havia tempo. Quando voltou do “banheiro” ela já estava longe o suficiente. –Holly responde dando de ombros e Artemis cora, realmente não poderia recriminá-la por não ter ido atrás dele.


-Morgana não pode agir sozinha! Somos uma equipe e devemos agir como tal. –Resmunga contrariado, mas resolvendo se acalmar, por isso vai se sentar ao lado de Holly. –O que faremos se ela se ferir? Iremos lá e começamos uma guerra?


-Vamos dar um voto de confiança a ela, afinal ela vem de um período medieval, deve ter experiência em se infiltrar em castelos. –Diz deixando o computador de lado, posicionando-o com cuidado.


-Não consigo não me preocupar, não gosto de estar sem o controle da situação. –Diz em um suspiro. –Não entendo como você pode ficar tão calma, é alguém da nossa equipe, mesmo que seja alguém intratável. Digo, provavelmente você ficaria preocupada mesmo comigo, não? –Arrisca mantendo os olhos fixos à frente, mas não olhava realmente seu cavalo dormir.


-Não tente se aproveitar da situação. –Desvia da pergunta o intimando, não queria fazer as pazes com Artemis.


-Eu já pedi desculpas, já me justifiquei, não vou ficar rastejando. Sei que se fosse a sua mãe, faria de tudo para salvá-la. –Resmunga impaciente, resolvendo se afastar. –Se seu orgulho é mais importante que nossa amizade, tenha em mente que não sou o único a perder. –Diz friamente enquanto ajeitava sua mochila no chão e se deitava, a cabeça de frente para a direção de onde deveria vir o sinal mágico de um eventual pedido de ajuda.


*****************************************************************


Quando os primeiros raios de sol entraram pela janela, Hermione deixou a poção e foi verificar o bebê. Ele ainda dormia enroladinho na manta e com a cabeça apoiada na barriga da unicórnio, ao seu lado Pegasus também dormia tranquilo.


-Como estão? –Arya pergunta entrando na sala, parecia ter acabado de tomar banho.


-Bem, terminaram pelo visto. –Diz ao ver que Harry e Eragon também entravam.


-Sim, foi um trabalho pesado, mas todas as estátuas estão inteiras. –Eragon responde e lança um olhar pra poção. –Está indo bem?


-Sim, só é complicado fazer tanta quantidade e pensar que terão mais umas dez rodadas. -Diz um pouco cansada, vendo Harry ajoelhar para ver os bebês.


-Eles ficaram bem? Deram muito trabalho? –Pergunta se levantando, mas ainda os fitando preocupado.


-Ficaram bem sim, Pegasus não dá trabalho algum e trocar fraldas não é esse mistério todo. –Hermione responde e ao final provoca o namorado.


-As mulheres já nascem com este dom. –Eragon diz também se sentindo atingido.


-Falando de algo mais importante no momento, que nome daremos a eles? –Harry pergunta preferindo ignorar as provocações e indo abraçar Hermione.


-Nome? Não podemos ficar com eles! –Arya diz como se aquilo fosse óbvio.


-Mas eles não têm ninguém. –Eragon argumenta parecendo não admitir aquela possibilidade.


-Além disto, não sabemos quanto tempo ficaremos nesse mundo e ambos poderiam ser úteis. Tanto Pegasus, o cavalo alado e possuidor de grande poder mágico, quanto o bebê, que na mitologia era um gigante extremamente forte e ótimo guerreiro!


-Não podemos simplesmente deixá-lo aqui, sem saber como cuidarão dele. Por mais que o príncipe seja gentil, ele é um gigante, pode sofrer todo tipo de preconceito. –Harry argumenta olhando com certo carinho para a criança.


-Pelo visto já se apegou a ele. –Arya conclui em um tom que parecia dizer que ela não tentaria argumentar em contrário.


-Então, ficamos com ele? –Harry pergunta animado, Eragon sorria em apoio.


-Há uma grande diferença entre ficar com um cavalo e com um bebê, exigirá mais responsabilidade de todos nós, criaremos uma pessoa, um ser humano. –Hermione lembra.


-Nós sabemos disso e vamos fazer nosso melhor. –Eragon garante e Harry acena em apoio.


-Então, rapazes, em que nome pensaram? –Arya pergunta notando que o lado “paternal” de ambos parecia aflorado.


-Estávamos muito ocupados pensando em como faríamos pra cuidar dele, então deixamos passar. –Eragon diz dando de ombros.


