FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

18. O Momento Perfeito


Fic: O Proscrito


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

O Momento Perfeito


 


 


    O Trem seguiu em Movimento.Nem todos haviam percebido o que houve com Al. Rose e Nick gritavam desesperadas.


-Não pode ser!-Disse Scorpio, tentando manter a calma.-O Maquinista precisa parar esse trem!


-Ninguém vai parar nada!-Disse Carson Riley.-A viagem deve continuar.


-O meu amigo despencou, seu paspalho!-Berrou Scorpio, perdendo o controle.-E FOI TUDO CULPA SUA!!!!!!!!!!!!!!!!!!


-Cale boca, garoto!-Gritou Riley.-Pelo que sei, sua família tem muita sujeira por debaixo do tapete!


-Mas a minha não!-Disse Rose, com lágrimas nos olhos.-Essa careca maldita pode ter matado o Al!


-Olha como fala comigo sua, Pirralha!-Gritou Connie, apontando a varinha para Rose.


-Expelliarmus!-Disse Teddy.A varinha de Connie voou longe.-Mas o que está havendo aqui?


-Esses monstros tentaram acertar o Reisler e acabaram jogando o Al do trem!!-Disse Nick.


-Como é?-Perguntou Teddy.


-Reisler entrou no vagão e esses 3 vieram logo atrás.-Disse Rose.-Começou uma briga feia e a Talbot acertou o Al que caiu pela janela.


   Teddy correu para a janela e olhou para todos os lados.Tentava encontrar Al.


-Ele não caiu.-Disse Amanda, entrando no local.Todos olharam para ela.-Eu tava com a cabeça pra fora da janela quando vi o Al caindo.Logo em seguida, o Reisler pulou atrás, o alcançou e aparatou com ele em pleno ar.


   Todos estavam atônitos.O que a garota acabara de dizer era surreal demais para ser verdade.


-Ela tá dizendo a verdade!-Disse Lily, que acabara de entrar correndo.-Eu também vi!Reisler salvou o meu maninho!


-Ele não salva ninguém!-Disse Carson.-No mínimo, pegou o garoto de refém!


-De um jeito ou de outro, foi bem mais do que vocês fizeram!-Disse Rosie.Talbot tentou pegar a varinha, mas Teddy a impediu.


-Você já causou estragos demais!


-Vamos sair daqui!-Disse Carson.-Só quero ver a cara de Potter quando souber que o bandido que ele ignorou capturou seu adorado filho!


-Você é um nojento!-Disse Lily.Riley lançou-lhe um olhar assustador.A menina não se deixou intimidar.Apenas mostrou a língua.


  O trem voltou a andar.Logo, todos estavam desembarcando num silêncio sepulcral.


-Rosie!-Gritou Hagrid, vindo na direção da menina.Ouvi os garotos comentando!É verdade?


 -Sim.-Disse Rose.Ela e o gigante se abraçaram em lágrimas.


-Finalmente uma boa noticia!-Disse Morpheus Zabini.-Não teremos mais que conviver com aquele insuportável!


-Cala a boca, seu retardo!-Disse Lily.


-Quer brigar comigo, pirralha?


-CALE A BOCA, MORPH!!!-Gritou Isabela Zabini. Todos se surpreenderam.-Você não tem respeito, não?Al pode estar ferido!


-Ficou louca, Bela?-Disse Morpheus.-Por que está do lado dessa gente?


-Porque você é um imbecil!-Respondeu Lily.


-Ora sua...-Morpheus ergueu a mão para bater em Lily, mas Scorpio se interpôs entre eles.


-Se bater na Lí-Lú, nunca mais vai levantar essa mão!


   Morpheus se afastou enfurecido.Isabela o seguiu, mas não sem antes dizer um: ”Sinto muito!” Bem baixinho.


-Obrigada Corp!-Disse Lily, abraçando o menino.


-Disponha, Lí-Lú!


   Logo, todos estavam querendo saber o que havia acontecido.Ninguém parecia acreditar que Al havia sido jogado pra fora do Ônibus.


  Enquanto isso, no Ministério da Magia, Rony e Hermione tentavam acalmar um furioso Harry Potter.Teddy havia conseguido entrar em contato com eles e explicado toda a situação.Era o começo do desespero.


-Como eu pude ser tão idiota?-Disse Harry.-Como não fui perceber que era uma armadilha?Nunca me chamaram na Cabine de informações antes.


-Calma Harry!-Disse Hermione.-A culpa não foi sua.


-Tem razão!-Disse Rony.-Foi minha!Eu estava com o garoto nas mãos.Nem me lembrei daquela historia de que ele controlava a varinha à distância!


-A culpa é do Carson Riley e daquela Sociopata da Talbot!Ele deu a ordem para atirar sem se importar com ninguém e foi ela que atacou Al!


-Mas era a mim que Reisler queria.Eu devia ter me preparado.


   Logo, Todos os Weasley estavam no ministério.Gina correu pra abraçar o marido.


