FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

30. Capitulo 30


Fic: A Caricia do Vento. - Concluida - Dramione


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

O catre tosco parecia extremamente convidativo. Ela se enfiou sob o cobertor, o tecido áspero irritando a pele recém-esfregada. Mas estava quente, e logo Hermione caiu num sono leve.


 


Foi acordada pelo som de uma voz de mulher. O sol ainda não se pusera, portanto não devia ter cochilado por muito tempo. Escutou durante vários segundos a voz cadenciada em espanhol, o tom da mulher feliz e levemente provocante.


 


A curiosidade fez Hermione afastar o cobertor para o lado e levantar-se. Descalça, sem fazer barulho, foi para o corredor e parou no arco da sala principal da casa de adobe. Seu olhar indagador procurou a origem da voz atraente.


 


Malfoy estava de pé na cozinha. Ondas de calor emergiam da xícara que segurava na mão esquerda.


 


O braço direito rodeava uma morena esguia. Olhos grandes, escuros e brilhantes fitavam, risonhos, o rosto dele, provocante e brincalhão como a mulher que se encostava nele. As mãos dela estavam espalmadas dentro da parte da frente da camisa dele, semi-desabotoada para dar-lhe acesso ao peito nu e aos tufos de pêlos loiros.


 


Ele raspara a barba que lhe sombreava o queixo e as faces bem marcadas. Nenhum chapéu de aba larga cobria os cabelo loiros. As linhas fundas de cada lado da boca haviam se aprofundado em vincos nítidos, sinal de um sorriso divertido. Os olhos cinzas e enigmáticos fitavam a garota, aceitando a atenção dela como se fosse um direito seu.


 


Uma vitalidade dura e máscula agora marcava mais ainda o ar poderoso e cruel das suas feições masculinas. E isso o fazia parecer, aos olhos de Hermione, mais perigoso do que nunca. O coração começou a bater mais depressa, martelando-lhe a garganta.


 


Ela não se mexera desde que parara no arco da sala; no entanto, alguma coisa revelou a sua presença a Malfoy. Seu olhar voltou-se para ela, prendendo a castanha no lugar como se fosse um punhal.


 


A morena vivaz virou-se para ver o que chamara a atenção dele. Seus olhos se arregalaram ante a visão de Hermione de pé no corredor, semi-vestida numa camisa de homem. Notou a cor de mel escuro dos cabelos de Hermione.


 


Os olhos da morena começaram a fulgir de ódio.


 


Afastou-se, zangada, do lado de Draco Malfoy, voltando-se furiosa para ele. Um jato de palavras em espanhol saiu dos lábios dela. Fez um gesto na direção de Hermione, com mau gênio latino.


 


Sem se alterar com a explosão da moça, Malfoy fez um comentário em voz baixa, que não acalmou a sua raiva. Ela foi para o lado de Hermione, soltando novo jato de palavras iradas em espanhol. Estava obviamente furiosa ao ver a castanha ali na casa, especialmente com tão pouca roupa.


 


Pelo tom de voz desdenhoso e o olhar malévolo da moça, Hermione imaginou que a morena estivesse fazendo comentários escarnecedores a seu respeito.


 


Inconscientemente, Hermione deixou um sorriso chegar lhe aos lábios, divertida com o ciúme desnecessário.


 


O gesto fez que a morena, já furiosa, inspirasse fundo, sibilando como uma víbora mortífera. No instante seguinte, estava cuspindo no rosto da castanha.


 


Todo o divertimento que esta sentira perante a situação sumiu com as gotas de saliva na sua face. Hermione reagiu sem pensar, à raiva quente correndo-lhe pelas veias enquanto a mão espalmada acertava o rosto da morena. Houve um grito momentâneo de dor e surpresa, quando a garota tocou o rosto que ardia. Logo a seguir, jogou-se sobre a castanha, puxando-lhe os cabelos e soltando palavrões em espanhol. Atordoada apenas por um segundo, Hermione revidou instintivamente, lutando e se debatendo enquanto procurava se defender das unhas da morena. A ordem brusca de Ráfaga não as fez parar.


 


- Meu bom Deus! - exclamou a voz de Potter em meio à torrente de espanhol.


 


A briga de chutes e puxões de cabelo mal começara quando os dois homens intervieram para acabar com ela. Um braço envolveu por trás a cintura de Hermione e arrastou-a à força para longe do alcance da outra moça. Os pés chutavam o ar, a centímetros do chão.


 


- Largue-me! - exclamou a castanha, tentando inutilmente soltar-se do braço musculoso que a prendia pela cintura.


 


Gritos estridentes saíam da boca da sua oponente, bem presa nos braços de Potter. Hermione ficou rígida, ao se dar conta de quem a estava segurando.


A voz de Malfoy deu uma ordem brusca perto do ouvido dela, e a morena parou de se debater, embora o fogo do ódio ciumento brilhasse nos seus olhos com a mesma intensidade de antes.


 


Hermione estava semi-virada no braço dele, que lhe segurava o queixo, virando-o para cima para poder enxergar-lhe o rosto. Ela fez força para se afastar do peito dele, os olhos cor de âmbar faiscando de ódio ante o seu contacto. A expressão dele era dissimulada. Um leve ar de escárnio brilhava nos seus olhos insondáveis.


 


Disse alguma coisa em espanhol para a morena.


 


Hermione notou pelo tom que não era elogiosa a seu respeito. Furiosa, soltou o queixo dos dedos dele.


 


- O que foi que ele acabou de dizer? - quis saber de Potter.


- Ele estava tranqüilizando Pansy - respondeu, depois de lançar um olhar hesitante ao patrão -, perguntando-lhe por que levaria para a cama uma gata selvagem de olhos amarelos, quando podia ter uma gatinha ronronante e ansiosa.


 


A explicação acabou de romper o tênue fio que estava controlando o gênio de Hermione.


 


- Porco! Seu animal nojento! - Tentou atingir o rosto implacável, mas o golpe foi bloqueado por um braço erguido. - Como se eu fosse permitir que me tocasse! Assassino! 


 


A série de golpes caía inofensivamente nos braços e ombros dele, sem jamais atingir o alvo, o rosto.


 


Cansando-se de vê-la debater-se, Malfoy tomou-a nos braços.


 


- Sua cama? - cuspiu Hermione. - Antes dormir numa cova de serpentes do que me deitar na sua cama!


 


O olhar dele se estreitou ante o brilho de ódio nos olhos dela. A boca ficou mais fina quando se virou, carregando-a nos braços, e caminhou até o quarto dela.


 


Parando ao lado do catre, largou-a sobre ele sem cerimônia, e ficou ali de pé durante vários segundos. Não disse uma só palavra, mas tudo nele parecia gritar que, se quisesse, poderia forçá-la a deitar-se na cama dele. Enquanto ela empalidecia, ele saiu do quarto.


--**--


N/A: Ola pessoal, me desculpem pela demora. =/ Mas eu fiz aniversário onte (29/03) e minha mãe fez uma festinha pra mim no sabado... então eu não tive tempo para nada nesses dias que antecederam a "festinha". Sabe como é né!? Me desculpem pelo atraso, tentarei normalizar as coisas. espero que todos voces continuem acompanhando a estória até o final. =) hehehehe


Beijos =*
Angel_S

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.