-E eu acho Crisaor um nome meio feio. –Harry completa e as garotas riem.


-Já que ele deverá ser um homem muito alto e possivelmente intimidador, porque não dar um nome pequeno e doce a ele? –Arya sugere pensativa.


-Alan. Significa amável e gracioso. –Hermione diz e os quatro se entreolham, bastando um breve aceno para todos concordarem.


-Bem-vindos a família, Pegasus e Alan. –Harry diz se abaixando e beijando delicadamente a cabeça dos dois.


-A poção. –Arya chama a atenção de Hermione, saía uma fumaça rósea do caldeirão.


-Esqueci! –Diz já indo na direção do enorme caldeirão.


-Eu te ajudo. –Arya diz e imediatamente Harry e Eragon se sentam perto dos bebês e da unicórnio, afagando o alvo pelo dela. Nenhum dos dois era bom em poções e não queriam atrapalhar.


*****************************************************************


-Você realmente não me ouve! –Morgana diz recriminadora ao ver Holly sentada no chão com a cabeça de Artemis em suas pernas, a elfa lhe acariciava os cabelos loiros enquanto este dormia. –Depois não venha chorar no meu ombro quando ele esmagar seu coração.


-Conseguiu o anel? –Holly pergunta ignorando o discurso de Morgana.


-Morgana… Holly? –Artemis acordara e vira a bruxa, porém logo notou que estava sobre Holly e se assustou.


-Ela está bem, como pode ver. –Holly desconversa, apontando Morgana com um gesto. A bruxa pegava o anel de um bolso e jogava para a elfa, Artemis aproveitara para ficar de pé.


-Não me importa se conseguiu o anel ou não, nunca mais aja sozinha! –Diz firme e friamente, o tom baixo, o olhar recriminador. –Somos uma equipe e devemos trabalhar juntos.


-Provavelmente Desmond não se importaria se Holly estivesse comigo, mas não acho que aceitaria você em sua cama. –Morgana retruca friamente.


Como se houvesse levado um murro de Butler, Artemis fica em choque, direciona o olhar para Holly, que desvia seus olhos, um sinal de que sabia daquele plano e omitira dele. Fato que justificava a calma dela em relação ao bem estar de Morgana.


-Eu sou Artemis Fowl II, o mais jovem e bem sucedido gênio do crime. Roubei de cofres protegidos com a mais alta tecnologia e dei golpes tão perfeitos que nunca, ninguém associou qualquer crime a mim. E jamais precisei usar de violência ou matei inocentes! Certamente nunca admitiria que uma mulher se prestasse a este papel! –Por mais que mantivesse seu tom controlado, o olhar irado demonstrava a repugnância pelo gesto. O que fez Morgana atingi-lo com um forte tapa no rosto, que o fez cambalear para trás.


-Mas certamente não conseguiria uma aliança com um reino poderoso e seus aliados, então cale-se, fedelho. –Morgana o enfrenta ameaçadora. –Ainda usava fraldas quando eu já andava pelo mundo dando golpes, roubando e manipulando homens tolos e estúpidos. Fiz o que era melhor para o nosso grupo, agora não devemos nada ao tal grupo do Deus do raio. –Sua postura era inabalável e seu olhar desafiava Artemis a falar qualquer coisa em contrário.


-Não revidarei ou devolverei o insulto porque cresci sendo ensinado a ser um cavalheiro, motivo pelo qual de agora em diante serei sua sombra e a impedirei de fazer qualquer besteira como esta. Pouco me importa com quem você dorme, mas jamais fará isso pelo grupo ou qualquer motivo afim. –A palavra era final, por isso logo depois dá as costas para ela e vai até seu computador.


-Morgana, devemos continuar nosso caminho. Pegue suas coisas. –Holly diz impedindo a bruxa de prosseguir a discussão, que apenas os faria perder tempo.


-Espero que saibam alguma magia para mergulhar. Precisaremos pegar algo em um navio naufragado. –Artemis anuncia momentos depois, enquanto montava em seu cavalo.


Nenhuma das duas disse nada, apenas seguiram Artemis na direção leste, onde já haviam passado por uma praia de águas límpidas que levava ao oceano. Holly se deixou ficar entre os dois quando emparelharam e, pela postura rígida de ambos, sabia que os próximos dias não seriam nada bons para o grupo.


*****************************************************************


Em uma pausa para tomarem café da manhã, Harry e Hermione haviam acabado de comer e agora arrumavam a louça. Ele havia acabado de lavar e ela enxugava o último prato.