-Por que isso acontece com a gente, Harry?1º a Lilly, agora o Al.


-Eu não sei Gina.Parece que uma nuvem negra me persegue.


-Não diga bobagens, Harry!Disse Hermione.-Eu já disse que a culpa é dos americanos.


   Nisso, Carson, Dorabont e Talbot adentraram o ministério.Gina não se conteve e avançou sobre a moça, dando-lhe um tapa na cara.


-Sua vaca!Você atacou o meu filho!


   Talbot tentou puxar a varinha, mas foi impedida por todos os outros Weasley.


-Então, Potter?-Disse Carson, com um sorriso nos lábios.-Ainda acha prudente subestimar Pandarus?


  Harry tentou avançar sobre Carson, mas Rony o segurou.


-Não seja estúpido. É tudo o que ele quer.


 -Isso não acaba aqui, Carson!-Disse Harry.-Vocês vão pagar por isso!Palavra que vão!


-Preocupe-se com seu filho.Isso se ele ainda estiver vivo!


    Carson se retirou com uma gargalhada.Reuniu todos os Aurores americanos.Tinha que planejar o que fazer agora.


-Todos já devem estar cientes do ocorrido.-Começou.-Reisler agora tem um refém.O que ele queria com Potter ainda é uma incógnita.Duvido que Potter irá me contar.Estamos por nossa conta, agora.


-E o que devemos fazer, Senhor?-Perguntou Talbot.


-Com certeza Reisler vai entrar em contato com Potter.Vai querer marcar um local para encontrá-lo.Quando fizer isso, estaremos esperando.


-O senhor não acha que estamos passando dos limites?-Perguntou Andy Spartan.-Um garoto foi ferido.Pode até estar morto.Devíamos tentar conversar com Johnny.


-Conversar?!-Exclamou Talbot, indignada.-Depois de tudo que ele fez?!Você enlouqueceu de vez?!


-Que eu saiba, foi você que causou a queda daquele garoto do trem!


-Está protegendo o Reisler?-Disse Derick Dorabont.


-Ele é amigo de infância do Reisler.-Disse Alex Zucko Jr. Irmão da Medibruxa Ellen.-Era de se esperar que tivesse uma atitude assim.


-Isso não tem nada haver!-Disse Andy.-Que diferença faz se fomos amigos?Ele agora é um foragido!


-Faz toda a diferença, Spartan.-Disse Carson.-Te chamei para a equipe por causa da sua amizade com ele.Porque achei que seus conhecimentos poderiam ser úteis.


-Mas é obvio que a amizade dos dois está afetando o seu raciocínio, não é Spartan?-Disse Talbot.


-Não é nada disso.Só acho que se ele salvou o menino, talvez aceite uma negociação.


-Não vai haver negociação.-Disse Carson.-Quando o pegarmos vamos arrancar-lhe todos os membros.E se o garoto for atingido no processo, paciência.Isso vai ensinar a Potter que não se deve ignorar minhas ordens.


-Acha mesmo prudente provocar o maior herói da Inglaterra?-Perguntou Zucko.Carson lançou-lhe um olhar feio.


-Ele tem razão.-Disse Dorabont.-Devemos recuperar o garoto com vida.Mexer com Potter é mexer com todo o Reino Unido.


-Está bem!-Disse Carson.-Vamos tentar trazer o menino com vida.Estão todos dispensados.


   Todos foram se retirando.Carson chegou perto de Talbot e sussurrou para que Lea ficasse de olho em Andy.Carson ficou sozinho em seu escritório improvisado por um bom tempo.


    Já era noite quando saiu do escritório.O Ministério estava praticamente vazio.Foi quando uma das secretárias do Ministro abordou Carson.


-Sr. Riley.Tem uma na entrada dizendo ter informações sobre Johnny Reisler!


-Ótimo!-Disse Carson, entusiasmado.-Leve-me até ele!


  Ao chegar la, surgiu um homem encapuzado.Era uma figura sinistra.Estava acompanhado de outras pessoas, também encapuzadas.Carson percebeu que era uma armadilha, mas antes que pudesse sacar sua varinha, a secretária o impediu.Estava dominada pela Maldição Império.


-O QUE SIGINIFICA ISSO?!-Perguntou Carson, que logo em seguida, foi jogado contra a parede por um feitiço estuporante.


-Sr. Riley!-Disse o vulto disse o vulto, retirando o capuz e revelando o rosto de um conhecido procurado.Alguém Que Carson Riley achou que não fosse importante.-Não fomos devidamente apresentados!Meu nome é Pandarus!Alexander Pandarus!


   Carson tentou se levantar, mas o feitiço foi muito forte.Ele só teve forças para olhar seu Algoz e perguntar-lhe: ”O que você quer?”.


-Agradecer-lhe por se livrar de Alvo Severo, mesmo que por pouco tempo.Sem ele pra me atrapalhar e com os Aurores preocupados com Reisler.Chegou o momento de agir.O momento perfeito!


 


 


Continua...


 


 


                                              


 

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2023
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.