-Muito cansada? –Pergunta a abraçando carinhosamente.


-Mais ou menos. –Responde deixando o prato na pia e então se virando de frente pra ele. –E você, papai babão, tem algum tempo antes de retomar as dificílimas aulas de troca de fraldas? –Ela provoca e ele faz uma careta.


-Eu não estou babão, mas admito que não teve como meu coração não amolecer com aquele sorriso sem dentes. –Hermione ri. –Além disso, é um ótimo treino pra quando tivermos os nossos. –Sussurra insinuante a fazendo estremecer.


-Esqueça isso, agora mesmo! –Diz muito séria.


-Ok, se não quer beijo… -Antes que ele pudesse continuar a gracinha e se afastar, Hermione o puxa pra si e o beija.


Harry imediatamente a envolve com os braços, segurando-a firme contra si, o beijo urgente e cheio de saudade os fazendo gemer contra a boca do outro, aos poucos as mãos ganhavam vontade própria e percorriam as costas, agarravam se as nucas, aos cabelos. Hermione interrompera o beija, porém Harry a seguiu beijando no rosto e pescoço.


-Parece que perdemos tanto tempo. –Sussurra no ouvido dele, entorpecida pelos beijos e carinhos.


-Não, estar com você nunca é perda de tempo. –Harry diz a fitando, mas mantendo seus rostos próximos. –No máximo, podemos dizer que aproveitamos mal o tempo que passamos juntos.


-Nunca foi eloquente, mas tem me tirado o ar com as palavras. –Hermione confessa e Harry sorri charmoso.


-Espero que não apenas com elas. –Retruca maroto e logo depois voltando a beijá-la, desta vez carinhosamente.


-Um reino pra salvar e vocês se agarrando? Depois sou eu que não me seguro! –Grier provoca ao entrar na cozinha, parecia completamente bem.


-Pelo visto minha poção funciona. –Hermione diz impedindo que Harry retrucasse.


-Muito bem! Aliás, Arya e Eragon precisam de ajuda pra administrá-las. –Grier primeiro diz agradecido e depois passa o recado.


-Vamos até lá ajudá-los. Coma à vontade, mas depois lave a louça. –Hermione diz já saindo com Harry.


-Salvamos um reino e depois lavamos a louça? Que raios de educação é essa que te deram? –Pergunta como se aquilo fosse um absurdo.


-Nós salvamos o reino, você tentou nos matar. –Harry o corrige e depois bate a porta na cara de Grier, que apesar do instante de constrangimento, logo atende aos berros de seu estômago e vai para as panelas.


*****************************************************************


N/A: Oi! Fernando Alonso garantiu um capítulo pra vocês, a demora foi por conta de provas/trabalhos e problemas na FeB, além de uma gripezinha chata. Próxima corrida é dia 27, em Valência, se Massa e Alonso estiverem no pódio rola um bônus, que vai ser sobre o grupo 3, explicando quem são e o porquê da separação.


N/A²: Algum de vocês conhecia o mito de Medusa? Enfim, nossos heróis vão ter um grande atraso porque terão que recuperar os dois reinos, mas ganharam armas e aliados, então podemos dizer que houve um equilíbrio. O que vocês acharam do grupo 2 nesse capítulo? Estão a favor do Artemis ou da Morgana?


Tainá Yumi Watanabe: Imagino a sua surpresa ao saber do Grier rsrsrs E é lógico que eles não iam admitir que o empurrãzinho do Grier foi fundamental, até porque seria concordar com suas atitudes erradas.


Melissa Hashimoto: Hahaha acho que não ganha, ou você quer ser alvo do ciúme da Mione? O capítulo passado teve um pouco de tudo, esse foi um pouco mais calminho, mas teve surpresas e um pouco de H/H e A/H.


may33: Grier é “come quieto”, fica ali se fingindo de morto, mas quando tem chance dá o bote. Harry sempre foi mais de ação do que de argumentações, então a resolução do “problema” só poderia ser aquela mesmo rsrsrss. Jadis e Medusa deram um trabalhinho sim, desta vez até a Arya apanhou, mas no final só restaram coisas positivas para o grupo 1. Cortar a cabeça é limpo e rápido rsrsrs. Não puderam usar a cabeça de Medusa porque os corpos desapareceram, mas as armas e demais objetos ficaram.


Lari_sl: Você observou bem, mas esqueceu de ver que a luta foi duas contra os 4 e o exército do reino. Medusa virou o exército e Grier contra os três e eles ganharam porque souberam agir nas falhas do inimigo, mas foi por pouco.


Wilhan dutra: O Grier ficou como pedra só por um tempinho, a poção da Hermione vai trazer todo mundo dos dois reinos de volta. E Medusa e Jadis já foram tarde.


pâm potter.: Não seja radical tem muitos homens de lata legais como Robocop e o ciborg do Exterminador do Futuro. Hahaha No Sauron de fato você machuca o pé, mas no Mark não, ele é na maior parte humano. Não só a Morgana e a Holly são legais, o Arty também é gente boa.


Hercules é o cara rsrsrs, Jadis e Medusa quase reciclaram o Sauron, mas ele foi esperto e deu no pé a tempo. Porém agora o grupo 3 teve duas baixas importantes, vamos ver como ficam.


Na verdade todos os grupos fazem as mesmas missões, só muda a ordem. A Hermione está mais soltinha, devem ser os ares do novo mundo rsrrsrs. Harry e Eragon estão forjando uma bela amizade. Hermione é considerada quase uma deusa para esses nobres desses reinos, então eles vão tratá-la com todas as honras e regalias. Sem dúvida os cristais serão úteis.


Retirar os órgãos e vender no mercado negro é uma sugestão e tanto, rsrsrsrs, mas acho que não há isso naquele mundo. Não acredito que você não suspeitou do Grier! Como assim acreditou que o Harry faria aquilo??


Eles estão descobrindo aos poucos, é melhor assim, mas enquanto eles não descobrem tudo, vão dando uns amassos básicos rsrsrs. Hermione é uma bruxa poderosa e inteligente, vai trazer todo mundo de volta! E sim, Aslam é o cara das Crônicas de Nárnia, a Hermione usou isso pra distrair Jadis que é do mesmo universo.


Freya Jones: Realmente Harry é muito bonzinho pra sair por aí furando o olho dos outros, mas no final se deu bem ficando com a morena rsrsrsrs. Grier assim como Arya e Eragon estão aprendendo algumas gírias com Harry e Hermione rsrsrsrs. Homens são muito bestas mesmo, desperdiçaram a ideia brilhante da Mione por causa de um rabo de saia com cabelo de cobras tsc tsc tsc. Medusa não só deixou a espada, como também seus filhos! Agora é ver como eles vão ajudar o grupo 1.


Punkeeslaw Potter: Não, Harry nunca sairia por aí com a mulher dos outros e nada garante que eles não vão retornar a algum reino. O que importa é que estão juntos e dispostos a investir no relacionamento. Exatamente, se já foi complicado só com Medusa e Jadis, imagine aí como seria com Hercules? Por sorte estão do mesmo lado. Vão poder ficar com todos os objetos e os filhos de Medusa, mega vantagem pro grupo 1, perderam Groar mais dali uns anos terão o Alan. Obrigada pelos elogios, que bom que gostou da batalha, me esforcei um bocado pra imaginar tudo aquilo.


riraito: Rsrsrs Infelizmente não rolou bônus. Mas foi muito esperto descobrir sobre o Grier. Eu em algum momento vou fazer uma análise dos grupos dentro da fic, vou falar dos símbolos e pontos, quanto a mostrar os outros cinco, talvez, eu ainda não tenho certeza. Hermione não usaria uma maldição imperdoável se não fosse necessário, naquele momento com uma cavalaria inteira contra eles, pareceu a ela o certo a fazer.


luiza potter: Rsrsrs Harry ainda é um menino puro, sem maldade, vamos só ver quanto tempo isso dura rsrsrs. Aproveita que o Eragon ainda ta solteiro! Hermione e Arya formam uma bela e perigosa dupla, mas Harry e Eragon tem um entrosamento um pouco melhor e isso vai ser mostrado mais a frente, até porque com o passar do tempo a divisão entre estrategistas e guerreiros aparecerá mais.


Swdezerbelles: Nah, não reclama não que Heroes e SC são bem atualizadas! Tem muito mais coisa que só o torneio, será algo para amadurecê-los e fortalecê-los. Jura é um nome estranho, mas queria usar um nome da própria estória de Eragon. Misturar mocinhos e vilões é o “tcham” da fic! O legal é você rever conceitos e balancear as coisas. O grupo 3 será mostrado em breve, já tenho condições para colocar eles na fic nos próximos capítulos.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2021
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.